Newsletter

assine a newsletter!

E receba a notificação de novos posts por e-mail

O regicida está cada vez mais próximo de seus objetivos: poder absoluto e imortalidade. Segundo volume da série A caçadora de bruxos. A ex-caçadora de bruxos Elizabeth Grey está escondida na magicamente protegida vila de Harrow. Ali, ela tenta driblar os caçadores de recompensa, ansiosos pelo prêmio que Lorde Blackwell, o usurpador do trono da Ânglia, colocou em sua cabeça. Seu último encontro deixou o antigo mestre arruinado, mas a sede de poder do homem parece não ter fim. Ele reúne seus exércitos para a guerra contra todos que resistem a seu reinado imposto; ou seja, Elizabeth e seus aliados magos. Sem seu estigma, fonte mágica de proteção e cura, a força de Elizabeth é testada tanto física quanto emocionalmente. Guerra sempre significa sacrifício, e a tênue linha entre o bem e o mal mais uma vez se torna turva. Mais uma vez Elizabeth tem que decidir o quanto deseja arriscar para salvar aqueles que ama.
Fantasia Medieval | 322 Páginas|  Editora Galera Record| Classificação 5/5

Skoob | Compare & Compre: Saraiva • Amazon | Resenha da @mayeosvicios
 
Fantasia, personagens fortes, romance, ação e muita aventura, tudo isso você encontra nesta série medieval que desde seu lançamento conquistou meu coração. Nesta aguardada sequência de A Caçadora de Bruxos reencontramos nossas personagens queridas para o desfecho da guerra iniciada contra Blackwell e seus seguidores, uma batalha recheada de reviravoltas surpreendentes e que nos deixam a todo momento aflitos com o que pode acontecer. Aqui encontramos Elizabeth, Nicholas, Jhon e seus amigos se recuperando do confronto que ocorreu no livro anterior, um confronto que foi catastrófico e deixou marcas irreversíveis, tanto em nossa protagonista e amigos, quanto em seu inimigo mortal.


A obra inicia-se então com Elizabeth recuperando suas forças e enfrentando um julgamento em Harrow (vila aonde vivem todos os magos), no qual será avaliado se uma ex-caçadora de bruxos será aceita nesta vila protegida onde vivem os magos que antes ela caçava em nome de Blackwell. É claro que este julgamento não termina bem, todos estão amedrontados pela ameaça que o Regicida representa, pois desde que tomou o trono está impondo sua autoridade a todos, caçando os que são contra o seu regime de governo, invadindo Harrow e promovendo caos, desordem e matança. Além disso, Blackwell parece estar atrás de algo para aumentar ainda mais sua força, poder e magia, e Jhon e nossa protagonista estão no centro deste objetivo traçado por ele, ou seja, mais tramas estão sendo tecidas e sem sombra de dúvidas somos pegos de surpresa com o desfecho deste plano.
Na resenha do primeiro volume, A Caçadora de Bruxos, eu comentei que a obra trazia uma protagonista forte, corajosa e destemida que de uma forma inesperada sai da sua zona de conforto e do seu mundinho fechado para descobrir um mundo novo, onde a magia é boa, onde as pessoas que antes perseguia agora são seus aliados e amigos... E nesta sequência Elizabeth mostra-se mais corajosa e destemida ainda, pois no final do livro anterior ela perdeu seu estigma – objeto magico que torna os caçadores de bruxos tão poderosos e invencíveis, – e agora sem este objeto de poder, Elizabeth passa a ser uma garota comum com inimigos de grande poder, ela é testada ao limite e suas forças física e emocional são levadas ao extremo, sua coragem e bravura é mais uma vez posta a prova em nome daqueles que ama e quer proteger.
A obra é repleta de ação, aqui vemos Elizabeth amadurecendo e tomando escolhas cada vez mais difíceis, colocando sua vida em risco em prol de um bem maior: a liberdade de todo o povo da Ânglia. Vemos também personagens sendo afetados por uma magia maior do que conseguem controlar e tememos pelo futuro de todo este povo se falharem na guerra e ficarem a mercê da tirania de Blackwell. O Regicida é uma leitura fluida e muito rápida, que nos insere na trama logo nas primeiras páginas nos relembrando os acontecimentos do livro anterior (que já foi lançado há mais de um ano). Ele fecha a duologia de forma maravilhosa, com maestria, unindo todas as pontas dos ganchos iniciados, além de nos deixar no chão com seu final arrasador e com gostinho de quero mais. 

Com certeza vale a pena a leitura e recomendo a todo os que amam uma boa fantasia.

Sobre a Série

O Regicida é o segundo, e último volume, da duologia A Caçadora de Bruxos lançado pela Galera Record.

Beijos

Comentários via Facebook

2 comentários:

  1. Não conhecia esse livro mas fiquei muito interessada na história, achei as capas lindas e ainda não tinha ouvido falar dessa duologia! Ótima resenha!

    beijos
    https://atrasadaparaocha.blogspot.com/

    ResponderExcluir

Resenhas

© Livros e Fuxicos • Por Paola Aleksandra – Desenvolvimento com por Subir