[Resenha] Para sempre Ana – Sergio Carmach

Título: Para sempre Ana
Autor: Sergio Carmach
Editora:Caravansarai
Skoob (AQUI) 
Sinopse: Na mística Três Luzes, o leitor percorre inicialmente três momentos afastados no tempo, onde três homens, de três gerações da família Rigotti, experimentam situações-limite pela influência de uma mesma mulher: Ana. A partir daí, a narrativa o leva a uma instigante viagem, nem sempre linear, entre meados do século XX e o início do XXI, na qual os dramas, o passado, o verdadeiro caráter e os segredos de cada personagem são pouco a pouco desnudados. A trama é conduzida pela busca de Ana e pela busca por Ana, forasteira misteriosa que abala os triluzianos e cuja trajetória se funde à dos demais em uma história carregada de luzes e sombras. A busca de Ana arrebata as emoções; a busca por Ana arrebata os sentidos. E ambas surpreendem. Sempre que tudo parece esclarecido, detalhes antes considerados sem importância provocam uma reviravolta geral na história. Até o último capítulo. Descubra se os mais atordoantes segredos de Três Luzes estão mesmo nos céus ou no fundo da alma de seus moradores.
______________

“É certo não deixar nossos sonhos se converterem em ilusões, mas também não devemos abandoná-los ao sabor da maré. Ao contrário, é necessário apontar-lhes o rumo em direção a destinos firmes e reais, ainda que tal travessia seja repleta de tempestades. Se alguns deles naufragarem no caminho, paciência. O importante é a consciência de tê-los dirigido com diligência e confiança. Eu denomino essa jornada de felicidade.”
A leitura de “Para sempre Ana” foi uma agradável surpresa. Repleta de mistérios, a trama nos prende a leitura, incitando nossa curiosidade do início ao fim. Confesso que no primeiro instante apresentei certa resistência quanto ao ritmo da narrativa, o autor mescla elementos do presente com um passado próximo e também, com um passado mais distante, conduzindo assim, a narrativa de uma forma não convencional. Desta forma, demorei a entender o significado das idas e vindas da estória, contudo, logo que compreendi que são essas mudanças de época e cenário que enchem a trama de mistérios, não consegui parar de ler o livro.
Logo de início somos apresentados ao distrito de Três Luzes, cenário peculiar e místico, repleto de crenças populares. Mais do que um palco para uma bela estória, o local é o ponto chave para as mudanças enfrentadas pela família Rigotti, protagonista da trama. Sendo assim, em primeiro instante conhecemos Caio, jovem da família Rigotti que retorna ao distrito de Três Luzes com a esperança de reencontrar sua mãe, Ana, que se encontra há muito tempo desaparecida. Mergulhamos então no passado da família em questão, de forma que o autor, aos poucos, vai apresentando pequenos detalhes que tendem a nos responder a grande questão do livro, a localização de Ana.
Ao lermos sobre o passado da família Rigotti nossa curiosidade vai a mil, pois já sabemos da existência de Caio e do desaparecimento de sua mãe, Ana, mas os detalhes da vida de seus pais, de seus avós, tios e amigos da família, parecem caminhar para uma direção adversa ao presente que já conhecemos, de forma que esse fato faz com que constantemente nos questionemos - Se isso aconteceu, como eles chegaram a determinada situação?.
O gostoso do livro é que ele é narrado como um quebra-cabeça, os detalhes passam a fazer sentindo aos poucos, e ao passo que alguns mistérios vão sendo revelados, novos segredos surgem, gerando novas dúvidas. Por isso, o livro como um todo, é um grande mistério, nada nele é previsível, nada segue um caminho pré-determinado, tudo é infinitamente instigante. Poderia dar mais detalhes sobre a estória, mas com certeza comprometeria a leitura de vocês, afinal, o segredo do livro está nos pequenos detalhes da trama.
Saliento aqui como ponto positivo a escrita do autor. O português é utilizado de uma forma rica, bonita de se ler, e me arrisco a dizer, em alguns momentos, filosófica - Sabe quando você mergulha não só no significado aparente das palavras, mas também, nas diversas definições e sentimentos que elas podem gerar?
Além da escrita, gostei muito da construção do cenário e dos personagens, cada um deles é extremamente humano, real, imperfeito, todos falham, mas só alguns são capazes de se redimir de seus erros, para então, amadurecer e buscar uma felicidade plena, baseada não na perfeição, mas sim, no crescimento interior proporcionado pelos erros e dificuldades vivenciados. E essa é a grande mensagem do livro, o amadurecimento e a felicidade proporcionada pelo dia a dia, de forma que o autor nos mostra com destreza que, nossa jornada, mesmo repleta de falhas, pode nos levar a um futuro repleto de felicidade, a grande questão, é saber escolher por qual caminho trilhar.
Para aqueles que gostam de estórias envolventes e misteriosas, regadas a muito drama familiar, “Para Sempre Ana” é uma ótima escolha de livro. Aproveito para agradecer ao autor, e sua esposa Luzia, pela parceria!
Até, 



12 comentários:

  1. Tirando o drama familiar...fiquei interessada na estória. Adoro um bom mistério!
    Acredito que esse seja um daqueles livros que leva a gnt a refletir bastante! =)

    Gostei. Ótima resenha.

    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Oi Pah,

    Gostei da capa e achei o título sugestivo! Deve ser realmente uma linda leitura!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bem?

    Desculpe por não visitar o blog frequentemente, mas estive um tempo sem entrar na internet. No começo eu sempre tinha um certo preconceito com livros que mesclam passado com presente, mas, ao longo do tempo, fui percebendo que em algumas histórias essas retomadas são super importantes e, agora, já me acostumei com esse tipo de história. O livro parece bem legal!

    Beijos!
    Caah Oliveira
    (Open Mind) http://openmindbook.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Pah, que resenha!
    Você falou tudo que eu achei do livro, só discordamos em uma coisa: eu adorei essa viagem no tempo desde o início.
    Mas de fato eu ficava me perguntando como as coisas poderiam ter acontecido com o presente aparente daquela forma!
    Enfim, o livro é riquíssimo, muito bem construído e também foi uma surpresa agradabilíssima pra mim. Eu imaginava que ia gostar, mas não tanto. Eu não contava com os mistérios!
    E a gente quase foi gêmea de post, minha resenha está programada pra amanhã! Hahaha
    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Eu amei esse livro e não sabia o quanto a leitura me surpreenderia. A trama foi muito bem desenvolvida e o autor está de parabéns pelo ótimo trabalho que desempenhou ;D

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela resenha Pah! Já li Para Sempre Ana e curti bastante. Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Oi Pah!
    Esses dias vi uma conversa sua com a Mi no twitter (eu sei que é feio ler conversa alheia, mas foi sem querer) em que você dizia que não estava muito presa no livro e tal, e a Mi te disse que você ia se surpreender... pelo jeito isso aconteceu mesmo.
    Estou lendo esse livro.... estou bem no comecinho e não tô me envolvendo muito. Espero que ao alcançar determinado grau da leitura eu fique mais interessada para ler. rs
    Realmente esse livro tem muito mistério. Quero saber qual é a da Ana! rs
    Ótima resenha!

    Beijos
    http://manialiteraria.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. O livro parece ser bem interessante embora não acho que seja muito o meu estilo.

    ResponderExcluir
  9. Olha que bacana! Gostei da resenha! Não conhecia este livro mas como você deu cinco estrelas ele merece atenção né?? Huhuhuh, espero que ele seja bem divulgado!!!
    ;)

    Parabéns! ;*

    ResponderExcluir
  10. Nunca ouvir falar desse livro,mas como vc falou super bem dele deve valer apena,apesar de que gosto e gosto.

    ResponderExcluir
  11. Gostei Muito, vou ler
    Obrigado
    http://www.greenshoppbrasil.com.br

    ResponderExcluir
  12. Ah, super bacana a sua resenha. Já havia visto esse livro, porém não sabia exatamente sobre o que se tratava, particularmente gosto bastante quando o autor escreve de forma "rica". Enfim, ótima critica.

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir