[Resenha] Daisy está na cidade – Rachel Gibson

Daisy Lee Monroe está de volta a Lovett, Texas, e depois de muitos anos descobriu que pouca coisa mudou. Sua irmã continua uma louca e sua mãe ainda tem flamingos de plástico rosa no quintal. E Jackson Lamott Parrish, o bad boy que ela havia deixado para trás, ainda é tão sexy quanto antes. Ela gostaria de poder evitar este homem em particular, mas ela não pode. Daisy tem algo a dizer para Jackson, e ela não vai a lugar nenhum até que ele escute. Jackson aprendeu a lição sobre Daisy da maneira mais difícil, e agora a única palavra que ele está interessado em ouvir dos lábios vermelhos de Daisy é um adeus. Mas ela está surgindo em toda parte, e ele não acredita em coincidência. Parece que a única maneira de mantê-la quieta é com a boca, mas beijar Daisy já foi sua ruína no passado. Ele é forte o suficiente para resistir a ela agora? Forte o suficiente para vê-la sair da sua vida novamente? Ele é forte o suficiente para fazê-la ficar?


Romance Contemporâneo | 320 Páginas | Cortesia Geração Editorial| Skoob | Compare & Compre: SubmarinoSaraivaAmazon| Classificação: 4/5

Daisy está na cidade é exatamente como eu pensei que seria: romântico, sensual, divertido e extremamente previsível. Assim como a maioria dos livros da Rachel Gibson – pelo menos dos que eu li – a obra não traz grandes reviravoltas ou intensas reflexões, contudo mesmo rodeada de clichês a autora é talentosa o suficiente para envolver o leitor. Desde as primeiras páginas eu sabia como seria o desenrolar da narrativa, porém foi impossível interromper a leitura e muito menos deixar de torcer pela história de amor dos protagonistas. Depois de quinze anos Daisy e Jack irão se reencontrar e dar continuidade à relação conflituosa e emocionante que tinham quando jovens. O destino fez questão de separá-los, mas quem sabe com Daisy de volta a cidade eles não tenham uma segunda chance? Claro, isso se Jack perdoá-la por abandoná-lo para casar com seu melhor amigo! Sinceramente, tem como não adorar essa trama repleta de reencontros, perdão e superação?

Jack, Daisy e Steven eram um trio inseparável. Eles cresceram juntos e ao passar dos anos criaram um forte laço de amizade. Em determinado momento o companheirismo deu lugar ao amor, mas enquanto os dois amigos se apaixonaram perdidamente por Daisy, apenas um roubou o coração da jovem. A relação de Daisy e Jack era como uma explosão: quente, arrebatadora e inconstante. E exatamente por esse motivo, ao duvidar de que era verdadeiramente amada, Daisy deixou Jack, mudou de cidade e casou com Steven, alguém com que ela sempre soube que podia contar. Depois de anos separados, de muito tempo alimentado à mágoa e a dor da traição, Daisy está de volta e pretende fazer ás pazes com Jack; ela decidiu que está mais do que na hora de revelar seu grande segredo: o motivo pelo qual fugiu dele e se casou com Steven. Ao voltar tudo o que Daisy quer é paz. Ao contrário do que parece ela não esperar se envolver novamente com Jack, seu único desejo é fazer a coisa certa. Porém, Jack ainda se sente traído e, permanecendo fiel à promessa de nunca mais amar, não quer ouvir o que ela tem para falar e muito menos está disposto a perdoá-la. O fato é que ele está aparentemente feliz com suas relações de uma noite, mas por mais que relute em admitir, quando Daisy volta ela faz ele almejar por um futuro, por uma vida ao lado de alguém, por um amor que eles podiam ter compartilhado se ela não tivesse ido embora.
“Na noite em que perdeu tudo, Jack aprendeu uma lição valiosa. Aprendeu que ninguém pode tirar de você algo que você não tenha dado para esta pessoa. Ninguém poderia fatiar você por dentro se você não lhe entregar uma faca”.
O motivo da volta de Daisy é bem previsível. Confesso que gostaria que a obra não começasse de forma tão óbvia, contudo não nego que mesmo assim foi fácil me comover com a história de vida de Daisy. Ela abriu mão do amor da sua vida, era jovem e tomou uma decisão precipitada, mas não se arrepende dos anos que teve. Sua vida foi boa, rodeada de carinho e amor, e cada dificuldade que enfrentou fez dela uma mulher forte e decidida. Por isso, a forma que Jack a trata é dolorosa. O reencontro é carnal e emocionante: eles ainda se desejam, mas ele é cabeça dura demais para admitir que está sentindo algo. E por mais que o leitor entenda os motivos dele – afinal ela o trocou por seu melhor amigo! – torcemos para que eles se entendam logo, para que o amor que eles sempre sentiram um pelo outro fale mais alto. Assim o romance, por mais previsível que seja, baseia-se em dois pilares que aprecio quando o assunto é amor: perdão e recomeço. Passaram quinze anos e eles ainda se amam, então nada mais natural que eles fiquem juntos. Vai ser difícil pro Jack perdoá-la, para ele esquecer a tristeza que foi perdê-la, mas se ele permitir ainda está em tempo de ter seu merecido final feliz. E como era de se esperar eu amei isso, amei a forma como o coração de Jack vai curando e se abrindo ao amor.

Sendo assim, o foco principal da obra está em um relacionamento no estilo cão e gato, em um romance que lida com o orgulho de um protagonista fechado ao amor e modificado pelos erros do passado. Contudo, indo muito além, a trama também fala de perda, de crescimento profissional, e de dramas que envolvem os familiares dos protagonistas. Nesse ponto abro um parêntese para falar da irmã de Daisy, a jovem (que tem um livro só seu: Maluca por você) está passando por divórcio complicado e, além da dor acumulada no peito, garante cenas hilárias ao deixar seu ciúme extravasar. – Serio, ela é doidinha e apronta cada uma! RisosPortanto, no geral temos um livro gostoso de ler que trata sobre amores e recomeços. Não podemos esperar grandes novidades, mas como toda obra da Rachel Gibson, o livro garante suspiros, paixões e muita diversão. Simplesmente perfeito para passar uma tarde preguiçosa na companhia de uma boa história de amor.
• Sobre a Série •

Daisy está na cidade é o primeiro volume da série “Lovett, Texas”, composta pelos livros: Daisy está na Cidade; Maluca por Você; Rescue Me; e Run to You. Cada volume narra à história de amor de um casal diferente, característica que permite que os livros sejam lidos de forma individual.
No Brasil, apenas os dois primeiros volumes foram publicados.
Beijos, 


Participe Aqui

35 comentários:

  1. Heiii!
    Eu adoro romances e não ligo se for clichê, só não pode é os protagonistas no final ficarem separados, aí fico chateada demais!
    Esse livro vi algumas resenhas positivas e no geral acho que o público gostou.
    Eu já estou querendo ler desde que li a sinopse, para saber do motivo dela ter deixado o Jack na época.
    Não sabia que se tratava de uma série, achei q era um livro apenas, agora vou ser obrigada a ter todas, haha..Amo uma coleção viu?!
    E gostei mais do estilo das capas que lançaram no Brasil, achei mais moderno.
    Bjus

    ResponderExcluir
  2. Estou mais curiosa sobre a irmã. Kkkk ela vai se divorciar? Eu li o maluca por vc por isso a curiosidade

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Patricia! É o primeiro divórcio dela, lembra? Quando ela SPOILER "taca o carro no ex...." hahaha, essa é a história dela antes de Maluca por Você :)

      Excluir
  3. Oi Pah,
    Quando eu vi o lançamento desse livro eu fiquei doida. Adoro romances, mesmo os previsíveis esse tem tudo pra eu gostar.
    É realmente preciso dizer, se eu fosse Jack também não sei se perdoaria tão fácil ela ter se casado com o melhor amigo deles. Sejam quais forem os motivos kkkk #radical.
    Adorei a resenha e quando ler poderei formar uma opinião melhor.

    Bjos
    Sá França
    http://nosleitoras.com

    ResponderExcluir
  4. Eu gosto de livros assim, que mostra os personagens se reencontrando algum tempo depois, pois mostra para o leitor o amadurecimento dos personagens, tornando a leitura melhor do que já é! Eu não compraria o livro apenas pela capa, pois nada nela me chamou atenção. Mas, após ler a resenha, fiquei com vontade de lê-lo. Adorei a resenha!

    ResponderExcluir
  5. Pahhhh eu adoro a Rachel! Li o primeiro (segundo) livro desta série e amei! Porém tinha deixando de lado e nem lembrava dela, comprei esse livro na pré-venda e esqueci na estante obrigada por me lembrar pq comprei ele! Partiu ler! Rs
    Beijao

    ResponderExcluir
  6. Oii Paola
    hum.. confesso que os livros da Rachel não me cativam, sempre acho a premissa incrível mais o livro é sempre meio blá sabe?! rsrsrs
    A historia de Jack e Daisy parece ser legal, com toda essa historia de reencontro depois de 15 anos. Me deixou curiosa, mas não sei se leria, como falei os livros dessa autora (pelo menos os que eu já li) são meio sem graças :/
    Mas foi uma ótima resenha! gostei muito
    Beijos Beijos ♥

    ResponderExcluir
  7. Oi Pah
    Apesar de ser previsível gostei da historia, ainda por ser romance (amo hahaha..)
    Achei a historia linda, falando de perdão e recomeço.
    Me anima saber que mesmo a historia sendo clichê e previsível você não conseguiu parar de ler.
    ótima resenha
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Oi, Pah!
    Mesmo a obra sendo clichê essa é a segunda resenha que leio hoje que elogia o livro, então fiquei com bastante vontade de ler agora. Estou na vibe de livros divertidos e que tratam de superação e perdão.
    Muito boa a resenha! Bjão <3

    ResponderExcluir
  9. Meu exemplar ainda não chegou! Estou ansiosa para ler, também adoro os livros da autora! <3

    ResponderExcluir
  10. E mais uma vez você me fez ficar ainda mais curiosa por um livro o qual eu já estava curiosa. Daisy Está Na Cidade pelo o que você disse parece ser bem o estilo de romance que eu gosto, o gato e rato. Quero muito esse livro.

    ResponderExcluir
  11. Meu exemplar ainda não chegou! Estou ansiosa para ler, também adoro os livros da autora! <3

    ResponderExcluir
  12. é uma serie de livros,humm legal nao conhecia até agora, gostei da resenha e me interessei em ler, que bom que nao tem problema se nao ler na ordem.

    ResponderExcluir
  13. Gostei ,estou ansiosa para ler ,a história é bem inteinteressante.

    ResponderExcluir
  14. Não sabia que o livro pertencia a uma série, mas bom saber que cada história é individual.
    Amo histórias de reencontros, perdão e recomeços, então desde que vi a sinopse já quis ler esse livro.
    Não sei o que você faz, mas é capaz de me fazer desejar ler qualquer livro com suas resenhas. Claro que não seria diferente com esse, que parece tão fofinho (apesar de previsível).

    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. oi flor, estou impressionada por seus bons comentários, é claro que vou querer dar uma espiada mais a fundo ao livro, a autora tem tudo para entrar na lista das favoritas
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. oi flor, estou impressionada por seus bons comentários, é claro que vou querer dar uma espiada mais a fundo ao livro, a autora tem tudo para entrar na lista das favoritas
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  17. Até agora não li nem um livro da Rachel, mas ultimamente tenho visto varias resenhas sobre os livro dela, eu adorei essa capa, mas a historia em si não é uma que me agradaria.

    ResponderExcluir
  18. Sou muito fã da Rachel e sempre que aparece um livro dela eu procuro estar preparada para adquirir, ainda não li este porem já esta na minha lista de desejados e com certeza depois da resenha vou acompanhar a série, já li Maluca por você e adorei.

    Bjus

    ResponderExcluir
  19. Tenho todos os livros de Rachel Gibson que já foram lançados no Brasil. Sinceramente, esse foi o que menos gostei. Demorei tanto na leitura que achei que não ia mais terminar. Eu não tinha vontade nem curiosidade de continuar a leitura. Achei tão descritivo. Enfim, se eu fosse dar uma nota para ele seria, no máximo, 3,5. Mas, no final, até me empolguei e consegui terminar e até gostar um pouco. Beijos!

    ResponderExcluir
  20. Ooi Pah,
    ainda não li nada da Rachel Gibson.
    Gosto de historias mais previsível, gosto muito de livros que tem perdão e recomeço.
    Realmente essa historia me interessou muito.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  21. Apesar de ser um chick-lit me interessou. Nem sempre leio livros desse gênero, só quando a sinopse me atrai e esse me atraiu. O trecho do livro que você colocou também me chamou a atenção, parece ser bem fofo. Bjus.

    ResponderExcluir
  22. Gosto de livros óbvios, fica mais fácil de entender, já havia ouvido falar neste livro e sinceramente, acho que agora fiquei louca pelo livro. Daisy é um nome bem diferente o que influenciou na minha aproximação ao livro, também achei ela uma garota decidida e com garra.

    ResponderExcluir
  23. Ainda não li nada dessa autora, mas já ouvi falar muito bem sobre ela. Preciso começar a conhecer as obras dela, sem falar que amo romances clichês ♥

    tititi-literario.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  24. A classificação desse foi alta,hein?! Vc tá escrevendo cada vez melhor!Parabéns!!

    ResponderExcluir
  25. Rachel Gibson é uma das poucas escritoras que leio os livros sem questionar se é bom ou ruim, acho a escrita dela muito fácil de ser compreendida e não da muitas voltas na história.

    ResponderExcluir
  26. Oi Pah..
    Apesar de parecer previsível mesmo, eu daria uma chance a obra, pois se mesmo sabendo o que vai acontecer você sentiu vontade de continuar lendo, e aprovou é porque a narrativa da autora é boa e a história valeu a pena.
    Gostei das temáticas que foram abordadas no livro. E garanto que quero ler.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  27. Não sei se esse é exatamente o tipo de livro que eu leria, mas fiquei curiosa. Apesar de vocÊ ter falado que o motivo que Daisy casou com o outro carinha lá ser previsível, inúmeras teorias passaram na minha mente, UHAUSHADUSDUAH
    E já adorei a irmã dela <3 Personagens maluquinhos são os melhores! haha

    ResponderExcluir
  28. Eu tô doida pra ler esse livro! Desde que li a sinopse ele já me cativou, agora com a sua resenha só deu mais vontade, rsrs. Eu gosto quando mesmo que o livro seja um clichê, a gente consegue se envolver na leitura, como vc disse. Isso pra mim é fundamental!! Bom saber que nesse livro acontece isso ;)

    ResponderExcluir
  29. Ainda não li nada da Rachel, mas esse livro parece ser um amorzinho.
    Adorei a resenha, só me deixou com mais vontade ainda de ler!

    ResponderExcluir
  30. Nunca li nada da escritora, mas é exatamente do tipo de livro que eu curto, com muitas brigas e repleto de discussão. Que são duas coisas que eu adoro ha, ha. Já li outra resenha a respeito do livro e ela também falou que é muito previsível. Mas como isso não empatou vocês de amarem o livro, quem sou eu pra não querer ler né?! Ah, só não curti essa capa.

    ResponderExcluir
  31. Não sei porque mas não gostei da Daisy, tenho uma certa implicância com esse nome kkkk Até que gosto de clichês, acabo vendo eles de forma irônica e divertida, mas gostei mais da irmã da protagonista do que dela própria, personagem louquinhos são os melhores haha

    ResponderExcluir
  32. Oi Pah!
    Eu vi o seu video da leituras do mês e fiquei muito curiosa em relação a este livro. Confesso que nunca li nada desta autora e que tenho muita curiosidade para finalmente começar!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  33. Pena o livro ser tão previsível, isso o deixa bem menos atraente pra mim que gosto de ser surpreendida. Mas gostei de saber que o livro rende alguns risos.
    Já tinha ouvido falar bastante desse livro mas nunca vi a informação de que fazia parte de uma série, fiquei chocada por não saber, eu sou a maluca das séries, adoro ter livros em séries! Apesar de que essa não precise ser lida na ordem acho legal de ler bem na ordem. Espero que publiquem todos os vollumes aqui.

    ResponderExcluir
  34. O livro é previsível sim, mas a leitura te toma e te faz querer saber tudo o que vai acontecer! Me prendeu do começo ao fim! Acho que também, como você, gostei muito da questão Perdão e Recomeço! Boa leitura! Helouise

    ResponderExcluir