Newsletter

assine a newsletter!

E receba a notificação de novos posts por e-mail

“Inglaterra Dia 2 de março de 1810: Hoje, eu me apaixonei...” Aos dez anos de idade, Miranda Cheever não dava sinais de que fosse se transformar numa bela mulher. E mesmo com tão pouca idade, ela aprendeu a não alimentar expectativas de encontrar um grande amor... até àquela tarde em que Nigel Bevelstoke, o charmoso e atraente visconde Turner, beijou sua mão e disse que um dia ela cresceria e seria uma jovem linda e cativante, tanto quanto era simpática e inteligente. E foi nesse dia que Miranda soube que amaria aquele homem para sempre...


Romance de Época|| 317 Páginas||  Skoob ||Editora Nova Cultural|| Classificação 4/5
Aos dez anos de idade Miranda teve certeza de que era diferente. Em uma sociedade que valorizava meninas com pele de porcelana, olhos claros e cabelos loiros, a jovem – com seu longo cabelo castanho, suas pernas desengonçadas, seus lábios grandes, e seu perigoso olhar questionador – aprendeu a se conformar em não ser o centro das atenções, fato que fez dela uma criança curiosa e observadora. Acostumada a analisar as pessoas ao seu redor ela não estava preparada para ser observada, por isso, quando o jovem visconde Turner olhou em seus olhos e disse que ela cresceria e se tornaria uma mulher linda e inteligente ela teve certeza de que havia encontrado o homem da sua vida. Miranda carregou essa certeza em seu coração, e em seus diários, por longos anos, e ao alcançar a idade de se casar não conseguiu deixar de sonhar com aquele menino que anos atrás roubou seu coração, um rapaz que deu lugar para um homem rígido e amargurado, um homem que jurou nunca mais se apaixonar. De um lado Miranda sofre calada por um amor que nunca irá florescer, de outro espera que Turner se desfaça dos fantasmas do passado e volte a sorrir, para que quem sabe assim, ele possa tornar os sonhos de infância dela uma doce realidade. 
...permita que Miranda cure sua alma, filho. Sabe muito bem que ela poderá fazê-lo se você lhe der uma chance.

fevereiro 27, 2014

[Playlist Literária] Ella & Micha

Por Paola Aleksandra

Coluna destinada à junção de duas coisas que amamos: música e literatura. Você já leu um livro e ficou apaixonado por sua trilha sonora? Ou a leitura foi forte o suficiente para te lembrar de uma música? Eu respondo sim, e com essa coluna tenho a intenção de mostrar as minhas Playlist literárias preferidas.

Ultimamente é muito comum encontrar livros com conotação musical, afinal a musica faz parte do nosso dia a dia. Seja mencionando a trilha sonora do casal principal, criando personagens músicos, ou ainda juntando referências musicais aos personagens cantores (daqueles que literalmente cantam e encantam), o fato é que essa é uma realidade muito explorada na literatura, ainda mais no gênero new adult, ou seja, em livros como O Segredo de Ella e Micha. Aqui a autora une um mocinho charmoso e talentoso – que ao cantar seduz o leitor e a mocinha do livro – com citações musicais que, além de incríveis, dizem muito sobre a história de vida desses personagens.

Depois que o rei Gaius de Limeros conquistou as terras de Auranos e subjugou o povo sofrido de Paelsia, passou a dominar toda a Mítica com seu punho de ferro. A rica população de Auranos parece não se importar com o novo governante, desde que seus privilégios sejam mantidos; os paelsianos, como sempre, aceitam seu destino de exploração. Mas a tranquilidade é só aparente - grupos rebeldes começam a surgir nos reinos dominados, questionando as mentiras e os métodos sangrentos do novo rei. Enquanto isso, Gaius obedece à sua mais nova conselheira e dá início à construção de uma estrada passando pelas temidas Montanhas Proibidas. Mas essa via não servirá apenas para interligar os três reinos - ela faz parte de uma busca pela magia elementar, perdida há mil anos, que conferirá ao tirano um poder supremo. O que ninguém esperava era que essa obra desencadearia uma série de eventos catastróficos, que mudarão aquelas terras para sempre e forçarão Cleo, Magnus, Lucia e Jonas a tomar decisões até então inimagináveis.

Distopia || 472 Páginas || Cortesia Seguinte || Skoob || Compare & Compre|| Classificação: 4/5|| Resenha da Kamila Mendes
Em A Queda dos Reinos, o rei Gaius de Limeros comandou uma guerra contra a próspera Auranos utilizando a magia recém-descoberta de sua filha adotiva Lúcia e, em um golpe de mestre, se voltou contra Paelsia e a dominou. Com os três reinos, Gaius se tornou rei de toda Mítica. Lucia está desacordada e Cleo é refém do homem que matou seu pai. Jonas Agallon está reunindo rebeldes para enfrentar o Rei Sanguinário, Como Gaius é conhecido, e Magnus começa a repensar suas atitudes a fim de obter a confiança de Gaius, seu pai, mas sem se tornar como ele. Essa é a intrincada história que o leitor acompanha durante a leitura. Bom, não preciso dizer que eu gostei. Gosto de coisas complicadas. Na verdade, gostei muito mais de A Primavera Rebelde do que A queda dos Reinos.

Este livro que você vai ler agora arrancou suspiros de uma legião de leitores americanos, entusiasmados com a escrita provocante de Jéssica Sorensen. O Segredo de Ella e Micha trata do romance entre dois jovens, mas não é só isso. Os protagonistas vão tecendo, em primeira pessoa, uma trama complexa e ao mesmo tempo simples, que envolve temas delicados como dramas familiares, traumas psicológicos, medo do futuro e da morte, com naturalidade e sinceridade. Eis o que torna o livro tão comovente: sua realidade. Em qualquer lugar do mundo, cada jovem têm um pouco destes dois heróis paradoxalmente frágeis com seus traumas, mas fortes para enfrentar a dura realidade da existência e superar seus conflitos mais difíceis. Respire fundo, prepare-se para acompanhar uma história de amor com pitadas generosas de sensualidade e adrenalina.
New Adult || 264 Páginas || Cortesia Geração Editorial|| Skoob || Compare & Compre || Classificação: 5/5
Os melhores new adults não são aqueles que apresentam histórias universitárias com romances intensos e apaixonantes, mas sim os que conseguem descrever a realidade conflituosa dos “novos adultos”, que expõem a necessidade que esses jovens possuem de se encontrar profissionalmente e emocionalmente. E é exatamente por esse motivo que eu gosto tanto de O Segredo de Ella e Micha, por se tratar de uma obra rica em perspectivas reais do dia a dia dos recém-adultos (o que obviamente não faz dela uma história politicamente correta, mas sim um retrato desse período que separa a juventude da maturidade). Para quem já passou por essa fase é fácil se identificar com os personagens dessa história, com a vontade de abandonar os velhos sonhos e construir um novo futuro, com as incertezas quanto a que caminho seguir e, principalmente, com a busca diária da definição exata de quem somos. Desta forma, antes de qualquer coisa, esse livro aborda as dúvidas, os medos, e os segredos de Ella e Micha, dois jovens que tiveram suas vidas arruinadas por uma fatalidade e que, abandonando os sonhos e amores adolescentes, precisaram encarar a vida real e aprender, dolorosamente, o verdadeiro significado de ser um adulto.
“A garota que ele pensa amar precisa desaparecer. Não quero que esta noite vá além da lembrança, então me afasto, sentindo seu cheiro uma última vez. Saio de perto e o deixo na ponte debaixo da chuva, juntamente com a Ella que ele conheceu.” 

Olá galera, tudo bem? Demorou mas finalmente vou mostrar minhas leituras de mês Janeiro! Vem conferir:

Apesar de sentir falta do irmão mais velho, que estava fazendo faculdade em outro país, Danny aproveitava o tempo livre das férias para andar de bicicleta e jogar bola com seu melhor amigo, Luke Kennedy. Até que um dia volta para casa e, estranhamente, não vê sinal de sua mãe. Quando a sra. Delaney finalmente chega, vem acompanhada de dois policiais. Ela havia se envolvido em um acidente - atropelara um garotinho que agora estava em coma, com poucas chances de sobreviver. A sra. Delaney se afoga em culpa e se isola de todo mundo, inclusive do marido e de Danny. O garoto, por sua vez, não entende o que está acontecendo. Por que sua mãe se sente tão culpada quando a própria polícia disse que ela não era responsável pelo que tinha acontecido? E para complicar ainda mais a situação, uma garota estranha fica parada em frente à casa de Danny, claramente observando seus passos...
Infanto-juvenil || 88 Páginas || Cortesia Cia de Letras || Skoob || Compare & Compre|| Classificação: 4/5|| Resenha da Kamila Mendes
Quando recebi esse livro pelo correio, meu primeiro pensamento foi "mas é tão fininho". Fiquei meio decepcionada pelo fato dele não ser encorpado. São apenas 88 páginas, mas em tão pouco espaço John Boyne conseguiu me prender.
Admito que nunca li O Menino do Pijama Listrado não por preconceito, mas só para poupar minhas emoções. Vi apenas duas cenas do filme e me desmanchei em lágrima e decidi que leria a obra original apenas quando estive realmente preparada. Até hoje não estou. Mas em Tormento, Boyne realmente me conquistou. Este conto retrata um período curto, mas tenso na vida de Danny Delaney. Através dos olhos desse garoto de 12 anos, o leitor acompanha o drama vivido por uma família de classe média baixa europeia e como Danny é forçado a lidar com essa situação.

Quem aí se lembra que eu disse que fevereiro seria um mês para lá de especial? Pois bem, a marca de três anos de blog merece uma comemoração e, além das promoções rolando e novidades que já contei para vocês, estava ansiosa para mais uma surpresa: O NOVO layout do blog!

Aos 26 anos, Louisa Clark não tem muitas ambições. Ela mora com os pais, a irmã mãe solteira, o sobrinho pequeno e um avô que precisa de cuidados constantes desde que sofreu um derrame. Além disso, trabalha como garçonete num café, um emprego que ela adora e que, apesar de não pagar muito, ajuda nas despesas. E namora Patrick, um triatleta que não parece interessado nela. Não que ela se importe. Quando o café fecha as portas, Lou se vê obrigada a procurar outro emprego. Sem muitas qualificações, a ex-garçonete consegue trabalho como cuidadora de um tetraplégico. Will Traynor, de 35 anos, é inteligente, rico e mal-humorado. Preso a uma cadeira de rodas depois de um acidente de moto, o antes ativo e esportivo Will desconta toda a sua amargura em quem estiver por perto e planeja dar um fim ao seu sofrimento. O que Will não sabe é que Lou está prestes a trazer cor a sua vida. E nenhum dos dois desconfia de que irá mudar para sempre a história um do outro.
Romance || 320 Páginas|| Editora Intrínseca|| Skoob || Compare & Compre||Classificação: 5/5|| Resenha da Priscilla Gonçalves
Apesar de já estar na minha estante há algum tempo eu estava adiando a leitura deste livro por achar que seria mais um romance água com açúcar, com personagens daquele tipo que só existem em livros, que superam todos os obstáculos e que no fim tudo acaba bem e todos são felizes. Ledo engano! Como eu era antes de Você consegue nos levar para dentro da vida de personagens “reais”, nos fazendo questionar várias atitudes que temos no dia a dia, e fazendo-nos refletir sobre a solidariedade, sobre a amizade, e sobre o amor verdadeiro – principalmente até onde conseguimos ir em nome desses sentimento. Ou seja, simplesmente trata-se de um livro maravilhoso e apaixonante!



"Chick-lit" é um gênero literário que abrange a vida da mulher moderna, sendo voltado, principalmente, para o sexo feminino. São romances leves, com um toque de humor, que narram o quotidiano e entram fundo nas dúvidas e emoções das personagens, transmitindo, normalmente, a sensação de estar lendo o relato de uma amiga. As história nesses livros poderiam facilmente ser uma conversa entre garotas ou mulheres, na qual há compartilhamento de sonhos, segredos, confissões.




Oi queridos!

Saiu a resenha da minha primeira leitura para o desafio \o/
Esse mês, resolvi cumprir o item nº 10: Ler um chick-lit no qual aconteça uma viagem.
Como explico no vídeo, criei esse item justamente para incluir o livro que li, simplesmente porque ele não se encaixava em nenhum outro que propus para o desafio. Mas eu juro que não burlei o sistema com outro tópico além desse, ok?

Não poderia começar o desafio de forma melhor! Minha escolha foi A Lua de Mel, da diva master Sophie Kinsella ♥

Hoje deve ser seu dia de sorte. Sim, é com você que estou falando! Ao virar a próxima página, será como se tivesse ganhado um passe livre, uma tão cobiçada credencial, um passaporte com visto para um mundo que mal se vê pela fechadura. Você poderá conhecer cada um dos membros da nova aristocracia do Rio de Janeiro e saber o que realmente se passa na vida, na cabeça e no coração deles (e eu aposto como você jurou que isso nem existia!). Só me sinto na obrigação de te alertar a respeito do principal perigo que ameaça aqueles que se julgam sortudos por cruzar essa linha: você vai descobrir que as coisas podem não ser como você imaginava, e ter vontade de correr de volta para o seu mundo seguro, que antes pareci a tão medíocre. Mas não precisa correr tanto. No meio do caminho eu sei que você vai dar meia-volta e perceber que não vai mais a lugar nenhum. O Clube dos Herdeiros pode não ser nada parecido com um conto de fadas... mas não há como não se apaixonar perdidamente por ele! Pense bem antes de aceitar o convite: existem festas que duram a vida inteira...
New Adult || 241 Páginas || Amazon || Skoob || Classificação: 4/5 || Leia um Trecho!
O Clube dos Herdeiros é o nosso passe livre para a vida tumultuada da aristocracia do Rio de Janeiro. De uma maneira irreverente e encantadora a autora Fabiana Madruga nos apresenta a nova elite carioca, os jovens que dominam as festas da região, que vivem estampados nas manchetes de fofocas, e que até mesmo em uma tarde tranquila na praia são alvos constantes dos temidos paparazzis.  Manuela, Helena, Guilherme, Henrique, Pietra... esses são os nomes da nova geração das famílias mais importantes e influentes do Rio de Janeiro, e é acompanhando os passos de cada um deles que descobrimos mais sobre esse mundo de glamour e festas, ao mesmo tempo em que desvendamos seus segredos e, inesperadamente, nos deparamos com o impossível: com o choro e a dor que as revistas de fofoca não são capazes de ver,  com os sonhos despedaçados pela chuva de novembro. Você achou que a posição social desses jovens significaria que eles teriam tudo aquilo que quisessem? Então você errou. Amor, carinho e atenção familiar, aceitação profissional, respeito, amizades verdadeiras – Nada disso pode ser comprado. E é isso que esses jovens, algumas vezes de uma maneira bem dolorosa, vão ter que aprender. E sabe o que é melhor? Nós também aprendemos uma grande lição, pagando um preço alto por julgar pela aparência, e não pelo coração.
“Logo o céu volta a ficar claro e o chão se seca junto com todas as lágrimas que possam ter caído como a temperatura. Qualquer chuva de novembro é curta (...).”

Violet Ambrose tem dois problemas – o dom mórbido e secreto que carrega desde a infância e Jay Heaton, seu melhor amigo, por quem está apaixonada. Aos dezesseis anos e confusa com os novos sentimentos em relação a Jay, ela começa a ficar cada vez mais incomodada com sua estranha habilidade – Violet encontra cadáveres. Desde pequena ela percebe os ecos que os mortos deixam neste mundo. Ruídos, cores, cheiros. Mas não todos, apenas os das vítimas de assassinato. Para ela, isso nunca foi um grande talento. Na maioria das vezes, tudo o que encontrava eram pássaros mortos, deixados para trás pelo gato da família. Mas, agora que um serial killer está aterrorizando a pequena cidade onde mora e os ecos das garotas assassinadas a perseguem dia e noite, Violet se dá conta de que talvez seja a única pessoa capaz de detê-lo. Em pouco tempo ela estará no rastro do assassino. E ele, no dela.

Jovem Adulto || 272 Páginas || Editora Intrínseca || Skoob || Compare & Compre|| Classificação: 5/5 || Resenha da Day Farias
Sendo sincera, eu hesitei até finalmente escolher um livro para fazer minha primeira resenha aqui no L&F. Dei uma boa olhada na minha estante, até comecei a ler alguns que ainda estavam na parte dos "Não Lidos", mas então acabei pensando: "Por que não resenhar um dos meus livros favoritos? Algo especial pra mim?".  Ecos da Morte foi o primeiro que me veio à mente. Ok, eu sei que o nome, de primeira, pode não despertar os melhores sentimentos, mas definitivamente não se deve julgá-lo por isso. Sombrio, bem escrito, misterioso, apaixonante... são tantos adjetivos que eu poderia usar para esse livro que, com pouco mais de 250 páginas, me prendeu de uma maneira que vários outros livros juntos não conseguiram!
“Era suficientemente familiarizada com o significado desse ruído novo e inapropriado. Ou ao menos com o que ele representava. Ouvia sons, desse modo, ou via cores, ou sentia cheiros havia anos. Desde sempre. Ecos, era como os chamava”

Promoção [Especial Greenn + Levithan]

Por Paola Aleksandra


Bom dia galera! Tudo bem?
Se um autor talentoso já é bom demais, imagine dois então?! Unindo o melhor da literatura jovem adulto John Green e David Levithan sabem como conquistar completamente um leitor, por isso nos juntamos para presenteá-los com as melhores obras desses autores que emocionam, alegram, e surpreendem jovens do mundo todo. Quem é o louco que vai perder uma chance dessas? 
Prêmios:

fevereiro 17, 2014

Minha Caixinha de Correio: Aquisições de Dezembro e Janeiro

Por Paola Aleksandra

Olá galera, tudo bem? Hoje é dia de Caixinha de Correio \o/ Vem conferir:

Será que fugir do ex-noivo rumo ao destino mais vibrante e inesquecível do planeta pode ser o suficiente para curar um coração partido? Para Angela Clark, a inglesa mais indecisa do mundo... sim! Com um pouco mais do que um par de sapatos Louboutin e seu passaporte, é New York - a cidade onde a vida pulsa de verdade - que Angela escolhe como seu destino de aventuras. E lá encontrará a ajuda da pessoa mais antenada da cidade, Jenny, sua nova melhor amiga. Indecisa entre dois homens ma-ra-vi-lho-sos, tentada pelas vitrines das lojas mais famosas do mundo e com medo de ter que voltar para Londres, Angela terá que tomar muitas decisões. E o mais importante: ela relata essas experiências para os leitores do blog de uma revista famosa! Hummm... será que isso vai dar certo?! E será que Angela vai querer chamar NY de “casa” para sempre? E você? Depois de uma temporada em NY, não iria querer chamar essa cidade fabulosa de “casa” também?
Chick-Lit || 292 Páginas || Editora Fundamento || Skoob || Compare & Compre|| Classificação: 5/5 || Resenha da Priscilla Gonçalves
No finalzinho do ano passado eu estava com um pouco de ressaca literária quando comecei a ler Eu Amo New York. Não imaginei que a leitura fluiria tão fácil a ponto de me fazer “devorar” o livro em apenas dois dias (sendo que eu trabalho o dia inteiro). Confesso que quando comprei esse livro nem ao menos cheguei a ler uma resenha antes por dois motivos: porque a capa é linda (sim, sou dessas     que compram livros pela capa) e o principal, pelo título que simplesmente descreve o que eu sinto a respeito dessa cidade. Eu simplesmente AMO NEW YORK. Então me identifiquei na hora e sem pensar fiz a compra.

Olá galera, tudo bem? Vocês lembram que comentei que esse mês de Fevereiro iria reservar várias surpresas? Pois bem, uma delas é muito especial.
Já estava na hora da família Livros & Fuxicos aumentar – precisávamos de novos posts, novas perspectivas, novos gostos literários. Por isso eu, a Aione, a May e a Ká, estamos muito felizes em apresentar as novas colaboradoras do blog: Sejam bem-vindas Day e Pri! A ideia é trazermos ainda mais novidades para vocês, então esperamos que vocês gostem do novo rumo do blog (que provavelmente vai ganhar mais posts por semana, nós aguardem, risos). 
Então, sem mais delongas, conheçam os novos membros da nossa família:

[Promoção] Feliz aniversário Livros & Fuxicos!

Por Paola Aleksandra


Em fevereiro o blog Livros & Fuxicos completa três anos e para comemorar nos unimos em uma grande festa – Reunidos entre amigos vamos celebrar com estilo, presenteando-os com livros incríveis. Vem comemorar com a gente! São 12 (Doze!) livros divididos entre três ganhadores: O primeiro sortudo leva para casa 6 livros, o segundo 4 livros, e o terceiro fica com os 2 títulos restantes. Animados? Então confiram os prêmios e vejam como participar:

fevereiro 12, 2014

[Vem por aí] Novidades Literárias de Fevereiro

Por Paola Aleksandra

Olá galera, tudo bem? O ano de 2014 começou com o pé direito – é só dar um pulinho na livraria da nossa cidade para se espantar com a quantidade de ótimos livros que estão sendo publicados. E mais, temos romance, ação, comédia e drama, ou seja, histórias para todos os gostos. Eu já fiz minha listinha de prioridades, vamos conferir?
Novidades Nacionais
Nesse mês os lançamentos nacionais estão bem especiais, ainda mais porque, em sua maioria, são livros de autores já conhecidos e aclamados por leitores do mundo todo. Entre esses os mais aguardados por mim são Tentação sem Limites, continuação do new adult (que eu adoro! ) Paixão sem Limites, e Um Perfeito Cavalheiro, terceiro volume da saga Os Bridgertons (uma das minhas séries favoritas).  Eu já li ambos os livros antes dos mesmos serem publicados no Brasil, contudo não vejo a hora de tê-los na minha estante e, claro, de poder relê-los.
 

Poppy Hathaway está em Londres para sua terceira temporada de eventos sociais. Como nos dois anos anteriores, ela se hospedou com a família no hotel Rutledge. E, como nos dois anos anteriores, tudo indica que retornará a Hampshire sem ter encontrado um pretendente com quem se casar. Apesar de ser extremamente bonita e gentil, Poppy tem duas grandes desvantagens em relação às outras moças: sua inteligência deixa muitos homens acuados e o fato de vir de uma família tão pouco convencional faz com que os melhores partidos nem sequer a abordem. Mas o destino a coloca no caminho de Harry Rutledge, um homem de passado triste, que venceu na vida por conta própria e aprendeu a encarar tudo como um negócio. O dono do hotel não ama ninguém, confia em poucos e manipula todos. Porém, mesmo sendo tudo o que Poppy nunca almejou, ela não pode negar o fascínio que sente por ele. Quando Harry conhece Poppy, é tomado pelo desejo. Ele imediatamente tem a certeza de que a jovem será sua – e, para o bem ou para o mal, não mede esforços para que isso aconteça. Mas fascínio e desejo não serão suficientes para construir sua história, sobretudo quando uma traição põe em jogo as bases do relacionamento. Agora, é entre quatro paredes que eles tentarão resolver problemas e anular diferenças, num romance sensual em que seu futuro juntos pode mudar a cada toque, cada encontro, cada descoberta.
Romance Histórico || 272 Páginas || Cortesia Editora Arqueiro|| Skoob || Compare & Compre|| Classificação: 5/5
A família Hathaway passou por inúmeras situações complicadas, tanto é que incêndios, maldições, gafes sociais, e até mesmo escândalos dos mais variados tipos, já se tornaram elementos comuns no dia a dia desses jovens que, ainda assim, se mantiveram unidos e orgulhosos de suas peculiaridades. Porém Poppy Hathaway sempre foi diferente dos seus irmãos, e exatamente por isso se esforçou ao máximo para se ajustar aos padrões da sociedade inglesa. Dona de uma beleza encantadora e de uma grande inteligência, a jovem sempre sonhou com um casamento por amor, com um marido calmo e tranquilo que pudesse oferecer a ela uma vida menos inconstante do que a de sua família, mas ao mesmo tempo tão rica em amor quanto a proporcionada por eles. Ela queria calma para desfrutar de suas leituras, amor como o de seus pais e irmãos, e alguém que a valorizasse e aceitasse completamente. E, depois de quase três longos anos decorando regras e debutando na sociedade, ela parece estar a um passo de se comprometer com o grande amor da sua vida, um jovem de título que só precisa convencer o pai de que se casar com Poppy não será um erro (e que muito menos degredará sua convencional linhagem azul). Assim, para seu sonho se realizar Poppy só precisa se manter longe de escândalos, o que seria fácil caso ela não fosse uma Hathaway.
(...) amor não tinha a ver com encontrar alguém perfeito para casar. Amor era enxergar a verdade da pessoa e aceitar todas as suas nuances, o bom e o ruim. Amar era uma habilidade.

fevereiro 07, 2014

[Resenha] Desejo – Nicole Jordan

Por Paola Aleksandra

Lucian, mais conhecido como o sensual conde de Wycliff, é do tipo que sempre escapa dos votos de matrimônio. Quando acaba encarando a morte de perto, mas sobrevive, ele passa a desejar um herdeiro que possa carregar o seu nome. É então que se depara com a sedutora Brynn Caldwell, de cabelos da cor do fogo e olhos de esmeralda, e tem certeza que encontrou a mulher ideal para ser sua esposa. Brynn acredita que o fascínio do libertino por ela é impulsionado por uma maldição que há séculos condena as mulheres de sua família. Sua beleza enlouquece qualquer pretendente, e o homem que por ela se apaixonar, e for retribuído, estará condenado à morte. Brynn se vê obrigada a aceitar a proposta de casamento de Lucian. Ela se renderá às suas carícias, mas não se atreverá a lhe dar o coração. Presos em uma batalha de desejo e sedução, Lucian começa a suspeitar que Brynn é uma traidora e está envolvida com contrabandistas. Pouco a pouco ele se verá em uma teia de perigo onde o preço para conquistar o coração de sua noiva e descobrir a verdade pode ser a própria vida.
Romance Histórico (+18) || 368 Páginas || Cortesia Editora Planeta || Skoob || Compare & Compre|| Classificação: 4/5
Em Desejo conhecemos Lucian, o conde de Wycliff, que se diferencia dos outros nobres do século XIX por não se contentar com uma vida ociosa. Em um período em que os jovens com títulos (barões, condes, duques, marqueses, etc.) se satisfaziam desfrutando de suas riquezas nos clubes para cavalheiros, Lucian procurou uma ocupação digna – além da que lhe rendeu o título de libertino – tanto de sua posição social quanto de sua inteligência, optando então por trabalhar para a Coroa inglesa. Ao aceitar servir a rainha o conde Wycliff assumiu que sua vida correria perigo constante, por isso, ciente de sua vulnerabilidade, ele decidiu gerar um herdeiro legitimo para dar continuidade ao seu título, o que significa que – para conseguir liberdade suficiente para seguir com suas instigantes missões – um dos maiores libertinos da Inglaterra teria que se casar. É nesse momento que Lucian conhece Brynn Caldwell, uma jovem de boa família e detentora de uma beleza estonteante. Vivendo como uma intocada, com medo da maldição que aflige todas as mulheres da sua família (que nunca poderão amar), Brynn conseguiu sustentar o nome de sua família, mesmo diante das dificuldades que estão enfrentando, sem se submeter a nenhum pedido de casamento – isso até se envolver com Lucian. Eles tinham todos os motivos para permanecerem afastados, contudo quem consegue resistir às garras do desejo?
Por tanto tempo eu pensei que havia algo faltando em mim. Eu sei o que era agora. Você.

[Resultado] Top Comentarista de Janeiro

Por Paola Aleksandra

Bom dia galera, tudo bem? Como prometido segue o aguardado resultado do Top Comentarista de Janeiro. Obrigada a todos que participaram dessa ação; vocês não tem ideia de como fico feliz com cada comentário recebido – Tão feliz que preparei uma surpresinha para vocês! Vem conferir se você foi o “TOP” comentarista de Janeiro do blog Livros & Fuxicos:



"Chick-lit" é um gênero literário que abrange a vida da mulher moderna, sendo voltado, principalmente, para o sexo feminino. São romances leves, com um toque de humor, que narram o quotidiano e entram fundo nas dúvidas e emoções das personagens, transmitindo, normalmente, a sensação de estar lendo o relato de uma amiga. As história nesses livros poderiam facilmente ser uma conversa entre garotas ou mulheres, na qual há compartilhamento de sonhos, segredos, confissões.




Oi queridos!

Primeiramente, preciso dizer o quão feliz eu fiquei com a empolgação de todos vocês? ♥
Sério, vocês são uns lindos de marca maior!!

Bom, percebi no post do desafio e em várias conversas pelas redes sociais que algumas dúvidas estão pairando no ar.
Sendo assim, resolvi esclarecer algumas aqui porque as perguntas de alguns podem ser as mesmas de muitos. 

O cigano Kev Merripen é apaixonado pela bela e bem-educada Win Hathaway desde que a família dela o salvou da morte e o acolheu, quando era apenas um menino. Com o tempo, Kev se tornou um homem forte e atraente, mas ainda se recusa a assumir seus sentimentos por medo de que sua origem obscura e seus instintos selvagens prejudiquem a delicada Win. Ela tem a saúde fragilizada desde que contraiu escarlatina, num surto que varreu a cidade. Sua única chance de recuperação é ir à Franca, para um tratamento com o famoso e bem-sucedido Dr. Harrow. Enquanto Win está fora, Kev se dedica a coordenar os trabalhos de reconstrução da propriedade da família, em Hampshire, transformando-se num respeitável administrador, mas também num homem ainda mais contido e severo. Anos depois, Win retorna, restabelecida, mais bonita do que nunca... e acompanhada por seu médico, um cavalheiro sedutor que demonstra um óbvio interesse por ela e desperta o ciúme arrebatado de Kev. Será que Win conseguirá enxergar por baixo da couraça de Kev o homem que um dia conheceu e tanto admirou? E será que o teimoso cigano terá coragem de confrontar um perigoso segredo do passado para não perder a mulher da sua vida?
Romance Histórico || 256 Páginas || Cortesia Editora Arqueiro|| Skoob || Compare & Compre|| Classificação: 5/5
Em Sedução ao Amanhecer conhecemos um pouco mais sobre a história de Kev Merripen, o garoto cigano que anos atrás foi acolhido pela família Hathaway. Quando jovem a natureza de Kev o fazia inspirar liberdade e refutar todos os frutos da organizada sociedade inglesa – desde uma peça de roupa até o conforto de uma casa –, contudo o convívio no lar dos Hathaway o tornou uma pessoa menos arredia, fazendo-o amar essa família como se eles fossem sangue do seu sangue, ajudando-os nos momentos de dificuldade, e se empenhando incondicionalmente em vê-los felizes. Porém, mesmo com um laço fraternal tão forte, Merripen nunca negou suas origens, por isso cresceu ciente de que sempre seria diferente de um inglês branco, ainda mais daqueles que ele ousasse amar como seus irmãos. E esse é exatamente o problema, afinal foi nesse seio familiar que Kev conheceu Win Hathaway, uma jovem inglesa linda e inteligente que domina seus sonhos e seu coração, alguém que ele ama com todas as suas forças, mas que nunca poderá ter. Os empecilhos para a vivência de tal amor vão muito além do fato de Kev ser um cigano, eles giram em torno da crença de que sua amada merece muito mais do ele pode oferecer, da ideia de que ela precisa de um homem criado para amar e estabelecer raízes, um homem completamente diferente dele.
Kev a amava. Não como descreviam os romancisas e poetas. Nada tão domesticado. Amava além da terra, do céu ou do inferno. Cada momento longe dela era agonia; cada momento com ela era a paz que jamais conhecera.

[Promoção] Feliz 3 anos!

Por Paola Aleksandra

Acho que vocês já sabem que esse mês é BEM especial para o blog Livros & Fuxicos, certo? Afinal é em Fevereiro que comemoramos nosso aniversário! Três anos de muitas realizações, alegrias e ótimas leituras. E sabe quem tem um papel fundamental nessa conquista? VOCÊ leitor! Por isso, nada mais justo do que premiá-lo com ótimos livros, não é? Nessa festa você pode concorrer a SETE livros incríveis, todos para um único ganhador \o/ Dá só uma olhada nos prêmios:

fevereiro 04, 2014

Três anos do Livros & Fuxicos!

Por Paola Aleksandra

Três anos atrás o Livros & Fuxicos ia ao ar, meu cantinho virtual que – segundo descrevi no primeiro post do blog (aqui) – serviria como um diário que acompanharia meu dia a dia de leitora. Esse diário cresceu e ganhou  vida própria, e hoje não faz parte apenas da minha rotina literária, mas é dono de uma parte de mim, de uma história que vai além dos livros e que foi escrita em conjunto com vocês ao logo desses deliciosos três anos.  Por isso, hoje estamos em festa!
No início do blog a ideia era escrever a respeito do que eu mais gostava, sobre os livros que me fizeram companhia durante tempos tão difíceis; porque sim, o blog surgiu em um momento conturbado, chegando a desempenhar por um bom tempo o papel de terapeuta particular. E sabe o que é melhor? A terapia me fez um bem danado! Por meio do blog eu pude desabafar, me desafiar, e crescer não apenas como leitora, mas principalmente como ser humano. E esse é o ponto principal dessa caminhada de três anos, o quanto o blog me ajudou a amadurecer.

Atualizando o Kobo é uma coluna feita para que eu possa compartilhar minhas últimas leituras realizadas no Kobo, priorizando os livros que ainda não foram (ou que não serão) resenhados no blog.
Olá galera, tudo bem? Janeiro e Dezembro foram os meses do “vamos colocar minhas leituras de parceria em dia!”, por isso acabei deixando as leituras digitais de lado.  Mas ainda assim, li algumas obras bem bacanas, vêm conferir quais foram:

Resenhas

© Livros & Fuxicos – Desenvolvimento com por Subir