[Fuxicos e Vícios #24] Me aventurando em São Paulo



Olá pessoal, tudo bem com vocês? Eu sei, eu sei, ando meio sumida ultimamente, mas com o final de semestre na faculdade e o trabalho em tempo integral (quem manda ser promovida certo!? Risos) minha vida virou um caos e não tenho tempo pra mais NA-DA! 

Fato é que no último final de semana fui me aventurar em São Paulo. Foi uma viagem de estudo e, sério, como esta viagem nunca teve igual. Porque foi inesquecível, só que inesquecível de tanta coisa errada que deu. Pois é. Bora conhecer um pouco desta aventura?! 

Well, a programação era sair aqui da minha cidade oito e meia da noite de sexta-feira, para chegar em São Paulo às sete da manhã. Ledo engano... Primeiro o bus atrasou pra chegar à universidade, depois nos passaram a informação de que o ônibus estava com o ar estragado. Beleza, íamos trocar no posto próximo a BR ali do ladinho, super rápido, e seguiríamos viagem... só que não né. Três horas depois o tal do ônibus com o ar funcionando chega e adivinhem? Ele bate e quebra o para brisa quando chega! Resultado: A gente vai com o primeiro ônibus com o ar bugado mesmo pra trocar em outra garagem, sabe Deus quando.... Três horas perdidas a toa. 

Mas beleza, o importante é que a viagem começou não é mesmo?!? Estamos felizes e ansiosos com a programação do final de semana, até que mais ou menos 100 km depois, em São José dos Pinhais, adivinhem?!?!?!, SIM, um acidente. Dos feios e tensos... Ficamos seis horas parados. Isso mesmo, SEIS HORAS!!! Mas também, foram as únicas horas que eu dormi.

Seis longas horas depois eu acordo e o bus começa a andar, milagre de Deus! Ai a gente já se animou de novo, apesar de saber que toda a programação cultural do sábado de manhã já era. Mas o importante é que a gente estava em movimento e São Paulo já estava ficando perto, mas é claro que a gente tinha que pegar mais um acidente e ficar mais uma hora parado na estrada, porque seis não eram suficientes né universo?!

Anyway, chegamos. E a partir das três seguimos com a programação normal.

Primeiro paramos no MAC - Museu de Arte Contemporânea, depois passamos no MAM (Museu de Arte Moderna) e então na Bienal, onde finalizamos a visita:


Ele ronrona gente. ♥
Transarquitetônica de Henrique Oliveira.

Transarquitetônica de Henrique Oliveira. (Por dentro)
Ibirapuera. ♥
Vista do terraço do MAC para o Ibirapuera.

Aranha gigante - MAM (Museu de Arte Moderna).

Salão Casa São Paulo, perfeita. 
A noite ficamos relaxando no Hotel e pedimos pizza, afinal domingo seria um dia cheio e somos muito medrosos pra sair na nigth de SP para se aventurar. #fato

E chegou o domingo, um dia lindo de sol, com vários lugares bacanas para conhecer. Bora dar um giro pelos lugares que passei?!

Gente São Paulo é um lugar ryco em cultura, para mim que estudo arquitetura foi imensamente prazeroso conhecer mais da história da cidade e sua arquitetura de centenas de anos atrás, preservada até hoje. Foi uma experiência linda que nunca vou esquecer.

Na parte da manhã fomos de metrô (ah, amei andar de nmetrô, pegamos 3 linhas até chegar ao destino final ♥) até o MASP. Ficamos a manhã toda visitando as exposições do museu, depois passamos na feirinha de antiguidades no pátio do próprio MASP e fomos no Starbucks tomar café.

Paramos pra almoçar e depois fomos conhecer a Casa São Paulo, Pinacoteca e Estação da Luz para a noite terminar o dia no SESC com a peça Preto no Branco.

Pinacoteca.

Estação da Luz por dentro. 
Estação da Luz.
Logo após sair da Estação da Luz a gente tinha um teatro para assistir no SESC, e ai tudo desandou novamente, porque nosso queridíssimo motorista se perdeu em São Paulo e deixou a gente a ver navios num local perigoso, e próximo do anoitecer, o que torna o lugar dez vezes mais perigoso.

Ok, ficamos zanzando da Pinacoteca pra Estação da Luz pra Casa São Paulo, até que alguém teve a brilhante ideia de ir a pé pro SESC, e Le Le. Ok, com GPS na mão fomos seguir instruções dos transeuntes e eis que damos de cara com nada mais nada menos que: a cracolândiamua-há-há-há.

Gente, pior sensação do mundo E-V-E-R. Acho que nunca senti tanto medo na vida. Hoje, eu rio do acontecido, mas na hora eu desatei a chorar, porque.... Eu sou do interior, e quando eu vim pra Joinville saber que meu vizinho de quitinete ao lado fuma maconha de vez em quando foi um choque, imagina passar no meio daquilo. Ok, eu não sou tãaao inocente assim, eu conheço dos noticiários a triste realidade de São Paulo. Claro que em uma viagem de estudo a gente nunca espera passar por algo assim, mas eu sabia que era real. Só que mesmo sabendo, ver aquilo, passar por aquilo, foi extremamente chocante. É uma realidade bem triste, e ao mesmo tempo que sentimos medo a gente fica com o coração partido.

E não só por isso, desde o primeiro momento em SP, no Ibirapuera mesmo, já podíamos ver a situação decadente de alguns moradores de rua. Ok, aqui em Joinville onde eu moro também tem isso, não vivemos em uma bolha de perfeição, mas ver algo que aqui já me parte o coração em grande escala foi realmente um choque de realidade.

Outra coisa, em um momento na Estação da Luz, eu estava varada de fome e resolvi comprar algo na rua pra beliscar, e no momento que me afastei do meu grupo e cheguei na barraquinha fui cercada por meninos, de não mais de 9/10 anos, me chamando de tia e pedindo pra eu comprar sopa pra eles. Uma cena triste de verdade e de partir o coração. 

E o mais engraçado, não que seja realmente engraçado, é que (principalmente após passarmos pela cracolândia) as pessoas riam do nosso espanto. Algo que para mim é horrível, extremamente chocante e triste para eles, que convivem diariamente com isso, é algo normal. E gente, isso não é normal.

Esta viagem foi uma experiência única. Aprendi, conheci lugares lindos, morri de medo, chorei, me assustei, ri, conheci uma realidade totalmente diferente da minha (só faltou conhecer a Bianca Briones, que mais uma vez o Universo conspirou pra que tudo desse errado e a gente não pudesse se conhecer, Universo precisamos ter uma conversa séria...), e tudo isso me marcou de alguma forma e me fez perceber um outro lado da realidade, me fez refletir e a dar mais valor ainda a tudo o que eu tenho... Foi uma viagem incrível e horrível ao mesmo tempo, e outra igual sei que não haverá.

Beijo, 







Participe Aqui

41 comentários:

  1. Realmente morar em algumas cidades do nosso pais ainda passa uma sensação de segurança e ficamos longe destas coisas, ja morei no interior e sei que é diferente rs.
    Eu ja fui em São Paulo algumas vezes e e acho normal...pois moro num bairro bom..e vejo meu vizinho vendendo drogas volta e meia...e ninguém faz nada...#quemtemtemmedo ;)
    Mas voltando ao passeio, vi que voce foi em lugares bem legais, eu acho a Estação da luz muito linda,
    beijos.

    ResponderExcluir
  2. ai que pavor daquela aranha ali ;x
    também sou do interior, e ainda assim na minha cidade tem bastante gente que usa coisas erradas, mas acho que se me visse em uma situação parecida com a sua, também ia morrer de medo!
    meu deus, acho que você precisa ter uma conversa séria mesmo com o universo, porque olha.... a coisa tá complicada! hahaha
    quanto loucura eim!!!
    mas por um lado é bom né: você conheceu lugares que com certeza nunca iria ir por vontade própria e conheceu a realidade dali, que munda gente acha que não é nada tão sério assim...
    obrigada por compartilhar sua experiência conosco! :D

    ResponderExcluir
  3. Moro em SP há quase dois anos e simplesmente AMO isso aqui! É uma cidade que não para e sempre em algo novo para ver e fazer!!
    Amei suas fotos e o relato de suas aventuras!

    Beijos
    www.serleitora.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nossa! que azar você teve até chegar em São Paulo! é eu achava que era azarada quando ia viajar. Sou do interior da Bahia. Meu pai morava em São Paulo e ia lá visita-lo quando tinha ferias. E realmente é como você disse. As pessoas não ligam mais para a miséria que as rodeiam. Elas acha isso " normal" . Fiquei espantada com aquilo e ao mesmo tempo muito triste. Tem uma coisa que não esqueço. Estava voltando de uma lanchonete com o meu pai. Estávamos rindo de uma de suas piadas. Quando paramos em frente ao seu prédio. Havia uma menina que parecia ter a minha idade na época. Ela estava suja e vasculhando o lixo. Fiquei olhando com muito pesar a cena. O porteiro do prédio saiu e a expulsou na hora em que ela havia encontrado um iogurte estragado para se alimentar. Penso até hoje nela. Se conseguiu sair daquela vida. Se está ou não viva. Até quando as pessoas vão ignorar a realidade. Não sei. Isso não é só em São Paulo. Está em todos os lugares.
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  5. Nunca tive tantos imprevistos assim em viagens deve ser terrível mas chegar ao local desejado depois de tudo deve ser um alívio hahaha
    Achei lindo todoooooos os lugares afinal de contas toda a correria e as 6, 7 horas no ônibus sem ar compensou não é?
    Fui pra São Paulo mas acabei não visitando esses lugares lindos, quem sabe na próxima?
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Oi May!
    Que confusão foi sua viagem. Não consigo nem imaginar tantos acidentes, mas que bom que vocês conseguiram chegar bem em SP e aproveitaram o passeio acadêmico.
    Em relação ao uso de drogas tenho que dizer que cada vez isso se torna mais comum para a população. Na minha cidade, que é pequena, sempre tem jovens fumando na praça e isso é bem chato. Mas, só não podemos nos acostumar com isso a tal ponto de passarmos por essas cenas como se fossem totalmente naturais. Precisamos ajudar os jovens, os nossos amigos e parentes para que esta triste realidade se amenize.
    Tirando os problemas, parabéns pela viagem! Deve ter sido uma ótima oportunidade para você!!
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Mayara!
    Imagino todo terror que deve ter passado, mas sabe de uma coisa? Como falou, foi uma experiência marcante e jamais esquecerá, foi crescimento, pense por esse lado. Morei por 12 anos em SP e na época ainda não era tão amedrontadora, a cada vez que volto lá, fico chocada com a evolução ruim.
    O bom é que teve acesso a lugares, digamos, históricos em São Paulo e teve algum aprendizado na área da arquitetura.
    Conheço Joinville, passei quase 2 meses de férias aí e pude conhecer muita cosa e também realizar meu sonho que era ir ao Beto Carrero (ele ainda estava vivo) e passei meu aniversário por lá, amei! Inesquecível.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  8. Oi Mayara...
    Nossa quanto tempo você ficou no ônibus...que raiva né
    Sei bem como é fim de semestre..muito sofrimento viu..hehe
    Queria muito ir nesse museu..conhecer a obra tão famosa de Henrique.
    Amei o post

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  9. Nossa!! Quanta coisa deu errado! rsrsrs
    Eu moro em Porto Alegre e fui a São Paulo em Julho para assistir o jogo do meu time, pátria amada, Inglaterra contra o Uruguai, nós perdemos e eu chorei o resto da copa inteiro rsrsr.
    Apesar disso, eu amei muito São Paulo, como você falou, a cultura está em todo o lugar daquela cidade e isso é maravilhoso. Amei o centro histórico de São Paulo, me senti de volta a Europa!! Eu não cheguei a ir na cracolândia (e nem quero).
    Também não caí na night porque tive muito medo, pedi pizza no hotel e comprei muuuuuitaaaa coisa no bairro da liberdade e na galeria do rock!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Eu mora em São Paulo então estou acostumada com essa situação lamentável, mas não é só crianças pedindo dinheiro, quando estamos andando nas ruas os adultos também pedem, falam que é pra comprar comida que estão com fome.
    Ah também tenho vizinho que fuma maconha.
    Mas São Paulo e uma cidade maravilhosa e tem bastantes atrações como você citou, da para fazer um bom passeio turístico.
    Quanto a dar tudo errado rsrsr,quando fui viajar para Minas Gerais o ônibus quebrou 4 vezes, na primeira vez esperamos uma hora pra arrumar, na última, trocou de ônibus haja paciência né? kkkkkk

    ResponderExcluir
  11. Nossa que aventura em e que sufoco também né?
    Também adoro turistar por ai e como sou do interior sempre que vou a SP também acabo considerando uma viagem e ficando com medo de acontecer alguma coisa, mesmo morando relativamente perto.

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  12. Que legal Mayara! Nunca fui em SP, deve ser muito maneiro. Mesmo em meio a essas desventuras (e que desventuras hein?), tudo acaba marcando, até a parte ruim! Quando andei de metrô no Rio pela primeira vez eu também adorei, parece filme hahaha
    Enfim, que você passe por mais experiências boas assim :D

    ResponderExcluir
  13. Oie

    Uauu, que aventura hein.
    Eu não sou muito de viajar assim, na verdade se sai uma ou duas vezes do meu estado foi muito.
    Nossa, eu sentiria muito medo se acontecesse isso comigo.
    Adoreiii a postagem.

    Beijinhs

    ResponderExcluir
  14. Nossa, quanta coisa aconteceu com você em um final de semana! Hahaha
    Eu moro aqui em São Paulo e ainda assim não visitei tantos lugares quanto você visitou nesse fim de semana!! *-*
    www.s2nopiquedamoda.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Mayara, que aventura!
    Que triste essa realidade de São Paulo, né? É mesmo de partir o coração! Eu choraria se um dia visse isso, pois sou uma manteiga derretida.
    Mesmo com essa sua falta se sorte foi um belo passeio, hein? ;D
    Abraços!

    ResponderExcluir
  16. Oi Mayara. Que viagem, hein? rsrs Moro em Sampa e minha relação com esta cidade é de amor e ódio. Muita coisa legal e bonita, muitas oportunidades, mas por outro lado, situações como esta que você descreveu são terríveis. Mas tenho certeza que apesar disso, a experiência foi muito válida pra você.
    Beijos

    ResponderExcluir
  17. Nossa, uma aventura e tanto... Mas se a gente viver e não passar por esse tipo de situação, tá faltando alguma coisa. Hahahaha
    Sempre rende boas histórias... E boas risadas! Bjos

    ResponderExcluir
  18. Parabéns pela promoção no trabalho Mayara :D
    E desculpa, mas eu ri de você o post inteiro UHAUSHA (sim, eu rio da desgraça alheia). Como pode dar tanta coisa errada assim? Meu Deus, o universo tava te detestando esse final de semana hen?! Mas o que eu mais ri foi a sua surpresa e o seu medo com tudo. Eu nunca via a cracolândia, mas sei que deve dar medo sim e que deve ser muito triste, mas sério, você ficou abalada com seu vizinho fumando de vez em quando? UHHASUHAHUHUASHU Desculpa, mas é que eu já tive até vizinho traficante (não era dos mais perigosos, mas não deixava de ser traficante). Enfim, que bom que você pode visitar esses museus e ter acrescentado no seu aprendizado.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Nathalia...

      Então, essa foi a ideia... Fazer os leitores rirem da desgraça alheia. HAHAHA
      Brincadeira. ;P
      Mas era isso mesmo, fazer um post descontraído, que fizesse o leitor rir enquanto eu relatava a minha experiência cheia de contratempos e aventuras, e fico feliz em saber que meu objetivo foi alcançado. :)
      Olha o Universo realmente não tá muito com minha cara ultimamente, haha. Esse malandro. ;X
      hahahah, sim eu sou muito medrosa e me surpreendi com a triste realidade que não é só de lá, é de todo lugar, mas que sempre me chocam e mexem comigo, e acho que isso eu nunca vou mudar...
      Sim Nat, minha amiga tbm ficou surpresa por eu ter me surpreendido com meu vizinho fumando maconha, o que já é algo tão banal não é mesmo? Mas sim eu fiquei surpresa e ainda fico, sou uma menina inocente. HEHEH
      Mas o que importou no final foi a experiência incrível que vivi e isso não tem preço, mesmo que tenha me borrado de medo. ;P

      Beijos sua linda. ;*

      Excluir
  19. Já fui a SP duas vezes, mas não visitei esses lugares maravilhosos que você foi. Simplesmente incrível. Ah, eu adorei aquela gata.
    Quanto à cena da cracolândia e dos meninos pedindo comida, sei como é isso. Moro em cidade grande, RJ, então as pessoas acabam "acostumando", mesmo que isso não seja normal. Sim, é triste.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de novembro

    ResponderExcluir
  20. Que aventura, Mayara. Parece coisa de filme!! Bom, já morei em São Paulo por dois anos, e sou apaixonada pela cidade. Conheci quase todos os lugares que você citou, mas graças a Deus nunca passei por qualquer sufoco como esse que você passou.

    ResponderExcluir
  21. O que seria da vida se não fosse as desventuras heim? (risos) O importante é o aprendizado adquirido e que no final tudo deu certo.

    ResponderExcluir
  22. Suas visitas aos Museus devem ter sido massa !! Adorei a escultura do Gatinho, afinal, sou louca por Gatinhos *---*
    Ate que te entendo por ter passado por um sufoco que foi ter sido ir para a cracolândia, pelos noticiários que assisto, lá é muito barra pesada mesmo. Imaginei a cena de crianças terem ido ate você para te pedir que comprasse sopa para elas, deve ter sido muito triste. Fico indignada quando lembro que a realidade do nosso Brasil é essa, com varias crianças vivendo na rua, com pessoas se drogando, um descaso total !!
    Fora essa triste realidade, fico Feliz em saber que a sua viagem foi incrível, mesmo que foi horrível em alguns momentos rs. Bjs

    ResponderExcluir
  23. Oi Mayara!!
    Uma viagem confusa heim?! Mas que bom que tudo deu certo e nossa você aproveitou heim?! A Estação da Luz é muito legal de visitar!! Adorei suas fotos!
    Beijos!! :)

    ResponderExcluir
  24. É meio que trágico a sua história mas divertido de ler hahaha apesar de tudo, bom que deu tudo certo e com certeza vai ser uma viagem bem difícil de se esquecer. Tenho vontade de conhecer o mac e o masp, só espero não passar pela metade das confusões que você passou haha

    ResponderExcluir
  25. Oiee ^^
    Sempre que vou para a capital fico espantada com o tanto de gente andando para lá e para cá. Estou acostumada com uma cidade calma, então é meio que outro mundo para mim. Fui com a escola na Bienal de Arte, mas quase não consegui ver nada *-*

    ResponderExcluir
  26. Uauuu que lindo, ainda não fui a SP mas pretendo fazer isso ano que vem! E com certeza está dica esta mais do que anotada!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  27. Esse museu é lindo, já fui em SP, mas não pra passear e sim para outras coisas, nem vi praticamente nada da capital, a escultura do gato é incrível eu amo cats ♥!
    Domingo fechado com uma pizza é o melhor, viajar com gente que conhece é ainda melhor, deve ter sido uma viagem bem emocionante, queria conhecer esses lugares também!
    Beijo Mayara, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  28. Oi May!
    Fui á São Paulo ano passadonas férias de julho.
    Andei bastante com meu namorado, conhecemos vários lugares. Em alguns víamos muitas pessoas pedindo esmola, situação de vida decadente. Também sou do interior e mesmo assim vejo aqui que a situação é triste também, mas quando a gente vai para uma cidade grande e se depara com esse tipo de situação, chega a ser um baque. Porém vale a experiência.
    Ah! May, não foi ao Museu do Ipiranga? É lindo!

    Beijos!

    ResponderExcluir
  29. Nossa, demorou mais chegou kkkk, e pelo jeito valeu a pena porque essas fotos lindas com esses lugares maravilhosos. Foi só um susto rsrs, o triste é que é a realidade de muitas pessoas e em vários locais. Amei as fotos.
    Beijocas ^^

    ResponderExcluir
  30. Olá Mayara!
    Nossa que viagem eim, é tanta aventura que dá até para fazer um livro. Felizmente nada de grave aconteceu e você ainda pôde conhecer lugares lindissímos, coisa que eu que morei 10 anos em sampa não consegui fazer ! -_- Acredito que mesmo com o universo contra a sua viagem parece ter sido hilariá e até reflexiva! Parabéns pelo post ficou muito bom!
    Bjos Gleicy Sousa

    ResponderExcluir
  31. em sp tudo é muitoo lokoo mais e muito legal coisa incriveis estao por la amoo as livrarias e os museus sao de arrepiar so indo la pra saber o que estou falandoo amoo muitoo

    ResponderExcluir
  32. Meu Deus,

    Acho que o destino não quis que você viesse para São Paulo.
    Eu moro em São Paulo desde que eu nasci, e como você mesma disse, já estou meio que acostumada a ver mendigos na rua, crianças pedindo dinheiro e tals, mas sempre sinto pena e compaixão por elas.
    Mas vou dizer uma coisa, a forma como você falou de São Paulo, é como se não existisse violência, drogas e mendigos em outros estados do Brasil.
    E você pode cair na "night" sim em São Paulo. E só saber pra onde você tá querendo ir.
    Como você disse, São Paulo tem uma cultura rica em Museus, Teatros e afins. E eu nunca fui no MAM, ainda!.
    Só acho que você exagerou um pouquinho em questão de dizer "choque de realidade", porque a realidade já vivemos nela todos os dias.
    Espero que não tenha sido muita "cascavél" haha.
    Ahh, você poderia ter ido no aquário de São Paulo ou no Museu do Imigrante!

    ResponderExcluir
  33. Deu tudo errado no começo da viagem, mais acho que valeu a pena pelas fotos bem legais ne? Serio, que obras lindas!!! As fotos ficaram bem bonitas =)

    ResponderExcluir
  34. Ainda não conheço São Paulo, mas sou louca para conhecer e também o MASP, pena que fica bem longe da minha cidade. E que bom que sua aventura no final deu certo e posso ver que valeu os imprevistos, as obras são realmente lindas!!

    ResponderExcluir
  35. Que aventura para você!
    Gostei das artes nas fotos, realmente muito lindas!
    Já estive em São Paulo, e como amo construções antigas, fiquei simplesmente babando por todas!

    ResponderExcluir
  36. Cidade linda hein?! Nunca fui em São Paulo, mas tenho vontade de conhecer, contudo confesso que fiquei meio receosa kkk
    E olha que eu não gostto muito de arte, sério, mas aachei muito bacana essas, até aceitava de presente a da Transarquitetônica, só num ia ter onde colocar.

    ResponderExcluir
  37. Oi tudo bem? *-*
    Realmente São Paulo é meio assustadora para quem é do interior, sou do Rio Grande do Sul, e fui morar em São Paulo por um ano, mas infelizmente não conheci muitos lugares pela falta de tempo, e me arrependo porque queria ter aproveitado mais.
    Realmente em todo lugar tem moradores de rua, e é muito triste ver isso. :(

    ps:. amei as fotos *-*
    http://lostwordsin.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  38. Que aventura foi uma saga pra chegar a São Paulo nunca foi mas adorei as fotos a maioria dos lugares que você mostrou eu nunca tinha visto, mas o meu favorito foi a estação da luz por dentro achei linda e o gato que ronrona....

    ResponderExcluir
  39. Nossa, que horrível deve ter sido isso tudo, alem dos atrasos, ainda ter que passar por mais isso.. Mas que bom que apesar de tudo, deu pra conhecer os lugares maravilhosos de SP.

    ResponderExcluir
  40. Oi Mayara,

    Incrível que pessoas que não são de São Paulo fazem mais coisas do que quem realmente mora opr aqui né? Várias coisas que você fez eu nunca fiz, mesmo morando aqui desde quando nasci.

    Aqui existe uma desigualdade mesmo.. Você está em um bairro "bolha" onde tudo parece ser perfeito, passa um quarteirão e vê a dura realidade. E o problema, como você disse, é que as pessoas se acostumam e passam a achar isso normal. :/

    Beijos

    Ju
    depoisdeumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir