Fuxicando sobre Chick-lits: Na Minha Estante


"Chick-lit" é um gênero literário que abrange a vida da mulher moderna, sendo voltado, principalmente, para o sexo feminino. São romances leves, com um toque de humor, que narram o quotidiano e entram fundo nas dúvidas e emoções das personagens, transmitindo, normalmente, a sensação de estar lendo o relato de uma amiga. As história nesses livros poderiam facilmente ser uma conversa entre garotas ou mulheres, na qual há compartilhamento de sonhos, segredos, confissões.




Oi gente!

Pensando sobre o que eu poderia falar para vocês hoje, tive uma ideia. Resolvi mostrar a parte de chick-lits da minha estante para vocês!

Vamos ver?




Essa é a visão geral da parte superior da minha estante. Os chick-lits estão na primeira prateleira!





Indo por partes! 


Logo na frente, estão os chick-lits da minha diva, Sophie Kinsella. Como vocês podem perceber, minha coleção da Becky Bloom está, infelizmente, incompleta. Logo eu poderei adicionar o último livro da série (Mini Becky Bloom) porque eu o comprei recentemente, mas ele ainda não havia chegado quando tirei a foto. Dentre todos eles, meus queridinhos mor (porque todos são queridinhos) são O Segredo de Emma Corrigan, Menina de Vinte e As Listas de Casamento de Becky Bloom.





Atrás deles, ficam alguns diversos.





Melancia, Férias e Cheio de Charme, todos da Marian Keyes; O Noivo da Minha Melhor Amiga, Presentes da Vida, Questões do Coração e Ame O Que É Seu, da Emily Giffin; Qual Seu Número?, da Karyn Bosnak; Dizem Por Aí e Proposta Irrecusável, da Jill Mansell; e, por fim, Karma Club, da Jessica Brody.
Dentre eles, ainda não li Cheio de Charme, Presentes da Vida, Questões do Coração e os dois da Jill Mansell. Dentre os que já li, meus favoritos são os da Emily Giffin!







Depois, é hora de uma das maiores queridinhas dos chick-lits: Meg Cabot.

A lista começa com dois que não deveriam estar nessa prateleira, mas que mantenho por serem da mesma autora: A Rosa do Inverno e Pode Beijar a Noiva, ambos romances assinados sob o pseudônimo Patrícia Cabot. Não li Pode Beijar a Noiva, mas A Rosa do Inverno é um dos meus livros favoritos! Ao lado, começam os sobrenaturais da autora: Insaciável (o espaço ao lado dele pertence à Mordida, meu exemplar está emprestado), Sorte ou Azar?, e a série A Mediadora. Talvez seja meu pé atrás por sobrenaturais, mas , dos que li, nenhum deles teve grande destaque, em minha opinião. Contudo, ainda não li nenhum da série A Mediadora e tenho grandes expectativas sobre ela. Depois, começam os típicos chick-lits: A Rainha da Fofoca e A Rainha da Fofoca em Nova York, meus chick-lits adultos favoritos da autora; Tamanho 42 Não É Gorda, Tamanho 44 Também Não é Gorda e Tamanho Não Importa, dentre os quais li apenas o primeiro, há muitos anos; a série O Diário da Princesa, pela qual tenho um carinho imenso; e o vira-vira A Garota Americana/A Garota Americana - Quase Pronta, no qual eu amo o primeiro livro e não vi grande destaque para o segundo. Logo mais, adicionarei a eles Pegando Fogo, Quando Cai o Raio e Sendo Nikki, comprados recentemente.




Por fim, no canto da estante, mais alguns avulsos!
Quando em Roma e Manual Para Românticas Incorrigíveis, de Gemma Townley, irmã de Sophie Kinsella; Damas de Honra - Quatro Casamentos e Nenhum Funeral, de Jane Costello; Como Ser Solteira, de Liz Tuccillo; e Big Love, de Sarah Dunn.
Dentre eles, não li Como Ser Solteira e Damas de Honra. Sobre os outros: fui indiferente à Big Love, amei completamente Manual Para Românticas Incorrigíveis e detestei Quando em Roma. Já postei resenha aqui na coluna sobre esses três livros e, quem quiser saber um pouco mais da minha opinião sobre eles, deixo os links aqui, aqui e aqui.







Apesar de não estarem nessa prateleira, já que tenho uma exclusiva para livros nacionais, não poderia deixar de citar os chick-lits dessa categoria que tenho por aqui, não é?


Como Quase Namorei Robert Pattinson, de Carol Sabbar; Amigas (Im)perfeitas, de Leila Rego; Do Seu Lado, de Fernanda Saads; Mannequim, de Marcelo Lima; Antes Tarde Que Mais Tarde, de Liana Cupini; e Perdida, de Carina Rissi. 
Já li os da Carol Sabbar, do Marcelo Lima e da Liana Cupini. Dentre eles, o que mais me fez rir foi Como Quase Namorei Robert Pattinson, mas indico a leitura de todos!





E fim!

Gostaram do post? 
Agora quero saber, quais chick-lits vocês têm e quais vocês desejam?


Beijos para todos!



14 comentários:

  1. Nossa, descobri que adoro "Chick-lit", rsrsrsr
    Não conhecia este termo, mas adoro os livros da Marian Keyes, tenho: Melancia, Ferias e Sushi. :D Pouco né?

    Mas anotei alguns dos seus títulos e vou dar uma olhada nos que vou gostar mais para adquiri-los, rsrsr
    Bjão adorei o post!!!!

    ResponderExcluir
  2. que linda *-*
    tantos livros que tenho vontade de ler... principalmente os da Meg

    ResponderExcluir
  3. Tenho alguns...
    De longe meu preferido é Bridget Jones e também curto muito minha querida Mia (que comecei a ler adulta e terminei mês passado, porque quis ler todos comprados e andava muito caro,a bolsa de estudante curta).

    Não li Becky Bloom (mas tenho a ed. de bolso e vou ler esse mês, comprei aquele kit com o último volume e menina de sorte, esperando chegar).
    Tenho Questões do coração, a série de Tamanho 42 não é gorda, Sex and the city, Qual seu núemro?, Mariana (um romance juvenil com pegada chicklit do Pedro Bandeira), e alguns da Marian Keys pra chegar.
    Isso que eu lembro.
    É difícil comrpar chicklits porque tenho uma amiga que adora, comrpa muitos e sempre acaba emrpestando (ou meu primo que sempre me empresta vários da Meg)

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Mi e Pah! o/
    Linda a parte de chick-lits da sua estante :D
    Recentemente eu gravei um bookshelf tour parte 1 mostrando uma das minhas estantes mas ainda estou pensando se vou mesmo postar ou não huaahua Temos muitos em comum, mas nunca tive muita vontade de ler a série de Diário de Uma Princesa. Gosto da Meg, mas meus livros preferidos dela não são os chick-lits e sim os como Patricia, ou seja, os históricos hauhau
    Sempre que vejo esse livro Quando em Roma lembro de você, Mi, e sei com certeza que nunca irei ler kkkkkk
    Beijão, meninas!

    ResponderExcluir
  5. Nossa! Que inveja da sua estante!
    Há pouco tempo descobri que amo chick-lits! Não sabia que esse era o nome do gênero, mas sempre gostei. As minhas divas são: Meg Cabot, Emily Gifin e Sophie Kinsella. Tenho outros autores, mas ainda não li os livros.
    Beijinhos!

    Camila.
    loucuradelivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Os da Bridget são meus favoritos, mas quero ler tooooodos da sua estante, em especial os da Mariam Keys que ainda não conheço.

    ResponderExcluir
  7. Oi Mi*
    Ai, que sonho de estante. A maioria aí eu não tenho e sonho em ter.
    Amei, vi que vc tem até uma coroa, deve ser o da princesa Mia né.

    Bjinhs*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oii flor, adoooorei o post, que estante super invejável é essa? rs
    Tenho apenas um livro da Sophie K. e confesso que ainda não o li, no que se refere aos livros da minha Diva linda e querida Meg, rs, adooorei a série A mediadora e você não deveria adiar mais a leitura, sou apaixonada pelo Jesse :$ haha. Gostei de "A garota americana" tb, dos dois volumes, mas assim como você, preferi o primeiro, da série A rainha da fofoca só li o primeiro volume e me apaixonei, não li os outros dois pq descobri a pouco tempo que havia uma sequência, super desinformada né? HUSAHUSHUA. Enfim, adooro a meg e gostei demais do seu post.
    Um beijo!

    ResponderExcluir
  9. Hey blogueira!
    Que post mais lindo! Adorei a tua estante, guria. É linda! Quero muitos títulos que eu vi aí em cima, huehuehue
    Parabéns pelo sucesso com o teu blog, ele é lindo também! Adorei mesmo!
    Estou seguindo, viu? Se puder retribuir lá no meu, ficarei feliz *-*
    Beijocas!!
    http://foolishhappy.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Pah! Quanto tempo, menina! Deu até vergonha aqui de ter ficado tanto tempo sem entrar aqui. Saudades de você, lindona! E falando em coisa linda, esse lay tá uma coisa linda demais!!! Amei, Pah!
    E, Mi, adorei a post! Você, mais do que ninguém, sabe o quanto eu gosto de chick-lit (vivo te perturbando, falando sobre isso, hahah)
    Adorei sua seção dos chick-lits na estante. Tenho poucos dos seus, mas quero ler a maioria deles.
    Beijão!

    ResponderExcluir
  11. Oi, não sabia dessa sua paixão pelos chick-lits, mas são muitos e tão bem arrumados! Me deu vontade de ir sentir o cheiro deles. Não tenho muitos, pois não faz muito o meu estilo, embora eu saiba que é maravilhosa a leitura.Adorei sua estante. Beijos

    ResponderExcluir
  12. O Segredo de Emma Corrigan, Menina de Vinte são os meus queridinhos também da Sophie,já li a maioria dos livros da Meg Cabot que eu adoro A Rosa do Inverno e o meu favorito também a continuação Retratos do meu Coração da em segundo.
    A serie de A Mediadora foi um dos motivos que me ajudaram a ficar viciadas e apaixonada por livro,tenho um carinho muito especial por essa serie.

    ResponderExcluir
  13. Nossa que estante linda! Não sou muito leitora de chick-lit, mas eles são ótimos pra distrair e divertem muito

    ResponderExcluir
  14. Adoro esse gênero! Tenho muitos da Meg Cabot e dá Kinsella. Sua estante me deu "agua na boca" rs, gostaria muito de ler os nacionais!

    Adorei o post!

    bjs

    ResponderExcluir