[Fuxico] Na onda de Cinquenta tons

Não é segredo nenhum que quando algum produto faz sucesso em massa ele se torna inspiração pra várias redes e segmentos de comércio. Levando em conta o fenômeno causado pela trilogia “Cinquenta Tons” é de se esperar que muitas empresas busquem usar tal sucesso como ponte para alavancar suas vendas, se apoiando no livro para lançar produtos específicos para o público que caiu de amores pelos livros da autora E. L. James. Se isso é correto ou se fará sucesso, só o tempo irá dizer, mas enquanto isso, que tal ficarmos por dentro das novidades inspiradas na trilogia? Independentemente de terem gostado ou não da história supracitada, é fato que irão se divertir com a criatividade marketeira das empresas espalhadas pelo mundo.
1-Os acessórios mais inusitados:
No início do mês foi divulgado que a empresa do Reino Unido, Lovehoney, em parceria com a E. L. James irá lançar uma linha de produtos “para apimentar a relação” das leitoras de Cinquenta Tons. A ideia é dar vida aos apetrechos descritos na trama, comercializando-os até o natal desse ano, com uma embalagem que remete aos livros e com um (pasmem!) manual de instrução para os mesmos. Os “brinquedinhos” serão vendidos entre a faixa de 10 a 50 euros. (Matéria completa aqui).
 
“Todos os seus brinquedos favoritos do livro estarão disponíveis em toda a Europa e Austrália, em tempo para o Natal, todos distribuídos pela empresa sediada no Reino Unido Lovehoney.

Outros acessórios que foram criados sob a influência da trilogia Cinquenta Tons - e que se me permitem o comentário são uma fofura, são as roupinhas de bebê. Como jogo de marketing cogitou-se que após o fenômeno de Cinquenta tons de Cinza o número de mulheres grávidas aumentou, assim nada mais natural do que roupinhas que expressem esse sucesso não é?

Ainda no setor de roupas e acessórios as camisetas femininas que remetem a frases e características do (delícia) Mr. Grey andam fazendo sucesso pelo mundo a fora.

 

Temos também pulseiras, colares, canecas inspiradas em trechos dos livros e até mesmo vitrines inspiradas no figurino do Mr. Grey (Pois é, pois é, é muita criatividade galera). PS. “- Eu confesso, sou culpada, bem que eu queria uma caneca do Charlie Tango!” 

2-Trilha sonora:
Assim como um bom filme, a trilogia Cinquenta Tons ganhou várias trilhas sonoras. Algumas fazem um tributo ao livro ao som de piano e violão, e outras, bem, foram feitas para incitar os ouvintes (ou algumas partes deles - Humor negro, a gente se vê por aqui) da mesma forma que o livro. Saca só o nome de uma das musicas do CD Fifty Shades of Grey: Dark Ambient Music:

Açoite/ Chicote, ou coisas do gênero, gatinho? Ok, eu ri!

3-Livros:
É óbvio que surgiriam livros baseados no tema geral abordado em Cinquenta Tons. Fiz uma pesquisa e encontrei de tudo: paródias, guias de instrução para utilização da trilogia em sua vida sexual e tramas com o mesmo tipo de relação entre dominador e submissa, detalhe que boa parte desses livros adotam a seguinte frase em suas capas “se você gostou de Cinquenta tons não pode perder essa história...”. Ah por favor, me poupem! Entre os livros no estilo “paródias” (Existem mais de 50 livros publicados nesse estilo pelo mundo, veja a lista aqui) os que mais me irritam são os baseados em clássicos históricos a lá Jane Austen e Emily Bronte, acho isso uma baita falta de sacanagem ¬¬
 
Já entre os outros estilos de livros dessa classe, morri de rir com algumas das capas que encontrei pela internet, ô povinho com criatividade em?! Fifty Shades Bacon é para acabar com meu bom senso (risos).



Entre os guias e novas histórias, dois já foram lançados por aqui: Toda Sua da Sylvia Day e Cinquenta Tons de Prazer.


  

 
Curtiram as novidades inspiradas na trilogia Cinquenta Tons? Eu acho que do jeito que as coisas estão caminhando não falta muito para surgirem motéis com o nome de “Libere seus cinquenta tons de Prazer”, bebês com o nome de “Christian Grey”, e filmes para adultos com o cenário “temático” de Cinquenta Tons de Cinza. 

10 comentários:

  1. Pausa para o "Manual de Instruções". Hahahahahaha
    Esse foi o primeiro momento que eu ri. O segundo foi pro "Fifty Shades of Earl Grey" hahahaha
    Eu até tenho curiosidade para ver as releituras da Jane Austen e Emily Bronte. Tipo, se fazem releituras com a história passando na atualiade, até acho interessante essa ideia de fazer inspirado em 50 Tons... Só espero que o resultado seja bom!
    Agora eu achei sacanagem as roupinhas de bebê... Sei lá, acho que não combina nem um pouco!
    Beijão, gêmea!

    ResponderExcluir
  2. Ah, Pah... não sei se eu acho ruim essa coisa de mexer com os clássicos. Acho melhor do que aquelas adaptações com zumbis e criaturas estranhas.

    Acho inteligente o marketing se aproveitar de sucessos, seja lá qual forem. Fico trite quando nos deixamos levar (sim, eu também caio nessa) por paixão relacionada a algo (como filmes, livros, artistas e etc) para comprar um produto.

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Oii! Adorei seu blog! Amooo MUUUITO ler e imagino que você também né? Parabéns pelo blog! Muito legal mesmo!
    Criei um blog que chama Descobrindo Autores, para quem é apaixonado por literatura e ama escrever e ler. Dê uma olhadinha quando puder: www.descobrindoescritores.blogspot.com
    Beijinhooos

    ResponderExcluir
  4. Hahaha curti muito o post! É, o povo não perde tempo, já encontram algo p/ lucrar em cima do que está em alta. Adorei a capa do Earl Grey!! Putz, sabe que não duvido nada que os motéis façam (se é que já não fazem) promoções ou coisas ligadas ao Cinquenta Tons.

    Bj
    escrevendoloucamente.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. UIAhuiahuia
    Pah, post maravilhoso! hehe
    Eu acho um exagero essa mídia toda em cima da história, ainda não li, mas não acredito que passe de um livro normal, apenas, mesmo se for bom. O que faz esse estrondo todo é mesmo apenas marketing.
    Mas temos mesmo que concordar que a criatividade está em alta, algumas coisas são horríveis! rsrs

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Oi Pah!
    Adorei o post, foi tudo novidade para mim!
    Esses livros estão dando o que falar, né?
    Ai, eu queria uma camiseta dessas, gostei!
    Já comprei toda sua, estou esperando chegar...
    Fiquei curiosa para ler estes outros livros, que chegue logo para nós!!

    Bjinhs*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. bom, não li ainda o livro, então não posso opinar muito, mas essa coisa de vários outros autores terem se inspirado na serie para criar seus próprios livros eu já tinha visto!
    super jogada de marketing esses kits né!?

    ResponderExcluir
  8. Uou, isso é um prato cheio para as fãs do livro(recomendar o post para uma amiga minha que é simplesmente fascinada por eles). Quanta criatividade hein? Esse povo que se aproveita das modinhas para vender, está mais que certo, mas até surpreende.
    Post muito legal, curiosidades interessantes, parabéns.
    Beijos,
    Shake Your World

    ResponderExcluir
  9. Oi, (:

    Sério, criatividade é o que não falta O.o' rsrs'

    Se bem que, com o sucesso que esses livros estão tendo era de se esperar que tentassem 'expandir' isso.

    Ri alto dos "bebês com nome de Christian Grey” - duvido que essa idéia já não esteja perambulando por ai shuahsu'

    Post muuito criativo Pah, gostei ^^

    ~> Beijusss Pah...;*

    ResponderExcluir
  10. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Morri de rir!
    Pah faltou citar o livro "Butterfly". Mas esse pelo que parece foi relançado, já que com a fama de "Cinquenta tons" foi o boom para esse gênero.

    Bjus.....

    ResponderExcluir