[Resenha] O Círculo Rubi – Richelle Mead

Depois que Sydney Sage escapou das garras dos alquimistas, que a torturaram por viver um romance proibido com Adrian Ivashkov, o casal passou a viver exilado na Corte Moroi. Hostilizada por todos ao seu redor por ser uma humana casada com um vampiro, a garota quase não sai de casa e perde a noção do tempo, trocando o dia pela noite. Mas logo Sydney se vê obrigada a abandonar seu refúgio, já que seu coração continua apertado desde que Jill Dragomir desapareceu. O sumiço da jovem princesa vampira coloca em risco toda a estabilidade política dos Moroi… Então quem estará por trás desse sequestro? Sydney precisa dar um jeito de trazer a amiga de volta — e ao mesmo tempo alcançar sua própria liberdade.
Jovem Adulto Sobrenatural | 336 Páginas | Cortesia Editora Seguinte| Skoob | Compare & Compre: SaraivaAmazon| Classificação: 4/5

Acabou. Depois de anos acompanhando essa série ela simplesmente chegou ao fim. Não consigo colocar em palavras o que sinto nesse momento – é uma mescla de dor, saudade e resignação. Não é segredo que sou apaixonada pelos livros da Richelle Mead; acho a escrita dela extremamente envolvente e real, afinal mesmo em cenários fantasiosos ela consegue dar vida aos sentimentos mais fortes que movem nosso mundo: amor, amizade, ganância, vingança, esperança... Por isso, é muito difícil para mim dar adeus ao mundo fantástico de vampiros, bruxas, guardiões, alquimistas e tudo mais que une Bloodlines e Vampire Academy. Sei que para quem não leu é difícil entender a ligação entre as séries, algo que sempre exalto, mas o fato é que, para mim, uma sempre foi uma continuação direta da outra. Quando terminei Vampire Academy, muito antes de firmar o Livros & Fuxicos, me senti frustrada: eu precisava saber mais sobre esse mundo. Meu coração só se aquietou quando comecei a ler Bloodlines, mas agora ambas as séries terminaram e me sinto órfã; perdida em um mundo literário em que meus personagens favoritos só participarão como lembrança dos bons livros lidos. Então sim, já estou sofrendo de saudade!

Ao contrário do que esperava, O Círculo Rubi é adrenalina pura do começo ao fim. O decorrer da narrativa coloca os protagonistas, Sydney e Adrian (meus lindos do coração), em vários apuros físicos e mentais. O amor deles está mais forte, contudo eles precisam superar várias barreiras, como o fato deles não serem aceitos com um casal – afinal em que mundo um vampiro e uma humana (uma alquimista criada para repudiar seres sobrenaturais) ficariam juntos? –, de eles terem várias pessoas querendo suas cabeças em uma bandeja de prata, e do relacionamento deles estar sendo afetado pelo espírito, poder que Adrian domina por ser um vampiro Moroi. E se não fosse suficiente, o casal ainda tem em seu caminho uma grande missão, algo que garantirá a segurança do mundo como eles o conhecem. Ou seja, além de serem caçados por pessoas preconceituosas eles ainda precisam ajudá-los salvando-os do perigo e garantindo a sobrevivência do mundo deles. É mole ou quer mais?


O que mais me surpreendeu nesse livro é que a autora une todas as pontas soltas dos outros livros, não as que obviamente precisavam ser resolvidas, mas sim as que foram esquecidas pelos leitores. O fato é que todos os pesadelos de Sydney voltaram para assombrá-la: guerreiros da luz, bruxas, alquimistas, sua família e as mentiras que eles contaram...agora tudo está interligado e ela precisa, mais uma vez, salvar o mundo. Definitivamente a ação é incrível, a autora foi muito inteligente em unir as pontas soltas em um grande quebra-cabeça, deixando o fluxo de leitura inebriante – eu nunca tinha lido um livro dessa série com tanta rapidez! Além da missão de Sydney, também podemos acompanhar as aventuras de Adrian. Ele nutre a necessidade de se sentir útil, e nesse volume o personagem finalmente tem a chance de mostrar toda a sua força e poder – não só ao lutar contra o espírito que quer dominá-lo, mas ao participar de uma missão (ao lado de Sydney, claro) de vida e morte. Definitivamente os dois me deixaram loucos com suas manias de arriscar suas vidas, mas isso é um dos grandes diferenciais dos personagens da Richelle Mead: eles se doam sem pensar duas vezes. ADORO!

Sydney como sempre está cada vez mais forte e perspicaz. Amo a força dessa protagonista – ela faz praticamente tudo sozinha, são poucos os momentos em que alguém precisa salvá-la, pois geralmente é ela a salvadora e a figura que todos procuram quando precisam de ajuda. O romance também está ainda melhor, ele evoluiu para um nível mais crível, mostrando o quanto Adrian e Sydney sofrem com o preconceito alheio. E ainda temos vários mistérios de cair o queixo e a volta de vários – sim, eu disse vários! – personagens de Vampire Academy. Sim, o livro é espetacular como tudo o que a Mead escreve.

Contudo, tenho ressalvas: esperava mais. O livro realmente é ótimo, mas senti que em muitos momentos a grande batalha foi suavizada. Deixar tudo para ser resolvido no último livro, talvez, não tenha ajudado tanto a autora, que teve que correr com os acontecimentos dando a impressão de ser tudo fácil demais. Também não gostei do capítulo final e de como ele foi extremamente romantizado. Não me entendam mal, o final é lindo, porém senti que as questões políticas e sociais, as quais sempre influenciaram o desenrolar da história, foram deixadas de lado. E o ponto é: isso significa que teremos mais livros desse universo? Porque eu sinceramente espero que sim. Existe um detalhe em especial que pode revolucionar o mundo escrito pela autora, então imagino que ela ainda não terminou de escrever tudo o que queria.

No geral foi uma leitura extremamente emocionante. Como disse, dói dizer adeus, então vou acreditar que isso é um até logo e que o final mais vago é só o começo de uma nova série. Quem sabe, não é mesmo? Fãs podem sonhar! Risos. E já deixo meu apelo: deem uma chance para essa autora, ela é simplesmente incrível! E sim, vocês podem ler só Bloodlines ou só Vampire Academy. As séries estão ligadas, mas ambas possuem começo, meio e fim.

Sobre a Série

O Círculo Rubi é o último volume da série Bloodlines composta por seis livros: Laços de Sangue, O Lírio Dourado, O Feitiço Azul, Coração Ardente, Sombras Prateadas e O Círculo Rubi.
Beijos,


22 comentários:

  1. Essa série está na minha lista de livros para comprar já faz tempo. E com essa resenha estou ainda mais ansiosa para tê-los .

    ResponderExcluir
  2. Não li Vampire Academy ainda, na verdade não li nada da autora, porém só ouvi coisas boas e isso me deixa extremamente ansiosa (mas tenho q me segurar muito pois estou cheia de séries em andamento).
    Como série quero deixar um ponto que me encanta na história: Protagonistas fortes (divas) personagens que dependem muito da ajuda dos outros (como Ever de Os imortais, que me decepcionou bastante) não sei sobre a protagonista de Vampire Academy, mas espero q tenha uma personalidade semelhante a essa, pq: I <3
    Pelo pouco que conheço da autora, na minha opinião, ela irá criar um novo universo incrível, espero, já que tenho certeza que irei gostar muito de todos seus livros (amigas minhas e fãs, que conhecem melhor a autora também acreditam nisso suhsuha, então tomare)
    Acho que também não me agradará muito o fato dessa guerra ter "parecido tão fácil" por acontecer de modo rápido. Mas adorei a ideia dela "resolver todas as pontas soltas dos outros livros".
    Bjs

    ResponderExcluir
  3. Oi, Pah! Nossa, esta série tem relação com Academia de Vampiros? :oo. Não me interesso muito por AV, mas desde que vi O Lírio Dourado me interessei por sua proposta, logo queria os outros livros da série. Em O Círculo Rubi, fui conquistado pela agilidade na escrita da autora e por momentos de fuga e tensão.
    Blog: Consumidor de Sonhos | consumidordesonhos.blogspot.com.br
    Instagram: Consumidor de Sonhos | CdS

    ResponderExcluir
  4. Eu li Vampire Academy, terminei de ler os 3 últimos livros no inicio do ano passado, quero muito ler Bloodlines porque adoro a Richelle Mead. Sinceramente não sei porque ainda não comecei a leitura, acho que vou esperar as férias para quando começar não precisar parar. Espero que a Rose e o Dimitri aparecem muito em todos os livros, é uma pena quando o autor deixa para resolver todos os problemas no último livro da série, mas como você mesma disse o livro é ótimo e vale muito a pena ser lido.
    Bjs.

    ResponderExcluir
  5. não li nenhum da serie ainda.. li apenas os dois primeiros da vampire academy e vi o filme que achei bonitinho... mas espero continuar e ainda seguir para essa serie.. tbem gosto mto da escrita da mead...as capas são lindas nao precisa nem falar neh.. e gosto do modo como ela mistura as questoes politicas desse mundo sobrenatural com o romance...tbem acho que logo ela deve criar uma nova serie..

    ResponderExcluir
  6. Pah, eu nem acredito que ainda não li essa sérié..tenho que começar logo! Mas primeiro tem que ler Vampire Academy para então ler Bloodlines ou não importa a ordem? Eu estou ficando órfã de uma série também, "Os Instrumentos Mortais" e to me prendendo para ler o último livro porque dá até uma vontade de chorar quando penso que está acabando.. hehehe..mas agora que já tem uma nova, fico mais aliviada!
    Beijoss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Lu! Se você for ler as duas séries melhor ler na ordem, começando por VA (que é muito muito bom ♥)

      Beijos

      Ps. Instrumentos é muito bom né? Você leu As Peças Infernais? É INCRÍVEL!

      Excluir
    2. Pah, to amando os Instrumentos Mortais, e chorando que está acabando! As Peças Infernais ainda não li, mas se é tão bom quanto vou ler logo em seguida também! Obrigada!

      Excluir
  7. Não gostei da capa de "O círculo Rubi" e também não conhecia a série. Pela capa, não fazia ideia que na história continham vampiros. Não fiquei muito animada para conferir o livro. Só que, se algum dia eu tiver a oportunidade de lê-lo, com certeza não farei desfeita.

    Beijo

    ResponderExcluir
  8. Nossa, quando vi essa capa logo me apaixonei, não sabia que se tratava de vampiros, é um tema que não gosto muito. Infelizmente, apesar da ótima resenha, não foi um livro que me encantou tanto. Mas, claro que se eu tivesse oportunidade leria a série, quem sabe não faz eu começar a gostar dos vampiros haha

    ResponderExcluir
  9. Quando vi a capa, jurei que seria um livro de romance de época! hahah. Mas entendo a sua dor, pois eu sofri MUITO com o final de Harry Potter, sendo uma fã loucamente apaixonada, chorei demais hahaha. Mas logo descobrimos mais tramas para amar e se envolver, e no fim sofrer de novo... e assim vai indo o ciclo sem fim haha. Não sou muito chegada em romances que envolvam vampiros/lobisomens. Pra mim, esses personagens são de filmes de terror, não romance. Mas enfim, hahah. Sempre acabo trombando com algo que eu leio e realmente gosto, preciso driblar meus pré-conceitos com alguns gêneros. O que me atraiu nessa história, foi o fato da personagem ser alquimista! Acabei procurando mais opiniões sobre o livro, e a maioria dos comentários são extremamente positivos. Acho que vou acabar cedendo e lendo a série toda em breve! Beijos <3

    ResponderExcluir
  10. Eu sou apaixonada pela escrita da autora desde Vampire Academy, e essa é uma série que eu estou muito curiosa para conhecer. Agora que ela já foi lançada por completo, não tenho desculpa pra não ler mais rs
    É bastante frustrante saber que o final da série não foi tão surpreendente quanto o leitor poderia supor, mas também é interessante saber que existe a possibilidade de reencontrarmos os personagens.

    ResponderExcluir
  11. Não conhecia essa série mas já me encantei muito por estar mergulhada no universo de alquimistas. Particularmente tenho um pouco de receio por ler livros com vampiros mas quem sabe eu não abro uma exceção e começo a ler a série Bloodlines que pelas resenhas parece muito boa.

    ResponderExcluir
  12. Oi Pah,
    Não sabia que as séries Vampire Academy e Bloodlines estão ligadas. Alguns anos atrás quase comecei a ler Vampire Academy, mas acabei deixando de lado por causa da correria da faculdade. Tenho curiosidade em ler ambas as séries, então vou seguir a sua dica e começar na ordem certa, ler inicialmente VA e depois Bloodlines.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Nunca ouvi falar dessa serie mas esse sentimento de termino eu entendo u.u
    Adorei sua resenha deu muita vontade de ler mesmo.com esse final faltando um q a mais essa capa e linda hein

    http://estilodenerd42.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  14. Finalmente uma resenha desse livro!! Quando vi a capa me encantei e depois de ler essa resenha decidi que ele precisa estar na minha lista definitiva!! As resenhas estão cada vez melhores e mais envolventes, como não amar esse blog?

    ResponderExcluir
  15. Oi, Pah!
    Já tinha visto você falando dessa série, mesmo.
    Eu acho que não gostaria, não sei... não sou chegada a vampiros.
    Mas é bom que a autora não tenha deixado nenhuma ponta solta, mesmo as menores... odeio quando um autor não explica determinada coisa! :@
    Talvez o livro não tenha superado suas expectativas porque você tinha muita :p mas realmente isso de deixar tudo pro último livro não dá certo porque fica tudo corrido demais.
    Novamente, as capas nacionais são melhores que as originais
    Beijos!

    ResponderExcluir
  16. Ja ouvi falar da série, e acho as capas lindas...
    Não li nenhum livro da série ainda, vou esperar um promoção boa para começar a ler...

    ResponderExcluir
  17. Oiiie, Pah, como assim eu não conhecia essa série? Preciso urgentemente lê-la. Adoro série, ainda mais quando se tem um vampiro no meio HAHA E essa capa? Tudo de bom. Bjs

    ResponderExcluir
  18. Oiiie, Pah, como assim eu não conhecia essa série? Preciso urgentemente lê-la. Adoro série, ainda mais quando se tem um vampiro no meio HAHA E essa capa? Tudo de bom. Bjs

    ResponderExcluir
  19. Obras que tem o poder de mexer com o nosso psicológico é bom demais, daqueles que iniciam e vão até o fim com adrenalinas de deixar o leitor sem fôlego. Senti isso enquanto lia sua resenha. Não li a série ainda, mas quero conferir

    ResponderExcluir
  20. Eu só li o primeiro, mas agora que saiu o ultimo pretendo ler o restante. Amo a Richelle e sou super fã de V.A *-*
    Beijos!

    ResponderExcluir