dezembro 21, 2016

[Resenha] Jovens de Elite – Marie Lu

Bestseller
do The New York Times com excelente repercussão entre público e crítica, Jovens
de Elite é o primeiro de uma série de fantasia ambientada na era medieval e
protagonizada por jovens que desenvolvem estranhas cicatrizes e poderes
especiais ao sobreviverem a uma febre que dizimou boa parte da humanidade.
Entre eles está Adelina, que, após se rebelar contra o destino imposto a ela
por seu pai, encontra um novo lar na sociedade secreta Jovens de Elite, vista
por alguns como um grupo de heróis, por outros como seres com poderes
demoníacos. Heroína ou vilã? Num mundo perigoso no qual magia e política se
chocam, Adelina descobre o lado sombrio de seu coração. Da mesma autora da
aclamada trilogia Legend, Marie Lu, Jovens de Elite é o início de uma saga arrebatadora.
Perfeita para fãs de histórias de fantasia medieval como Game of Thrones, com
vilões dignos de Star Wars e X-Men.

Fantasia |304 Páginas | Skoob |
Editora Rocco | Compare
& Compre: SubmarinoSaraivaAmazon | Classificação: 5/5
|
Resenha da May

Não é de hoje que
acompanho o trabalho de Marie Lu e sei do potencial de suas obras, logo minhas
expectativas para a leitura de Jovens de
Elite
estavam nas alturas. Portanto fico imensamente feliz em dizer que
todas elas foram superadas – e mais, já que a autora inovou com um enredo sombrio do
início ao fim e com uma protagonista que foge dos padrões das mocinhas
guerreiras, fortes e corajosas que vemos por aí. E não que Adelina não seja
tudo isso, porém o diferencial da obra está nas ações da personagem principal,
que aos poucos pende mais para o lado de vilã do que de mocinha, tornando a
narrativa surpreendente e viciante.


A trama nos apresenta
uma fantasia com um toque de distopia, num mundo devastado por uma terrível
peste que assolou a população deixando marcas irreversíveis em determinadas
pessoas que as separam dos demais cidadãos. Estas pessoas passaram a ser
chamadas de malfetos, pois graças à peste possuem marcas visíveis no corpo, e
entre eles existem alguns que desenvolveram certos tipos de mutação e/ou poder
especial, desta forma tornaram-se alvos da monarquia por representarem uma
ameaça à população e uma ameaça a quem está no poder. Atualmente os malfetos vivem
a margem da sociedade, desprezados e condenados à morte quando desenvolvem
alguma habilidade fora do comum.


Dentre os malfetos temos
nossa protagonista Adelina, que fora atingida pela peste quando era criança e
por causa dela acabou perdendo um dos olhos. Porém, ela não desenvolveu nenhum
tipo de super poder – até agora. Adelina sempre foi desprezada pelo pai, pois
para ele a filha é a culpada pelos negócios da família irem mal, afinal ninguém
quer negociar com um vendedor que é pai de uma malfeto. Certo dia, cansada da
vida que leva, a jovem resolve fugir de casa e em meio a esta fuga algo
desperta dentro de si, algo obscuro e sombrio, um poder extremamente perigoso
para ela e para quem está ao seu redor. Quando foge, Adelina se junta aos
Jovens de Elite, um grupo de malfetos com poderes especiais que luta para
derrubar o Rei e tornar a sociedade mais justa e um lugar melhor para os
malfetos viverem. Ao lado deles ela treinará suas habilidades, aprenderá muito,
e ficará cara a cara com um grande oponente que luta em nome da monarquia –
Teren, líder dos Inquisidores – que fará de tudo para detê-la e aos Jovens de
Elite.


A narrativa da autora
me conquistou desde o início. Além disso, me apaixonei pela história de
Adelina, uma garota comum que de repente descobre um poder quase impossível de
controlar, uma garota que se encontra perdida entre a tênue linha do certo e
errado e pode se perder pelo caminho. Isso sem mencionar que o grande chamariz da
narrativa é que mergulhamos na história de uma vilã (algo incomum na
literatura). E é certo que os vilões que conquistam nosso coração sempre erram
tentando fazer o certo e ajudar aqueles que amam, e isso – esta ambiguidade –
foi o que mais me cativou na história e na protagonista, pois fui
constantemente surpreendida pelos acontecimentos e atitudes das personagens.
Foi simplesmente incrível acompanhar a jornada de Adelina, as dúvidas que ela
enfrenta, e as decisões – certas ou não – que tomou. Fiquei curiosíssima com o
que está por vir.


Aventura, romance,
fantasia, poderes especiais, a história de uma possível vilã que conquista seu
coração e te deixa dividido, sem saber o que pensar… uma história que
definitivamente vale a pena ser conferida.


Sobre a Série


Jovens de Elite é o
primeiro volume da trilogia homônima composta por:  Jovens de Elite, Sociedade da Rosa e The Midnight Star.
Beijos,












Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

13 Comentários

  • suzana cariri
    01 janeiro, 2017

    Oi!
    Quero muito ler essa serie da Marie Lu, ainda não li nada dela, mas essa historia me conquistou logo na resenha, gostei muito de temos uma vilão nesse livro ou pelo menos uma mocinha bem diferente, estou doida para conhecer um pouco mais dela e esse mundo que a autora criou e com certeza irei ler !!

  • Taís Queres
    29 dezembro, 2016

    Adoro essa temática ''mundo devastado'' e pós apocalíptico hahaha Posso estar errada, mas esse livro me lembrou muita à Eva de Anna Carey. Fiquei com vontade de ser amiga de Adelina, e descobrir um pouco mais de suas decisões no enredo!
    Beijão Pah! 🙂

  • Márcia Saltão
    29 dezembro, 2016

    Olá.
    Ainda não tive o prazer de ler nenhum livro da autora, mas essa trilogia está na minha lista! Amei a resenha e mais certa fiquei de que, vou adorar a leitura.
    Resenha perfeita. Obrigada.
    Beijos.

  • Anônimo
    28 dezembro, 2016

    Ótima resenha.
    Gostaria de ver sua resenha sobre o livro A Luz e a Sombra, de Juarez do Brasil Parece que é um autor novo no mercado. Eu gostei muito da leitura e do estilo.

    Filipe Niemeyer

  • Izabela Fernandes
    26 dezembro, 2016

    May! Comprei Jovens de Elite justamente por ser da Marie Lu: amo demais a trilogia Legend e só esperava coisas maravilhosas dessa autora!
    Saber que Adelina será uma vilã é o diferencial máximo que consigo encontrar no livro e motivo suficiente para lê-lo. Será que será a mesma ideia de casal de June e Day? Espero que não, porque sofro demais com aqueles dois HAHAH

    Adorei a resenha!
    Beijos, Iza
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

  • Theresa Cavalcanti
    23 dezembro, 2016

    Faz tempo que esse livro está na minha lista, quero muito ler ele logo <3

  • Katharine Emídio
    23 dezembro, 2016

    May, adorei a resenha!! Fiquei super curiosa e interessada na história, além é claro, de adicionar esse livro na minha lista!! Você arrasou,Super Beijoo!!

  • Maria Fernanda Medeiros
    23 dezembro, 2016

    Ai, Mayara, cada vez mais fico louca para ler essa trilogia. Mas faz um tempo que comprei a Trilogia Legend, da mesma autora, e até agora nem comecei. Acho que vou esperar sair os três, para ver se eles lançam num box lindo como Legend!!

  • RUDYNALVA
    23 dezembro, 2016

    Mayara!
    Com muita vontade de ler toda a série.
    Ver que a mocinha está mais para vilã é um diferencial imenso, principalmente em livro de fantasia, onde muita coisa é igual e aqui ela se diferenciou…
    “O Natal não é um momento nem uma estação, senão um estado da mente. Valorize a vida.” (Desconhecido)
    Boas Festas!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

  • Bruna Lago
    22 dezembro, 2016

    Oi May, confesso que não sou de ler livros assim. Fico com vontade, mas um romance passa na frente kkkkk
    Só sei que quando vi sua classificação pro livro fiquei com vontade de ler. Eu não resisto a um 5, mostra o quanto o livro foi bom e eu confio muito na nota de todos vocês aqui do blog.
    Eu vou tentar me dedicar mais às fantasias, sabe ? Esse parece um livro muito bom para começar. Obrigada pela dica!

  • Nicolas Bernardo Matos
    22 dezembro, 2016

    Que bom Mayara que é uma série de livros boa(pelo menos o Vol. I), hoje tem tanta história sem-graça, meio futurista, com uma doença letal ou mutagênica e são tão desgastantes pra ler. Ainda bem que agora sei duma série boa e com aspectos do medieval ao X-Men

  • Priscila Tavares
    21 dezembro, 2016

    Oi Mayara, eu ando acompanhando as resenhas do livros da Marie Lu e cada vez mais tenho certeza de que vou adorar esses livros. Não me canso de ler sobre eles.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

  • Anna Mendes
    21 dezembro, 2016

    Oi Mayara! Adorei a resenha!
    Gostei muito da sinopse desse livro, pois adoro histórias de fantasia e aventura, e esse livro parece ter tudo isso e muito mais. Eu ainda não conheço a narrativa da autora, pois ainda não li nenhuma de suas obras, mas como já disse, gostei da premissa desse livro e os seus comentários me deixaram bem empolgada para apostar na leitura e conhecer essa série. Também gostei de saber que a protagonista tem um lado mais sombrio, pois isso é algo difícil de encontrar nas protagonistas que nós vemos por aí. Com certeza vou colocar esse livro nas minhas metas de leitura 🙂
    Bjos!