Encontrei por aí #6 – Dois Estranhos




Olá galera, tudo bem? Hoje vou postar um texto de uma querida amiga blogueira, a Day, do blog, Letras Eternas. Ela escreve de uma forma que nos encanta, o texto que escolhi é simples e verdadeiro, mas confesso que minha escolha foi tendenciosa, estou tão apaixonada pela musica “Someone Like You” da Adele, que quando vi esse texto meus olhos se encheram de lágrimas. Coloco aqui então a musica e o texto. Vem comigo conferir:





Dois Estranhos, por Day

Nunca pensei que haveria um momento como este. Nós dois nos olhando como completos estranhos.

Eu aqui, brincando com minhas mãos, tentando convencê-las que ao redor das suas já não é o caminho certo.

E você me olhando com tanta desconfiança como se já não soubesse o que esperar de mim. Como se eu não fosse a mesma garota que a semanas atrás estava deitada sobre seu peito enquanto contava estrelas em um céu perfeito.

Como pudemos terminar assim?

Nós deveríamos ter entendido antes que pra sempre é um tempo longo demais. E que não se faz uma promessa dessa a outra pessoa se não se pretende amá-la por toda a eternidade.

O triste é que eu sei que uma parte de mim falou sério antes. Que realmente essa parte não pretendia nunca dizer Adeus e queria ficar velhinha do seu lado, e queria sentir a pele da tua mão mudando sob a dela enquanto entrelaçava os seus dedos não importa quanto tempo passasse.

E ver que nos tornamos apenas um reflexo frio do que éramos me mata por dentro.

Que aqui, sentados olhando um nos olhos do outro, não conseguimos ser nada além de dois estranhos que se amaram um dia.

___________


Lindo, não é mesmo? Reflexões sobre o amor e como ele pode mudar com o decorrer do tempo sempre me fazem pensar que o amanhã é tão incerto quanto uma chuva de verão, que chega sem avisar... 

Espero que tenham gostado, e até o próximo Encontrei por aí.


10 comentários:

  1. Uma coisa eu sei, nenhum amor é para sempre, não do jeito que foi um dia...Ele vai se moldando amadurecendo ou simplesmente desaparece.
    O melhor de tudo é tentar viver um dia de cada vez e quando não der mais deixa-lo ir do mesmo jeito que chegou...

    ResponderExcluir
  2. Nossa... É lindo e triste!
    Também estou viciada em Someone like you, principalmente depois do último episódio de Glee!
    Amei sua conclusão do post, Pah! Ficou tão poética!
    Beijos, querida!

    ResponderExcluir
  3. Adele é maravilhosa e eu aprendi a amar essa musica ..nao gostava muito dela mas agora não paro de ouvir e que texto !

    ResponderExcluir
  4. E é bem assim como a Adele canta "Às vezes o amor dura,mas as vezes ele machuca,ao invés"
    O texto é muito lindo e junto com a música ficou perfeito!

    ResponderExcluir
  5. Quando lançou essa musica da Adele fiquei ouvindo uma semana sem parar,nossa e o que disser desse texto super lindo e poético.

    ResponderExcluir
  6. Como já falei no twitter, música maravilhosa. O texto nem se fala :D
    O amor é algo tão complexo, pelo menos para mim. Soube que os piores males são aqueles que não doem, acho que o amor está dentro dessa lista. Se bem que vai depender de qual casal estamos tratando e enfim...
    Gostei muito do post, Pah. Parabéns!

    Abraço, @Pedro_AAraujo

    ResponderExcluir
  7. Oi Pah, que exto é esse? Que descreve minha história tão facilmente e com essa música, realemnte não tem como não chorar.
    Quando amamos nos entregamos e esperamos o mesmo, mas nem sempre o garot tem essa mesma idéia, o começo sempre nos faz ficar acordados prontos para o próximo encontro, mas quando eles deixam as palavras irem embora e os olhos não olham só para você é pior que uma flechada e saber que o sentimento continua ali doi ainda mais.
    O amor um pelo outro era para ser uma coisa bonita e não passageira e que se podesse esquecer com um tempo, mas eu ainda acredito que coisas acontecem, mas talvez um dia o amor que sempre esteve ali, só quis não se machucar e não machucar volte enfim kkkkk
    Coisa de garota apaixonada.
    Adorei!
    Território das garotas
    @territoriodg
    Bjss *-*
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Pah,

    Achei o texto muito sensível e bem construído, realmente combina com a música.
    Ah, acho que o amor é um sentimento muito delicado, sempre sujeito a alterações, imprevisível, avassalador...

    Triste saber que essas promessas de eternidade jamais se concretizarão, que o eterno é apenas enquanto durar e que a intimidade pode se perder em meio a uma simples briga...

    Só o amor constrói e também destrói, não é mesmo? haha

    Beijinhos,
    Ana - Na Parede do Quarto

    ResponderExcluir
  9. Adorei, texto lindo ;-;
    E a trilha? AMO Adele, ela tem uma voz incrível, te indico escutar o dois cd's dela Pah, o 19 e o 21 são lindos.
    Bjokas

    ResponderExcluir
  10. Ai, que honra Pah!!! *--------------*

    Fico feliz que tenha gostado desse texto, de verdade *-*
    *sorrindo feito uma boba aqui* rs'

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir