janeiro 12, 2016

[Resenha] Trilogia Star Wars – Alexandra Bracken, Adam Gidwitz e Tom Angleberger

Lembro que assisti a trilogia clássica de Star Wars ao lado de meu pai. Ainda era
criança e não entendia porque as pessoas corriam de um lado para outro na
história. Mas algo me marcou e depois de grande, revi os filmes. Apaixonei-me pela
história de Darth Vader, criei antipatia por Leia e achei que poderia ter um
namorado como Han Solo.
A novelização da trilogia original, ou clássica, de Star Wars
deu a oportunidade de ouro para fãs, que se tornaram escritores, pudessem
recontar as histórias apresentando-as para o público mais jovem. Sendo assim, a
série de três volumes publicada pela Editora Seguinte, traz a trilogia clássica
recontada por nomes importantes da literatura juvenil.
Cada título representa um dos filmes que cativaram uma
geração e vem ganhando mais admiradores ao longo dos anos. Os livros apresentam
algumas histórias conhecidas por uma nova ótica (bem mais leve e juvenil, por
sinal).

Star
Wars: Uma Nova Esperança
.
A princesa, o cafajeste e o garoto da fazenda – Alexandra
Bracken

Ainda que a Aliança Rebelde tenha ganhado algumas batalhas contra o Império, a esperança está se esgotando. O Império está prestes a revelar a Estrela da Morte, uma estação bélica capaz de destruir planetas inteiros num piscar de olhos. Agora, o destino da galáxia está nas mãos de uma princesa, um cafajeste e um garoto da fazenda… Esta é uma versão de Star Wars: Uma nova esperança (episódio IV) como você nunca viu. A edição vem acompanhada de ilustrações incríveis e apresenta a história original a uma nova geração de leitores, assim como fornece uma perspectiva inédita para os fiéis fãs da saga. Cada parte da narrativa é contada pelo ponto de vista de um dos três protagonistas, se aprofundando nos conflitos desses heróis que se unem para combater o mal que ameaça toda a galáxia.

264
Páginas
| Cortesia
Editora Seguinte
| Skoob | Compare & Compre: SubmarinoSaraiva
Amazon| Resenha da Kamila Mendes | Classificação: 5/5
Nessa adaptação do Episódio
IV – Uma nova esperança,
vemos os acontecimentos que levaram Luke Skywalker
a se juntar a Aliança Rebelde e lutar contra a dominação do Império. Os fatos
são contatos pela ótica dos próprios personagens. E por ser dividido em três
partes, o primeiro volume traça de forma clara e precisa a personalidade dos
nossos três heróis.
A aventura começa com a princesa Leia Organa sendo presa pelo
vilão mais temido das galáxias, Darth Vader (amo!). Antes de ser capturada, a
princesa grava uma mensagem na memória do dróide astromecânicao R2 D2, que deve
entregá-la ao General Kinobi. Mas o pobre robozinho se perde no deserto de
Tatooine e acaba em posse de Luke. Quando o garoto descobre a mensagem, segue
em direção à caverna onde mora um estranho eremita chamado Ben Kinobi, que pode
ter relação com o tal General. É então que as aventuras do jovem Skywalker
começam.
A sensação que tive durante a leitura é que estava vendo o
filme, mas sob uma ótima mais jovem. A autora Alexandra Bracken acertou em suas
escolhas de cenas e falas. E o mais bacana é que ela apresentou nuances das
personalidades que não percebemos no filme. É um livro engraçado, de leitura
suave e rápida. Adorei!

“Leia levantou,
endireitando-se, e começou a observar sua cela novamente, procurando uma saída.
Podiam achar que tomaram dela o que mais importava. Que a tinham destruído. Mas
havia uma parte de Leia que nenhum deles — o imperador, Vader,
Tarkin— jamais poderia atingir. Seu coração era uma estrela cuja luz, cujo
calor, jamais esgotariam. E iria ofuscar todos eles.”

Star Wars: O Império Contra-Ataca. Então você quer ser um Jedi? – Adam Gidwitz

Com a ajuda de Luke Skywalker, a Aliança Rebelde conseguiu uma grande vitória contra o Império. Mas a guerra está longe de acabar. Agora, instalados em Hoth, um planeta gelado, os rebeldes temem que seu esconderijo seja descoberto pelas forças imperiais. Infelizmente, não demora muito para que o temível Darth Vader os encontre e organize o ataque. Esta é uma versão de Star Wars: O Império contra-ataca (episódio V) como você nunca viu. A edição vem acompanhada de ilustrações incríveis e apresenta a história original a uma nova geração de leitores, assim como fornece uma perspectiva inédita para os fiéis fãs da saga. Aqui, você entrará na pele de Luke Skywalker, dando os primeiros passos para se tornar o maior Jedi da galáxia, e encontrará uma série de lições para aprimorar seus conhecimentos Jedi.

272
Páginas
| Cortesia
Editora Seguinte
| Skoob | Compare & Compre: SubmarinoAmazon| Resenha da Kamila Mendes | Classificação: 4/5
Para mim esse foi o livro mais chato da trilogia. O Episódio V – O Império contra-ataca tem
algumas sequências bem chatas, mas o conjunto do filme é muito bom. O problema
é que o segundo volume dessa trilogia foi escrito para ser uma espécie de
manual para se tornar um Cavaleiro Jedi, característica que não funcionou muito
bem.
Aqui encontramos Luke em seu aprendizado com o famoso Mestre
Yoda, um dos últimos sobreviventes do expurgo Jedi causado por Darth Vader (já
disse que amo esse personagem?). Leia e Han Solo estão caindo em uma emboscada
tramada por Vader para atrair Luke e impedí-lo de se tornar um Jedi.
A história contada por Adam Gidwitz é um pouco lenta. A
impressão que tenho é que ele se segurou um pouco para não arriscar. Mas como
se trata de uma peça chave em toda a história, o livro acaba ficando empolgante
no final, quando Luke enfrenta Dath Vader pela primeira vez e é revelado parte
do passado dos personagens.
É simplesmente impossível não se envolver com a história!

Star Wars: O Retorno de Jedi. Cuidado
com o lado Sombrio da Força! –
Tom Angleberger

O terrível Império está construindo uma segunda Estrela da Morte para acabar com a Aliança Rebelde. Mas Luke Skywalker tem outros planos: destruir o governo e deter o imperador de uma vez por todas. No entanto, há um obstáculo no caminho de Luke: seu pai. Esta é uma versão de Star Wars: O retorno de Jedi (episódio VI) como você nunca viu. A edição vem acompanhada de ilustrações incríveis e apresenta a história original a uma nova geração de leitores, assim como fornece uma perspectiva inédita para os fiéis fãs da saga. Ao longo da história, os leitores encontrarão diversas notas de rodapé com curiosidades e comentários sobre esse universo extraordinário, tornando a jornada até o confronto final entre Luke e Darth Vader ainda mais emocionante.

336
Páginas
| Cortesia
Editora Seguinte
| Skoob | Compare & Compre: SubmarinoAmazon| Classificação: 5/5
O Episódio VI
– O Retorno de Jedi
é simplesmente o ápice de
toda a trilogia clássica. Na verdade é o auge das duas trilogias. Todos os
filmes convergem para o final desse episódio.
Depois de resgatar Han de Jabba, o Hutt, Luke percebeu que é
hora de dar continuidade ao seu treinamento. Os rebeldes prepararam um plano
para atacar a nova Estrela da Morte, maior, melhor e mais letal, sua única
chance de acabar com o Império. Na verdade, uma isca lançada pelo Imperador que
espera acabar com a resistência rebelde e capturar Luke Skywalker. Luke volta a
Dagobah para um encontro com Yoda. No planeta pantanosos, ele faz novas
descobertas sobre o passado e confronta Ben, seu primeiro mestre, sobre as
histórias que ele não contou.
No terceiro volume, escrito por Tom Angleberger, a história,
que no filme é densa, se torna um tanto quanto superficial, mas ainda mantém a
tensão existente no filme. São 74 capítulos curtinhos. O ponto alto desse livro
é justamente o Lado Sombrio da Força rondando o jovem Luke a todo instante,
principalmente depois que ele descobriu no Episódio V o que de fato acontecera
com seu Pai. Aqui Luke tem que decidir se sucumbirá ao Lado Negro da Força, ou se
continuará seu caminho Jedi.
Vemos em Luke, muito de seu pai. Calma, se você ainda não
sabe quem é o pai de Luke, você vai descobrir assistindo as duas trilogias: a
clássica e a lançada a partir de 1999.
Apesar de algumas decepções, amei ler essa série. Os livros
servem como uma introdução para àqueles que não tiveram a sorte de crescer
entre as décadas de 1970 e 1980 e para poder ver esse fenômeno galático tomar
forma. Estou ansiosa para que façam a novelização da segunda trilogia.
Indico para quem quer conhecer uma galáxia muito, muito
distante e para os fãs que não veem problema em olhar a história com novos
olhos.
E fiquem atentos, lembrem que O medo
é o caminho para o lado
 negro. O medo leva
a raiva, a raiva leva ao ódio, o ódio leva ao sofrimento
(Mestre Yoda).
Beijos,


Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

27 Comentários

  • Rafaella Abreu
    01 fevereiro, 2016

    Espero ter tempo de ler algo de Star Wars durante esse ano!

  • Ana I. J. Mercury
    01 fevereiro, 2016

    Não sabia que er a escrito por fãs, que maneiro!!!
    Vou querer ler todos em breeve!!
    Porém, acho que vou assistir primeiro né, não tem problema já que os livros são baseados nos filmes.
    bjss

  • camila rosa
    29 janeiro, 2016

    Oiieee, tudo bom?
    Eu vi recentemente os filmes e eles já possuem um lugarzinho no meu coração, me encantei, eu já tinha ouvido falar do livro Então você quer ser um Jedi? da trilogia, e não ouvi muitos elogios bons, quero conhecer mais o mundo de Star Wars, por isso pretendo dar uma chance aos livros.
    Beijos *-*

  • Raissa Albuquerque
    29 janeiro, 2016

    Amei! E fiquei bem mais ansiosa agora que comecei a ver os filmes.

  • Maria Fernanda Medeiros
    25 janeiro, 2016

    AI MEU DEUS, AGORA SIM ESTÃO FALANDO MINHA LINGUA *-*
    Só via esses livros lacrados e já fazia um tempo que ficava de pesquisar na internet e esquecia… Agora só me deu ainda mais vontade de comprar! Amo Star Wars e, mesmo estes livros não fazendo parte do universo expandido, ainda é maravilhoso fazer essa retrospectiva sob outro ponto de vista! INCRÍVEL! PRECISO!

  • Potato Purple Blog
    19 janeiro, 2016

    Oi! Confesso não ter muita curiosidade em Star Wars, nunca vi ao filme, nunca li, o máximo que fiz foi jogar Lego e olha lá. Não tenho muita curiosidade, mas marquei de assistir com o boy desde o início, qualquer dia desses. Vai que eu acabe gostando né. Beijos.

    potato-purple.blogspot.com
    youtube.com/potatopurpleblog

  • Micheli Pegoraro
    17 janeiro, 2016

    Olá Kamila,
    Assisti a todos os filmes de Star Wars, mas cresci mesmo é assistindo os desenhos da saga, adorava!! Não me considero fã, mas com certeza pretendo ler essa trilogia para conhecer um pouco mais dessa saga tão clássica.
    Beijos

  • cantinho da anny
    17 janeiro, 2016

    Sempre me julgam por nunca ter curiosidade de assistir ou saber algo sobre star wars.Curto paginas no facebook de hérois que falam sobre star wars e eu fico boiando.Mas um dia quem sabe crio curiosidade

  • Aciclea vieira
    17 janeiro, 2016

    Kamila,cresci vendo essa trilogia do Universo Star Wars e achei bem divertida a conclusão que você chegou sobre alguns dos principais personagens após assistir.Achei bem legal essa história recontada no formato juvenil.Também não gosto muito quando um livro apresenta durante seu desenvolvimento o formato de manual,como parte do volume 2.O volume 3 ,que retrata a história de Star Wars:O Retorno de Jedi é o que estou mais curiosa para ler e que mais amo de toda a trilogia.Mil beijinhos!!!

  • suzana cariri
    17 janeiro, 2016

    Oi!
    Ainda não assistir e nem li nada de Star Wars mais vejo as pessoas falarem tanto e fazer tantas referencias a saga que fiquei muito curiosa sobre a historia e pretende assistir o filme e gostei muito dos livros principalmente porque tem a historia dos filmes !!

  • Bia
    16 janeiro, 2016

    Assisti aos filmes de star wars com amigos a pouco tempo atrás, eu tinha um certo preconceito dizendo que não me agradava o enredo e quem era fã "desse tipo de filme" era só os nerds, engano o meu hein?
    Amei, fiquei unas duas semanas só falando de star wars para todo mundo que conversava comigo, então SIM quero ler esse livros.
    Parabéns pela resenha

  • Bia
    16 janeiro, 2016

    Assisti aos filmes de star wars com amigos a pouco tempo atrás, eu tinha um certo preconceito dizendo que não me agradava o enredo e quem era fã "desse tipo de filme" era só os nerds, engano o meu hein?
    Amei, fiquei unas duas semanas só falando de star wars para todo mundo que conversava comigo, então SIM quero ler esse livros.
    Parabéns pela resenha

  • Amanda Souza
    16 janeiro, 2016

    Oii Kamila!
    Eu nunca vi Star Wars, acho que vi o finalzinho do ultimo filme, e só, não sei praticamente nada da história! Também nunca li nada sobre o assunto, mas depois que teve a noticia do novo filme, as editoras apostaram muito nesse assunto, e pros fãs foi incrivel. Não é muito o tipo de livro que eu leria, não faz muito o meu genero, mas fico feliz que tenha gostado!

  • Evellyn Mendonça
    15 janeiro, 2016

    Ooi, ainda não assisti os filmes, mas sempre tive muita vontade.
    Depois de ler a resenha, fiquei ainda mais curiosa, quero muito ler.
    Bjs

  • Três Livrólatras
    15 janeiro, 2016

    Nunca assisti nenhum filme da série e também confesso não me interessar pelos livros. Mas enfim, talvez um dia eu possa dar uma chance a eles.

  • Brena Carvalho
    15 janeiro, 2016

    Bom, eu nunca me interessei em assistir os filmes de Star Wars, mas quando tiver oportunidade de ler os livros, com certeza vou conhece-los.

  • Priscila Lopes
    14 janeiro, 2016

    Também assisti os filmes por influência do meu pai, gosto de falar que ele me educou sobre star wars. Para mim uma das maiores revelações foi o significado do nome do vilão Darth Vader (vader=pai em alemão), a resposta estava na cara, kkkk. Nunca li nenhum livro, mas fiquei curiosa sobre como foi feita a abordagem da história pelos autores.

  • Jesica Duarte
    14 janeiro, 2016

    Ainda não li os livros e nem assiste os filmes, mas depois dessa resenha estou muito apaixonada,quero muito em breve conhecer toda a saga.

  • Leticia Golz
    14 janeiro, 2016

    Oi, Kamila
    Eu vejo tantas resenhas de Star Wars, de tantos livros, que fico perdidinha. São mais de uma trilogia, mais de uma série. Sei lá, me confundo toda.
    Eu nunca assisti Star Wars e nem li nenhum dos livros. De tanto que falam, até sinto curiosidade. Apesar de pequenas ressalvas, no fim foi três leituras muito prazerosas para você. Eu leria a trilogia, mesmo sendo mais para um público juvenil.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

  • Josiane
    14 janeiro, 2016

    adoro livros em série. Nunca assisti aos filmes, mas o livro deve ser muito bacana

  • Lara Cardoso
    13 janeiro, 2016

    Acho que só eu na face da terra que nunca assisti aos filmes de Star Wars, mas vou assistir em breve. E super me perco nos livros, tem vários livros e fico numa confusão de por onde começar, até assisti um vídeo da editora zahar e melhorou um pouco, mas ainda assim acho confuso hahaha.
    Essa edições eu já tinha visto nas livrarias, mas eu achava que só a zahar que tinha os direitos de star wars. Essa edição está linda.

  • Dan Igor
    13 janeiro, 2016

    Sempre tenho muita vontade de assistir e ler tudo da série Star Wars, mas ainda não tive essa oportunidade. Adorei essa ideia de recontar os filmes clássicos de uma forma mais juvenil e infantil, parece serem ótimas leituras. As edições são lindas. Adorei a resenha.
    Abraços
    bookdan.blogspot.com

  • Roberta Alexandre
    13 janeiro, 2016

    Confesso que nunca me interessei por nada relacionado a Star Wars, mesmo com toda essa publicidade que envolve o lançamento do ultimo filme não me despertou nada. Com a resenha me interessei pela trilogia porém tenho medo que seja só mais um na minha estante.

  • Theresa Cavalcanti
    13 janeiro, 2016

    Para ser sincera, nunca senti muita vontade de ler ou assistir Star Wars. Mas todo mundo fala que é muito bom, talvez um dia eu dê uma chance.

  • Thaynara ribeiro
    13 janeiro, 2016

    Me sinto um e.t. falando q nunca assisti nem li Star Wars rsrs apesar de ter curiosidade nunca senti aquele vontade de buscar conhecer a série. Como tenho os filmes vou ver s assisto pra depois ler os livros se eu gostar.

  • Amanda Ferreira
    13 janeiro, 2016

    Assisti a todos os filmes de Star Wars por indicação do meu namorado. Essa é a primeira resenha que vejo dos livros dos Episódios IV, V e VI. O fato de os livros serem escritos por autores diferentes não os deixa mais chatos? Sei lá, porque cada autor tem uma forma diferente de escrever, todos eles escreveram a história de maneira parecida? Fico meia com um pé atrás em comprá-los por causa disso 🙁

    • Kamila Mendes
      13 janeiro, 2016

      Então, Amanda. Se formos comparar a história do filme com a dos livros, fica um pouco chato sim. Até porque os livros tem uma linguagem própria para o público juvenil. Mas quanto ao fato de serem autores diferentes, não vi muitos problemas porque eles se focaram em desenvolver as personalidades dos personagens em cada episódio e não há uma discordância entre os autores. No entanto, o único livro que deixou muito a deseja foi "Então você quer ser um Jedi?". Porque , me parece que foi uma tentativa do autor de elaborar uma manual para aprendizes da Força. Cada capítulo é separado por páginas desse manual, e o livro sempre se refere a Luke como 'você', para que o leitor se sinta com o jovem Skywalker, mas comigo não funcionou muito.