[Resenha] Vinte garotos no verão – Sarah Ockler

Quando alguém que você ama morre, as pessoas perguntam como você está, mas não querem saber de verdade. Elas buscam a afirmação de que você está bem, de que você aprecia a preocupação delas, de que a vida continua. Em segredo, elas se perguntam quando a obrigação de perguntar terminará (depois de três meses, por sinal. Escrito ou não escrito, é esse o tempo que as pessoas levam para esquecer algo que você jamais esquecerá). As pessoas não querem saber que você jamais comerá bolo de aniversário de novo porque não quer apagar o sabor mágico de cobertura nos lábios beijados por ele. Que você acorda todos os dias se perguntando por que você está viva e ele não. Que na primeira tarde de suas férias de verdade você se senta diante do mar, o rosto quente sob o sol, desejando que ele lhe dê um sinal de que está tudo bem.
Jovem Adulto || 288 Páginas || Cortesia Novo Conceito|| Skoob || Compare & Compre || Classificação: 5/5
Desde o primeiro instante eu soube que Vinte Garotos no Verão me proporcionaria uma leitura especial. Depois de ler inúmeros comentários positivos a respeito desse livro – o quanto ele é emocionante, tocante e único – minhas expectativas estavam altíssimas e eu já dava como certo o teor profundamente sentimental dessa história, contudo fui pega de surpresa por uma escrita leve, jovem, direta e tocante na medida certa. O fato é que eu esperava um livro para me debulhar em lágrimas, contudo mesmo que ele fale sobre a complexidade da dor da perda, a obra também é rica em romances juvenis, recomeços, amizades verdadeiras e verões inesquecíveis, o que sem dúvida proporciona um ar de leveza surpreendente à trama. Sabe o tipo de livro que trata a dor de uma maneira especial, verdadeira e nenhum pouco dramática? Pois bem, é assim que Vinte Garotos no Verão é.  Só quem perde alguém sabe o quanto é difícil recomeçar, ainda mais quando se tem dezesseis anos, por isso mergulhamos de cabeça na vida de Anna e de sua melhor amiga Frankie, duas sobreviventes que vão precisar aprender o quanto a vida é dura, ao mesmo tempo em que descobrem o quanto ela também é capaz de recompensar com felicidade cada lágrima de tristeza derramada. A dor se vai, a saudade fica, esse é o ciclo da vida.

Matt, Anna e Frankie eram inseparáveis. Vizinhos e amigos desde crianças, eles cresceram e construíram seus sonhos juntos, ansiando pelo futuro que estava por vir – Afinal, quando se tem quinze anos não se imagina que a vida pode ser curta, não é mesmo? Por esse motivo, quando Anna e Frankie perdem Matt de uma maneira abrupta suas vidas giram de ponta cabeça: Anna se esconde nas páginas de seu diário, se refugiando em suas memórias e dúvidas secretas, já Frankie se transforma em uma menina completamente diferente, com valores fúteis e superficiais que mascaram sua dor, e tudo isso enquanto os adultos ao redor delas estão tão perdidos que não são capazes de ajudá-las a enfrentar tamanha aflição. Nesse ponto é doloroso mergulhar na história dessas jovens, elas não entendem como devem lidar com a perda, então não falam sobre isso, mas choram profundamente ao se depararem com uma camiseta, um cheiro e um lugar que compartilharam com Matt. E o fato é que tal dor é real o suficiente para alcançar o leitor, nos fazendo sentir toda a confusão que se instalou no coração dessas jovens; e só por isso a autora já ganhou meu coração.
Sendo assim, seria de se esperar que o foco da autora estivesse nos passos dolorosos que levam essas garotas a aprenderem a conviver com a perda de Matt, contudo a história engrena doze meses depois quando – ainda machucadas, mas prontas para superar – elas embarcam de férias para o melhor verão de suas vidas: um verão que lembra Matt, cheira como Matt, e respira como Matt. A promessa das férias é muita diversão, sol e meninos bonitos, contudo no fundo elas sabem que essa viagem será um marco, um momento crucial para curar ou – na pior das hipóteses – aumentar de vez a ferida em seus corações. O foco então está em como a vida segue seu rumo e em como a vida dessas jovens mudou e promete mudar ainda mais. Desta forma, enquanto elas embarcam no projeto “um verão para se conhecer vinte garotos”, se divertindo, escapulindo para festas e aulas de surf, elas também precisam aprender a se conhecer e aceitar a confusão de sentimentos que as dominam. Temos então uma narrativa rica em drama, mas também repleta de primeiras vezes juvenis, de erros típicos de quando se tem dezesseis anos, de sorrisos fáceis e inseguranças tolas. Em suma, trata-se de um verão de cura e aprendizado, de dor e alegria, e um verão de infinitas transformações– e eu amei cada detalhe disso!
Com uma narrativa ágil e emocionante a autora nos leva então a experimentar o verão de mudou a vida da Anna e da Frankie: são vinte dias, vinte garotos, muitas promessas, memórias perdidas (e mais um tanto de lembranças criadas), beijos roubados, e a esperada reconstrução de laços – laços românticos, laços fraternos, laços familiares e laços com o passado. Eu esperava mais choro e lágrimas, mas confesso que a diversão desse verão contrabalanceada com o aprendizado proporcionado por ele teve um efeito muito mais emocional do que qualquer chuva pranteada. A mensagem final da história definitivamente me marcou; eu não tenho mais dezesseis anos, mas ainda assim apreendi com a Anna que abrir mão, deixar mudar, é essencial para sermos felizes.  
Em geral eu adorei o livro: ri, me emocionei, refleti e aprendi. Definitivamente o tempo dedicado a essa leitura valeu a pena. Só não espere um livro extremamente sentimental, antes de mais nada ele é jovem ou seja, é recheado juventude – o tal do espírito livre, teimoso e conflituoso.


Apenas engulo em seco. Faço que sim e sorrio. Um pé diante do outro. Estou bem, obrigada por não perguntar. 
Às vezes acho que nos sentimos culpados por estarmos felizes, e, assim que nos pegamos agindo como se tudo estivesse certo, alguém se lembra de que nada está certo.
Na verdade, as coisas não vão embora. Elas se transformam em algo diferente. Em algo mais bonito.

• De olho na diagramação •
Além de uma bela mensagem o livro é incrivelmente fofo – Capa fofa e interior fofo! Dá uma olhadinha nos detalhes praianos presentes no interior da obra, a editora realmente caprichou:









Participe Aqui

31 comentários:

  1. Adoro esse tipo de livro quando estou em ressaca literária, logo depois de ler aquele livro difícil sabe?
    Parece me muito bom, gostaria muito de ler!

    Estandy Books - A Estante Da Andy

    ResponderExcluir
  2. Oi Paola!
    Esse livro vai ser minha próxima leitura, mas sua resenha foi tão empolgante que estou quase abandonando o que estou lendo para começar este, rsrs.
    Eu adoro livros assim, que nos emocionam falando de dores e tristezas e ao mesmo tempo de superação. Quero muito ler!

    B-jussss! ♥
    http://www.quemlesabeporque.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Paola
    Adorei a sua resenha. A capa desse livro é muito linda e a diagramação está perfeita. Mas o que mais chama a atenção é o título. Gostei muito do assunto tratado nesse livro. Sem dúvida deve ser uma ótima leitura, pois a autora conseguiu tratar de um tema triste, a perda de um ente querido, com leveza.

    ResponderExcluir
  4. Oi Pah!
    Já tinha lido a sinopse do livro, mas estava esperando por algo bem mais sentimental, amei a sua resenha e fiquei bem mais curiosa para ler... A edição parece ser linda mesmo!
    Beijos
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Paola.
    Quando li a sinopse, fiquei curiosa em relação a esse livro. A edição é linda e pela sua resenha, parece ser um livro emocionante. Quero muito ler. O tema chamou minha atenção, principalmente porque fala sobre a dor da perda e da superação de uma maneira leve.
    Beijos .

    ResponderExcluir
  6. ooi , adorei sua resenha como sempre , esse livro é otimo , a capa linda as figuras nas paginas tudo , eu li algumas paginas , esses livros que mostram algumas coisas que acontecem na vida real é muito leegal :)

    ResponderExcluir
  7. Oi Pah. Esse livro parece tão lindo...daqueles que é capaz de nos emocionar.
    Gostei de saber que o livro não é extremamente sentimental.rs! Não curto livros muito dramáticos.haha. Mas esse parece super fofo e emocionante na medida certa.
    Beijos
    All My Life in Books - Aguardo sua visita!

    ResponderExcluir
  8. Oi.
    Acho que faz semanas que estou namorando esse livro lá no meu trabalho hahah mas infelizmente ainda não vou comprar, mas está na lista de próximos, pois quero muuuuuito.
    Sua resenha ficou linda, adorei haha.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/2014/04/resenha-o-verdadeiro-poder-claudia.html
    Comenteee ;)))

    ResponderExcluir
  9. Oi Pah!
    Estava louca de vontade de ler 20 garotos no verão, me apaixonei pela capa e pela diagramação. Confesso que o que assustava em ler o livro fosse o teor dramatico do livro, mas sua resenha acabou com meus medos. Com certeza vai ser uma leitura de Maio.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  10. estava mega curiosa para ler o livro, e depois de ler a sinopse dele também fiquei esperando um livro para lavar a cara em lágrimas, mas semana passada li uma resenha dele que me desanimou totalmente, então agora estou com um pé atras ;x
    aaaah, acho que vou me emocionar bastante com ele sim! parece ser lindo demais *-*
    a capa é realmente fofa demais! :D

    ResponderExcluir
  11. Olá Pah! :D
    Simplesmente amei. Sempre que via esses livros nas livrarias, ficava me perguntando "por que será esse título?" "E essa capa?"
    A sinopse do próprio livro não retrata tanta coisa assim. Fiquei na dúvida... intrigado. Mas, agora com sua resenha, gostei muito! Pretendo lê-lo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Oi Pah,

    Ai meu Deus eu preciso logo ler esse livro..rsrs
    Não sei porque mais sinto que irei gostar muito assim como você gostou.

    Bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  13. Adorei a capa e a diagramação do livro. Tá tudo perfeito! Eu também estava/estou com altas expectativas para esse livro e não me incomodaria se ele não fosse carregado de sentimentalismo... Porque o que realmente me encantou foi a capa, então... Hahah

    ResponderExcluir
  14. Amei a resenha, e estou morrendo de vontade de ler este livro. ''Vinte garotos no verão'' parece ser um livro sensível já que fala sobre perdas, segredos e recomeços, mas ao mesmo tempo engraçado e motivador...um livro lindo. Espero te-lo em breve e aposto que irei devorar em poucas horas!

    ResponderExcluir
  15. Olá Pah, já tinha visto algumas resenhas desse livro em outros blogs e já tinha me interessado por ele, parece ser a minha cara e também uma leitura não tão pesada, além de ter amando a diagramação e a sinopse do livro. Parabéns pela resenha maravilhosa.

    ResponderExcluir
  16. Oi Pah, quando eu vi este livro também achei que ele seria especial. Mas confesso que fiquei um pouco decepcionada, porque eu ainda estou "vivendo" a dor da perda e não é só a saudade que está em mim, então quase li que "a dor se vai, a saudade fica" fiquei meio assim, porque ainda é muito recente, e eu precisava de algo mais profundo. Não estou tirando os méritos do livro, nem dizendo que ele é ruim, até porque ainda não o li, mas não sei, posso estar errada. Mas tirando isso, vou lê-lo com certeza. =)

    ResponderExcluir
  17. Hey Pah! A diagramação é linda, e essa capa me ganhou completamente, e esse livro parece ser lindo. Pretendo ler, está na minha listinha :)

    ResponderExcluir
  18. Eu vi muitos pontos positivos sobre esse livro, fiquei muito interessado em lê-lo, eu achava que esse livro era extremamente sentimental, pelo visto não é né... quero ler, mas sem criar muitas expectativas.

    ResponderExcluir
  19. Ameia resenha e o livro mais ainda, ele parece passar uma mensagem linda, e parece ser super comovente. A capa é muito fofa, e a diagramação é linda, linda mesmo.
    Fiquei com muita vontade de ler!! Bjos

    ResponderExcluir
  20. Oiii, Pah!
    To esperando esse livro entrar em uma liquidação bem linda ou ganhar de alguém... Porque a situação ta difícil, haha. Mas quero muito!
    Também vi críticas positivas à obra. E isso me incentivou bastante.
    Nunca achei que iria dar uma de manteiga derretida com a história. Algo que dizia esse livro seria pra me ajudar. E pela resenha, to tendo certeza disso.
    Gostei muitão!

    ResponderExcluir
  21. Oi Pah, desde que vi essa capa me apaixonei de imediato, mas imaginava se tratar de uma história bobinha de amores de verão. Me surpreendi vendo você dar 5 estrelas. Agora fiquei doida para ler. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  22. Parece ser um livro muito bom e que desperta muitos sentimentos no leitor ao longo da leitura. Também sempre vejo muitos elogios a esta obra, nunca tinha lido nenhuma resenha e agora achei o enredo é bem interessante. Não conheço muitos livros que abordam esse assunto como foco principal, as perdas e a forma como continuamos a vida depois delas, e achei bem interessante. :)

    ResponderExcluir
  23. Oi Pah!
    Parece ser um livro emocionante :)
    A capa é muito fofa mesmo, adorei os detalhes nas páginas.
    Já entrou para lista de desejados!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  24. APAIXONADAAA por esse livro! Quero ja! Tem outro blog que ta sorteando ele, quer muito!
    Ameiii :)
    Abraços

    ResponderExcluir
  25. A diagramação dos livros da Novo Conceito são lindas, assim como as capas. Porém, o livro não me cativou. Não que o livro seja ruim, mas não é o que estou procurando no momento. Dessa vez, passo a leitura.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de Abril

    ResponderExcluir
  26. Já é a segunda resenha positiva que leio sobre esse livro, o que me deixou muito interessada nele. Achei a capa muito bonita e por dentro ele realmente é muito fofo! é bom saber que a história emociona, mas não nos deixa de olhos inchados de tanto chorar. vou adorar ler esse.

    Beijinhos!!

    ResponderExcluir
  27. Só a capa desse livro já é um amor, por dentro então... Mas n é um livro que eu esteja afim de ler no momento, to procurando coisas mais ~leveza~ kk. Mas não deixei de colocar na minha lista!

    ResponderExcluir
  28. Acho linda a capa desse livro ,desde que vi que ia ser lançado eu já quis ler o livro ,e as resenhas que eu vejo sobre ele me dão mais vontade ainda de ler.

    ResponderExcluir
  29. Acho linda a capa desse livro ,desde que vi que ia ser lançado eu já quis ler o livro ,e as resenhas que eu vejo sobre ele me dão mais vontade ainda de ler.

    ResponderExcluir
  30. estou louca pra ler esse livro vejo muitas resenhas positivas sobre ele

    Se você aprecia uma boa leitura conheça nosso blog
    A resenha do dia é sobre o livro 3096 dias é um excelente livro
    http://amolivroscomcafe.blogspot.com.br/2014/05/resenha-3096-dias.html

    ResponderExcluir
  31. Acabo de ler esse livro, e você fez uma resenha brilhante.
    Disse tudo que senti com essa leitura, só faltar falar um pouco sobre Sam, amei ele =D
    Bjs
    Amanda
    http://blog-emcomum.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir