Fuxicando sobre Chick-lits: Entrevista com Leila Rego


"Chick-lit" é um gênero literário que abrange a vida da mulher moderna, sendo voltado, principalmente, para o sexo feminino. São romances leves, com um toque de humor, que narram o quotidiano e entram fundo nas dúvidas e emoções das personagens, transmitindo, normalmente, a sensação de estar lendo o relato de uma amiga. As história nesses livros poderiam facilmente ser uma conversa entre garotas ou mulheres, na qual há compartilhamento de sonhos, segredos, confissões.




Oi gente!

Tudo bem com vocês?
O post de hoje será super especial: uma entrevista com a Leila Rego, autora de "Pobre Não Tem Sorte" e "Pobre Não Tem Sorte 2 - Alguma Coisa Acontece No Meu Coração"!
Vamos conferir?




Oi Leila! Muito obrigada por conceder essa entrevista! Primeiro, poderia se apresentar para os leitores do Livros e Fuxicos? Conte um pouquinho para nós quem é a Leila Rego!
Olá, leitores do blog Livros e Fuxicos. É um prazer estar aqui dividindo minha história e meus livros com vocês. Bem, eu sou autora da séria Pobre Não Tem Sorte, que foi lançada em 2009 de forma independente.

Tornar-se uma escritora foi uma decisão ou algo que simplesmente aconteceu?
Não foi algo planejado, nem era um sonho de infância. Foi uma descoberta. Comecei a escrever há uns 05 anos atrás para sair um pouco da rotina cansativa que vivia em São Paulo. Escrevia pequenas histórias, contos infantis para meu filho, mas como forma de relaxamento. Era uma terapia que me fazia muito bem. Um dia percebi que eu realmente gostava daquilo e comecei a levar o então “hobby” mais a sério.  Quando tive minha segunda filha, decidi que aquele era o momento para me dedicar a escrita. Parei de trabalhar como Analista de Recursos Humanos e comecei a efetivamente ter mais tempo para escrever.  Quanto mais eu escrevia mais me motivava, e quanto mais eu me motivava mais eu escrevia.  Virou uma paixão.

Por trás da escritora, há uma leitora apaixonada?
Sim. Os livros fazem parte da minha vida desde muito pequena. Tive uma infância um pouco atípica dos demais. Não tinha televisão, nem energia elétrica. Morava em uma fazenda no interior do Mato Grosso e, além de correr de pé descalços, subir em árvores, nadar em rios e jogar futebol com meus irmãos, eu tinha os livros como companhia.  O que acontece até hoje.

“Pobre não tem sorte” foi seu primeiro trabalho publicado? Foi difícil publicá-lo? Conte para nós um pouquinho da história do livro!
Costumo encarar as dificuldades como desafios. Ser autor independente não é fácil, mas também não é muito difícil... quando se tem uma blogosfera literária a seu favor.  E foram os blogs que fizeram esse trabalho para mim, através de resenhas, indicações e sorteios.
A série Pobre Não Tem Sorte conta a história de Mariana Louveira, uma garota de classe média que mora na cidade de Presidente Prudente – SP. Ela conhece Edu – garoto rico, estudante de medicina, lindo-simpático-tudibom e melhor partido da cidade - no cursinho pré-vestibular e eles começam a namorar. A partir desse namoro a vida de Mariana, que antes era simples e pacata, dá uma reviravolta total porque ela se deslumbra completamente com o mundo de Eduardo e passa a fazer de tudo para ser uma garota descolada da alta sociedade. Mesmo sendo pobre.

A ideia para a continuação existia desde o começo ou você resolveu fazer o segundo volume pela demanda do primeiro? Haverá um terceiro volume?
A ideia inicial era para ser apenas os dois livros mesmo. Assim que publiquei o PNTS eu comecei a escrever o segundo (que foi publicado no final de 2010). O terceiro não foi planejado. Mas pode ser que aconteça, pois não paro de receber pedidos para que eu o escreva.

Recentemente, houve a premiação do Codex Brasileiro de Literatura, que abrangeu tanto os autores nacionais quanto os blogueiros literários. O prêmio de melhor chick-lit do ano foi para “Pobre não tem sorte 2”. Parabéns, Leila! Como foi para você a sensação de receber esse prestígio?  Você esperava esse resultado?
Não esperava pelo resultado e querem rir? Nem sabia que tinha que votar! Eu mesma não votei no meu livro!!! Só depois que o livro ganhou o prêmio foi que eu me soube desse detalhe...  rsrsrs
 A sensação é de reconhecimento, de dever cumprido, de ter certeza que o público aceitou a série, além de uma alegria inexplicável.

Você tem futuros projetos em mente?
Terminei meu terceiro livro, que não é o PNTS3. E, tudo indica, que ele será lançado o ano que vem. Torcendo os dedos desde já para que isso aconteça. Torçam por mim também?! Além disso, estou em fase de criação do meu quarto livro.


Ping - Pong

Um defeito: ser teimosa
Uma qualidade: criatividade
Signo astrológico: gêmeos
Um lugar: minha casa
Uma estação do ano: primavera
Uma música: Suspicious Mind _ Elvis Presley
Um autor: Sophie Kinsella
Um livro: os meus.
Um sonho: Ter vários livros publicados.
Uma frase: “Porque você está comigo. Porque estamos juntos novamente e não existe lugar no mundo mais interessante do que aqui. Se eu morresse agora, morreria feliz” – Pobre Não Tem Sorte 2 – alguma coisa acontece no meu coração.


Para finalizar, gostaria de deixar uma mensagem aos leitores?
Obrigada sempre por lerem meus livros.  Escrever e perceber o bem que trago aos outros é uma realização maravilhosa.   Continuem apoiando os autores nacionais e me enviando notícias ao acabar de ler minhas obras.  Gosto muito de “escutar” o que vocês dizem.
Um beijo no coração!
Deixo aqui meus canais para quem quiser me seguir:
Twitter: @LeilaRego


Muito obrigada pela entrevista, Leila! Sucesso para você!



E ai, vocês gostaram?
Sincera e honestamente? Eu amei! 
A Leila é uma fofa, super simpática! Além de tudo, escolheu como autora a Sophie Kinsella! Lindo né, sim ou claro?
Tive o prazer de conhecê-la pessoalmente no encontro de Literatura Nacional do "The Five, Book Club" em outubro e ela é simpática assim pessoalmente!
Para quem for de São Paulo ou estiver passando por lá, nesse final de semana acontecerá o Evento de Final de Ano do Grupo Novas Letras na Fnac da Avenida Paulista, e a Leila estará presente (e eu também)!
Quem quiser mais informações, só clicar aqui!



Espero que tenham gostado!

Beijos enormes!

8 comentários:

  1. Pobre não tem sorte 1 e 2 estão na minha lista para o ano que vem, e Leila tem esse jeito simpático que (quase) todos os brasileiros tem, adoro isso, e não vejo a hora de ler os livros dela!

    Rafaela

    ResponderExcluir
  2. Ai que bacana a entrevista!!
    A Leila é uma fofa e super receptiva com críticas e opniões e isso oq é mais legal nela, humildade =)
    Eu li sí o PNTS1 e to doida pelo 2!

    Beijoca!

    ResponderExcluir
  3. Pobre não tem sorte 1 e 2 estão na minha lista para o ano que vem, e Leila tem esse jeito simpático que (quase) todos os brasileiros tem, adoro isso, e não vejo a hora de ler os livros dela!

    Rafaela

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho vontade de ler os livros dela.
    Legal a entrevista. Muito fofa a Leila! ^^

    Pena que por aqui não tem evento nenhum.

    Beeijo =*

    ResponderExcluir
  5. Olá!
    Não conhecia estes livros ,mas por ser chick-lit já fiquei louca para ler!!
    Adorei a entrevista.; sempre digo que é muito bom conhecer um pouco mais dos autores!!

    Bjinhs
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi, meninas! É um prazer e uma honra estar aqui no Livros & Fuxicos. Obrigada pela oportunidade.
    Beijo grande no core!
    -Leila Rego
    Twitter: @LeilaRego

    ResponderExcluir
  7. Ammmei! Nossa, morro de vontade de comprar os livros da Leila, e ainda vou comprar! Adoro as capas e parece ser MUITO engraçada a história. Desejo muito sucesso para a autora e parabéns pelos livros! :)

    Beijos Pah, Milena.

    ResponderExcluir
  8. Entrevista mara ainda não li PNTS mas quero em breve pois adoro chick-list adoro a Sophie Kinsella também,que beleza somos do mesmo signo amei a entrevista muito bem feita.

    ResponderExcluir