Ideias para personalizar Estantes

Fala galera, como vocês estão? Hoje é dia de Arquitetar ideias, e dessa vez pensei em mais um tema que é muito propicio para um blog literário. Já postei anteriormente aqui na coluna algumas inspirações de estantes para vocês. Agora vou dar algumas ideias de como “customizar” essas estantes/prateleiras, e sabe oque é mais legal? Vocês mesmo poderão colocar a mão na massa. Vamos lá?

[Resenha] Mil Pedaços de Você – Claudia Gray

Marguerite Caine cresceu cercada por teorias científicas revolucionárias graças aos pais, dois físicos brilhantes. Mas nada chega aos pés da mais recente invenção de sua mãe — um aparelho chamado Firebird, que permite que as pessoas alcancem dimensões paralelas. Quando o pai de Marguerite é assassinado, todas as evidências apontam para a mesma pessoa: Paul, o brilhante e enigmático pupilo dos professores. Antes de ser preso, ele escapa para outra realidade, fechando o ciclo do que parece ser o crime perfeito. Paul, no entanto, não considerou um fator fundamental: Marguerite. A filha do renomado cientista Henry Caine não sabe se é capaz de matar, mas, para vingar a morte de seu pai, está disposta a descobrir. Com a ajuda de outro estudante de física, a garota persegue o suspeito por várias dimensões. Em cada novo mundo, Marguerite encontra outra versão de Paul e, a cada novo encontro, suas certezas sobre a culpa dele diminuem. Será que as mesmas dúvidas entre eles estão destinadas a surgirem, de novo e de novo, em todas as vidas dos dois? Em meio a tantas existências drasticamente diferentes — uma grã-duquesa na Rússia czarista, uma órfã baladeira numa Londres futurista, uma refugiada em uma estação no meio do oceano —, Marguerite se questiona: entre todas as infinitas possibilidades do universo, o amor pode ser aquilo que perdura?
Jovem Adulto; Fantasia | 288 Páginas|  Cortesia Editora Agir Now| Skoob | Compare & Compre: SubmarinoSaraivaAmazon | Classificação: 4,5/5
Anos atrás fui hipnotizada pelo talento nato da Claudia Gray; seus protagonistas destemidos e suas tramas misteriosas marcaram minha juventude como leitora. Entretanto, por não ser mais tão apaixonada por livros juvenis de fantasia, imaginei que não iria ter a mesma experiência com Mil Pedaços de Você – só que é óbvio que me enganei! A leitura do novo livro da autora foi tão incrível quanto à de suas outras histórias. A sensação é de que os anos não passaram, apenas de que a Claudia Gray aprofundou sua escrita para criar uma saga ainda mais cativante e surpreendente. Fora que além de uma escrita envolvente e surpreendente, Mil pedaços de Você também conta com personagens misteriosos e apaixonantes, com uma trama política e tecnológica extremamente instigante, com um romance fofo digno de borboletas na barriga, e com uma protagonista forte e determinada. Ou seja, não só me surpreendi com o livro como acabei a leitura completamente apaixonada por essa história, por seus protagonistas e – mais uma vez – pela escrita envolvente e única da Claudia Gray.

[Resenha] Vivian Contra o Apocalipse - Katie Coyle

Vivian Apple tem 17 anos e mal pode esperar pelo fatídico “Arrebatamento” — ou melhor, mal pode esperar para que ele não aconteça. Seus devotos pais foram escravizados pela Igreja faz tempo demais, e ela está ansiosa para que voltem ao normal. O problema é que, quando Vivian chega em casa no dia seguinte ao suposto Arrebatamento, seus pais sumiram e tudo o que restou foram dois buracos no teto… Vivian está determinada a seguir vivendo normalmente, mas quando começa a suspeitar que seus pais ainda podem estar vivos, ela percebe que precisa descobrir a verdade. Junto com Harp, sua melhor amiga, Peter, um garoto misterioso que tem os olhos mais azuis do mundo e informações sobre o verdadeiro paradeiros dos seguidores da Igreja (ou é o que ele diz), e Edie, uma Crente que foi “deixada para trás”, os quatro embarcam em uma road trip pelos Estados Unidos. Mas, depois de atravessar quilômetros de eventos climáticos bizarros, gangues de Crentes vingativos e um estranho grupo de adolescentes auto-intitulados os “Novos Órfãos”, Viv logo vai perceber que o Arrebatamento foi só o começo. Katie Coyle, vencedora do Young Writers Prize do jornal The Guardian em 2012, imagina uma realidade infelizmente muito próxima da nossa, em que capitalismo, política, entretenimento e religião se combinam para criar uma cultura de intolerância que não acaba com o Arrebatamento. Com reviravoltas surpreendentes, um humor mordaz típico da geração Y e personagens femininas que não devem nada a ícones como Buffy e Rory Gilmore, Vivian contra o apocalipse é uma estreia arrebatadora que vai fazer você questionar até onde iria pela verdade.

Joven Adulto | 288 Páginas |  Cortesia Editora AgirNow | Skoob | Compare & Compre: Saraiva SubmarinoAmazon | Classificação 4,5/5 | Resenha da Mayara

Surpreendente. Quando paro para analisar a minha leitura de Vivian Contra o Apocalipse, o romance de estreia da autora Katie Coyle, esta é a palavra que me vem à mente. Iniciei a leitura ciente dos muitos elogios que o livro recebera, afinal a autora foi vencedora do Young Writers Prize do jornal The Guardian em 2012. Sabia também que se tratava de um jovem adulto que aborda um tema bem distinto para o gênero e, justamente por ser algo tão diferente do que estamos acostumados para um YA, fui sem muita expectativa, comecei a leitura despretensiosamente e quando me dei conta estava completamente envolvida pela trama ao ponto de nem ver as páginas passarem.

[Resenha] O que há de estranho em mim – Gayle Forman

Ao internar a filha numa clínica, o pai de Brit acredita que está ajudando a menina, mas a verdade é que o lugar só lhe faz mal. Aos 16 anos, ela se vê diante de um duvidoso método de terapia, que inclui xingar as outras jovens e dedurar as infrações alheias para ganhar a liberdade. Sem saber em quem confiar e determinada a não cooperar com os conselheiros, Brit se isola. Mas não fica sozinha por muito tempo. Logo outras garotas se unem a ela na resistência àquele modo de vida hostil. V, Bebe, Martha e Cassie se tornam seu oásis em meio ao deserto de opressão. Juntas, as cinco amigas vão em busca de uma forma de desafiar o sistema, mostrar ao mundo que não têm nada de desajustadas e dar fim ao suplício de viver numa instituição que as enlouquece.
Jovem adulto maduro| 224 Páginas|  Cortesia Editora Arqueiro| Skoob | Compare & Compre: SaraivaSubmarinoAmazon| Classificação 3,5/5
Mais uma vez a Gayle Forman inova e escreve sobre um tema tabu: reformatórios comportamentais. No Brasil não tenho conhecimento de instituições desse estilo, mas nos Estados Unidos elas são comumente vistas pelos pais como um método de salvação e reeducação de seus filhos rebeldes. A ideia como um todo parece ótima – um centro focado na ajuda de adolescentes problemáticos – porém, a maioria desses reformatórios não só usam técnicas de choque para mudar os comportamentos que consideram inadequados (metodologia que pode comprometer para sempre o desenvolvimento emocional de um jovem), como também fazem isso sem o menor respaldo médico. E isso sem mencionar que muitos desses reformatórios só existem por causa da visão deturpada dos pais sobre o que é comportamento problemático, afinal atualmente muitas famílias pensam que ser diferente é ser rebelde. Assim, em O que há de estranho em mim temos a descrição de um problema real que assola muitos jovens: a incompreensão, o preconceito e a perseguição familiar. O livro é sobre os jovens que querem mais da vida e que precisam combater o mundo, seus pais, e até mesmo uma instituição criada para modificá-los e subjugá-los.

[Vem por aí] Novidades Literárias de Fevereiro

Olá galera, tudo bem? O Carnaval passou e nosso ano finalmente começou! As editoras estão a todo vapor para publicar ótimos livros. Vem conferir as novidades: 

Novidades Nacionais
Entre os lançamentos Nacionais estou de olho em quase todos os livros (o que não é novidade nenhuma), mas o que me deixou animada e feliz foi ver a quantidade – e a qualidade – de romances históricos nessa lista! Quero muito: O HQ de Orgulho & Preconceito, Nunca Julgue uma dama pela Aparência (já li e amei ), A Indomável Sofia, Era uma vez no Outono, O Príncipe do Prazer (adoro essa série e essa autora) e Xeque-Mate da Rainha.



[Fuxicando Sobre Chick-Lits] Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits: Um Amor de Cinema - Victoria Van Tiem


"Chick-lit" é um gênero literário que abrange a vida da mulher moderna, sendo voltado, principalmente, para o sexo feminino. São romances leves, com um toque de humor, que narram o quotidiano e entram fundo nas dúvidas e emoções das personagens, transmitindo, normalmente, a sensação de estar lendo o relato de uma amiga. As história nesses livros poderiam facilmente ser uma conversa entre garotas ou mulheres, na qual há compartilhamento de sonhos, segredos, confissões. 


Oi queridos!

Cumpri esse mês a segunda meta do Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2016 lendo Um Amor de Cinema, de Victoria Van Tiem, e, assim, risquei da lista o item #9: Ler um chick-lit que tenha ligação com filmes.


[Resenha] Um Beijo Inesquecível – Julia Quinn

Toda a alta sociedade concorda que não existe ninguém parecido com Hyacinth Bridgerton. Cruelmente inteligente e inesperadamente franca, ela já está em sua quarta temporada na vida social da elite, mas não consegue se impressionar com nenhum pretendente. Num recital, Hyacinth conhece o belo e atraente Gareth St. Clair, neto de sua amiga Lady Danbury. Para sua surpresa, apesar da fama de libertino, ele é capaz de manter uma conversa adequada com ela e, às vezes, até deixá-la sem fala e com um frio na barriga. Porém Hyacinth resiste à sedução do famoso conquistador. Para ela, cada palavra pronunciada por Gareth é um desafio que deve ser respondido à altura. Por isso, quando ele aparece na casa de Lady Danbury com um misterioso diário da avó italiana, ela resolve traduzir o texto, que pode conter segredos decisivos para o futuro dele. Nessa tarefa, primeiro os dois se veem debatendo traduções, depois trocando confidências, até, por fim, quebrarem as regras sociais. E, ao passar o tempo juntos, eles vão descobrir que as respostas que buscam se encontram um no outro... e que não há nada de tão simples – e de tão complicado – quanto um beijo.
Romance de Época| 272 Páginas|  Cortesia Editora Arqueiro| Skoob | Compare & Compre: SaraivaSubmarinoAmazon| Classificação 4/5
Um Beijo Inesquecível é exatamente como imaginei que seria: um livro divertido, irônico e muito romântico. A obra une dois personagens que fogem dos padrões da sociedade inglesa do século XIX, trabalhando portanto com as peculiaridades de cada história de amor. Além disso, o livro é um tributo às mulheres fortes, determinadas e independentes; as jovens que muitas vezes, graças a sua inteligência e ironia, não são consideradas um bom partido. Claro que naquela época a expectativa por trás do papel feminino era diferente, porém ainda hoje temos resquícios desse tipo de pensamento que coloca em dúvida a participação das mulheres em nossa sociedade. – Como se nossa mente sábia fosse um empecilho ao casamento ou a qualquer outra tarefa! Portanto, essa história é a prova de que o amor verdadeiro vai além de qualquer expectativa social, de que todos nós somos suscetíveis à paixão, e de que é impossível resistir ao charme e a inteligência de uma mulher (não que nós tivéssemos dúvida sobre isso, não é mesmo?).

[Resenha] Ps. Ainda amo Você – Jenny Han

Lara Jean sempre teve uma vida amorosa muito movimentada, pelo menos na cabeça dela. Para cada garoto por quem se apaixonou e desapaixonou platonicamente, ela escreveu uma bela carta de despedida. Cartas muito dela, muito pessoais, que de repente e sem explicação foram parar nas mãos dos destinatários. Em "Para todos os garotos que já amei", Lara Jean não fazia ideia de como sair dessa enrascada, muito menos sabia que o namoro de mentirinha com Peter Kavinsky, inventado apenas para fugir do total constrangimento, se transformaria em algo mais. Agora, em "P.S.: Ainda amo você", Lara Jean tem que aprender como é estar em um relacionamento que, pela primeira vez, não é de faz de conta. E quando ela parece estar conseguindo, um garoto do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo, e os sentimentos de Lara por ele também retornam. Uma história delicada e comovente que vai mostrar que se apaixonar é a parte fácil: emocionante mesmo é o que vem depois.
Jovem adulto | 304 Páginas | Cortesia Editora Intrínseca | Skoob | Compre: SubmarinoSaraivaAmazon | Classificação: 4/5
Ps.: Ainda amo Você é a continuação de Para todos os garotos que já amei – livros que fazem parte de uma duologia juvenil que me conquistou do início ao fim. Adorei o cenário criado pela autora, assim como amei seus protagonistas, os dramas trabalhados através da história, e o desfecho dado à saga. A escrita da Jenny Han encanta porque ela é capaz de descrever com maestria as atribulações do dia a dia de um jovem. Suas histórias sempre transportam o leitor para o ensino médio, recordando-nos de nossos medos, inseguranças, amizades, paixões, anseios e, principalmente, dos nossos sonhos. E é gostoso relembrar o que essa fase tem de melhor ao mesmo tempo em que refletimos o quanto amadurecemos. Sendo assim, Ps.: Ainda amo Você é, antes de qualquer coisa, um livro sobre crescimento, aprendizado, primeiras vezes, e muito frio na barriga. – Você sabe qual a sensação de se apaixonar, de ter borboletas na barriga, de não conseguir parar de sorrir ou de ter medo de amar demais? Então se prepare porque esse livro, e tudo o que a Jenny escreve, fará você se apaixonar como se fosse a primeira vez.

[Promoção] Aniversário Palavras Radioativas!


O Palavras Radioativas irá comemorar seu primeiro aniversário e neste dia especial, vários blogs se reuniram para presentear o essencial dos blogs: os nossos leitores. Dois sortudos levarão para casa um kit com 4 livros + marcadores e para participar é bem fácil: basta preencher o formulário e atentar-se para as regras abaixo!

[Resenha] Nunca julgue uma dama pela aparência – Sarah Maclean

Duncan West, assim como todos os homens, enxerga apenas o que quer… Mas ele estava prestes a ver o que não queria. Para a aristocracia, Lady Georgiana é a pobre irmã de um duque, rejeitada pela família após ter sido arruinada no pior tipo de escândalo possível: uma mulher que fez escolhas infelizes ao entregar-se de corpo e alma para um rapaz que todos desconhecem. Mas a verdade é sempre muito mais chocante! Nos recônditos mais obscuros de Londres, Lady Georgiana é a mulher mais poderosa da Grã-Bretanha, a rainha do submundo londrino, e atende pelo nome de Chase, o lendário e temido fundador do cassino mais exclusivo da cidade, o Anjo Caído. Circulando disfarçada pelos corredores de seu império, Chase sabe dos piores segredos dos figurões da sociedade e tem todos os poderosos na palma de sua mão, mas durante anos os seus próprios mistérios nunca foram descobertos… Até agora! Brilhante, inteligente e bonito como o pecado, o jornalista Duncan West está intrigado com a linda mulher – que de alguma forma está ligada a um mundo de trevas e perdição. Ele sabe que Georgiana é muito mais do que parece e promete desvendar todos os seus segredos, expondo seu passado, ameaçando seu presente e arriscando tudo o que ela tem de mais precioso. Inclusive seu coração.
Romance de Época| 320 Páginas | Editora Gutenberg| Skoob | Compare & Compre: BuscapéSaraivaAmazon | Classificação: 5/5
Não existe palavra melhor para descrever esse livro do que surpreendente. A trama como um todo é inusitada e imprevisível, mas o que choca – e conquista nossos corações – é a força com a qual Sarah Maclean molda seus personagens. Espera-se que em um romance como esse, doce e divertido, a vida seja um mar de rosas. Porém, fugindo de qualquer estereótipo, a autora criou uma trama embasada em erros, mágoas, perdão e, principalmente, redenção. Amo como a autora torna seus livros únicos ao unir com maestria realidade e ficção. Muitos vão olhar para capa, para o título e para sinopse, e pensar que a história nada mais é do que um belo romance. Porém, os que derem uma chance vão descobrir que o romance é apenas um dos pilares dessa bela história; e que nos livros da Sarah Maclean o que reina é a capacidade que todos nós temos de recomeçar, até mesmo quando levamos vários tombos da vida. Pobreza, abuso, ilusão, sonhos despedaçados, amor familiar, preconceito, a luta de uma chance de ser feliz... Não se engane, essa história é bem mais do que aparenta.

[Promoção] Feliz 5 anos!

Esse mês é muito especial para o blog, afinal é em fevereiro que comemoramos nosso aniversário! São cinco anos de muitas realizações, alegrias e ótimas leituras. E sabe quem tem um papel fundamental nessa conquista? Você! Por isso, nada mais justo do que premiá-lo com ótimos livros .
O Livros & Fuxicos – em parceria com vários blogueiros amigos e queridos – vai sortear doze livros, dividindo-os entre três ganhadores. Ficou animado? Então confira os prêmios e venha participar!

[Dica] Por Favor, Ignore Vera Dietz – A.S. King

Olá, galera! Tudo bem com vocês? Hoje vou indicar um livro que me envolveu muito, o Por Favor, Ignore Vera Dietz. Vêm conferir:
Ou veja direto no Youtube: aqui.


[Resenha] A Sedutora – Babi Barreto

Ao se deleitar com a visão de uma jovem dançarina de uma boate, na periferia carioca, um perfeito cavalheiro atravessa o limite do perigo que encontramos no submundo do crime. James Dixon tem um futuro perfeito, mas por vários motivos terá sua trajetória de vida alterada. Consumido pelo desejo por Lana, descobre que ela esconde um terrível passado, e não é capaz de enxergar qualquer futuro além dos seus próprios planos. Em meio a jogos de poder, intrigas e manipulações, a obsessão de um pelo outro os consome, lançando toda sorte de perigo. Morrer passa a ser uma opção; e matar, uma necessidade. Quando a vingança se torna sua meta, a obsessão pode ser perigosamente atrativa.
Romance Sensual| 274 Páginas|  Skoob | Compre: Amazon | Página da autora no Facebook
Esse foi o primeiro romance da Babi Barreto que tive a oportunidade de ler e, assim como todos seus fãs e leitores, fiquei encantada com sua narrativa ágil e envolvente. A trama mescla segredos políticos, a crueldade por trás do tráfico e da exploração sexual, e um romance arrebatador entre dois opostos: uma jovem dançarina de funk e um diplomático inglês. Assim, temos uma história que vai além da sedução ao descrever a dura realidade de muitas mulheres espalhadas pelo mundo – mulheres que viram objeto nas mãos de serem humanos corrompidos pela ganância e pelo poder. Dessa forma, entre uma paixão proibida, ameaças de morte, perseguições, e a descrição de um mundo de exploração sexual que domina as favelas brasileiras, A Sedutora leva o leitor a torcer pelo amor e ter fé em um mundo melhor e incorrupto.

[Resenha] O Rouxinol – Kristin Hannah

“Neste épico passado na França da Segunda Guerra, duas irmãs se afastam por discordarem sobre a ameaça de ocupação nazista. Com temperamentos e princípios divergentes, cada uma delas precisa encontrar o próprio caminho e enfrentar questões morais e escolhas de vida ou morte.” - Christina Baker Kline, autora de O trem dos órfãos França, 1939: No pequeno vilarejo de Carriveau, Vianne Mauriac se despede do marido, que ruma para o fronte. Ela não acredita que os nazistas invadirão o país, mas logo chegam hordas de soldados em marcha, caravanas de caminhões e tanques, aviões que escurecem os céus e despejam bombas sobre inocentes. Quando o país é tomado, um oficial das tropas de Hitler requisita a casa de Vianne, e ela e a filha são forçadas a conviver com o inimigo ou perder tudo. De repente, todos os seus movimentos passam a ser vigiados e Vianne é obrigada a fazer escolhas impossíveis, uma após a outra, e colaborar com os invasores para manter sua família viva. Isabelle, irmã de Vianne, é uma garota contestadora que leva a vida com o furor e a paixão típicos da juventude. Enquanto milhares de parisienses fogem dos terrores da guerra, ela se apaixona por um guerrilheiro e decide se juntar à Resistência, arriscando a vida para salvar os outros e libertar seu país.
Romance; Drama | 432 Páginas|  Cortesia Editora Arqueiro| Skoob | Compare & Compre: SubmarinoSaraivaAmazon | Classificação 5/5
O Rouxinol foi meu primeiro contato com a escrita da Kristin Hannah. Já havia lido inúmeros comentários positivos sobre a narrativa da autora, porém por mais que eu soubesse que suas histórias são conhecidas por tocar o leitor, confesso que não estava preparava para uma leitura tão intensa. Além de uma escrita particularmente tocante, em O Rouxinol também nos deparamos com um cenário dramático e reflexivo por si só: a Segunda Guerra Mundial. Mas o diferencial é que a trama traz como protagonistas duas mulheres e aborda os papéis que elas assumem durante a guerra – uma lutando para manter a família unida enquanto espera pelo regresso do marido, e a outra conspirando contra a dominação, lutando pelo bem do seu país, e provando o quão poderosa uma mulher pode ser (mesmo em um cenário de fome, preconceito e morte). Unindo um período histórico doloroso e duas mulheres que fazem de tudo pelos que amam e por seus ideais, Kristin Hannah dá vida a uma história arrasadora.

[Resultado] Top Comentarista de Janeiro

Bom dia galera, tudo bem? Segue o resultado do Top Comentarista de Janeiro! Agradeço a todos que participaram dessa ação – como sempre, fiquei muito contente com os comentários de vocês.
No total tivemos 145 (UAU ) inscrições dentre as quais 32 participantes comentaram na postagem sorteada. Como combinado, foi feito um sorteio para definir a postagem premiada e os vencedores. Confiram:

[Top 5] Livros narrados por Homens

Olá, galera! Tudo bem com vocês? Hoje vou indicar cinco livros narrados por homens – e por mocinhos que gosto muito! Vêm conferir:

Ou veja direto no Youtube: aqui.


[Resenha] Estrelas Perdidas – Claudia Gray

Ciena Ree e Thane Kyrell se conheceram na infância e cresceram com o mesmo sonho: pilotar as naves do Império. Durante a adolescência, sua amizade aos poucos se transforma em algo mais, porém diferenças políticas afastam seus caminhos: Thane se junta à Aliança Rebelde e Ciena permanece leal ao imperador. Agora em lados opostos da guerra, será que eles vão conseguir ficar juntos? Através dos pontos de vista de Ciena e Thane, você acompanhará os principais acontecimentos desde o surgimento da Rebelião até a queda do Império de um jeito absolutamente original e envolvente. O livro relata, ainda, eventos inéditos que se passam depois do episódio VI, O retorno de Jedi, e traz pistas sobre o episódio VII, O despertar da Força!

446 Páginas | Cortesia Editora Seguinte | Skoob | Compare & Compre: SubmarinoSaraivaAmazon| Resenha da Kamila Mendes | Classificação: 5/5

O primeiro pensamento que tive ao virar a última página do livro foi: só uma mulher conseguiria escrever um romance tão bom que se passa no meio de uma guerra galáctica!
Estrelas Perdidas faz parte do novo Cânone de Star Wars (livros, HQ’s, animações e filmes que contam, em ordem cronológica, os acontecimentos que levaram até o Episódio VII – O Despertar da Força) e conta a história de dois amigos de infância, a garota Ciena Ree e o menino Thane Kyrell, que entram para a Academia Imperial. Sendo assim, a história perpassa acontecimentos dos filmes Episódio IV (Uma Nova Esperança), Episódio V (O Império Contra-ataca) e o Episódio VI (Retorno de Jedi) até o momento em que abre espaço para os acontecimentos do novo filme da franquia Star Wars. 

[Top 5] Livros para ler em 1 Dia

Olá, galera! Tudo bem com vocês? Que tal fazer uma maratona literária nesse Carnaval? Para ajudar separei alguns livros que conseguimos ler em um único dia – quem sabe assim saímos do feriado com várias leituras realizadas?! Vêm conferir:
Ou veja direto no Youtube: aqui.

[Fuxicando Sobre Chick-Lits] Dicas para o desafio: Itens 1 a 6



Oi pessoal!

Promessa é dívida, não é mesmo?
Sendo assim, aqui estão algumas dicas para o desafio! Para evitar um post muito extenso, dividi as dicas em duas postagens, cada uma contendo uma metade dos itens do desafio. Bora conferir?


Feliz 5 anos!




Hoje o Livros & Fuxicos completa cinco anos e eu não poderia estar mais feliz! Obrigada por fazerem parte dessa história.

[Minha Caixinha de Correio] Aquisições de Janeiro

Olá, galera! Como vocês estão? Vêm conferia a primeira caixinha de correio de 2016! Hoje vou mostrar tudo o que recebi no mês de Janeiro.
Ou veja direto no Youtube: aqui.

[Resenha] O Último dos Canalhas – Loretta Chase

O devasso Vere Mallory, duque de Ainswood, está pronto para sua próxima conquista e já escolheu o alvo: a jornalista Lydia Grenville. Só que desta vez, além de seduzir uma bela mulher, ele deseja também se vingar dela. Ao se envolver numa discussão numa taverna, Vere foi nocauteado por Lydia e se tornou alvo de chacota de toda a sociedade. Agora ele quer dar o troco manchando a reputação da moça. Mas Lydia não está interessada em romance, principalmente com um homem pervertido feito Mallory. Em seus artigos, ela ataca nobres insensatos como ele, a quem considera a principal causa dos problemas sociais. Nesse duelo de vontades, Vere e Lydia se esforçam para provocar a derrota mais humilhante ao mesmo tempo que lutam contra a atração que o adversário lhe desperta. E, nessa divertida batalha de sedução e malícia, resta saber quem será o primeiro a ceder à tentação.
Romance de Época| 304 Páginas|  Cortesia Editora Arqueiro| Skoob | Compare & Compre: SubmarinoSaraivaAmazon | Classificação 5/5
Começaremos com uma frase clichê mas extremamente válida: Estou apaixonada! A cada livro que leio da Loretta Chase acabo mais e mais encantada com seu enorme talento. Sou fã assumida de romances de época, mas não nego que é muito difícil inovar dentro do gênero – na maioria das vezes as histórias possuem basicamente o mesmo pano de fundo. Porém, os livros da Loretta fogem completamente do padrão ao qual estou acostumada, e não só por apresentarem personagens irreverentes e únicos, mas por unirem romance, reflexão e ação em uma única história. Em O Último dos Canalhas, por exemplo, lemos sobre uma paixão imprópria e divertida que derrete os corações dos protagonistas, sobre mulheres independentes que lutam por seu futuro, sobre conspirações malignas que ameaçam a vida de jovens inocentes ao obrigá-las a se prostituir, e sobre boa parte das discrepâncias sociais que dominaram a sociedade inglesa do século XIX. Então claro que amei muito tudo isso, afinal não resisto a uma boa história de paixão, superação e reflexão.

[Resenha + Sorteio] A Sereia – Kiera Cass

Anos atrás, Kahlen foi salva de um naufrágio pela própria Água. Para pagar sua dívida, a garota se tornou uma sereia e, durante cem anos, precisa usar sua voz para atrair as pessoas para se afogarem no mar. Kahlen está decidida a cumprir sua sentença à risca, até que ela conhece Akinli. Lindo, carinhoso e gentil, o garoto é tudo o que Kahlen sempre sonhou. Apesar de não poderem conversar — pois a voz da sereia é fatal —, logo surge uma conexão intensa entre os dois. É contra as regras se apaixonar por um humano, e se a Água descobrir, Kahlen será obrigada a abandonar Akinli para sempre. Mas pela primeira vez em muitos anos de obediência, ela está determinada a seguir seu coração.
368 Páginas | Cortesia Editora Seguinte| Skoob | Compare & Compre: SaraivaAmazonSubmario| Classificação: 4/5

A cada livro que leio da Kiera Cass fico um pouco mais apaixonada por sua narrativa. Com cenários surpreendentes, personagens fortes e belas histórias de amor, a autora sempre me faz devorar suas obras – e me apaixonar completamente por elas! Confesso que não esperava muito de A Sereia, afinal esse é apenas o primeiro livro escrito pela Kiera. Porém, a autora não só provou seu talento nato, como também mostrou que uma história simples e romântica – no melhor estilo contos de fadas – pode ser mágica e surpreendente.

Top Comentarista de Fevereiro

Olá, galera! Tudo bem com vocês? Está no ar a edição do Top Comentarista de Fevereiro! Nesse mês o blog completará 5 anos, então se preparem para muitas novidades e ótimas promoções. Vem conferir os prêmios e participar: