[Resenha] Ligações – Rainbow Rowell

GEORGIE MCCOOL sabe que seu casamento está estagnado. Tem sido assim por um bom tempo. Ela ainda ama seu marido, Neal, e ele também a ama, profundamente – mas o relacionamento entre eles parece estar em segundo plano a essa altura. Talvez sempre esteve em segundo plano. Dois dias antes da tão planejada viagem para passar o Natal com a família do marido em Omaha, Georgie diz a ele que não poderá ir, por conta de uma proposta de trabalho irrecusável. Ela sabia que ele ficaria chateado – Neal está sempre um pouco chateado com Georgie –, mas não a ponto de fazer as malas e viajar sozinho com as crianças. Então, quando Neal e as filhas partem para o aeroporto, ela começa a se perguntar se finalmente conseguiu. Se finalmente arruinou tudo. Mas Georgie estava prestes a descobrir algo inacreditável: uma maneira de se comunicar com Neal no passado. Não se trata de uma viagem no tempo, não exatamente, mas ela sente como se isso fosse uma oportunidade única para consertar o seu casamento – antes mesmo de acontecer…Será que é isso mesmo o que ela deve fazer? Ou ambos estariam melhor se o seu casamento jamais tivesse acontecido?
Romance Contemporâneo | 304 Páginas | Cortesia Novo Século| Skoob | Compare & Compre: SaraivaSubmarinoAmazon | Classificação: 5/5
Que livro mais incrível! Sério, estou cada vez mais apaixonada pela escrita da Rainbow Rowell. Uma das coisas que aprendi após ler três livros da autora – além de ficar abismada com seu talento – é que suas histórias estão completamente voltadas para a vida real. Seus livros podem ser românticos, trágicos ou fantasiosos, mas, independente disso, nunca deixam de falar com propriedade sobre os relacionamentos humanos, sempre focando nas dificuldades que todos nós enfrentamos ao longo da vida. Em Ligações a autora discorre sobre o casamento, não como a versão de um ato jovem e impensado, mas como um enlace de quase quinze anos, como um relacionamento que perdurou, amadureceu, e que atualmente enfrenta uma crise que põe em risco sua legitimidade. Trata-se de uma história real, que poderia acontecer comigo ou com você, e que aborda as idas e vindas do amor; como uma espécie de tributo às dificuldades e às segundas chances proporcionadas pelo destino. Afinal, amar é se entregar, viver intensamente, perdoar e recomeçar.
Não dá para saber como é de fato entrar na vida de alguém e ficar lá. Não há como antever todas as maneiras com as quais você vai se entrelaçar, como vai conectar pele com pele. Como a ideia de ficar longe vai soar dali a cinco anos, dez... quinze.
Georgie está prestes a viajar com o marido e as filhas para a casa da sogra. O combinado é passar o natal lá, contudo uma oportunidade de trabalho – aquela pela qual ela esperou a vida toda – aparece, fazendo com que ela adie a viagem. Neal apoia Georgie em sua decisão mas não concorda com os termos dela, por isso, junto com as filhas, faz a viagem sem a companhia da mulher. Uma única semana separados; em tese eles se falariam todos os dias e Georgie conseguiria o contrato profissional pelo qual sempre almejou, entretanto, a realidade é que: ela não conseguirá escrever, viverá com medo de Neal estar muito chateado com ela, sentirá uma saudade enorme das filhas, perceberá o quão dependente é do amor e da presença do marido e, beirando a loucura, encontrará um telefone antigo que permite que ela ligue para o Neal de anos atrás, um Neal que ainda era seu namorado e que tinha acabado de decidir que eles não poderiam ficar juntos, que eles nunca dariam certo. Longe do Neal do presente, Georgie encontra no Neal do passado tudo o que ela precisava naquele momento: o conforto da voz dele. Contudo, a briga do passado faz Georgie questionar se ela realmente era a melhor opção para o futuro de Neal; ela não tem dúvida que ama seu marido, mas duvida que tem o feito feliz. Loucura ou não, o fato é que essas ligações mudam o rumo da vida de Georgie, colocando em jogo seu passado, seu presente e todo o seu futuro. 

O mais incrível do livro é o quanto Georgie se apega as ligações do passado e como, mesmo confusa, isso muda toda a sua percepção do presente. Ela sabe que sua relação com Neal está sofrendo, mas é só quando ela ouve a voz dele – o dele do passado – é que compreende tudo o que sente por Neal, e mais, que percebe o que deu errado no casamento deles. Eu sei que o drama familiar e a ideia de voltar ao passado não são completamente originais, porém o que me encantou foi o fato das ligações não servirem para corrigir algo, mas sim para mostrar o que Georgie estava deixando de viver, para fazê-la acordar para o futuro. Ela tem um melhor amigo que todos dizem ser o homem perfeito para ela, tem filhas incríveis que mal vê crescer, e tem um marido com o qual pouco conversa, ou seja, sua vida está uma bagunça. Então o que Neal fez de errado para colocá-los nessa situação? Ou melhor, onde foi que Georgie falhou? A grande surpresa é que isso pouco importa durante a leitura, o que realmente conta é compreender como as respostas para essas perguntas mudarão a vida dos personagens principais. E, principalmente, como isso fará o leitor sentir o que realmente significa amar alguém por quase vinte anos.
Não era esse o sentido da vida? Encontrar alguém com quem compartilhá-la? E se você já acertou nisso, o que mais poderia dar errado? Se você estivesse ao lado da pessoa que ama mais do que tudo no mundo, o resto não acabaria sendo só o cenário?
Sei que não vou ser capaz de explicar, mas essa história realmente mexeu comigo. Muitas pessoas têm uma imagem negativa do casamento, por isso foi gratificante ler algo que foca na parte real desse enlace. Não existe perfeição, não é fácil fazer um relacionamento durar anos, mas o importante é sempre lembrar de como tudo começou, de como o amor é maior que todos os problemas. Além de abordar esse aspecto do casamento, a obra também conta com uma narrativa intensa e fluída, com personagens que estão longe da perfeição e que exatamente por isso são encantadores, e com a descrição do drama de muitos casais que têm dificuldade em dar prioridade à família ao invés do trabalho. Fora que o romance é tão marcante! Ele não traz nada de inesperado ou novo, mas une duas pessoas tão... não sei, é como se eu os conhecesse, como se fossem meus amigos de infância. Simplesmente amei, talvez por estar noiva ou talvez por ter sido verdadeiramente tocada pela mensagem por trás dessa história.
Minha única ressalva é: existe um grau de maturidade para essa leitura. Não podemos esperar de Ligações um romance fofo, mas podemos apreciar o que esse livro tem de melhor ao aceitar que, acima de tudo, essa é a história de um amor que pode estar chegando ao fim, mas que também pode estar lutando para ressurgir das cinzas.
Beijos,


Participe Aqui

37 comentários:

  1. bom, eu não posso falar muito quanto a escrita da autora, pois só li um livro dela, mas realmente, a escrita dela é incrível. acho que é bem pelo fato de ser mais "real" mesmo...
    desde que este livro lançou eu estou curiosa para ler ele. parece ser uma trama linda mesmo, e essa capa também é fofa demais né
    sei lá, eu gosto de livros assim... sempre me deixam emocionada! *-*

    ResponderExcluir
  2. Oi Pah
    Quero muito ler esse livro, devido a tudo que já vi sobre ele acredito que seja muito bom
    já pensou que legal falar com seu EU de outra época.
    já até coloquei em meus desejados
    ⋙ ♥ Blog Livros com café
    Instagram - @bloglivroscomcafe

    ResponderExcluir
  3. Ok, ok! Com essa resenha me rendi e decidi aproveitar uma oferta das casas Bahia para comprar o livro. (Quem quiser aproveitar também, está pela metade do preço no site!)
    Sou apaixonada por esse tipo de livro, com personagens e situações reais, com narrativas lentas e profundas, com mensagens reais. Acho que vou me deliciar nessa leitura! Obrigada pela indicação indireta! hahaha

    abraços!

    ResponderExcluir
  4. Foi isso mesmo que me instigou a ler o livro: por ele mostrar bem a realidade e não ser um romance fofinho, mas sobre recomeço ou fim de um casamento.
    Amei a resenha! Abraços, Pah!!

    ResponderExcluir
  5. É a primeira resenha que leio da obra e fiquei completamente encantada!
    Olha, eu já fui "casada" e sei que não existe relacionamento perfeito. O morar junto trouxe muita coisa boa e muita coisa ruim, também. Mas se tem uma coisa maravilhosa que tirei disso foi o amadurecimento. Hoje, lembro de todos os erros que cometi e me esforço para não repeti-los. O que ganhei com isso? Um relacionamento feliz.
    De certa forma, acho que todos devemos "fazer ligações" para nossos parceiros do passado, para jamais esquecermos de tudo o que já passamos para estarmos juntos.
    Adorei a resenha e já está na lista de desejados <3

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que resenha incrivellllll, tenho só um livro da Raiwbon, mas estou enlouquecida por este livro!!!
    Adorei a indicação, bojos!

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Apenas li um livro da Rainbow, Eleanor e Park e gostei bastante.
    Esse livro pareceu ser ótimo, mesmo não sendo uma história, como foi escrito, original, ela parece diferente e com personagens verdadeiros. Gostei do passado não ser consertado, mas sim analisado com a finalidade de ter um presente e futuro melhor.

    ResponderExcluir
  8. Nossa,eu achei essa capa tão lindinha rsrs Cheguei a ler uma outra resenha a respeito desse livro essa semana , tão bem feita quanto a sua .. Desde o primeiro momento fiquei curiosa com como vai se desenrolar essa história e estou esperando uma oportunidade pra ler assim que puder..

    ResponderExcluir
  9. Confesso que não tinha vontade de ler esse livro, mesmo sendo fã da autora, mas depois da sua resenha acho posso dar uma chance para ele.

    ResponderExcluir
  10. Ainda nao li nada da Rainbow Rowell, mas cada resenha que leio de cada livro que ela escreve, tudo oq as pessoas falam sao elogios e o quanto a escrita dela é envolvente. Espero que quando eu ler, esse ou algum outro livro da autora, eu fique envolvida assim como vc tambem ficou. Adorei a premissa de Ligaçoes e acho que vou me entregar logo, logo.

    ResponderExcluir
  11. Pah adorei a resenha! Sabe que hoje em dia precisamos disso Pq não é fácil essa questão de casamento! Eu não tenho namorado mas minhas amigas já estão loucas pra casar e eu fico pensando será?! É muita responsabilidade né?! Mas eu acredito no amor e acredito no casamento, dificuldades, a gente precisa aprender com elas Pq ultimamente a população prefere separar e quem sofre são os filhos.. Obs.: filha de pais separados há 10 anos! Bom foco o da autora!!

    💋

    ResponderExcluir
  12. Eu quero muito ler este livro e sua resenha só reforçou tudo, quando li a sinopse de lançamento ele me interessou pelo tema, um casal maduro que ja tem aos de convivência, eu estou fazendo 21 anos de casada e digo para vc que twnho um casamento feliz, 3 filhos maravilhosos e aconselho a todos que sigam em frente nesse sonho e que façam de tudo para dar certo, que não desistam no primeiro obstáculo lutem pelo amor, reguem e não o deixem morrer, o amor é lindo independente da idade e para preserva-lo tudo vale a pena.

    Bjus
    Val

    ResponderExcluir
  13. Eu ainda não li nenhum livro desta autora, mas ja tenho um deles aqui e pretendo ler ainda esta semana, e este parece ser muito bom,
    eu gosto de lviros mais adultos e bem escritos, que parece ser o caso, acho a ideia de falar com o marido..mais novo...muito legal, acho que não tinha visto nenhum livro neste estilo antes.
    Espero que ela tenha tido tempo de conseguir arrumar seu casamento, espero le lo em breve,
    beijos.

    ResponderExcluir
  14. Oi Pah, ainda não li os livros da autora mas todos os que ela já publicou me chamou aa atenção. Não gosto de ler livros de romance, porém romances assim às veze sleio. Nos faz refletir e tem uma realidade na história que o livro tem. Bjus.

    ResponderExcluir
  15. Eu ainda não li nada da autora mas só tenho visto críticas tão positivas das obras dela que preciso adiantar o processo hahaha eu tenho gostado de livros com uma temática mais madura e um livro que li recentemente que trata das relações humanas de uma forma tão profunda foi Jardim de Inverno. Mexeu muito comigo e se vc ainda nao leu Pah, vale MUITO a leitura. Tenho certeza que vc vai gostar. Enquanto isso darei uma chance pra Rainbow ;D

    ResponderExcluir
  16. Oi Pah, tudo bem?
    Adorei a resenha e conhecer mais um pouquinho esse livro. É bom saber que a narrativa mostra o lado não tão bom do casamento. Nem tudo é perfeito e a vida não é um mar de rosas, infelizmente, mas acredito que os obstáculos que aparecem em nossa vida são fundamentais para nosso aprendizado.
    Fiquei bem curiosa em conhecer a narrativa da autora e saber o que aconteceu com a Georgie e Neal! Livros assim nos deixam vários ensinamentos.
    Dica anotada :)
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Pah!
    Enfim um romance diferente dos comuns...
    Não li nada ainda da autora e todos dizem que ela é ótima.
    Me identifiquei com a protagonista, porque após anos de casados, mesmo amando quem está ao nosso lado, acabamos esquecendo como o começo foi bom e precisamos manter essa chama acesa. Coisas mudam, porém o amor não, apenas amadurece, fica mais cúmplice e acabamos tendo uma 'dependência' maior que dependendo do grau, pode até ser permissiva.
    Fato é que quero ler essa lição de vida.
    Feliz dia das mães!!!!
    “Às mães de todo planeta, Ofereço o brilho de um cometa, Para tal beleza comparar, Sem jamais pestanejar, Por Deus abençoada, Por Maria imaculada, De seu ventre surge a vida, Mãe tu és consagrada.”(Marcos G. Aguiar)
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  18. Adorei a resenha e nunca tinha notado essa escritora nas minhas pesquisas. Vou prestar atenção e quero adquirir logo esse livro. Amei!

    ResponderExcluir
  19. Olá Pah
    Não conhecia o livro.
    É bom ver que existe um romance assim, diferente dos outros.
    Os personagens são incríveis. pelo simplees fato de parecerem reais.
    A hostoria é linda e o mais interessante é que fala do casamento por uma visão real, dando para imaginar que exixtem pessoas nessa situação.
    O amor existe, mas os personagens estão distantes.
    A sinopse já chama atenção, mas lendo o que você escreveu Pah, pude realmente conhecer a historia.
    Ótima resenha.
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Ooi Pah,
    Que resenha incrível, ainda não li nenhuma obra da autora, mas quero muito.
    Parece ser uma historia bem bacana.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  21. Caracaaaaaaa... Este livro está na minha lista de desejados, mas até então não o havia priorizado, mas agora estou aqui mega ansiosa para lê-lo. Não conheço a escrita da autora, nunca li nada dela, mas esse livro em especial me chamou a atenção na sinopse. Agora então... Necessito.

    ResponderExcluir
  22. Oi Pah, minha amiga já tinha comentado sobre esse livro, mas eu não tinha muito interesse, mas agora com sua resenha vou lê-lo. Já li Anexos e Eleanor & Park, a Rainbow escreve muito bem e sabe como envolver o leitor na história. Beijos!

    ResponderExcluir
  23. Oi, Pah!
    Sempre ouço falar muito bem dos livros da autora e esse, especialmente, me chamou a atenção. A história parece ser muito boa e a proposta de amadurecimento das relações me agradou bastante!

    Beijos,
    Camila | www.lendoporai.com

    ResponderExcluir
  24. Oi Pah!
    Ainda não li nada da Rainbow Rowell, mas são resenhas como a sua que fazem ficar morrendo de vontade e conhecer o trabalho da autora. Só que eu ainda não sei por qual livro começar, rsrs
    Simpatizo com a premissa de "Ligações" e gostei muito de saber que os personagens são assim reais (acho isso fundamental), principalmente por se tratar da história do casal (uma das razões que me faz não gostar de ler romances é que as histórias parecem ser sempre mais do mesmo e seguirem aquele mesmo roteiro "vamos em busca de um final feliz ou um final trágico",entende?). Quem sabe será por "Ligações" que eu começo? ;)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  25. Oi Pah quero muito conhecer a escrita da Rainbow! Tenho Eleano e Park aqui em casa e nunca de eu começar a leitura! Dizem que é fantástico, mas me falta o tal tempo que nós blogueiros tanto sabemos hahahah

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  26. Pah!
    Eu tenho uma amiga que não para de me dizer sobre como o livro é bom demais. Mas como disse na sua resenha de Eleanor & Park, eu tenho muuuuito receio quanto a autora. Eu odiei um livro que ela escreveu, desde então eu venho tentando quebrar este pensamento. Mas não dá. Fiquei muito chateada com o livro, embora eu tenha gostado muito da escrita dela.
    Fangirl é muito chato Pah! Não Leia!

    ResponderExcluir
  27. Você me deixou com mais vontade de ler algum livro da autora, Pah! hahaha
    Ainda mais quando disse que esse livro mexeu contigo, me deixou intrigada!

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  28. Eu quero muito muito muito muito esse livro!
    E a sua resenha só me deixou com mais vontade ainda de ler logo!

    ResponderExcluir
  29. Vou ficar pobre desse jeito kkkk
    A cada resenha eu penso *mais um livro pra minha lista de desejos* nesse momento ela já está uma lista kilometrica kkkk
    Já estava querendo ler esse livro, depois dessa resenha tenho certeza que eu quero ler <3
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  30. Oi! Gostei muito da sua resenha a um bom tempo que eu venho ouvido falar muito bem dessa autora e essa capa também é bem lindona

    ResponderExcluir
  31. Eu já ouvi tantos comentários positivos sobre essa autora que fica impossível segurar a curiosidade de ler algum livro dela. Esse em particular me atraiu pela sinopse, parece ser uma daquelas histórias leves, que passam sem nem a gente perceber. Apesar da capa não ser tão bonita, acho que o conteúdo compensa.

    ResponderExcluir
  32. Fiquei bem afim de ler o livro, acho que é uma história divertida e diferente. O lance de ligar pro passado me lembrou o filme Click (o qual choro toda a vez que assisto). Não gostei muito da capa, acho que a intenção era parecer retrô, lembrar o passado, mas, para mim, ficou parecendo um livro antigo.

    ResponderExcluir
  33. Oi Pah tudo bem?
    Curto muito seu canal e toas as informações que você passa para nós suas leitoras, Pah me tira uma curiosidade por favor rsrs Todoas estas resenhas são de livros que mesma leu? Se for noooooosa se garante! Um abraço e muita paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Diana. Tudo bem sim e com você?
      Então, tenho colaboradoras que também resenham por aqui. Mas a maioria das resenhas são minhas sim :)

      Beijos

      Excluir
  34. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  35. Oi Pah, eu adoro suas resenhas e principalmente os livros que vc indica...eu estou com uma lista de novos livros para comprar e com certeza ligações está em 1 lugar... não posso esquecer de dizer o quanto amo vc.. nao perco seus videos no youtube.. bjs linda!

    ResponderExcluir
  36. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir