outubro 31, 2019

Village du Livre: cidade Francesa “habitada” por livros

Dona de uma paixão inigualável por livros, a cidade francesa de Montolieu abriga o sonho de amantes e aficionados pela leitura, também conhecidos como bibliófilos. Além da própria cidade, a região é rica em história e se mantém forte quando o assunto é preservação, atraindo turistas de diversos locais do planeta.

Com moradores focados em compartilhar sua paixão pelas obras literárias, a Village du Livre, como é conhecida, abriga toda a história da escrita e sua evolução para livros, seja no comércio local, nos eventos mensais e nos museus destinados ao tema.

E com tanta coisa para mostrar, o destino francês certamente é roteiro obrigatório para todos que querem conhecer mais dessa jornada, normalmente registrada nos livros, mas também presente fisicamente nas construções e arredores da comunidade.

Uma vida dedicada aos livros

A Village du Livre (ou Vila dos Livro, em português) não recebe este nome à toa: por toda a cidade é possível encontrar pessoas inteiramente dedicadas a compartilhar seu apreço pela escrita com terceiros.

Dentro dos museus da cidade é possível encontrar a história da escrita e sua evolução. Essa história registrada também fala um pouco do passado do planeta, bem como o caminho que percorremos até os dias atuais.

Ainda nesse registro histórico, o estudo da tipografia, a evolução da técnica de impressão e as tecnologias que surgiram ou foram adaptadas para a produção de livros também podem ser conhecidas pelo público.

Oficinas, workshops e muito aprendizado

Outra característica interessante de Montolieu são as oficinas e workshops oferecidos pela cidade. Nesse assunto, são disponibilizadas oficinas práticas e pedagógicas sobre tipografia, caligrafia, iluminação, gravura, encadernação e até ilustração, que juntas ensinam um pouco das técnicas empregadas pelos artesãos do local.

Novamente, é importante destacar que todo esse processo nos dá uma visão ampla de como os livros são produzidos, mostrando que a história humana teve como base a evolução da escrita e, obviamente, da leitura.

Comércio de usados e a busca pelos tesouros literários

O último grande destaque a ser mencionado neste artigo são as feiras existentes na Village du Livre. Com mais de vinte comerciantes espalhados nas ruas da comunidade, é possível encontrar obras clássicas francesas, como o Pequeno Príncipe, Vinte Mil Léguas Submarinas, Em Busca do Tempo Perdido, Os Miseráveis, além de outras literaturas globais e igualmente conhecidas.

E o comércio é levado bem a sério em Montolieu, que anualmente prepara eventos destinado ao comércio de obras: a Feira do Livro Antigo e Usado, que acontece no fim de semana da Páscoa, e também o Festival de Quadrinhos de Montolieu, que acontece no último fim de semana do mês de outubro.

Para colecionadores ávidos e em busca de deixar seus “tesouros literários” mais ricos e completos, certamente a Village du Livre é um excelente destino para encontrar livros usados – e em excelente qualidade. Além disso, os arredores da cidade de Montolieu também compartilham o gosto pela história e, certamente, são pontos obrigatórios para quem deseja visitar França.

 

Espero que tenham gostado da dica!

 

Atenção: esse artigo foi escrito em parceria com uma agência especializada em viagens, mas é notável pelo conteúdo, que o artigo tem tudo a ver com o Livros e Fuxicos.

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário