[Resenha] Pode Beijar a Noiva – Patrícia Cabot

Apenas um homem poderia propor a ela casamento... Emma Van Court, dama de uma família londrina, jamais esperava ficar viúva e sem vintém na aldeia escocesa de Faires. E quando uma fortuna lhe foi prometida, se ela tornasse a se casar, a bela professora deparou-se com um mosaico de homens solteiros lutando por suas atenções, desde o pastor local até um detestável barão. Um doce beijo selaria aquele amor... James Marbury, conde de Denham, era moderno e sofisticado... e totalmente desacostumado às estradas lamacentas e aos telhados de palha de Faires, para onde viera depois de saber do falecimento de seu primo Stuart. E sem demora ficou exasperado ao descobrir que seu amor louco e intenso pela viúva Emma continuava tão forte quanto antes. Diante de tantos homens solteiros que a cortejavam, James encontrou uma única solução: oferecer-se como marido temporário para Emma... mesmo que secretamente ele desejasse fazer seus votos durarem para sempre.
Romance de Época || 238 Páginas || Editora Planeta || Skoob || Compare & Compre|| Classificação: 3,5/5 || Resenha da Day Farias
Eu tenho que dizer que realmente devo a Pah o fato de não ter desistido de livros históricos, principalmente dos hot. Depois de algumas experiências ruins com esse gênero, eu tinha praticamente me resignado ao fato de que talvez esse simplesmente não fosse meu tipo de leitura. Mas, sério, tem como visitar o L&F – nem que seja só de vez em quando - e, caso não se contagiar completamente, ao menos não ficar curiosa por esse amor que ela tem por esse tipo de livro?! Continuei minha busca por um livro apaixonante – falando assim, até parece uma aventura, risos – até que finalmente descobri os livros da Meg desse gênero, que ela escreveu sob o pseudônimo de Patrícia Cabot e bom, eu amo a Meg! Ela foi uma das autoras responsáveis pelo meu amor pela leitura, então apostei todas as minhas fichas nela. Infelizmente os primeiros livros que tentei dela desse estilo também não me convenceram... até que enfim encontrei Pode Beijar a Noiva.

Uma coisa que sempre me incomoda em alguns dos hot que li é que ás vezes a autora não mostra nenhum interesse em construir um relacionamento real entre os personagens, pelo qual você possa torcer, deixando muitas vezes a história pouco convincente. Não gosto de casais que simplesmente se olham e de repente sentem que não podem mais tirar as mãos um do outro! Eu preciso acreditar neles, no relacionamento deles, para conseguir entrar de cabeça nessa leitura... preciso acreditar que além do desejo óbvio também há amor e um bom motivo para quere-los juntos. Sim, sou uma romântica assumida!
Comecei esse livro com expectativas menores, depois de ter me decepcionado com o primeiro que tentei, e no final isso foi um motivo a mais para o livro ter me surpreendido. Meg, nesse livro, conseguiu finalmente fazer o que eu mais sentia falta em livros como esse; conseguiu equilibrar o amor e o desejo. Não se trata de um romance que nasce do nada. É uma história de amor que não teve chance de acontecer no passado, mas que de alguma maneira – o destino ou o universo, chame do que quiser – não querem que permaneça mal resolvida.
Depois da morte de seu marido, Emma pensa que estará totalmente desamparada até que se torna herdeira de uma fortuna, mas, claro, receber esse dinheiro não será tão simples, já que ela só poderá receber de fato a herança caso se case novamente... e é assim que ela se torna a solteira mais cobiçada da pequena cidade onde vive! Então James não está sendo nada mais do que honrado ao pedir a mão dela, a esposa de seu primo falecido, em casamento para que ela possa receber a herança e, ao mesmo tempo, se livrar de todos os pretendentes indesejados, certo? Talvez, se dentro dele não houvesse um amor há muito tempo adormecido que desperta no momento em que ele volta a vê-la. Mas, ela é a viúva de seu primo! Além de Emma guardar rancor por coisas que ele fez no passado – sem saber que ele o fez pelos sentimentos que nutria por ela. Será que haverá alguma chance de esse amor finalmente ter a chance de acontecer?
Pode Beijar a Noiva é um livro gostoso de ler, de um jeito que só a Meg poderia fazer. Consegue ser engraçado, leve e apaixonante. Os personagens – até mesmo os secundários – são marcantes e receberam a devida atenção em sua construção, mas, acima de tudo, James e Emma formam um tipo de casal que já ganha a sua torcida logo nas primeiras páginas, tanto por suas personalidades quanto pelo fato de que, depois de tudo o que passaram, eles mais do que ninguém merecem amar e serem amados de volta.
Não é um livro que se tornou meu favorito, nem me ‘marcou’ como leitora e sinceramente acho que essa não era a sua pretensão. Mas, foi uma daquelas leituras feitas sem esforço que consegue ser leve sem ser superficial e que te faz saber que existem histórias que somente a Meg poderia escrever .
“Quando um homem que nunca teve nada negado em sua vida encara subitamente o fato de que não pode ter o que mais deseja dirá quase tudo para tentar convencer-se de que jamais desejou aquilo. Mas, acredite no que eu  digo Emma, não me lembro de uma época em que eu não desejasse que você fosse minha”.








Participe Aqui

36 comentários:

  1. Adorei essa resenha. Adoro romances! Hot então nem se fala.
    Nem sabia que a autora escrevia livros assim.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  2. Não curto muito romances de época mas esse parece legal, e além do mais a capa é linda de um jeito bem simples ...

    ResponderExcluir
  3. Oi Day,

    Adorei a resenha. Este livro está na minha lista de desejados. Mas confesso que você conseguiu me deixar confusa. Pela resenha concluí que quero ler, mas sua nota me desanimou um pouco... hehehehe... Acho que vou adiar mais um pouquinho.

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Eu já li esse, me parecia legal a princípio, mas eu achei bem chatinho até....é uma leitura muito rápida mesmo, mas não me acrescentou em nada e eu não recomendaria...nem tentei ler nada da autora depois disso, mas quem sabe....
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Day ! Ótima resenha. Como você , tive também experiencias péssimas com romances históricos , mas um livro que tentei recorrer e gracas a ele não desisti desse gênero , foi o ''aprendendo a seduzir'' da Meg também com seu psedonimo.Gracas a Deus o livro me surpreendeu apesar de não ser uma leitura que me marcou , mas foi leve , com personagens bem desenvolvidos e caracterizados e claaro , uma escrita que parece voar .Sua resenha me deu uma outra alternativa do gênero que por incrível que pareca ainda tenho um pé atras. Mas não vou desistir , vou correr para comprar esse livro.
    Beeijos !

    ResponderExcluir
  6. Oi day ! Ótima resenha !
    Como você tive péssimas experiencias com livros de romance de histórico e um que me deu esperanças com o gênero foi o ''aprendendo a seduzir'' da Meg Cabot , também com seu pseudônimo.O livro me surpreendeu gracas a escrita leve e seus personagens bem construídos ( apesar das grandes criticas negativas) . Sua resenha me deu uma outra alternativa para tomar gosto do gênero , que por incrível que pareca ainda tenho um pe atras.
    Beeijos e obrigada Day !

    ResponderExcluir
  7. A capa é linda , mas esses livros desse gênero não me chamam mais a atenção.. andam meio clichês rs
    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

    ResponderExcluir
  8. Oi, Day!
    Eu amo esse gênero e estou lerdando para ler livros da Patricia Cabot, mas quero muito.
    Sua resenha me fez ficar com mais vontade ainda de ler.
    Beijos e até mais,
    Ana.
    http://www.umlivroenadamais.com/

    ResponderExcluir
  9. Oi Day!
    Adoro romances históricos, sou uma rata de livros de banca são minha perdição...kkkk
    Gostei bastante da sua resenha e como também sou fã assumida da Meg isso foi um atrativo a mais para querer ler o livro.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. comecei a ler este gênero por cumpa da Pah, e agora estou encantada! hahaha
    quem não ama os livros da Meg???
    eu tinha ganhado este livro num sorteio no final do ano passado, mas acabei nunca recebendo ele :(
    parece ser ótimo, mas admito que grande parte da minha vontade de ler ele é por causa da Meg mesmo...
    quero tentar ler ele logo... :D

    ResponderExcluir
  11. Oi Day*

    Eu tinha este livro, comecei a ler e acabei parando. Sei lá, parece que faltou algo para me prender na leitura. Mas adoro os livros da autora.

    Beijos*

    ResponderExcluir
  12. Estou entrando na onda da Pah sobre romance de época e adorei essa resenha. Nunca li nada da autora e como estou a procura de leituras leves, acho que vou tentar esse livro

    ResponderExcluir
  13. Oi!
    Esse foi o 1º livro que li da Meg como Patricia. Gostei, mas esperava mais. Acho que fui com expectativas.
    Day também não sou muito fã de romances históricos, mas sempre leio um. E sempre tem alguns históricos que nos fazem amá-los não é?
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Depois dessa resenha fiquei louca pra ler. Adoro livros Hot e a historia desse livro parece que prende o leitor. Romance é os livros que mais gosto de ler e principalmente aqueles amores que não tiveram chance de acontecer e volta *-*
    Beijos, adorei a resenha Day.
    www.estantedagabi.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Oi Day, amei a resenha e essa frase fechou com chave de ouro..hahaha!
    Eu também tive certa dificuldade com romances históricos, então eu li "Minha última duquesa", no começo foi difícil por não estar acostumada a esse tipo de histórias, mas depois eu me envolvi de uma maneira que fiquei encantada, acabei comprando vários de livros de romances históricos e estou adorando. Eu também gosto quando a autora faz um romance bem elaborado e não de algo liquido e raso, têm que ter sentimento verdadeiro!
    Bom..amei a resenha, como eu já disse, e com certeza esse livro entrará na minha listinha de livros.
    Beijos!

    http://palacioliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Olá Day
    Adorei sua resenha. Com certeza vou comprar esse livro, porque amo romance histórico e sou fã da Meg Cabot.

    ResponderExcluir
  17. Nunca li nenhum livro da Patrícia Cabot, tenho vontade... E tenho certeza que esse será o primeiro!

    ResponderExcluir
  18. Olá Day, tudo bem??
    Apesar de ainda não ter lido nada da autora =(, achei demais ler a resenha do livro, e ainda mais animada para ler algum de seus livros, pois ainda não tive oportunidade.Já adicionei o livro a lista de desejados!!
    Beijos♥

    ResponderExcluir
  19. Oi day assim como a Pah adoro romance histórico e que bom que vc não desistiu deles!
    Porém nunca li nada da Meg acredita?!
    Tenho que mudar isso ainda esse ano! Beijokas ;)

    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/
    http://www.paraisoempapel.com/

    ResponderExcluir
  20. Oi Day, te entendo perfeitamente. A Pah também é "culpada" por me fazer aprender a gostar dos livros históricos e de época e também por me indicar vários livros maravilhosos. Acho que finalmente me rendi a esse gênero.. hehe Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  21. Nossa amei esse livro , A capa é simples mais é bem fofa , Nunca li os livros dessa autora , Mais parece ser Bem Legal , Naun Gosto muito de Livros Históricos , Mais dessa vez Vou tentar !!
    bjoos

    ResponderExcluir
  22. Nossa amei esse livro , A capa é simples mais é bem fofa , Nunca li os livros dessa autora , Mais parece ser Bem Legal , Naun Gosto muito de Livros Históricos , Mais dessa vez Vou tentar !!
    bjoos!!

    ResponderExcluir
  23. Não tenho esse livro, e fiquei muito curiosa para lê-lo. Sou apaixonada por romances históricos e tenho certeza que esse livro vai entrar para minha lista de livros favoritos e que James e Emma irão entrar para o de casal, pois para mim é impossível não se apaixonar pela escrita da Meg.

    ResponderExcluir
  24. Ahhhhh eu quero esse livro Pah, sou hiper fã da Meg, mas ainda não li nenhum livro dela com esse pseudônimo, a capa é maravilhosa e já deu para perceber que o livro também, eu necessito urgentemente desse livro, é da minha diva, tem que estar obrigatoriamente na minha estante.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  25. Eu amei a capa,e adoro todos os livros da meg principalmente a linha mais adult. Sua resenha me deixo curiosa :)
    beijos

    ResponderExcluir
  26. Eu adoro os livros da meg ,principalmente a linha mais adult dela. Sua resenha me deixo muito animada com a leitura.
    beijos

    ResponderExcluir
  27. Olááá, Day!
    Achei bem interessante que o homem é que se deseja casar e ficar com a mulher para sempre. Foge um pouco do que me acostumei a ler e é bem bonitinho. A capa também é toda linda em sua simplicidade!
    Também dei uma chance aos históricos devido a Pah! Isso salvou minha vida literária, hehe.
    E amo a escrita da Meg! Por esse motivo a considero uma das minhas escritoras preferidas ;)
    Enfim. Adorei a resenha e fiquei com muuuita vontade de ter esse livro!

    ResponderExcluir
  28. Oi Day, tudo bom? Confesso que nunca li nenhum livro da Meg :S é eu sei, hahaha, me sinto mal por isso mas realmente nem sei por onde começar...
    Também sou do tipo que não gosta de casais que só pensam no amor carnal e esse tipo de coisa, igual a você, e lendo sua resenha me interessei bastante pelo livro, por ser fácil de ler e leve, só não sei se deveria começar a ler Meg por esse livro, o que você me recomenda???

    Beijo

    ResponderExcluir
  29. Oie :)
    Eu li a série A mediadora que é da mesma autora e amei! Virou um dos meus favoritos.
    Li também um outro, mas não gostei tanto assim e nunca mais li nada da Meg. Li muito poucos livros históricos, mas adoro livros assim. Também não gosto de livros que a autora apressa demais o romance e vai direto para o sexo. Sei lá, é sem graça. Eles dizem ter um amor jeito grande um pelo outro, mas tudo parece fachada.
    beijos

    ResponderExcluir
  30. Sua resenha ficou excelente, bem esclarecedora e estrutura.
    Não gosto de livros hot, até porque eles sempre caem naquele mesmo clichê, o mesmo que você comentou na resenha. Bom saber que existem alguns livros diferentes. Talvez tente a leitura por isso. Ou talvez não seja meu gênero mesmo. rs

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista

    ResponderExcluir
  31. Olá!
    Tenho esse livro na minha estante a um tempinho. Tenho que lê-lo, adoro os livros da Meg como Patrícia. Vou tentar encaixá-lo para ler em maio para o desafio de históricos.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  32. Eu não sou muito de ler livros hot, mas posso dizer pelos que já li que também não curto livros que não tem um envolvimento real dos personagens, os que só tem pegação mesmo.
    Fiquei bem curiosa para ler esse livro já que não li nenhum da Patricia.

    ResponderExcluir
  33. Eu já tinha quase começado a ler esse livro, pois é da Meg, e nessa epoca, eu estava no tempo Cabot, só lendo ela, mas eu desanimei nao sei porque... Ainda espero ler ele, um dia, eu amo livro historico, principalmente os hots haha amooo e eu nao vou deixar esse de lado, ameiii a sua resenha e eu espero que você nao desista dos historicos, pois sao tipos, mesmo com alguma expeciencias ruins haha

    ResponderExcluir
  34. Não curto muito romances de época :/ A resenha ficou muito boa e até deu uma vontade de ler, mas ainda não me animei muito!!

    ResponderExcluir
  35. Oi day ! sou apaixonada pela Meg , mas esse psedonimo dela não me agradou muito , inclusive já estou quase desistindo dos históricos que estão me deixando muito a desejar somente. Boa resenha e beeijos >3

    ResponderExcluir
  36. Oi Day, nunca li nenhum livro desse gênero hot/romances de época, por isso não posso falar que eu não gosto. Eu já tinha visto falar dessa autora Meg Cabot, que por sinal falam super bem, mas não conhecia esse outro "lado" dela, acho que vou investir na autora e conhecer esse novo gênero e ver o que eu acho.
    Adorei sua resenha, a sua opinião positiva sobre a obra me convenceu a ir atrás desse gênero. =)
    Achei a capa do livr linda, e o título é bem curioso!
    Beijos

    ResponderExcluir