[Fuxico] Literatura nacional, eu apoio: Terra Ardente – Janice Diniz


Olá galera, tudo bem? Vocês estão cansados de saber que eu apoio a literatura brasileira, graças ao blog aprendi a reconhecer o potencial de nossos autores, por isso, hoje venho falar para vocês do mais novo lançamento nacional, o livro Terra Ardente, da querida Janice Diniz. 


Karen tem má fama na cidade. Envolvida com corridas de cavalo, dívidas que podem levá-la à falência e uma vida afetiva que segue a regra dos três encontros e nunca mais, ela não pode fracassar. No seu encalço, dois fazendeiros ambicionando tomarem-lhe a propriedade. Com a vida em risco e sozinha num lugar hostil, ela tenta sobreviver e cuidar da avó e do filho. Se for preciso, seduzirá o delegado de polícia de Matarana para protegê-la – um caubói da lei que se comporta como um xerife durão do velho-oeste americano. Mas Karen não é a única mulher em apuros. A jornalista Nova Monteiro investiga um latifundiário suspeito de aliciar trabalhadores. Abandonou o sudeste para ficar ao lado do homem que ama desde a infância. Um amor que tem tudo para não se concretizar. O que Nova não sabe, porém, é que, segundo boatos, a chuva de cinzas na estação do estio não é somente das queimadas, mas também dos corpos dos forasteiros que se metem com os poderosos da região. Assim, ela faz duas descobertas: que luta pela causa errada e que o amor verdadeiro é um sentimento bruto que pode nascer do medo. Matarana, a cidade das aparências, onde nem sempre o mocinho é bom e o vilão, mau. Um faroeste moderno com mulheres fortes, homens destemidos, pistoleiros, matadores de aluguel e paixões devastadoras. A humanidade posta à prova em situações-limite.


___________
Não me recordo por meio de que mídia eu descobri o livro, só sei que assim que entrei no blog da autora e vi o Book Trailer e alguns trechos da história, fiquei encantada com os ares de romance e suspense estilo faroeste presentes na trama. Afinal, quem não gosta de um romance escrito no bom e velho estilo Caubói Fora da Lei? Só sei que me animei, não vejo à hora de poder ler o livro e como tudo que é bom tem que ser divulgado, resolvi falar um pouco sobre a autora e seu trabalho.

O livro Terra Ardente é o primeiro de uma série intitulada Matarana, cidade em que a história é narrada. Segundo o blog da autora, em 2007, quando a cidade foi criada, a ideia central era que ela abrigasse vampiros e alienígenas, contudo, a trama acabou tomando rumos inesperados e no lugar dos mortos vivos, surgiram os humanos de sangue quente.
“Era para ter vampiros e alienígenas, isso em 2007. Matarana foi o primeiro personagem que criei: uma cidade fundada na parte norte do cerrado. Pois bem, os seres sobrenaturais sucumbiram, e os pistoleiros, corretores da morte e outros humanos tomaram conta da cidade e da história”.
Outra curiosidade é que a trama se passa no Brasil, explorando assim, as particularidades de nossa cultura. Além disso, a história parece ser tipicamente intensa, li algumas partes do livro e não pude deixar de associá-lo a um bom romance de banca. Entenderam agora o porquê da minha curiosidade? Ainda não? Bem, então separei dois trechos  do livro (disponíveis no blog da autora) para convencê-los da magnitude da história:
“... enlaçou-a entre os braços e pressionou-a contra o próprio corpo. Com uma mão, atrás da cabeça dela, puxou-lhe uma mecha de cabelo até virar-lhe o rosto para cima. Karen gritou e teve a boca esmagada por outra boca. Um beijo forte e rápido, como se a marcasse como quando marcava o gado com ferro e fogo. Ele soltou-a, lentamente, avaliando-lhes os sentimentos na expressão do rosto. Karen sorria. E, ainda sorrindo, esbofeteou-o com força. (...) Ela reforçou o ato e o esbofeteou outra vez. Num átimo, ela a puxou novamente para si e a abraçou. Abraçou com tanta força que ela pensou que nesse gesto havia uma intenção homicida. Mas quando percebeu que a musculatura do corpo dele tremia, sentiu que trafegava por uma via nebulosa e tudo que fora dito ou feito talvez não fosse ainda tudo...”
"– Sabe, doutor, o patrão uma vez me disse uma coisa sobre o povo desta cidade que descreve direitinho como as coisas são por aqui. Ele disse que Matarana é um vespeiro envenenado. Só que quando a gente é picado não morre por causa do ferrão; a gente se torna outra vespa e passa também a espalhar o veneno".
Quer mais? A Autora disponibilizou o primeiro capítulo do livro (AQUI).
O livro ainda será lançado oficialmente, então acompanhem a autora (que é super atenciosa) nas redes sociais e fique por dentro das novidades:
E se você é blogueiro, corre, a autora está promovendo um Book Tour (Inscrições AQUI) do livro Terra Ardente \o/
Espero que tenham gostado da novidade!





5 comentários:

  1. Adorei!!
    O livro parece muito bom, além de ser brasileiríssimo! Vou me inscrever no BT!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Olá!
    Eu tbm fiquei bem interessada no livro, parece ser muito bom mesmo!!
    bjinhs
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Adorei, adorei!

    Muito obrigada pelo carinho e pelo apoio com a divulgação :)

    Beijão, Paola!

    ResponderExcluir
  4. Adoro a ideia desse livro! Parece ser muito bom :]

    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Oi Pah, tudo bem?? Finalmente estou de volta!!

    Quanto ao livro parece ser bem legal, e o melhor é que é brasileiro, mas confesso que não faz meu gênero, de todo jeito desejo sucesso à autora,com certeza muita gente vai gostar!

    Tem um post novo lá no blog, dá uma passada por lá? http://girlcliche.blogspot.com/2011/11/pedido-de-desculpas.html

    ResponderExcluir