[Fuxico do Mês] O tal do New Adult


'Fuxico do Mês’ é uma coluna mensal voltada para um gênero literário específico. Nela, divagamos sobre o conceito de tal classe, os futuros lançamentos que ela engloba, e recomendamos leituras para aqueles que querem conhecer mais sobre essa subclasse.  

Sem dúvidas você já leu em algum lugar o termo ‘New Adult’. Até mesmo aqui no blog, por exemplo, vocês acompanharam várias resenhas de livros dessa classe literária nos últimos dois meses, e o fato é que atualmente esse gênero literário está em ascensão, popularizando-se entre os leitores de todo o mundo, principalmente entre o público jovem norte-americano, que caiu de amores por essa classe literária. No Brasil ainda estamos acompanhando uma sinuosa disseminação da categoria, contudo, levando-se em conta os futuros lançamentos editoriais que teremos por aqui, não demorará muito para que a classe se difunda entre os leitores brasileiros.  
 O que é New Adult?

New Adult’ é uma terminologia proposta pela primeira vez em 2009 pela editora  St. Martin's Press, que a utilizou para definir uma nova categoria de ficção para jovens adultos. O interesse da editora era abordar o período da ‘maior idade’, buscando histórias sobre jovens que são legalmente adultos, mas que ainda estão encontrando seu caminho na construção de uma vida adulta, ou seja, que procuram descobrir o real significado de ser um adulto.
Nas palavras de JJ em St. Martin, "New Adult é sobre a idade jovem-adulta, quando você é um adulto, mas não estabeleceu a sua vida como um (carreira, família, tudo o que você tem, etc.)."
Ou seja, o termo define um processo de transição, de mudança; momento no qual o jovem atinge a maior idade e começa a perceber as alterações que tal status acarreta. “Há um período de tempo em que a vida adulta é sentida como um novo par de sapatos. As expectativas de independência e autossuficiência ainda são novas, ainda precisam ser quebradas e os ‘new adults’ são as pessoas que apenas começaram a andar nos novos sapatos; ficção ‘new adult’ é sobre suas bolhas e dores” (fonte).
Levando em conta tais conceitos, os cenários dessas histórias de ficção jovem adulta transbordam mudanças e ‘primeiros passos’. Assim podemos ter como pano de fundo a faculdade, o primeiro emprego, o primeiro relacionamento sério, a primeira bebedeira, o primeiro (ou mais importante) confronto familiar, a primeira relação sexual... Infinitas ‘primeiras-vezes’ e incontáveis conflitos envoltos, principalmente, nas escolhas feitas pelos personagens principais. Desta maneira, o que difere essa categoria da classe literária ‘jovens adultos’ é o ponto de vista do protagonista e claro, sua experiência de vida. A nova visão de mundo que tal personagem adquiriu com o tempo, deixando de ser inocente ao perceber que o mundo ao seu redor, infelizmente, não é apenas ‘flores e chocolates’, e que para visualizar o arco-íris, é preciso enfrentar a tempestade antes dele.
E esse fator, a visão realista do mundo, é que garante o sucesso da classe. Ela aborda infinitas mudanças, mas sempre inserindo conflitos intensos e complexos em sua narrativa, comprovando o fato de que o jovem adulto não está mais imune a toda a sujeira que existe no mundo. Desta forma, lemos sobre abusos sexuais, consumo de drogas, violência, doenças mentais e físicas, relacionamos complicados e discrepantes com o que é considerado ideal pela sociedade, e muitos outros elementos que dão ‘um tapa na cara do leitor’ ao revelarem uma face de nossa sociedade que tentamos evitar.
Sendo assim, essa classe literária conta com protagonistas na faixa de 18 a 26 anos, ou em alguns casos, jovens com 16 ou 17 anos que estão iniciando sua vida adulta. O centro da questão é que, na infância e adolescência as decisões são tomadas com base no presente, você simplesmente corre atrás do que quer naquele momento, já quando se é adulto, você utiliza o passado, ou seja, a sua experiência, como medida para a tomada de decisão. Entretanto, e quando não se é nenhuma coisa nem outra, ou seja, quando se é um ‘jovem adulto’, - como tomar as decisões corretas?
A resposta, como bem sabemos, é intrínseca de cada pessoa; cada um de nós passa, passou ou passará por essa fase de forma diferente, e é a respeito das diversas faces desse momento de transição que lemos nos livros ‘new adults’.
Quer saber mais sobre o gênero? Então acompanhe o blog internacional NA Alley, feito especialmente para os fãs dessa categoria literária.
 O que  ler?

Segundo a Wikipédia os principais autores da classe literária ‘new adult' são: Jamie McGuire; Jessica Park; TammaraWebber; StephCampbell; Liz Reinhardt; Abbi Glines; Colleen Hoover; Lynn Rush; Cora Carmack; Molly McAdams; JessicaSorensen; Courtney Cole; e J.A.Redmerski.

Entre os 13 autores listados, todos possuem livros na minha lista de desejados, e quatro deles estão entre os meus favoritos. Sendo assim, todos são ótimas opções de leitura, entretanto, apenas um deles, a Jamie McGuire, tem livros publicados no Brasil. Dessa forma, a opção é começar por Belo Desastre (resenha AQUI), que por sinal é uma delícia de livro, e aguardar pelos lançamentos que estão por vim (Abril e Julho desse ano prometem!).
Já para aqueles que dominam a língua inglesa, vale (MUITO) a pena ler: (Confira as resenhas AQUI).
  
E para os que querem arriscar, mais indicações:
Desejados
       


Lendo/ Meta de Leitura


 O que vem por aí? (No Brasil!)

Cansaram das indicações em inglês? Calma que as editoras nacionais já perceberam que essa classe literária está em alta, sendo assim, prometem muitas novidades.
Para o mês de Abril e Maio teremos:

 


E para o mês de Julho: (Ambos pela Verus editora)


Ótimos livros! Estou ansiosa por TODOS, e não me aguento de curiosidade. Sabe quando você precisa de um livro em suas mãos? Pois bem, eu preciso urgente de todos esses; e provavelmente, logo, logo, teremos resenhas deles por aqui.
Espero que vocês tenham gostado do post, e até o próximo Fuxico do Mês!
Fontes 12 e 3.


22 comentários:

  1. New Adult ainda é um gênero que ouço muito a respeito, mas nunca li... A Gabi do Livros e Citações costuma ler muitos New Adult, acho que foi a partir das postagens dela que comecei a ter mais interesse por esse gênero, culpa dela também eu querer ler vários deles!
    Já, já ele irá se popularizar ainda mais e as editoras daqui começarão a investir e trazê-los para nós, espero que não demore, rs.
    Ah, e a Verus ganhou meu coração quando anunciou a publicação de ''No Limite da Atração'' <3

    Beigos,
    Maura - Blog da /mauraparvatis.

    ResponderExcluir
  2. Gêmea, incrível o post, super completo!
    Eu já conhecia o gênero, mas eu amei a maneira de como você o explicou, super sensível e poética, bem sua cara!
    Eu também estou doidinha por esses lançamentos!
    Parabéns pelo post e pela nova coluna!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. P.S: Química Perfeita pode ser considerado NA? Ou ainda é YA? Bateu a dúvida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi gêmea, já te respondi, mas, acredito que o livro se enquadre entre os Young Adult Mature, já que os personagens ainda estão no colegial prestes a ingressarem na "vida adulta'.

      Excluir
  4. Oi, Pah.

    Muito Bom o seu post, adorei as novidades, pena que não domino o Inglês então tenho que esperar as publicações aqui no Brasil

    Beijos e Até o próximo post!
    Lu Apaixonada por Romances

    ResponderExcluir
  5. AMEI o post! Ficou lindo e mt bem explicado...

    Mas como eu comentei, acho essa coisa de NA meio 'só mais uma categoria pra tornar nossa vida mais... hm... dividida' huaha quer dizer, entendo que seja bom categorizar mais especificamente o tipo de leitura, mas ao mesmo tempo acho desnecessário, entende? Tipo, não era YA (que afinal, é para o meio termo.. adolescência-inicio da vida adulta) que depois vira um livro 'normal (?) afinal, que categoria vem depois? na faixa dos 30 não tem essa separação por 'idade'... Enfim! Só acho que é mais do mesmo!

    O que importa é que adoooooro esse tipo de livro (que é basicamente a fase da vida q se termina o colegial) e dos que vc indicou quero ler váaarios! Nossa! Esses que a Verus vai lançar então.. só ouço comentários!

    É isso, Pah, amei a coluna e sua explicação e indicações!
    Bjss
    Evellyn!

    ResponderExcluir
  6. Adorei a postagem e os esclarecimentos, mas confesso que (embora tenha adorado) Belo desastre para mim foge demais da descrição do gênero. Eu não vejo muito esse lance da vida jovem adulta, com exceção é claro da etapa de vida da própria personagem.
    Não sei se me expressei direito. Algo como, um livro não pode ser considerado infantil apenas pela idade de seu personagem, exemplo: Quarto.

    Mas no fim, tudo isso é besteira de discussão porque o que importam são os livros e suas histórias, não os gêneros que são meras tentativas de classificações.

    Beijos,

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lili, obrigada, que bom que gostou do post :)

      Você acha que Belo Desastre seria adulto? Ou no caso um young adult? Com toda a pegada 'universitária' do livro não consigo vê-lo de outra forma, mas acho que isso muda de acordo com cada leitor :)

      Bjs

      Excluir
  7. Adorei o post. Bom pra conhecer um pouco mais.
    Eu fiquei bem interessada em ler as indicações.

    Beijos,
    Carissa
    www.carissavieira.com

    ResponderExcluir
  8. Eu adoro New adult, as histórias sempre me chamam a atenção, e eu gosto dos temas propostos, das discussões, são livros que estão nos meus favoritos. Adorei os livros que vão chegar aqui no Brasil esse ano, espero que sejam publicado mais.

    bjks

    ResponderExcluir
  9. Ei Pah, esse gênero realmente tem ganhado destaque por aqui. Não lembro de ter lido nada específico, mas já vi vários livros sendo comentados, e vários me deixam curiosa.
    Gostei de conhecer um pouquinho mais especificamente, adorei a postagem ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  10. li poucos livros deste gênero, mas os poucos que li gostei bastante!
    está em ascensão mesmo, e assim, recrutando mais leitores para o nosso mundo!
    ainda não li o livro, e apesar de não ter uma opinião exatamente formada quanto a isso, pelas resenhas que vi não classificaria Belo Desastre para este gênero.... estou errada? :S

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rayme, eu confesso que não consigo ver Belo Desastre de outra forma, mas acho que isso vai de acordo com cada leitor. Você enquadraria o livro em qual classe?

      Excluir
  11. Adorei as dicas do que ler!
    Gosto de livros nesse estilo! (safadinha)
    kkkkkkkkkkkkkk
    Beijos
    Rizia - Livroterapias
    http://livroterapias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Pah, eu li Belo Desastre depois que vi um video seu falando muito bem do livro. E quero agradecer por esta dica maravilhosa,pq eu simplesmente ameiii este livro. Umas das minhas melhores leituras até agora.
    Estou sempre acompanhando seu blog e continuei seguindo suas dicas e vc acertou em praticamente tudo. Confesso que não compro um livro sem antes dar uma passadinha por aki e ver sua opinião sobre o livro ou autor. Valeu pelas dicas, Bjsss

    ResponderExcluir
  13. Oiiee Pah
    Meus queridinhos do momento. Alguns tive que recorrer as edições em inglês, porque a ansiedade era tanta que não dava pra esperar ser lançado por aqui (alguns nem previsão têm). Espero que as editoras possam nos ajudar nesse quesito #ficadica

    Adoro seus post's e o blog em si.

    BEIJOS!!!



    ResponderExcluir
  14. Oie Pah!!!
    Eu amei o post, esclareceu muitas coisas pra mim!! As novidades estão ótimas, eu to louca pra ler "Belo Desastre" e " Entre o agora e o Nunca". E as capas? *.* lindas =D
    Beijos flor

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Nossa! Cada vez mais livros são lançados e com eles vem surgindo novos gêneros. E assim cada vez mais nós ficamos apaixonadas por eles. Pena que o bolso não acompanha essa paixão. :/
    Mas Pah, esses livros sempre me lembram os romances de banca. Só que esses voltados para New Adult.

    Bjus...

    ResponderExcluir
  16. Oii Pah!
    Eu adoro livros do gênero New Adult! Se tornou um dos meus gêneros favoritos com toda certeza!
    Eu adorei todos os livros que já li desse gênero. Vários já foram para os favoritos. São meus queridinhos *.*
    Adorei as indicações, vários eu não conhecia, vou colocar na minha (enorme) meta de leitura.

    Adorei o post!
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Menina, que post perfeito *-*
    Conheci seu blog esses dias, Pah (minha colega de profissão!) e achei tudo muito lindo, td muito legal, tanto que sai vendo um montão de posts, rsrs.
    E eu tô fã completa do gênero New Adult, viciada meeeesmo. Espero que as editoras brasileiras realmente invistam nessa temática e com preços acessíveis, pq de que adianta publicar livros que a maior parte da população ñ tem como comprar? E se formos comparar com as publicações lá de fora, em capa dura, com jacket e tudo mais, as brasileiras ficam muito atrás.
    No mais, amei as dicas que você deu no post, inclusive alguns até já fui atrás para ler, como Easy.

    Parabéns pelo blog =)

    Bjoks!

    Janne
    baguncinhas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Oi seu blog é lindo e adorei saber mais sobre essa categoria New Adult, estou lendo no limite da atração e amando, acho que é minha primeira experiencia nesta categoria, viciei!!

    Beijos Mila
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Paola, você já leu "Doce dor, Amargo desejo" de Brenda Carvalho? Confere lá que acho que pode te interessar.

    ResponderExcluir