Fuxicando Sobre Chick-Lits: Sarah Mason


"Chick-lit" é um gênero literário que abrange a vida da mulher moderna, sendo voltado, principalmente, para o sexo feminino. São romances leves, com um toque de humor, que narram o quotidiano e entram fundo nas dúvidas e emoções das personagens, transmitindo, normalmente, a sensação de estar lendo o relato de uma amiga. As história nesses livros poderiam facilmente ser uma conversa entre garotas ou mulheres, na qual há compartilhamento de sonhos, segredos, confissões.




Oi queridos!

Nessa véspera linda de feriado, vamos falar de chick-lits?
Que tal conhecer um pouco mais da Sarah Mason, autora de Um Amor de Detetive?




Nascida em Bedford, Inglaterra, Sarah Mason começou seu próprio negócio aos 25 anos: importou dos EUA pipocas gourmet. Por ser um trabalho cansativo, após seu casamento, ela decidiu tirar alguns meses de folga por sugestão de seu marido. O resultado foi a venda do negócio e a publicação de Playing James, em 2002, lançado no Brasil em 2004 pela Bertrand Brasil como Um Amor de Detetive. Em 2003, o livro ganhou o Romantic Novel of The Year Award (Melhor Romance do Ano). Esse, também, é o livro favorito da autora dentre os que já escreveu por conta da química entre os personagens. Ela diz ter adorado escrever os diálogos entre Holly e James.
Sarah Mason se considera uma pessoa bagunceira. Segundo ela, o escritório onde escreve  em sua casa é coberto por papéis, mesmo tendo um armário - normalmente vazio -  para guardar tudo. Ela também é uma fanática por leituras e considera esse um dos principais fatores a qualquer um que deseje se tornar um escritor. Ela admite não conseguir ler muito enquanto está em um período de escrita; nessas épocas, precisa esperar por algum feriado para retomar a leitura, e ai leva consigo de dez a vinte livros!
Em 2004, lançou dois livros: Party Girl e Society Girls, ambos publicados no Brasil pela Bertrand Brasil em 2005 e 2006, respectivamente, como Alta Sociedade e A Vida É Uma Festa. Sea Fever foi publicado em 2007 e a Bertrand Brasil anunciou recentemente que irá lançá-lo aqui como Veleiros ao Mar.


 Obras

(Clique nas capas para ser redirecionado ao Goodreads ou ao Skoob)









Curiosidades 
- Sarah Mason tem um mestrado em Matemática;
- "Escritora" e "mãe" são seus cargos diários. Durante a semana, ela acorda 5h e escreve até as 7h, quando seus filhos se levantam. Ela prepara o café para a família e leva as crianças para a escola, voltando a escrever das 9h ao meio dia. Nessa hora, interrompe novamente seu trabalho para buscar seu filho mais novo na escola. Passam o dia juntos, até o horário em que ela busca sua filha mais velha. Lavar roupas e cozinhar também fazem parte de sua rotina, embora a autora admita não ter tanto sucesso nessas tarefas.

Fontes: 1, 2, 3.



Li apenas Um Amor de Detetive e Alta Sociedade e amei os dois!
Da primeira vez que os li, lembro de ter gostado mais do primeiro. Entretanto, ao relê-los, fiquei com a sensação de ter me deliciado mais com a leitura de Alta Sociedade. De qualquer forma, Um Amor de Detetive é, sem dúvida, o queridinho pela maioria dentre os livros de Sarah. 
Recomendo demais ambos; são divertidos, gostosos de serem lidos e com romances pra lá de suspirantes!


E vocês, já leram algum desses livros?


Beijos a todos e ótimo feriado \o/





10 comentários:

  1. ual, confesso que não conhecia a autora, e seus livros, mas adorei conhecer um pouco dela!
    muito legal a história de vida dela, e a sua rotina ;o

    ResponderExcluir
  2. Oi Mi*
    Eu estava na procura do livro Um amor de detetive e eu pensava que era da editora Martin Clatet, está explicado poq eu não acha. Tenho muita vontade de ler e eu adoro esta capa!!

    Adorei o post!
    Bjinhs meninas Mi e Pah!

    ResponderExcluir
  3. Eu não li nada dela, Mi. E confesso que adorei conhecê-la (ela tem uma cara simpática) e fiquei curiosa para saber cmo são essas tais pipocas. Por que ela largou? Parece divertidíssimo haiahiuahuia

    Eu curti também saber da rotina dela para escrever, o que mais uma vez prova o que Dracoon diz: escritor tem que ter horário de trabalho como qualquer profissão, não é surrealismo que "espera a inspiração vir". Tem que ter dedicação.

    A propósito faço aniversário só em novembro, dia 3.

    Beijos,

    Lise
    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei tanto de Um Amor de Detetive que comprei correndo Alta Sociedade e A Vida É Uma Festa, me apaixonei pela escrita da autora, é muito boa mesmo, estou ansiosa para ler Veleiros ao Mar, o que eu não gosto mesmo são das capas, não me convenceram, mas isso é o de menos não é?
    Bjs,
    @PatriciaADavis

    ResponderExcluir
  5. Eu li "A vida é uma festa" e adorei, gostei muito da escrita da autora, e o livro é leve, divertido. Agora, estou com muita vontade de ler, é "U amor de detetive" e "Alta Sociedade".
    Olha.. ela tem que conciliar a vida de mãe, dona de casa, mulher e escritora, não é nada fácil hem?! hauhauha

    Beijinhos

    Bianca - Na estante da Bia

    ResponderExcluir
  6. Nunca li nada da autora, mas achei interessante ela ter mestrado em matemática...

    ResponderExcluir
  7. Eu amo a escrita da Sarah Manson , e até agora só li dois ( A vida é uma festa e Um amor de detetive) ambos muito bons . Bom saber que ela fez mestrado em matemática e é mãe.

    ResponderExcluir
  8. Eu nunca li nada da Sarah, mas tenho vontade. Todos falam tão bem dela e dos seus livros. Que fico bastante curiosa para ler um dia.
    Beijinhos!

    Camila.
    Loucura de Livros

    ResponderExcluir
  9. Pra mim Alta SOciedade é o melhor. Amo de paixão. Mas Um amor de detetive e a Vida é uma festa não ficam por baixo. Adoro a autora. estou ansiosa pelo lançamento, afinal, vindo dela jamais será um livro ruim.

    nasproximaspaginas.blogspot.com

    ResponderExcluir