Destaques

Newsletter

assine a newsletter!

E receba a notificação de novos posts por e-mail

maio 31, 2011

Promoção Amor em Dobro: Dois blogs apaixonados por você

Por Paola Aleksandra

Olá

Junho, o mês dos namorados já está chegando e nada melhor do que celebrar essa data com quem se ama. Pensando nisso os Blogs Meu Livro Rosa Pink e Livros & Fuxicos, em parceria com a Editora Novo Conceito, se juntaram para celebrar o Mês dos Namorados com uma super promoção, presenteando você leitor, por quem somos apaixonadas, com duas estórias repletas de muito romance. 


 


A promoção que se inicia hoje (31/05/2011) vai ficar no ar até o dia 01 de Julho de 2011, e o vencedor levará para casa:

01 – Kit “Um Amor para Recordar – Nicholas Sparks” – Com um exemplar do livro, uma Wish Box, e uma embalagem externa;


01 – Kit “Anna e o Beijo Francês” – Stephanie Perkins – Com um exemplar do livro, um batom, e uma embalagem externa;


O1 – DVD do filme “Um Amor para Recordar”; e


01 – Barra de Chocolate Laka - Lacta

Gostou? Para participar é muito simples, basta:

1. Seguir os 2 blogs participantes da promoção:

Livros & Fuxicos (Este Blog)

2- Deixar um comentário com a seguinte frase nesse post: 


“Só os blogs Meu Livro Rosa Pink e Livros & Fuxicos celebram o mês dos namorados me presenteando com um kit para lá de apaixonante”.

3. Ser residente ou ter um endereço de entrega no Brasil;

4. Preencher este formulário com seus dados;


Importante: O vencedor terá 2 dias úteis para responder o e-mail que lhe será enviado solicitando os dados para o envio dos prêmios. Caso o vencedor não se manifeste nesse prazo, haverá novo um sorteio.


Chances Extras:

Ainda não está satisfeito? Quer mais chances de ganhar? Então nós te damos mais opções:

1. Seguir o Twitter dos 2 blogs participantes da promoção e o Twitter da Editora Novo Conceito: (preencha o formulário novamente para cada Twitter que seguir, você ganhará um número extra para cada um deles, acumulando até 3 números extras):


2. Divulgar a seguinte frase no Twitter: (Divulgar a frase em um intervalo de no mínimo uma hora)

@briana_evelyn26 e @pah_aleksandra sorteiam Kit Um Amor para Recordar + Kit Anna e o Beijo Francês http://migre.me/4GM1Z Participe!

*Essa frase também pode ser divulgada Facebook e no Skoob, sendo que no Skoob ela deve ser mantida no mural até o final da promoção.

3. Divulgar a o Banner com o link da página da promoção no seu blog: (Vale 4 números extras, para cada um deles preencha o formulário novamente):



4. Comentar nas resenhas dos livros que estão sendo sorteados: (Para cada comentário você recebe mais dois números extras, acumulando assim até 4 números extras):



*Observação: Comentários como “Legal... Gostei... Jóia...” Não serão aceitos, a intenção dessa chance extra é saber o que vocês realmente esperam dos livros.


*Para participar de qualquer promoção do blog Tem que Seguidor do mesmo. Pessoas que deixarem de seguir o blog e o twitter após as promoções NÃO participaram das próximas.

Não se esqueçam de preencher o formulário todas as vezes que acumularem um número extra!

Espero que tenham gostado!

Boa Sorte







Resultado Promoção Amante Sombrio (J. R. Ward)

Por Paola Aleksandra



Olá, passando rapidinho para postar o resultado da Promoção do livro Amante Sombrio (J. R. Ward) que se encerrou ontem, aqui no blog. Gostaria de aproveitar para agradecer a todos que participaram e também, aos meus amigos blogueiros que me ajudaram na divulgação da promoção. Sem mais delongas, vamos ao sorteio:






Parabéns Rafaela Fernandes Lino >.<

Estou lhe enviando um e-mail para contato. Se eu não receber uma resposta dentro do prazo de 48 hrs realizarei um novo sorteio.


Mimos Literários: Memes e Selinhos # 5

Por Paola Aleksandra


Olá

Hoje eu vou postar os selinhos super fofos que ganhei nessas últimas semanas.

Os primeiros que recebi foram indicados pela Giza do blog Fantastic World (Amiga muito obrigada).



As regrinhas para os dois selinhos são:

à Indicar quem te presenteou: Já citei no início do post, mas vou repetir, esses selinhos são presentes da Giza do blog Fantastic World
à Escolher de 5 a 10 blogs para homenagear, e claro avisá-los: * No final do post.

A Giza, mas agora por meio do blog Amor Imortal, também me presenteou com esses dois selinhos:




As regrinhas para esse selinhos são:

à Exibir a imagem do selinho recebido e o link de quem te indicou: Presente da Giza, do blog Amor Imortal.
àResponder o questionário:

1 - O que você mais gosta e o que acha que falta no blog Hakkyo Hoppier? Que vergonha... Eu nunca o acessei... Vou lá dar uma espiada....
2 - Qual seu filme de suspense favorito? Um... faz tempo que não assisto um bom, e não sei se tenho um preferido, mas acho vou citar “O Olho do Mal”, eu gosto bastante dessas adaptações americanas dos filmes de suspense Japoneses...
3 - Qual seu tipo de assombração preferido? Que tal um vampiro gato? Acho que não ficaria nem um pouco assustada se me deparasse com um! - GargalhadasI
4 - Fale uma música que combine com o blog Hakkyo Hoppier e uma que combine com o SEU blog. Caramba sei lá... Vou pensar no assunto – Risos.
5 - Quem você acha que foi na última vida? Não acredito que tenha vivido outra vida...
6 - Qual o livro que você está lendo (ou o último que leu)? Estou lendo Um amor para recordar, Nicholas Sparks.
7 - Você passaria a noite num cemitério? Não mesmo!
8 - Você venderia a alma de alguém? Nunca.
9 - Visite o blog Hakkyo Hoppier e poste seu link para divulgar seu blog também. Pode deixar!
10 - Se pudesse escolher sua aparência, como seria? Da mesma forma... Tá, talvez com olhos verdes e com uns 5 Kgs a menos... Tudo para que voltasse a entrar no meu Jeans sem problemas... #deprê T-T

à Escolher de 5 a 10 blogs para homenagear, e claro avisá-los: * No final do post.

Giza eu adorei, muito obrigada pelo carinho!

Eu também ganhei um selinho lindo das meninas do blog Entre Fatos & Livros:




Ele vem com um questionário, mas como já havia recebido esse selinho antes, eu o tenho respondido aqui.

As regrinhas para esse selinho são:
à Indicar quem te presenteou: Como já disse esse selinho foi um presente das meninas do blog Entre Fatos & Livros.
à Responder o questionário: Aqui
à Escolher de 5 a 10 blogs para homenagear, e claro avisá-los: * No final do post.

Meninas, obrigada por lembrar de mim! Adorei.

Por fim, mas não menos importante (Frase da Day...Risos) recebi uns selinhos mega fofos da Day do Blog Letras Eternas (Amiga muito obrigada por indicar o blog, agradeço de coração):




Esses dois selinhos não possuem regras, mas preciso dizer que são uma graça! *-*

Também recebi da Day esse Meme Literário:



As regrinhas para esse selinhos são:

à Indicar quem te presenteou: Como já disse esse selinho foi um presente Day do Letras Eternas.
àResponder o questionário:


1. Existe um livro que tu lerias e relerias várias vezes? Amante Sombrio – J.R. Ward (Minha paixão atual).
2. Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim? Strange Angels, da autora Lili St. Crow. Não sei por que, mas não consigo terminar esse livro...
3. Se escolhesses um livro para ler para o resto da tua vida, qual seria ele? Ai que difícil... Não sei, um só?! Acho que ficaria com “Fora da Lei” da Nora Roberts.

4. Que livro gostaria de ter lido, mas que, por algum motivo, nunca leste? Não riam de mim... Mas eu queria muito já ter lido Drácula, do Bram Stoker.

5. Que livro leste cuja 'cena final' jamais conseguiste esquecer? Pode ser de raiva? “Névoa do tempo” da Claudia Gray. Lembrei dele porque estou com ele na minha frente, e toda vez que olho para ele e me lembro de como ele acabou... Ah já fico nervosa ¬¬
6. Tinhas o hábito de ler quando era criança? Se lia, qual era o tipo de leitura? Não, eu comecei a ler de verdade faz uns cinco anos!
7. Qual o livro que achaste 'chato' mas ainda assim o leste até ao fim? Por quê? Terra das Sombras, os terceiro volume da série Os Imortais... A Ever me deixou tão nervosa nesse livro que peguei birra dela, e do livro.
8. Indica alguns dos teus livros preferidos. Série Harry Potter; A Cruz de Morrigan da Nora Roberts; A Irmandade da Adaga Negra da J. R. Ward; Série Instrumentos Mortais; Vampire Academy, Hush Hush, A Mediadora, entre muitos outros que agora não me recordo.
9. Que livro está a ler neste momento? Um Amor para Recordar – Nicholas Sparks.

à Escolher de 5 a 10 blogs para homenagear, e claro avisá-los: * No final do post.

Outro selinho indicado pela Day:


As regrinhas para esse selinhos são:

à Indicar quem te presenteou: Já citei – Foi a Day minha querida Amiga.

àResponder o questionário:
1) Qual lugar você mais se sente bem em estar ? Em casa... #Fato.
2) Que sensação te toma , quando esta em contato com a divina natureza ? Paz, Tranquilidade, Harmonia, agradecimento por poder desfrutar das belezas e do conforto da Natureza.
3) Três pessoas que tem o cheiro da flor pra ti? Minha família e meus amigos.

à Escolher de 5 a 10 blogs para homenagear, e claro avisá-los: * No final do post.

Gente, quantos selinhos lindos!! Adorei todos, muito obrigada pelos presentes meninas, agora vamos para os indicados:

à Entre Fatos & Livros (Meninas os que vocês não tem)


Espero que todos gostem dos mimos! 





maio 30, 2011

Resenha Dupla: Anna e o Beijo Francês (Stephanie Perkins) e Um Amor para Recordar (Nicholas Sparks)

Por Paola Aleksandra


Olá, hoje tem resenha dupla aqui no blog, não posso dizer o motivo, mas tenho certeza que vocês vão adorar a surpresa que está relacionada a este post... Bem eu resenhei o livro Um Beijo Francês, e minha querida amiga Bri do blog Meu Livro Rosa Pink, fez a resenha do livro um amor para recordar!

Espero que gostem:




Sinopse: Anna Oliphant tem grandes planos para seu último ano em Atlanta: sair com sua melhor amiga, Bridgette, e flertar com seus colegas no Midtown Royal 14 multiplex. Então ela não fica muito feliz quando o pai a envia para um internato em Paris. No entanto, as coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um lindo garoto - que tem namorada. Ele e Anna a se tornam amigos mais próximos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Anna vai conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?



O livro Anna e o Beijo Francês (Stephanie Perkins) conta a estória de Anna, uma jovem de 17 anos, fascinada por cinema e que sonha em ser uma reconhecida crítica de filmes. Sua vida em Atlanta está tranquila, com uma melhor amiga, um quase namorado e um emprego no cinema, tudo que ela achava que sempre quis, até que seu pai, um escritor de romances, resolve que por causa do seu novo status como autor de “best-sellers” ela deve receber uma educação melhor, por isso, matricula Anna, contra a sua vontade, em um internato altamente seletivo em Paris, na França, a cidade do amor.

Quando ela chega na School of America, uma escola fundada por americanos na França, ela se sente deslocada, além de ser novata e de não conhecer ninguém, fica óbvio que o local não é nenhum pouco parecido com as escolas que ela estava acostumada a frequentar, no início é difícil para ela se adaptar com os poucos alunos, com a estrutura ampla e requintada e principalmente com a língua - o Francês – Anna não domina o idioma, e também possui dificuldades para aprendê-lo, o que para ela, é um grande inibidor de sua adaptação ao local. Contudo, logo no seu primeiro dia de aula Anna conhece a super simpática Meredith, e aos poucos vai se enturmando com o grupo de amigos dela, o talentoso Josh, a esquentadinha da Rashimi e o encantador e envolvente Francês-Americano-Inglês, Étienne, chamado por todos, de St. Clair.

Eles apresentam a escola e a cidade para Anna, e não demora muito para ela se sentir parte do grupo, a amizade entre eles cresce, principalmente com Étienne, com quem ela acaba criando um laço de compreensão e união muito forte, um laço que desperta nela sentimentos que vão além da amizade, sentimentos proibidos aos dois, afinal o St. Clair possui uma namorada, Ellie, a melhor amiga de Meredith e Rashimi que acabou de se formar na School of America e ir para a faculdade.

“A garota tem mais ou menos a minha altura. Seu cabelo comprido é pouco estilizado, mas tem um toque fashionista parisiense. Está usando um vestido curto prata que brilha sob a luz da lâmpada e um casaco vermelho. Suas botas de couro estalam e clicam na calçada. Está olhando para trás em direção ao Résidence Lambert com expressão desconfiada, quando então ela se vira e vê St. Clair. Todo o seu ser se acende. A revista afrouxa em minhas mãos. Só pode ser ela. A garota começa a correr e se lança nos braços de St. Clair. Eles se beijam e ela enlaça os dedos no cabelo dele, seu cabelo bonito e perfeito. Meu estômago cai e desvio o olhar para não ver o espetáculo”.

No inicio Anna se sente somente atraída por Étienne, nada mais que isso, pois ele tem Ellie, e ela também tem alguém a esperando em Atlanta, por isso ela foge (ou pelo menos tenta) desse sentimento, deixando-o de lado e focando somente na amizade que existe entre eles, uma amizade forte, movida a muitas tardes de conversas e passeios, ele um amante de história e ela fascinada por cinema, perdem a noção do tempo conversando sobre suas preferências e gostos, o fato é que, eles passam muito tempo juntos, o que aumenta muito mais do que a amizade entre eles. Não demora muito para que eles percebam que o que sentem um pelo outro não é só amizade, nem muito menos só atração, mas na circunstância em que se encontram o que eles podem fazer com esse sentimento tão forte? Eles correm o risco de se magoar, e magoar também aqueles a sua volta... Simplesmente existem coisas que não são para acontecer, mesmo que o universo colabore a favor delas.

“Os olhos escuros de Étienne buscam os meus. – O que estamos fazendo? Sua voz é forçada. Ele é tão bonito, tão perfeito. Estou tonta. Meu coração salta, meu pulso acelera. Inclino a cabeça para a frente e ele faz o mesmo movimento em direção à minha cabeça. Ele fecha os olhos. Nossos lábios s encostam levemente. – Se você  me pedir para te beijar, eu te beijo – ele diz...”

Será que eles vão lutar por esse amor? Mesmo correndo o risco de machucar as pessoas ao seu redor. Ou será que eles vão perceber que não se pode ter tudo e que a amizade é o suficiente para eles? Bem, só lendo para saber, eu confesso que no início achei o livro um pouco confuso, era muita informação, nomes, lugares e eu me perdi um pouco, mas logo o livro me envolveu, eu não consegui parar de lê-lo, a forma com que a autora narra os fatos é envolvente, de forma que ficamos ansiosos para descobrir o final da estória. O que mais gostei de tudo foi o desenvolvimento dos personagens, existe muito mais do que romance nessa estória, existe superação, amizade, emoção. É incrível ver como a mudança para a França permitiu que Anna amadurecesse, e posso dizer que muitas vezes me identifiquei com ela e com as barreiras emocionais que ela cria para se defender dos seus medos e inseguranças.

“E, pela primeira vez desde que cheguei em casa, estou completamente feliz. É estranho. Casa. Como eu pude querer estar aqui por tanto tempo, só para perceber que ela se foi. Estar aqui, tecnicamente na minha casa, e descobrir que minha casa agora é em outro lugar [...] É possível que lar seja uma pessoa e não um lugar? [...] Eu não poderei nunca dizer a ele, mas é verdade. Isto é estar em casa. Nós dois”

A estória é inebriante, envolvente e comovente, a leitura é simples e rápida, e o final me deixou tonta, com gostinho de quero mais. “Anna e o Beijo Francês” entrou para minha listinha de Best do ano, por isso, o recomendo para vocês. 



Certeza que você vão se deliciar com essa estória. Super recomendado!


Agora, vamos a resenha da Bri:



 Sinopse “Há momentos em que desejo fazer o tempo voltar e apagar toda a tristeza, mas eu tenho a sensação que, se o fizesse, também apagaria a alegria. Assim, revivo as memórias da forma como vêm, aceitando todas elas, deixando que me guiem sempre que possível. Isso acontece com mais frequência do que as pessoas percebem... Quando eu tinha 17 anos a minha vida mudou para sempre... Estou com 57, mas ainda me lembro de tudo o que aconteceu naquele período, em seus mínimos detalhes. Sempre o revivo em minha mente, trazendo-o de volta à vida, e sinto uma estranha combinação de tristeza e alegria quando o faço. Esta é a minha história – e prometo contar tudo. No inicio você vai sorri e, depois, chorar – não diga que não avisei.”


Um Amor para Recordar mexeu comigo de vários maneiras. Eu já havia visto o filme, e como muitas das pessoas que conheço e viram, me apaixonei pelo filme. Quando comecei a ler o livro eu já sabia o final dele, e achei que eu só estaria revivendo a história novamente, e lembrando cenas do filme. O que aconteceu foi totalmente diferente. 

Um Amor para Recordar é um livro que não fala só de duas almas que se encontram e que se apaixonam e por uma ironia do destino não podem ficar juntas. Este livro me emocionou e muito, pois fala de situações do nosso dia a dia, dos laços de família, de amor, amizade, bondade e doação.
Através da narrativa de Landon conhecemos Jamie, uma menina doce, com os olhos azuis mais lindos do mundo, com um coração de ouro, com uma compreensão que as vezes a tornava mais adulta do que sua idade permitia.
Landon Carver é um homem que volta ao seu passado através de suas lembranças, voltando ao ano de 1958 em Beaufort na Carolina do Norte.
Landon era um rapaz "encrenqueiro" para os parâmetros sociais da década de 50, comia amendoim cozido no cemitério da cidade, dava apelidos engraçados para os seus colegas de classe, tirava saro do Revendo da sua Igreja.
Quando Landon se matrícula na aula de teatro acredita que seu último ano no colégio será moleza, pois não terá que fica estudando cálculos, e o máximo que terá que fazer nas aulas é dormir! O que na idade em que ele se encontrava era muito importante.
Por intermédios dos "Planos de Deus" Landon ganha uns dos papeis principais na peça de final de ano da Igreja, e isso faz que que Landon e Jamie tenham que passar algum tempo juntos.
No decorrer do livro vamos conhecendo Jamie, filha do Pastor da Igreja, ela carrega uma Bíblia consigo a onde que que vá. E por isso é motivo de deboche dos alunos da escola. Após os ensaios da peça, Landon começa a acompanhar Jamie para casa, e os dois vão se conhecendo, ou melhor Landon vai conhecendo Jamie, e descobrindo que ela é uma pessoa normal como ele, que tem sonhos como ele. Jamie com seu jeito doce de ser vai moldando o espírito encrenqueiro de Landon. Fazendo com que ele conheça as obras sociais que ela ajuda, o orfanato que ela visita, as crianças que ela cuida.
Quando Landon descobre que esta apaixonado por Jamie entrega-se de corpo e alma no relacionamento, porém ele sabe que Jamie esconde algo muito triste do qual não que compartilhar com ele.
Se você achou o filme ótimo, vai achar o livro melhor ainda.
Chorei! Muito e muito, o livro é simplismente lindo, romântico e adorável na medida certa.
Com toda a certeza "Um Amor para Recordar" foi um dos livros mais lindos que eu já li em toda a minha vida.
Tem muitas coisas que gostaria de escrever sobre este livro, acho que ficaria muito grande a resenha! Nicholas Sparks é simplesmente demais. A forma com que escreveu a história, como fez a narrativa e a escolha dos personagens. Chorei litros. Se você procura uma história para se lembrar para sempre, você vai encontrar neste livro lindo! Super recomendo este livro, leia quando tiverem a oportunidade, tenho certeza que ele vai mexer com vocês assim como mexeu comigo. A história é linda, emocionante, Apaixonante. É realmente Um Amor para Recordar.

Bem, espero que vocês tenham gostado das resenhas! E comentem na postagem, pois, coisas boas estão vindo por ai!




Beijokas da Pah e da Bri *-*

maio 29, 2011

Biblioteca Pessoal: Minha Caixa de Correio #7

Por Paola Aleksandra


Olá

Hoje eu vou mostrar para vocês o que chegou para mim na semana passada. Confesso que a semana começou bem parada, mas eu tenho muita sorte, pois no final acabei recebendo coisas muito fofas.

A primeira delas foi o Kit do livro Anna e o Beijo Francês (Stephanie Perkins) enviado pela Editora Novo Conceito.


Além do livro, o kit contém um batom super lindo, eu simplesmente adorei, e novamente aproveito para agradecer o carinho da editora... Bem, são dois kits, um é para mim e o outro... Bom, isso é surpresa!

Também recebi vários marcadores da mais nova autora parceira do blog, a querida Luciane Rangel, autora da série Guardians.



Uma graça não é mesmo?! Estou super curiosa sobre essa série, sorte que logo, logo tem resenha do livro aqui no blog.

Por fim, recebi os marcadores que ganhei no blog da Gi, Dicas de Livros e Filmes.



Eu queria muito o marcador do livro “Como se livrar de um vampiro Apaixonado”, fiquei super feliz, obrigada viu Gi *-*

Bem, foi isso que recebi nessa semana, agora é esperar pelas novidades da semana que vem!

Obs: Blogueiros a inscrição para o Book Tour dos livros Red Kings, da autora Laura Elias, está aberta, interessados cliquem aqui para participar, e aqueles que puderem, peço ajuda para a divulgação do Book Tour.




maio 27, 2011

Resenha: Eu sou o Número Quatro – Pittacus Lore

Por Paola Aleksandra


Eu sou o Número Quatro é o primeiro volume da série Os Legados de Lorien, estória idealizada por James Frey, escrita com a colaboração de Jonie Hughes e publicada sob o pseudônimo de Pittacus Lore, ancião de Lorien a quem foi confiada à história dos Nove Gardes (alienígenas capazes de desenvolver legados, espécie de poderes especiais) que quando crianças tiveram que fugir de seu planeta, Lorien, ao lado de seus Cêpans (Guardiões) para escaparem dos Mogadorianos, que invadiram e destruíram todo e qualquer tipo de vida em Lorien. Os Nove Gardes fugiram na esperança de um dia destruir os Mogadorianos e então, voltar e reconstruir Lorien. Na fuga eles foram ligados por um laço mágico, que para mantê-los seguros atribuiu a eles uma ordem – 1..2..3..4..5..6..7..8..9, assim se separados eles só poderiam ser mortos na ordem do laço, diferentemente disso eles se tornariam imunes a morte. O planeta mais próximo de Lorien é a Terra, por isso, eles vieram para cá, se separaram, se misturaram aos humanos, e começaram a treinar e esperar o desenvolvimento de seus legados. Contudo, quando os Mogadorianos descobrem a existência de Nove Gardes sobreviventes, eles viajam para a Terra a fim de tentar encontrá-los e então, matá-los.

“Nove de nós vieram para cá. Somos parecidos com vocês. Falamos como vocês. Vivemos entre vocês. Mas não somos vocês. Conseguimos fazer coisas que vocês apenas sonham fazer. Temos poderes que vocês apenas sonham ter. Somos mais fortes e mais rápidos do que qualquer coisa que já viram. Somos os super-heróis que vocês idolatram nos filmes e nos quadrinhos – porém somos reais. [...] Nosso plano era crescer, treinar, ser mais poderosos e nos tornar apenas um, e então combatê-los. Mas eles nos encontraram antes. E começaram a nos caçar. Agora, todos nós estamos fugindo. Vivemos nas sombras, em lugares onde nunca seremos procurados, tentando não ser notados. Vivemos entre vocês sem que vocês saibam... Mas eles sabem”.

Sob esse contexto, o livro Eu sou o Número Quatro conta a estória de John Smith, o Garde número quatro, e de seu Cêpan Henri. Já se passaram dez anos que eles estão na Terra, sempre disfarçados e mudando constantemente de cidade, tudo para despistar os Mogadorianos que, estão se aproximando de John, já que o número 1, 2 e 3 já foram mortos, e ele por ser o número quatro, é o próximo a ser procurado por eles. Assim, o livro começa com mais uma mudança de John e Henri, eles estão saindo da Flórida e indo para Paradise, Ohio. Essas constantes mudanças de cidade, nome, de vida, os entristecem, é difícil se mudar sabendo que em poucos meses você terá que fazer isso novamente, ambos alimentam uma esperança interna de que Paradise seja diferente, mesmo sabendo que isso é impossível.

“É aterrorizante saber que sou o próximo. Mas temos nos mantido à frente deles com as constantes mudanças, fugindo. Estou cansado de fugir, mas sei que é isso que nos mantém vivos. Se pararmos, eles nos encontrarão. E, agora que sou o próximo da fila, devem ter intensificado a procura, sem dúvida”.

Em Paradise, John e Henri se misturam, alugam uma casa afastada da cidade e assumem nomes e identidades diferentes, Henri a de um escritor, e John a de um estudante do colegial. Na escola John conhece Sam, um rapaz fanático por lendas de alienígenas, que se mantém isolado para fugir da mira dos valentões do colégio, eles se tornam amigos, um sentimento que John não compartilhou por anos. Além de amizade ele descobre a paixão quando conhece Sarah Hart, uma colega do colégio, os dois se envolvem emocionalmente, e a ligação deles é tão forte que faz John repensar a necessidade de tantas fugas e mudanças, ele não quer mais fugir, ele quer ter um lar, uma namorada e um amigo, quer desfrutar de uma vida normal... Mas ele sabe que não pode, pois ele não é normal, e quando seus legados começam a aparecer, fica claro que não demorará muito para que os Mogadorianos o localizem.

Mantenha a calma, penso. Ela é só uma garota... Sarah está olhando para mim. Tenho a sensação de que tudo dentro de meu corpo começa a derreter. Ela talvez seja a garota mais linda que já conheci”.

“Está tudo bem? – Sarah pergunta. Eu a abraço com mais força. – Sinto sua falta – digo.
– Sente? Mas eu estou aqui. – Essa é a pior maneira de sentir falta de alguém. Quando a pessoa está a seu lado e ainda assim você sente falta dela...”

Com o passar do tempo Henri começa a ficar preocupado com os laços criados por John em Paradise, ele sabe que se eles precisarem fugir será mais difícil para John do que de costume, por isso ele redobra a segurança, sempre alerta a possíveis ameaças, Henri é uma espécie de pai para John, a união dos dois, a cumplicidade, a dor que compartilham pelas perdas, deixa claro que o laço entre os dois é muito forte, contudo chega um momento em que Henri sente a aproximação dos Mogadorianos, mas John não o escuta, ele não quer mais fugir e toma uma decisão que os expõe. John, Henri, Sarah, Sam, todas eles, mesmo que indiretamente, se vêem no meio de uma batalha, muito está em jogo, e só um lado sairá vitorioso.

“Tento gritar, mas a mão cobre minha boca. O medo me invade. Sinto Sarah se debatendo sob os braços que a imobilizaram e faço o mesmo, mas o adversário é muito mais forte. Nunca pensei que os MagadorianosHenri espero que lute melhor do que eu...”

Eu sou o Número Quatro é repleto de ação, a narrativa é simples e direta, a estória flui com facilidade, permitindo que possamos nos envolver sentimentalmente com os personagens, além de que, o final é surpreendente, o autor reserva muitas surpresas para o final do livro, e confesso que não vejo a hora de ler o próximo volume da série (Que será lançado no Brasil no próximo semestre de 2011). A leitura vale a pena, não tem como não se envolver com a estória e com os personagens.



Super recomendado, quem gosta de livros de ação não pode deixar de ler “Eu sou o Número Quatro”.

Beijokas

Pah

Resenhas

© Livros & Fuxicos – Desenvolvimento com por Subir