[Resenha] Anexos – Rainbow Rowell

Beth Fremont e Jennifer Scribner-Snyder sabem que alguém está monitorando seus e-mails de trabalho. (Todo mundo na redação sabe. É política da empresa.) Mas elas não conseguem levar isso tão a sério, e continuam trocando e-mails intermináveis e infinitamente hilariantes, discutindo cada aspecto de suas vidas. Enquanto isso, Lincoln O'Neill não consegue acreditar que este é agora o seu trabalho ler os e-mails de outras pessoas. Quando ele se candidatou para ser agente de segurança da internet, se imaginou construindo firewalls e desmascarando hackers e não escrevendo um relatório toda vez que uma mensagem esportiva vinha acompanhada de uma piada suja. Quando Lincoln se depara com as mensagens de Beth e Jennifer, ele sabe que deveria denunciá-las. Mas ele não consegue deixar de se divertir e se cativar por suas histórias. No momento em que Lincoln percebe que está se apaixonando por Beth, é tarde demais para se apresentar. Afinal, o que ele diria...?
Romance Contemporâneo | 219 Páginas | Cortesia Novo Século| Skoob | Compare & Compre | Classificação: 4/5
Apesar de já ter tido contato com a escrita da Rainbow Rowell, mais especificamente com um de seus contos, a primeira obra completa que li da autora foi Anexos. Confesso que esperava uma leitura leve, romântica e divertida, entretanto encontrei uma obra emocionalmente intensa, que surpreende ao abordar temas complexos e dolorosamente reais. – Não me entendam mal, o livro não faz o estilo melodramático, entretanto ele não é tão superficial quanto como aparenta. Aos vinte oito anos espera-se que sua vida esteja perfeitamente resolvida: um relacionamento sólido, um trabalho agradável e rentável, um bom convívio familiar, uma vida confortável...contudo, como bem sabemos o passar dos anos não garante a realização de todos os nossos desejos. Intercalando a história de três personagens a autora dá vida a uma trama que, antes de qualquer coisa, aborda as dificuldades diárias da vida adulta. Mostrando-nos que viver, independente da idade, nunca é fácil.
Amor. Propósito. Essas eram coisas para as quais não se podia planejar. Essas eram coisas que simplesmente aconteciam. E se não acontecessem? Você passava a vida toda ansiando por elas? Esperando para ser feliz?
O ano é 1999, período em que a internet toma conta do cenário empresarial e a virada do século assusta os mais tradicionalistas. Lincoln trabalha no departamento de tecnologia de uma das empresas ameaçadas pela era da internet, sua principal tarefa é monitorar os e-mails de todos os funcionários da organização, garantindo que eles não tratem de assuntos pessoais no horário de trabalho. Para alguns pode parecer o emprego perfeito: um bom salário, horário noturno que garante disponibilidade durante o dia e liberdade durante a noite (afinal, ele é um dos poucos a trabalhar no turno da madrugada), e – o melhor! – uma pequena e quase inexistente carga de trabalho. Contudo, Lincoln está longe de se sentir satisfeito. Ele tem vinte e oito anos, vive com a mãe, ainda é assobrado pelo fantasma da sua última namorada, mantem um trabalho medíocre, conta com pouquíssimos amigos e, se não fosse o bastante, a maior alegria dos seus dias é ler os e-mails de Beth e Jennifer, duas amigas que adoram escrever mensagens pessoais em horário de trabalho e que se tornaram, mesmo sem querer, íntimas de Lincoln. Ele nunca as viu ou muito menos falou com elas, mas por meio de seus e-mails passou a se sentir vivo, algo que há muito não experimentava. 

A narrativa de Lincoln é extremamente sentimental. Em suas palavras é fácil verificar o quanto ele se sente solitário e inadequado. Ele não é bom em falar com as pessoas, gosta de ser mimado pela mãe, sabe que não tomou o rumo certo para sua carreira profissional e, principalmente, sente falta de ser amado. Talvez para os mais jovens seja difícil compreender a confusão de sentimentos que assombra esse personagem, entretanto para mim foi impossível deixar de vivenciar suas dúvidas e medos. Por isso, mesmo a narrativa de Lincoln sendo triste, consegui me envolver com sua história. Outro ponto que gostei foi da construção do romance. Ao ler os e-mails trocados entre Beth e Jennifer, Lincoln cria um vínculo de amizade com elas, se apaixonando pelas palavras e pelos sentimentos descritos. Uma delas rouba seu coração sem nem ao menos ele ter a visto pessoalmente. – E eu, como amante do poder das palavras, achei isso incrível. Fora que, além das conversas entre as amigas serem divertidas e darem leveza à trama, elas também permitem que a autora aborde outros temas complexos como gravidez, casamento e amor verdadeiro. 
A escrita é fluída e envolvente, e os personagens são reais e cativantes. Intercalando o dia a dia de Lincoln com as trocas de e-mails de Beth e Jennifer (que são as partes mais divertidas da história), a autora une intensidade e drama com leveza e bom-humor, tornando a leitura gostosa e reflexiva. Achei o final romântico um tanto quanto corrido, entretanto, a mensagem por trás da história é muito maior que o envolvimento amoroso – que não deixa de ser fofo e inusitado. Em linhas gerais, a obra é uma mescla perfeita de drama, amadurecimento, amor e amizade. Gostei tanto que estou ansiosa para ler mais livros da Rainbow Rowell e conhecer outros lados do seu talento como escritora.

Beijos,




Participe Aqui

28 comentários:

  1. Ainda não tive a oportunidade de ler um livro da autora, mas acho que pelo conteudo deste, nao começaria por ele :/ Porém, gostei de saber que o livro tem uma escrita leve e fluida com personagens realistas.

    bjos
    Pah
    Lendo e Escrevendo

    ResponderExcluir
  2. Oi Pah..
    Como sempre encantada com sua resenha. Eu nunca tinha reparado tão bem neste livro antes. Sério.
    Gosto de tramas intensas, e que estão além do que a sinopse nos mostra. Conseguiu me convencer a ler o livro, não sei quando, pois a lista esta grande rs
    Você escreve muito bem, dá sempre vontade de voltar..

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. esse livro eu ainda não li, mas já li Fangirl(ñ curti muito) e li o maravilhoso Eleanor e Park, que até vai virar filme... esse eu super indico ... livro muito lindo, final bem interessante, nada clichê(na minha opinião) .... só dico LEIA LEIA LEIA Eleanor e Park...
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca li nada da autora, apesar de ter o livor Fangirl. Não tenho muito interesse, mas sinto que assim que eu concluir um livro irei me arrepender para sempre por ter dito essas palavras. Espero realmente gostar da escrita dela, pois esse é (para mim) um dos pontos cruciais em um livro.
    Abraços.

    ResponderExcluir
  5. Eu to querendo ler os livros de Rainbow Rowell e recomendaram Anexos, ja tinha visto uma resenha sobre ele e fiquei muio curiosa, gostei principalmente a narrativa da historia. Esse livro com certeza esta na minha lista.
    bjs
    http://garotas--xxi.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Tô com esse livro aqui em casa e pretendo ler o mais rápido possível! Li o Eleanor & Park da mesma autora e simplesmente amei, vivo recomendando pras pessoas, hehe
    Gostei muito da resenha viu?!! Beijos! :D

    ResponderExcluir
  7. Oi Pah,

    Não li nada ainda Rainbow Rowell, mais digo que tenho muita vontade, especialmente esse livro. Achei bacana principalmente pelo fato de se passar em um período que a internet começou a ser utilizada cada vez mais. Lendo sua resenha e conhecendo a sinopse em si, me lembrou um pouco @mor, do Daniel Gallauter (não sei se é assim que se escrever o sobrenome), que é todo narrado sobre a forma de e-mails.

    Beijos,
    Lucas
    ondeviveafantasia.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Rainbow Rowell definitivamente se tornou umas das minhas escritoras favoritas. Já li duas obras dela: Eleanor & Park e Fangirl. E confesso que somente com Eleanor & Park, Rainbow conseguiu me cativar com sua escrita unica e criativa.
    Anexos é o proximo livro que pretendo ler dela!!!!
    E ao ver sua resenha, fiquei mais ansiosa ainda para le-lo!!!.
    Uma coisa que eu percebi dos livros de Rainbow, é que eles são aqueles tipicos livros para se ler em um final da tarde ou em uma viagem de onibus.
    Pois, apesar de envolver temas reais do nosso cotidiano, a forma como flui a escrita dela, é simplesmente leve e agradavel.

    ResponderExcluir
  9. Eu quero muito ler algo da autora, e esse enredo me encantou. Mas seu primeiro comentário foi realmente surpreendente, pois eu achei, lendo a sinopse, que o enredo era um chick-lit leve e descontraído. Nunca imaginaria que ele seria um pouco mais profundo.Fiquei mais curiosa ainda para ler, pois adoro quando os autores conseguem mesclar humor e um toque de drama em um livro.
    Obrigada pela dica!
    Beijos,
    Carol

    ResponderExcluir
  10. Oi Pah,
    Quero muito ler Anexos parece ser um livro muito bom, a um bom tempo quero ler da mesma autora Fangirl, mas ainda não tive a oportunidade.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  11. só li um livro da autora até hoje e gostei bastante da escrita dela.
    não conhecia este livro ainda, faz tempo que ele lançou?
    parece ser interessante, apesar de um pouco dramático mesmo hehehe
    é bom ver livros um pouco fora do comum, principalmente com personagens diferentes assim né?! acho que a autora gosta de apostar nisso...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Por aqui ele foi lançado em Janeiro, Rayme. Mas esse é o primeiro livro da autora :)

      Excluir
  12. Pah!
    Interessante como uma pessoa pode se apaixonar por outra apenas por suas palavras... e aqui no caso o mais interessante ainda é que as palavras nem são destinadas a Lincoln.
    E é muito bom poder ver temas interessantes e conflituosos sendo abordado entre a troca de emails de Beth e Jennifer.
    O livro deve ser bem gostoso de ler.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  13. Olá Páh,
    Tenho muita vontade de ler esse livro, apenas pela capa. Sua resenha só fez essa vontade se intensificar ainda mais - pena que não posso comprar nenhum livro esse ano, ou meu pai me mata rs.
    Adorei a forma como a trama parece ter sido desenvolvida e estou imaginando como é estar na pele do Lincoln, pois, mesmo eu não sendo velha, às vezes sinto o mesmo que você descreveu que ele sente.
    Estou ansiosa para fazer a leitura, mas ela vai demorar um pouco ainda :/
    Beijos
    http://mileumdiasparaler.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Oi Pah,

    Eu sou apaixonada por Eleanor e Park da Rainbow Rowell *.*
    Também já li Fangirl da autora e me decepcionei um pouco, mas sinto que irei gostar muito de Anexos.
    Espero ter a oportunidade de ler em breve.

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  15. Ooi, tudo bem?
    Raynara pirando em 1...2...3...
    Mds me emocionou apenas com a sinopse e com a sua resenha, e agora estou muito mas muito ansiosa mesmo pra ler as obras desta escritora.
    Beijos

    ResponderExcluir
  16. Ainda nao li nenhum livro da autora, mais a historia parece incrivel e muinto engracada.. a capa e linda e vou ler concerteza,,!!

    ResponderExcluir
  17. A primeira coisa que me chama a atenção nos livros da Rainbow e já me instiga a ler são suas capas coloridas, fofas e leves, e eu sou amante de capas assim e isso é um fator crucial para eu ir atrás de informações sobre algum livro e querer comprá-lo. Já ouvi falar maravilhas de Eleanor e Park, e está na minha listinha. O que me chamou a atenção nesse livro "Anexos" lendo sua resenha foi a originalidade do enredo, eu realmente estou precisando sair dos universitários bad boys e mocinhas recatadas.

    ResponderExcluir
  18. Ainda nao li nada da autora, mais esse livro me cativou. A historia parece emocionante e engracada. A capa e linda e a resenha esta maravilhosa!!

    ResponderExcluir
  19. Fiquei intrigada por essa história! Já entrou na minha lista "Quero ler"!

    Passei por aqui também pra dizer que marquei sua página numa #tag lá no Blog, espero que participe e goste! Bju!!!

    http://obotecodaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  20. Mais um livro com temática de e-mails, muito bom saber!!
    Espero me ligar a essa leitura, quando eu fizer.

    Beijos

    ResponderExcluir
  21. Que historia linda, descobrindo o amor de uma forma diferente.

    Sem ler, já achei uma historia comovente, imagina depois.

    Lincoln vai se apaixonar de uma forma tão diferente, fiquei curiosa.

    Gostei do livro falar como é difícil viver independe da idade, que surge problemas e dasafios.
    Quero saber como vai ser a historia de Beth e Lincoln, como será esse romance.

    ResponderExcluir
  22. Livros com temas assim são bem legais e fáceis de ler, gostei bastante =)

    ResponderExcluir
  23. Oi Paola. Fiquei bem curiosa, porque a história realmente parece superficial, mas lendo sua resenha, percebi que é possui muito conteúdo. Vou procurar!
    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Oi Pah!
    Eu não sou muito fã da Rainbow, mas, no seu vlog vi você falando sobre suas leituras de fevereiro e acabei me interessando. Vou começar a ler graças a sua recomendação.
    Você é incrível Pah!

    ResponderExcluir
  25. Confesso que não li nenhum livro da Rainbow Rowell, mas o que tenho visto falarem bem da escritora ... me deixando com uma vontade imensa de ler os trabalhos dela.
    Anexos parece ser uma história envolvente e engraçada, adoro isso!
    Espero poder ler o livro em breve .. Já está no meu "carrinho de compras" de desejo <3
    Adorei a resenha e o blog, lindo demais.
    Beijos
    Caroline Garcia
    http://omgcarol.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Fiquei curiosa pra ler, a escrita dela parece ser bem interessante, apesar de nunca ter lido nada dela.

    ResponderExcluir
  27. Acabei de ler. Está fresco. Como você, curti o livro e a forma de intercalar o pensamento dele com os e-mails entre as amigas. Me cansei um pouco com ele e sua falta de ação, mas compreendi. Gostaria de algo mais no final..... vou parar para não dar spoiler

    ResponderExcluir