fevereiro 28, 2013

Fuxicando Sobre Chick-Lits: Desafio de Fevereiro – Série “Os Mistérios de Heather Wells”, Meg Cabot


“Chick-lit” é um gênero literário que abrange a vida da mulher moderna, sendo voltado, principalmente, para o sexo feminino. São romances leves, com um toque de humor, que narram o quotidiano e entram fundo nas dúvidas e emoções das personagens, transmitindo, normalmente, a sensação de estar lendo o relato de uma amiga. As história nesses livros poderiam facilmente ser uma conversa entre garotas ou mulheres, na qual há compartilhamento de sonhos, segredos, confissões.

Hey peeps!
Vamos prestar contas sobre o Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits agora que fevereiro chegou ao fim?
Dia 01/02 foi aniversário de Meg Cabot, uma das maiores escritoras de chick-lits da atualidade. Sendo assim, o tema desse mês do desafio foi em homenagem a ela!
Assim sendo, escolhi ler não apenas um livro de sua autoria, mas sim uma série, que conta com quatro livros, atualmente, sendo que apenas três deles foram publicados no Brasil pela Galera Record até o momento.

Como li os três livros, preferi falar da série de um modo geral, ao invés de me prender em cada um deles detalhadamente.
Confiram minha opinião!

Tamanho 42 Não é Gorda|| 416 páginas|| Skoob || Compare & Compre
Tamanho 44 Também Não é Gorda|| 416 páginas|| Skoob || Compare & Compre
Tamanho Não Importa|| 336 páginas|| Skoob || Compare & Compre

Chick-Lit || Galera Record||  Classificação: 4/5 || Resenha de Aione Simões

Os Mistérios de Heather Wells é a série de Meg Cabot que tanto se
encaixa na sub-categoria de Mistery Lit quanto na de Bigger Girl Lit, já que a
protagonista se envolve com um diferente caso policial em cada um dos livros e,
também, está acima do peso desejado por ela.
Narrados com a habitual maneira
divertida de Meg Cabot, a leitura se faz de maneira leve e sem exigir muito do
leitor. São ótimas escolhas para quem procura um entretenimento para rir e
passar o tempo.
Em termos de suspense, acredito
que houve uma evolução de sua construção ao longo dos livros. Tamanho 42 Não É Gorda deixou a desejar,
em minha opinião, por ter se mostrado previsível demais. Entretanto, preciso
ressaltar que eu já havia lido o livro há pelo menos 7 anos (ou mais) e ainda
que eu não me lembrasse conscientemente de nada da história, meu inconsciente
poderia se lembrar do desfecho. De qualquer maneira, fiquei mais satisfeita com
Tamanho 44 Também Não É Gorda e Tamanho Não Importa nesse quesito.
Ainda, os que esperam boas doses
de romance na história – presentes na maioria dos chick-lits – podem se decepcionar, porque esse está longe de ser o
foco do enredo. Há sim pitadas dele ao longo dos três livros, mas elas são bem
sutis e vão se intensificando conforme a história vai acontecendo, sem jamais
se tornar seu centro.
Heather é uma personagem divertida e que invariavelmente se envolve
em confusões, principalmente por ser a típica boa personagem que quer ajudar a
todos e não mede consequências quando quer provar seu ponto de vista e/ou
ajudar alguém. Merece destaque, em minha opinião, o personagem secundário
Gavin, um dos alunos do Conjunto Residencial Fischer e que ganha mais importância
na história a partir do segundo livro. Achava suas aparições hilárias!
Dos três livros, Tamanho Não Importa foi o que mais achei
engraçado e, também, foi o livro em que mais encontrei erros de revisão. Com
relação ao mistério desenvolvido, arrisco
a dizer que Tamanho 44 Também Não É Gorda
foi o que mais me agradou.
“Não consigo evitar. É uma manhã
de primavera linda. O céu lá em cima está azul até não poder mais, os
passarinhos cantam, o tempo está quente, as flores estão desabrochando e os
traficantes de drogas estão na rua com força total, negociando sua mercadoria
com alegria.”

Tamanho Não Importa, página 324


No resumo, a série não é a melhor
de Meg, em minha opinião, nem também a mais engraçada. Porém, é divertida e
cumpre bem o papel a que se propôs. Vale lembrar que, embora sejam Mistery
Lits, a principal função do livro não é a de elaborar um suspense impecável,
real e crível, mas sim a de divertir, utilizando o suspense como um
diferencial. Portanto, não vá em busca do livro se você deseja uma trama
extremamente elaborada – para isso, procure um thriller policial. Leia-o se você quiser se divertir.
O quarto livro da série – Size 12 and Ready To Rock (Tradução livre: Tamanho 42 e Pronta Para Arrasar) já foi lançado nos EUA, mas ainda não tem previsão de lançamento no Brasil! Preferi não colocar a sinopse porque ela contém spoilers dos livros anteriores, mas, aos que quiserem lê-la no site da autora, deixo o link aqui.

Não esqueçam de adicionar as resenhas de vocês, ok? O coletor estará aberto para a inserção de links até o dia 14/03! Lembrando que aqui devem ser inseridas apenas as resenhas de Fevereiro

document.write(‘

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

22 Comentários

  • Viviane S.
    11 abril, 2013

    Concordo com você em tudo.
    Li o primeiro livro faz um tempo e também achei que deixou algo a desejar. Tanto que nem tive vontade de ler os outros. Bom saber que que os próximos são melhores. Era o estímulo que eu precisava.
    Amo a Meg, mas realmente essa não é a melhor série dela.

  • Ana Luiza Moraes
    04 março, 2013

    Desde quando ouvi falar dessa série estou louca para ler. E super me identifiquei com o nome, uso 42. OPSKOPASOPKASOPKAS' Tá na hora de voltar pros 40. ): ASIOJSAOIASJIOASJ'

    http://livrinhoseeu.blogspot.com.br/

  • jayane
    02 março, 2013

    Adoro essa serie da Meg li os três ouvir falar que vai lança mais um.

  • Pah
    02 março, 2013

    Sério que vai ter um quarto livro?

    Bom, eu só tenho o primeiro (que ainda nao li), mas se gostar pretendo cocmprar os outros (assim, que entrem em promoçao).

  • Crislane Barbosa
    02 março, 2013

    Tenho os três primeiros livros e pretendo ler seguidos.
    Espero gostar bastante dessa série!
    Não sabia que tinha esse 4º livro.
    Espero que seja lançado logo! rsrsrs…

    Bjus…

  • Rayane
    01 março, 2013

    Nunca tinha lido nada da Meg Cabot e escolhi para o desafio O Diário de uma Princesa afinal adorei o filme…Até gostei do livro (me apaixonei pelo Michael, mas afinal quem não se apaixona, certo?) no entanto detestei a tradução e isso com certeza interferiu na minha opinião sobre o livro :/

    • Pah
      02 março, 2013

      oi, eu vi sua resenha, eu tenho os livros, mas da versao da capa antiga, faz muito tempo que eu li + de 10 anos acho e nao me lembro de ter visto erros de traduçao, claro, pode ser que tenha e eu nao me lembre, mas li até o 6 e realmente nao lembro de algo do tipo. pode ser algo de ediçao para ediçao

      bjo

    • Rayane
      05 março, 2013

      É uma pena pois acho as capas desta edição tão linda…obrigada, acho que vou atrás das edições mais antigas…

  • Karina B.
    01 março, 2013

    Oii
    Sempre tive vontade de ler essa série.
    Adoro os livros da Meg *-*

    Beijos

  • Mirelle Candeloro
    01 março, 2013

    Oi Aione, nunca li nenhum livro da Meg e nenhum Mistery-lit pelo que me recordo. Fiquei muito curiosa por essa série, lendo sua resenha, para saber como a autora conseguiu misturar um chick-lit com uma pitada de enredo policial.

    Como faço para participar desse desafio?
    Beijos, Mi

    http://www.recantodami.com

  • Fran Alves
    01 março, 2013

    Amo a Meg… mas não li essa série ainda… ambora todo mundo fale bem… eu não sei tem algo que me impele de ler…

    Mas parece mesmo ser bem divertido…

  • Tânia Silva
    28 fevereiro, 2013

    Não conhecia esta série, mas adoro a escrita da Meg. Já adicionei na minha listinha de leituras, espero ler em breve.

    BEIJOS

  • Gustavo
    28 fevereiro, 2013

    Me ajuda do mês de março, não faço ideia de nenhum livroo 🙁

    • Aione Simoes
      Aione Simoes
      01 março, 2013

      Oi Gustavo!
      A maioria dos chick-lits se encaixam na categoria!
      Procure por aqueles que retratem mulheres que morem sozinhas, por exemplo, com um emprego… Essa própria série da Heather Wells se encaixaria 🙂
      Me diga quais opções você tem e eu te falo se servem, ok?
      Beijão!

    • Gustavo
      30 março, 2013

      Eu ja li, e amei, abraçoss

  • Angelica
    28 fevereiro, 2013

    Oi Aione, você acredita que tenho esses livros a um ano e ainda não li?! Depois dessa resenha vou correr ler,
    Beijos 🙂

  • Kenia Siqueira
    28 fevereiro, 2013

    Eu ja li, e adoro! Série maravilhosa!

  • Fabi Liberati
    28 fevereiro, 2013

    Adorei o post como sempre né ;), eu gosto quando um livro me tira boas risdas, já esta na minha listinha!!!

    Beijos flor =)

  • Fabi Liberati
    28 fevereiro, 2013

    Adorei o post como sempre né ;), eu gosto quando um livro me tira boas risdas, já esta na minha listinha!!!

    Beijos flor =)

  • Lili
    28 fevereiro, 2013

    Ah essa série. Eu queria ela há muito tempo e aconteceu justamente o que acontece quando queremos tanto algo, ela foi ficando… Com o desafio esse ano, não sei como encaixá-la (ela seria lida em janeiro, mas…

    Eu acho que embora não seja das melhores tem tudo pra ser uma das que eu goste bastante.
    Veremos!

    liliescreve.blogspot.com

  • Michelle Boyd
    28 fevereiro, 2013

    Mais um pra série: Séries que preciso ler! Sou apaixonada pela Meg mas escolhi a série errada pra ler em fevereiro. Não gostei muito de Quase Pronta, uma pena!

    Beijo Aione
    Michelle Boyd
    The Little Things