outubro 05, 2012

[Resenha] Deslembrança – Cat Patrick

Toda noite, quando London Lane recosta a cabeça no
travesseiro e dorme, cada mínimo detalhe do dia que viveu desaparece de sua
memória. Pela manhã, restam-lhe apenas lembranças do futuro: pessoas e
acontecimentos que ainda estão por vir. Para conseguir manter uma rotina
minimamente normal, London escreve bilhetes para si própria e recorre à sempre
fiel melhor amiga. Já acostumada a tudo isso, ela tenta encarar a perda de
memória mais como uma fatalidade que como uma limitação. Mas, quando imagens
perturbadoras começam a surgir em suas lembranças e London precisa, de algum
modo, escapar delas, fica claro que para entender o presente e o futuro ela
terá que decifrar o que ficou esquecido no passado.

256 Páginas || Editora Intrínseca || Skoob || Compare & Compre || Resenha da Kamila
Mendes
Classificação  
London
é uma adolescente comum como qualquer outra garota de 16 anos, até que, todos
os dias às 4h33 da madrugada, seu cérebro se reinicia. Ao acordar, London Lane
não se lembra de nada que não esteja anotado em seus bilhetes. Toda a vida da
garota se resume em anotar as coisas mais importantes de seu dia e lê-las no
dia seguinte com a esperança de parecer menos patética e, talvez, ter alguma
lembrança do passado.

As anotações
flutuam de pequenas coisas, informações que ficam guardadas em sua mente, a
exercícios de matemática pela metade e futuras conversas. Sim, além de ter
perda da memória recente, a menina ainda se lembra de coisas que vão acontecer
e, quando acontecem, essas lembranças se apagam. A vida da protagonista é uma
rotina diária de anotações e lembranças futuras até que Luke Henry surge na
história. Um garoto misterioso que parece empenhado em conquistá-la e traz a
estranha realidade a tona: por mais que tente, London nunca será normal.
Essa é
a premissa que Cat Patrick usou para explorar um tema um tanto perturbador: e
se você não tivesse lembranças, como viveria? Essa resposta a personagem
encontrou nos bilhetes. Mas, como seria sua vida, caso não tivesse a lembrança
do ontem? Essa é uma pergunta que paira no ar.
Não é
só a presença de Luke que provoca mudanças, mas um sonho sombrio e lúgubre leva
London a questionar sua própria sanidade. Segredos que a mãe tem guardado por
anos e brigas com a única amiga fazem com que London passe a detalhar seu dia,
a fim de que nada passe despercebido.
Deslembrança
me deixou com um gostinho estranho na boca. A cada capítulo era como se lesse
uma nova história. Como se a personagem não evoluísse e, ao invés disso,
vivesse uma nova história todos os dias, mesmo com todos os bilhetes. Acho que
me senti na pele de London, tendo que viver todos os dias como se fosse uma
aventura ao desconhecido.
Há um
quê de thriller psicológico na trama que me atraiu. A idéia da autora de
explorar um tema tão complicado como a perda de memória recente é realmente
corajosa e creio que ela o fez com maestria, sem abusar do drama e com uma
sensibilidade ímpar. A personagem não cai na mesmice e eu consegui sentir como
se London fosse uma grande amiga que me permitiu ler seu diário.
O final
não foi o que eu esperava, mas me cativou pela grande interrogação que fica:
London conseguiu de fato mudar o futuro? E o que acontece agora? Creio que foi
proposital deixar essas pulguinhas mordendo a orelha do leitor, afinal de
contas, em uma geração acostumada a ter sagas imensas respondendo suas
perguntas, um pouco de dúvida e curiosidade não mata ninguém.
Capas pelo Mundo:


 



confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

28 Comentários

  • comentario
    17 agosto, 2013

    Eu gostei muito da sua resenha e gostei muito do livro tb. Não tem como não se apaixonar por London Lane e Luke! A autora tb me conquistou, espero que ela não fique somente em sua primeira obra!!!!

  • Anônimo
    09 julho, 2013

    Gostei muito desse livro, achei a história bem diferente e envolvente.Só achei que o final do livro poderia ser mais conclusivo, mas o objetivo da autora deve ter sido justamente o de não revelar tudo e deixar o leitor se perguntando o que aconteceu depois.

    Criei um blog essa semana, se puder dá uma conferida, ficaria muito feliz pois gosto muito do seu e acompanho sempre.
    Bjos Pah.

  • Charlyne carvalho
    05 novembro, 2012

    Esse livro é bem legal,onde hoje os livros basicamente falam da mesma coisa,ele é diferente! E com relação ao final,acho que imaginar considerando a nossa opinião sobre o livro é até mais emocionante,como em A CULPA É DAS ESTRELAS!

  • ♪ Dαyαnє ♪
    14 outubro, 2012

    Oi,

    Bom, essa é a primeira resenha que leio de "Deslembrança" mesmo que esse livro já tenha me atraido pela capa a muito tempo. Fiquei com medo de revelarem demais em alguma resenha, mas como posso confiar totalmente no blog da Pah (rsrs') fui sem medo.

    E, parabéns pela resenha Kamila 🙂

    Acho que o que mais me atraiu foi a temática tão diferente da maioria dos livros que tenho lido. Talvez também porque tenha me lembrado de "Como se fosse a primeira vez" e porque eu gosto do filme liguei uma coisa a outra *-* rs'

    Quero muito ler, estou super curiosa depois da sua resenha, e quero entender o tal final que todo mundo nos comentarios e você na resenha falou rs'

    ~> Beijusss…;*

  • Nathy Alcantara
    10 outubro, 2012

    Adorei o titulo do livro e quero em breve. Parabéns pela resenha! 🙂

  • Camila Fernandes
    10 outubro, 2012

    Kamila, estou há muito tempo querendo ler esse livro. Esse tema é muito curioso, e me deixou bastante curiosa para ler.
    Beijinhos!

    Camila.
    loucuradelivros.blogspot.com.br

  • Maryhelen Bastos
    09 outubro, 2012

    Adorei o post, mas não gosto de livro onde não tem final, agora tb fiquei pensando como seria minha vida se não lembrança de coisas importantes sobre mim mesma ?

    • Kamila Mendes
      09 outubro, 2012

      eu aprendi a gostar de livros assim Maryhelen e, como futura escritora, é um meio interessante de se contar uma história…viver sem lembranças deve ser horrível:s

  • Yara Lopes
    08 outubro, 2012

    Ameeeei a sua resenha! Tenho q dizer q quanto eu vi esse livro em uma livraria q eu fui eu fiquei babando por essa capa.. é mtoooo lindaa!

    • Kamila Mendes
      09 outubro, 2012

      a capa é um dos atrativos dele…achei que só eu tinha pirado nessa capa…rsrsrs

  • Lili
    07 outubro, 2012

    Ai, eu estou louca pra ler. Eu dei de presente e minha amiga já quer me emprestar (só que eu ainda tenho outros pra ler antes.
    Tua resenha só me deixou ainda mais curiosa. Fora que achei essa capa uma graça.

    liliescreve.blogspot.com

  • Ana Ferreira
    07 outubro, 2012

    Kamila, eu já tinha visto "Deslembrança" várias vezes na divulgação, mas não me lembrava de ter lido uma resenha dele até hoje, pois sequer conhecia sua história. Esta que, a propósito, envolveu-me bastante e criou uma grande expectativa.
    Que cruel viver sem lembranças, não? Acho que são a nossa maior herança, de certa forma. Algo do qual as pessoas não podem nos privar.
    Sua resenha me deixou bem curiosa!
    Achei as capas do mundo tão lindas quanto as brasileiras, especialmente essa das borboletas.
    Beijo!

    • Kamila Mendes
      09 outubro, 2012

      então, Ana…foi exatamente esse o fio q me prendeu…viver sem lembrancas, q são nossa ponte com o passado, com kem somos…esse o ponto que me prendeu até o fim!

  • MyBooks
    07 outubro, 2012

    Estou louca pra ler esse livro, em relação com as capas, a mais bonita é brasileira.
    Achei a história bastante interessante, e esse livro me lembra um pouco aquele filme: Como se fosse a primeira vez, só um pouco mais sobrenatural, até porque ela tem 'visões' do futuro, foi isso que eu entendi.
    Confesso que fiquei curiosa, depois de ler essa resenha, pra saber como acaba o livro, eu não consigo imaginar uma forma pra ele terminar, talvez quando eu for ler, eu queria um final. Só não pode ser clichê
    Beijoos:* – GabiSuzart

    • Kamila Mendes
      09 outubro, 2012

      oiii Gaby…não creio que o final seja clichê, mas se vc espera uma conclusão fechada, então saiba de ante mão que vai se decepcionar… rsrsrsr….sobre ser sobrenatural…não vejo dessa forma, a autora conseguiu fazer com que fosse algo natural as lembranças dela do futuro..ainda não tinha visto por essa ótica…valeu pela dica!!

  • Mireliinha
    06 outubro, 2012

    Eu adorei Deslembrança, mas o final também não foi o que eu esperava…
    Mas a premissa e a forma como a autora escreve, consegue deixar o leitor curioso e envolvido né? 🙂

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    • Kamila Mendes
      06 outubro, 2012

      isso mesmo Mireliinha…vc escreveu oq tentei falar a resenha inteira..rsrsrs

  • ✿Nessa✿
    06 outubro, 2012

    Olá!
    Eu quero muito ler este livro, mas no momento minha lista de leitura está cheia…
    Adorei sua resenha, o livro parece ser um pouco misterioso, mas bom de ler.

    Bjinhs*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/

  • Mai
    06 outubro, 2012

    A capa brasileira é a mais linda, com certeza! E o livro é muito fofo, me fez lembrar o filme "Como se fosse a primeira vez".

    • Kamila Mendes
      06 outubro, 2012

      né?!…o romance me conquistou…sou uma romantica, mas esse nao é um romance tao tipico!

  • Ana Caroline
    05 outubro, 2012

    Ah, no começo até tinha me interessado pelo livro, justamente porque a autora se propõe a tratar de assunto delicado e não tanto explorado na literatura. Mas tenho visto tantas resenhas negativas; a sua é a segunda que vejo com elogios (já li umas seis). Também não sabia desse toque de trhiller psicológico; interessante, mas mesmo assim vou ver um pouco mais pra me decidir entre ler ou não.

    http://queridos-sapiens.blogspot.com.br/

    • Kamila Mendes
      06 outubro, 2012

      Ana, eu confesso que me interessei por causa do título…rsrrs eu não li nenhuma resenha sobre Deslembrança, acho que por isso fui ler sem expectativas…e é esse o ponto. Não creio que a autora queria fazer algo inovador, mas tocou num ponto sensível, que é o thriller…se imaginar sem memória e vivendo momentos que colocam a vida em risco é tensooo…. e, como também escrevo, posso dizer que nem sempre levamos uma idéia ao seu auge pq é satisfatório o caminho que seguimos…me fiz entender??

  • Aione Simoes
    Aione Simoes
    05 outubro, 2012

    Nossa capa é a mais bonita!
    Kamila, sua resenha foi a mais positiva que vi do livro! Eu tenho vontade de lê-lo, mas como a proporção dos que não gostaram muito é grande, não é algo que está na minha lista de prioridades. De qualquer forma, acho a história interessante e não sabia desse quê de trhiller psicológico no enredo!
    Beijos!

    • Kamila Mendes
      06 outubro, 2012

      Oi Aione, eu tento não me levar pelas opiniões alheias, elas servem só como um termometro…talvez a minha tenha sido a mais positiva pq gosto de finais como esse que te deixam imaginar como as coisas se desenrolam…pq tem akele final em que vc imagina…e agora??? A história me fez imaginar o que faria no lugar de London…me senti meio que refém de mim mesma, como ela se sente!!

  • Rayme
    05 outubro, 2012

    este livro é lindo *-*
    só achei o final meio sem noção…
    e das capas, acho a nossa mais bonita 😛 mas a 3° tbm é linda! *-*

    • Kamila Mendes
      06 outubro, 2012

      Eu gostei do final Rayme…é o tipo de final que gosto, poir me permite ir além das palavras do autor! E o livro é lindo sim!!!