junho 06, 2016

[Resenha] Espada de Vidro – Victoria Aveyard

Se sou uma espada, sou uma espada de vidro, e já me sinto prestes a estilhaçar. O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar. Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.

Fantasia (+Distopia) | 496 Páginas
| Cortesia
Editora Seguinte|
Skoob | Compare & Compre: SubmarinoSaraivaAmazon| Classificação: 5/5
Resenha sem Spoilers
A Rainha Vermelha, livro que antecede Espada de Vidro, foi uma das melhores leituras que fiz nos últimos
tempos. Independente dos clichês que a trama apresenta (e não nego que são
muitos),
Victoria Aveyard me encantou com sua narrativa envolvente e repleta de
reviravoltas. O fato é que quando o assunto é fantasia gosto de livros que são permeados
de ação, protagonizados por personagens fortes e reais, e recheados de reflexão
social. E é exatamente por isso que A
Rainha Vermelha
conquistou meu coração, pois além da aventura e do romance
previsível, a obra conta com um cenário político-social extremamente complexo e
reflexivo. Confesso que estava morrendo de medo de ser decepcionada por sua
continuação, mas digo com orgulho que Espada
de Vidro
superou todas as minhas expectativas e ainda me deixou de queixo
caído. Preparem-se para um livro cheio de intrigas, aventuras, traições e dolorosas
perdas.

O livro começa exatamente no final do seu antecessor:
Mare confiou nas pessoas erradas, foi traída e usada, e agora terá que fugir para
encontrar uma forma de salvar aqueles que são como ela. Antes a sociedade era
dividida entre prateados e vermelhos, entre aqueles capazes de dominar elementos
mágicos e entre os humanos comuns que – graças à falta de poder – foram subjugados
pela nobreza prateada. Porém, depois que os poderes de Mare foram revelados e
que a garota elétrica veio à tona, a sociedade inteira descobriu que existem
vermelhos capazes de usar magia. Por um tempo imaginou-se que Mare era a única
dessa raça de anomalias, contudo uma
lista de outros sanguenovos foi descoberta e agora a jovem fará de tudo para encontrá-los,
treiná-los e, principalmente, protegê-los. O grande problema é que eles estão
sendo caçados pelo novo rei; um comandante frio e calculista que quer dominar
ainda mais os vermelhos, encontrar e matar todos os sanguenovos, e se vingar de
Mare torturando todos aqueles com quem ela se importa. Fugir não vai ser o
suficiente, Mare vai ter que lutar e se transformar de uma vez por todas na líder
que um dia fingiu ser: a garota elétrica vai ressurgir e uma guerra se
iniciará.
Claro que o que mais amei nesse livro foi a sua
narrativa eletrizante. Temos ação da primeira à última página, o que deixa o
leitor vidrado e extremamente curioso – são tantas reviravoltas e artimanhas
que é impossível parar de ler! Gosto quando uma série é composta por várias
batalhas que culminam em uma grande guerra, pois assim temos a sensação de que
tanto a história quanto seus personagens estão evoluindo até o almejado final feliz. E o ponto é que é
exatamente assim que a Victoria Aveyard escolheu conduzir a trama: focando nos
desafios que Mare encontra como a primeira vermelha com poderes especiais, nas
batalhas que ela decide lutar, e no fato dela estar no meio de uma guerra
política entre os vermelhos e os prateados. Amei também como esse clima de
aventura foi responsável por modificar a protagonista. Sempre achei Mare uma
garota forte e determinada, porém em Espada
de Vidro
ela está ainda melhor. Agora a garota carrega nos ombros o peso de
inúmeras mortes e de uma guerra que ela não sabe como terminará. Assim, ela vai
fazer várias escolhas ruins e pagará caro por seus erros, mas vai aprender nas
quedas como ser uma líder melhor, como usar seu poder de forma digna e,
principalmente, como confiar nas pessoas certas. E eu amei essa jornada de
luta, crescimento, perda e aprendizado. Foi fácil amar Mare, mesmo com suas
imperfeições e erros, pois conseguimos nos ver no lugar dela.
Também gostei dos personagens secundários que
aparecem nesse livro, de como o romance é desenvolvido sem tirar a veracidade
por trás do clima de ação e aventura que permeia a leitura, e do desfecho de
acabar com nossos corações – sério que vou ter que esperar mais um ano pela
continuação? Continuo sentindo que a escrita da
Victoria
Aveyard reflete várias referências literárias, principalmente X-Men (por
causa da procura e dos poderes dos sanguenovos) e Jogos Vorazes (por
causa das referências sociais e da força da protagonista), entretanto isso não
me incomoda nenhum pouco. Mesmo diante dos clichês, a autora criou um universo
cativante, emocionante e extremamente eletrizante. Portanto, vale muito a pena
dar uma chance e descobrir se essa história vai ganhar seu coração.
• Sobre a Série •
Espada de Vidro é o segundo volume da série Red Queen.
Até o momento a saga é composta pelos livros: A Rainha Vermelha, Coroa
Cruel (contos)
e Espada de Vidro.
No total a série contará com quatro livros e dois contos (ambos já publicados).
Beijos,


Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

20 Comentários

  • suzana cariri
    02 julho, 2016

    Oi!
    Gosto muito dessa serie, li esse livro e adorei a historia, achei os personagens secundários bem interessantes principalmente os novos e achei que o começo da leitura serie arrastado mas gostei como a autora já trás as buscas para o livros em vez de ficar muito tempo em cima de planos e o final me deixou muito curiosa para poder ler o próximo !!

  • Rafaella Abreu
    01 julho, 2016

    Estou super ansiosa para ler essa série!!!!

  • Lara Menezes
    01 julho, 2016

    Olá Pah,
    É tão bom quando livros suprem as nossas expectativas não é?
    Amo livros de ação, e ainda mais quando as protagonistas são destemidos e cheios de ação.
    Quero muito ler esses livros da Victoria Aveyard, mas não sei…

    Beijos

  • Kemmy Oliveira
    30 junho, 2016

    Pah, esses livros me conquistaram já pela capa, depois eu fiquei encantada pela sinopse de A rainha vermelha.
    Também gosto muito dessas reflexões acerca da sociedade e é muito claro esse foco nos livros. Ter ação do início ao fim e muuitas reviravoltas é essencial! Não gosto de livros que são muito previsíveis. Ótimo que a continuação não tenha te decepcionado

    Beijos!

  • Brenda Amorim
    26 junho, 2016

    Esse tipo é um dos meus referidos, quando tem ação no inicio ao fim, fico feliz que tenha gostado e irei ler em breve,tinha planejado ler no proximo mes mas como irei participar da maratona tive que tirar esse e colocar outros na frente.

  • Izabela Fernandes
    19 junho, 2016

    Acredito que tenhamos opiniões diferentes a respeito da Mare. Eu não gostei dela nesse segundo volume. No primeira, achei-a uma garota muito inteligente que cometeu erros e que teria – no segundo volume – que enfrentar as consequências, porém, ela não as enfrenta. Ela se enconde por trás de seu poder e de suas responsabilidades para com os outros sanguenovos.
    No entanto, lendo como você a enxergou começo a pensar que posso ter sido um pouco dura demais com ela. Afinal, ela é jovem e já tem tantas coisas dependendo dela, uma revolução, o futuro de tantas pessoas desconhecidas, mas que ela adora para si.

    Estou ansiosa para o terceiro volume, no qual poderei finalmente decidir se gosto de Mare como protagonista ou não. Quem sabe o que essa guerra nos trará? São tantas teorias!

    Beijos, Iza
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

  • Débora Magnavita
    15 junho, 2016

    Gostei muito da resenha Pah!
    Eu tava muito empolgada na época com o lançamento de Rainha Vermelha, mas depois de ler as críticas, eu murchei, pq vi muita gente se decepcionando. Mas acho que é como vc falou, mesmo que tenha referências, são de coisas boas, então apesar dos clichês deve valer a pena!
    Como vc disse que a continuação supera as expectativas, o que eu também tinha medo, vou dar uma chance!

  • Leticia Golz
    12 junho, 2016

    Oi, Pah
    Adorei saber que o segundo é tão bom quanto o primeiro. Já li A rainha vermelha e adorei também, principalmente pela ação presente no livro e as reviravoltas. Espero continuar gostando de Mare, assim como você. Não ligo muito pelos clichês, eles fazem parte.

  • Lara Cardoso
    10 junho, 2016

    Agora fiquei mais maluquinha ainda, a Rainha Vermelha está na minha lista de leitura, e esse ano vou ler, com certeza, e Espaço de vidro, veio para confirmar essa saga que, que teve comentários muito positivos,quero muito saber o futuro de Mare e Cal.Beijosss..(apaixonada por esses dois livros)

  • Jesica Duarte
    08 junho, 2016

    To querendo esses livros desdo começo do ano e fico cada dia curiosa pra conhecer essa história, acho que esse mês ainda compro essa saga.

  • Larissa Belmok
    08 junho, 2016

    Oi Pah, tudo bem?
    Já ouvi falar e li várias resenhas sobre esse livro, e sobre os outros que compõem a serie.Confesso que ainda não tive a oportunidade de realizar a leitura, mas que serão uma das minhas próximas aquisições, achei as sinopses incríveis e as capas mais lindas ainda.Mega curiosa!!

  • Jhenyffer Alves Lopes
    08 junho, 2016

    Surpreendente!
    Amei!
    Quando comecei "A Rainha Vermelha" pensei que essa, como tantas outras sagas, seguiriam o "mesmismo" infelizmente instalados em livros que seguem o mesmo gênero, porém, desde o primeiro, a autora vem me surpreendendo nessa trama em que a qualquer segundo da leitura algo de tirar o fôlego pode ocorrer.
    Gostei do fato de você ter que seguir a leitura de maneira temerosa porque afinal "Tudo e todos podem te trair".
    O livro repleto de certo suspense contém doses bem equilibradas de romance, ação e suspense que fazem você nunca se tediar da leitura.
    Aplaudo a escritora por alcançar o diferencial que tanto havia esperado.
    Mal posso esperar o próximo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  • Micheli Pegoraro
    07 junho, 2016

    Oi Pah,
    Estou doida por essa série! Adoro ler fantasia, e essa parece ser bem envolvente, com muita ação, adrenalina e cheia de reviravoltas, amo isso! Cada resenha que leio de algum livro/conto fico ainda mais empolgada para ler, então preciso agilizar e adquirir o primeiro volume pra ontem hahaha ainda mais depois de ler sua resenha, já amo a protagonista Mare antes de conhecê-la, adoro essas personagens fortes e determinadas.
    Beijos

  • Bruna Lago
    07 junho, 2016

    Que bom que a leitura te agradou tanto! Amamos quando isso acontece não é? E é melhor ainda quando você traz a resenha. Ainda não li nada da serie, mas só leio coisas boas a respeito. Mesmo sendo clichê e encontrando esse mesmo tema em vários livros, tem uns que nos cativam pela dua própria historia.
    Fico curiosa com esses livros e quero muito iniciar a leitura!

  • Thaylissa
    07 junho, 2016

    Já poderia classificar o livro como perfeito só por causa dessa capa linda! Fiquei dias olhando admirada. O conteúdo é maravilho, embora às vezes me deixasse super aflita. Espero que tenha a continuação. Já estou ansiosa! Porém, a Rainha Vermelha ainda é meu preferido.

  • Maria Fernanda Pinheiro
    07 junho, 2016

    Eu A-M-E-I A rainha vermelha, mesmo com todas as referências ( que me deixaram um pouco nervosa ao realizar a leitura) foi um livro cheio de reviravoltas, personagens cativantes, e uma trama de arrasar, ainda não li Espada de vidro, mas pelo final de A rainha vermelha não preciso nem disser que preciso urgentemente realizar a leitura, não é mesmo? fiquei bem curiosa em saber que a autora continua com sua narrativa maravilhosa e frenética, quero saber mais sobre esses personagens secundários, certeza que irei amar a obra, resenha maravilhosa !

  • caroline sena
    06 junho, 2016

    ainda tou no primeiro capitulo de coroa cruel, mas amei saber que a series não vai decepcionar, adorei rainha vermelha, a protagonista é forte e decidida, já quero ler tudo!

    http://entrevereviver.blogspot.com.br/

  • Theresa Cavalcanti
    06 junho, 2016

    Eu achei o primeiro livro mais ou menos. Não foi ruim, mas também não foi maravilhoso. Mesmo assim quero ler esse! KKKK Sou um pouco confusa, eu sei.

  • Vania Correa
    06 junho, 2016

    Eu comprei Espada de vidro em uma promoção, não li Rainha Vermelha, mas prefiro ler o primeiro livro para pode me conectar com a história, muito curiosa.Beijos…

  • Jéssica Dias
    06 junho, 2016

    Oi!
    Super concordo contigo, A Rainha Vermelha foi um dos melhores livros que eu já li nos ultimos anos, a Victoria é incrível! Ainda não li a Espada de Vidro, não deu tempo. Estou completamente ansiosaaaaaaa. Será que meu coração aguenta esperar mais?