setembro 28, 2015

[Dicas para Blogs] Por onde começar?

Não é raro eu receber e-mails solicitando dicas de como ter um blog de sucesso. Na maioria
dos casos o questionamento chega a ser incisivo, como se existisse uma fórmula que
determinasse o sucesso de um blogueiro; ou pior, como se eu realmente tivesse
ideia da existência dela! No meu íntimo, bem lá no fundo da minha alma
sonhadora, confesso que gostaria de responder tal questão com um resumido passo
a passo do sucesso. Afinal, não seria bem mais simples se só precisássemos
seguir algumas diretrizes pré-estabelecidas? Contudo, não existe tal fórmula
secreta, apenas um punhado de emoções, motivações e situações que podem ou não
colaborar para o crescimento de um blog. Experiências e lições que eu – que não
tenho a pretensão de ser uma especialista no assunto – aprendi ao longo dos
meus quatro anos como blogueira e resolvi compartilhar com vocês.

Espero criar uma série de posts a respeito da blogosfera –
tudo dependerá da intensidade da curiosidade de vocês –, portanto hoje vamos
conversar sobre o início de tudo, sobre os primeiros passos para a criação de
um blog. Animados? Então vêm conferir:

1º. A motivação deve
ser, antes de qualquer coisa, o amor.
Sabe o momento exato no qual
você decide que quer criar um blog? Pois bem, ele deve ser impulsionado pelo
amor: amor pela literatura, amor pela escrita, amor pela troca de opiniões,
amor pelas conversas com outros leitores… Sinto muito, mas se você quer criar
um blog apenas para ter parcerias
editoriais, milhões de visualizações e muita grana no bolso, meu amigo, você
não vai muito longe. Os relacionamentos mais duradouros de nossas vidas são os
que envolvem sentimento e essa mesma regra vale para tudo o que você vai fazer,
inclusive criar um blog. Até porque vai chegar uma hora que mantê-lo atualizado
será extremamente trabalhoso e cansativo, momento em que apenas o amor por ele
te dará forças para seguir em frente. E não, não estou sendo melodramática,
criar um blog é assumir um compromisso que envolve muita dedicação, respeito,
paciência e paixão.

2º.
Tenha em mente que ter um blog dá trabalho.
Escrever
uma resenha é uma tarefa extremamente trabalhosa. Ideias de matérias não surgem
facilmente – pelo menos não as que são singulares. Editar fotos e vídeos pode
ser cansativo. Divulgar suas postagens com precisão é quase impossível.
Conciliar vida pessoal com as obrigações do blog, definitivamente, não é algo
fácil. Cuidar das redes sociais do blog (e-mail, Facebook, Twitter, Instagram, Ask.com,
Youtube e afins) exige carinho, dedicação e muito tempo livre. Então, por
favor, não comece um blog achando que será fácil. Mas também não pense, nem por
um segundo, que não valerá a pena.

3º. Dê
tempo ao tempo.
Quando criamos um blog amamos institivamente
cada pedacinho dele. Amamos tanto que, como uma mãe coruja, queremos que todos
o amem também. Mas, meu lindo gafanhoto, as pessoas só vão amá-lo com o passar
do tempo. Mais precisamente quando eles lerem seus posts e se identificarem com
eles. Essa é a chave, a identificação. São seus sentimentos, transformados em
palavras e fotos, que vão conectá-lo ao seu leitor, que vão fazer com que um
visitante aleatório do blog passe a ser um fã assumido dele. Por isso, dê tempo
ao tempo. Obter muitas curtidas, parcerias incríveis, milhares de visualizações
e inúmeros comentários, é algo que conseguimos com o tempo, como resultado do
nosso trabalho e de todo o carinho dedicado ao blog. Entenda que o sucesso de
um blog é relativo, que tamanho e qualidade são diferentes, e que boas sementes
geram bons frutos. Simples assim.

4º.
Seja sempre sincero.
O que mais gostamos em um relacionamento é de
nos identificarmos com o outro: de descobrir gostos e opiniões semelhantes, de
aceitar as diferenças, e de amar na mesma medida. Mas nada disso adianta se
você não for sincero. As pessoas querem ler no seu blog o que você realmente
pensa, querem sentir sua alma em cada palavra escrita ou vídeo gravado, querem
se conectar com a veracidade e paixão por trás das suas postagens… O que
significa que copiar o texto dos outros ou dar opiniões superficiais não vai te
levar a lugar nenhum. E isso não significa que você perderá suas curtidas no
Facebook ou suas sonhadas parcerias, mas sim que você deixará de criar amizades
através do blog, de conhecer pessoas incríveis, e de receber belas palavras de
carinho. Vai por mim, isso vale muito mais do que um milhão de curtidas.

5º Teste,
erre, pergunte e aprenda.
Quando eu
comecei o blog não sabia nada de programação HTML, confesso que hoje eu ainda
não sei muita coisa, entretanto me orgulho de ter aprendido o básico. E sabe como?
Perguntando e fazendo tentativa e erro. Hoje temos em mãos o Google, uma
ferramenta extremamente eficaz de pesquisa que responde todas as nossas
dúvidas. Não tenha medo, preguiça ou até mesmo vergonha de questioná-lo. Não
sabe o que é HTML? O Google responde! Não sabe como criar um banner para o seu
blog? O Google responde! Não sabe como criar uma página no Facebook para o seu
blog? O Google responde! É trabalhoso, mas muito gratificante. Tente, erre,
teste, ensine… Um blog é feito de detalhes que podem ser organizados e
arranjados com uma dose extra de dedicação. E não estou falando isso de boca
pra fora, quem conhece o blog há algum tempo sabe que eu que criava meus
layouts, que eu era horrível para desenvolver banners de promoções e que meus
posts eram tudo, menos organizados e padronizados. Tá achando mentira? Vai lá
conferir a primeira postagem do blog, dá até vergonha, risos.

Em linhas gerais, começar
um blog é trabalhoso, exige tempo e paciência, e pode desmotivar. Entretanto,
com amor seguimos em frente e vamos amadurecendo, aprendendo cada dia mais um
pouco sobre a arte de blogar. O que, mais uma vez, significa que o tempo é o
nosso melhor e mais valioso aliado.

Gostaram das dicas? 

Beijos, 


confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

21 Comentários

  • Crislane Barbosa
    08 outubro, 2015

    Oi!
    Bem que eu gostaria de ter toda essa motivação para fazer um blog. :/

    Beijão!

  • Allexandra
    02 outubro, 2015

    Realmente criar um blog é ttrabalho na cerrta, agora estou só começando e sinto o peso!!kkkk
    http://allexandravanallen.wix.com/dominio-dos-livros

  • Cassiana Ollmann
    01 outubro, 2015

    Adorei!! Sou sua leitora assídua apesar de não me manisfestar muito por aqui. Estou pensando em montar um blog e sem dúvida essa postagem me ajudou muito! Brigada Pah!

  • suzana cariri
    30 setembro, 2015

    Oi!
    Muito legal essa dicas gostei bastante e achei bem importante, tenho varias amigas que gostariam de ter um blog e vou indicar essa dicas para elas !!

  • Evellyn Mendonça
    30 setembro, 2015

    Ooi Pah,
    adorei as dicas, pois penso em criar um blog, um dia.
    Como você falou tem que ter bastante amor envolvido, pois parece ser bem trabalhoso.
    Bjs

  • Ycaro Brito
    30 setembro, 2015

    Pah, as dicas foram ótimas. O ponto principal que concordo com você é que, quando você monta um blog literário, a principal motivação deve ser o amor. Já possui um Blog, mas fiquei tanto tempo focado nas configurações dele que acabei parando de ler. Entretanto, hoje está tudo normalizado, sem blog, mas muitos livros.

  • Pah,
    Desde a primeira dica, todas elas foram muito, muito sinceras.
    Digo isso porque já tive dois Blogs, um voltado para poesia – algo que eu amo e outro para variedades.
    Eu desisti deles (com muita dor no coração) por falta de tempo e por ter imaginado que seria bem menos trabalhoso.
    Acho que muito amor e também tempo e disposição, são sim, essenciais.

    Um beijo 😉

  • samantha
    30 setembro, 2015

    Sempre quis fazer um blog, mas tenho mta preguiça de digitar, sempre me dei melhor falando do que escrevendo, ai teve uma época que fiz um canal no youtube com uma amiga e começamos a fazer vídeo resenhas, mas o google bloqueou nossa conta então desistimos.

  • RUDYNALVA
    29 setembro, 2015

    Pah!
    Primeiro me pergunto o que a pessoa acha que é Sucesso? Sim porque tem vários aspectos como falou: seguidores, fãs, parcerias, etc…
    Concordo com tudo que falou, principalmente a questão do AMOR. É preciso fazer tudo com muito amor e sinceridade, fazer porque gosta, não por obrigação, aí sim o sucesso (pelo menos o que eu imagino ser sucesso) virá com o tempo.
    Adorei a postagem.
    “A vida só pode ser compreendida, olhando-se para trás; mas só pode ser vivida, olhando-se para frente.”(Soren Kierkegaard)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista, serão 3 ganhadores!

  • Íris Cavalcante
    29 setembro, 2015

    Oi, Pah! Amei o post!
    Tenho vontade de criar um blog literário porque eu adoro ler e gostaria de compartilhar esse amor com outras pessoas, quem sabe até incentivá-las a cultivar o hábito da leitura. Eu acredito que todos somos leitores, só temos que encontrar o livro certo para descobrir isso. Pelo menos comigo foi assim. Eu encontrei um livro que gostei muito. Foi através dele que descobri quão prazeroso é ler e aí não parei mais. Admiro você e todas essas pessoas que se dedicam a ajudar outras a descobrir o amor pelos livros. Parabéns e muito sucesso!
    Bjs. 🙂

  • Larissa Belmok
    29 setembro, 2015

    Olá Pah, muito legal essa iniciativa de contar pra gente como funciona a "vida" de um blogueiro.
    E realmente tem que ter muito amor, e também vontade de postar sempre e manter a página atualizada.
    Beijinhos!!

  • Bárbara Carollo
    29 setembro, 2015

    Oi Pah!
    Parece que foi ontem que eu criei o blog e agora consigo perceber como essas dicas são valiosas. Ter um blog exige dedicação, amor e muito comprometimento, o conhecimento vem aos poucos, mas a cada dia podemos melhorar. O sucesso vem com o tempo e o ideal é escrever por prazer para não gerar frustração com os números. Claro que é ótimo ver o blog crescer e perceber que o nosso trabalho está sendo reconhecido, mas para isso há um longo caminho a percorrer antes.
    Beijos,

    http://versosenotas.blogspot.com.br/

  • Curtindo os Livros Adoidada
    29 setembro, 2015

    Eu adiei há um tempo, justamente por falta de tempo, e muitas pessoas acham que ter um blog é mole, e que é bem fácil, mas não é nada disso. Eu vou começar a escrever as minhas resenhas no blog justamente por querer que outras pessoas leiam sobre um livro que amei, ou que não gostei.

  • Rafaela Godoy
    29 setembro, 2015

    Oi Paola, eu amei as dicas que você passou. O meu blog (sonho) se tornou realidade recentemente, mais precisamente em 16/09/2015, vai fazer 15 dias ainda que está no ar e eu já tenho muito orgulho do que aprendi até agora.
    O amor move montanhas, então tudo o que faço para os meus leitores, é feito com muito carinho, amor, dedicação, cuidado… para que realmente eles se identifiquem, para que, com minha escrita, eu consigo encontrar pessoas com gostos parecidos com o meu.
    Eu ainda não tenho uma estante abarrotada de livros, não li 500 livros, mas, estou empolgada com o carinho que tenho com meus livros, com meu blog. É um trabalho contínuo que exige dedicação e amor sim, o tempo é nosso melhor amigo. Entrar no mundo da literatura é como uma mágica. Estou muito feliz por viver este sonho e espero nunca desistir dele…

    Venha me visitar quando puder e deixar sua opinião: arafaelagodoy.com.br

    Grande beijo!!!

  • Cailes Sales
    29 setembro, 2015

    Olá Pah! Adorei o post, pois penso em um dia ter meu próprio blog, mas ainda preciso amadurecer essa ideia, me organizar. As suas dicas foram muito bem-vindas, com certeza!

  • Leticia
    29 setembro, 2015

    Oi, Pah
    Perfeito, falou tudo! Infelizmente muitas pessoas criam os blogs literários com um certo "interesse" e não guiados apenas pelas emoções e amor aos livros. E acho que não precisa ter um "blog famoso" se fosse já compartilha o que gosta. Nós blogueiras, sabemos que não é fácil e exige muito tempo mesmo. E reconhecimento, e leitores só virão com o tempo mesmo. Hoje consigo ver tudo isso com outros olhos. Adorei o post, sua dedicação prova todas essas dicas, o quanto são verdadeiras. Virei sua fã por acaso hahhaha

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

  • Vania Correa
    29 setembro, 2015

    Oi, Pah, realmente ter um blog não é tarefa fácil, mas te dou os parabéns pela sua capacidade e valeu por todas as dicas e boa sorte pra quem quer ter um, beijosss…

  • Crika Regina
    29 setembro, 2015

    Oi Pah!!!
    Acho que vc falou o fundamental bem no início, tem quer existir amor. Acredito eu que quando o blogueiro (a) ama o que faz tudo fica mais fácil, pois a dedicação se faz presente com muito mais afinco. E vc consegue passar isso aqui no blog. Desde que assisti ao primeiro vídeo por aqui, percebi todo um carisma e simpatia vindo de vc e, acima de tudo, amor, tanto pelos livros como aqui pelo blog, onde é perceptível a sua dedicação. Tomara que vc possa servir como fonte de inspiração pra tantos bons blogueiros que ainda vão surgir. Aproveito pra desejar sucesso a esse blog tão legal rsrs 😉

  • Nessa
    28 setembro, 2015

    Oi Pah
    Falou tudo, ótimas dicas!! Primeiro de tudo é amor, senão o blog não vinga.
    Lembro do meu início e eu muito recorri a vc eheheh para dicas, lembra? Hoje em dia ja melhorei muito, lá se foram 4 anos já, aprendi muito e em meio a tantos a fazeres o que faz o blog continuar é meu amor, dedicação e amor aos livros.
    Adorei o post.

    Beijos

  • Angela Daniele
    28 setembro, 2015

    Adorei as dicas, Paola!
    Tô começando também, e penso exatamente assim: é preciso dedicação e paciência. E eu comecei justamente pelo amor, afinal ter este espaço é algo que eu sempre quis (acabei adiando por um tempo, mas agora foi!rsrs). 😉 O que vier de "fruto", será mesmo consequência.

    Obrigada por compartilhar as suas experiências conosco! Aguardo novos posts à respeito, viu.
    Ótima semana!
    beijo!

    http://www.euleitora.com.br/

  • Rízia Castro
    28 setembro, 2015

    Oi Paola!
    Adorei as dicas!
    Vida de blogueiro não é fácil, mas como amor e dedicação, conseguimos tudo!
    Ótimo post.
    Beijinhos
    Rizia – Livroterapias