[Resenha] A Fúria e a Aurora – Renée Ahdieh

Personagem central da história, a jovem Sherazade se candidata ao posto de noiva de Khalid Ibn Al-Rashid, o rei de Khorasan, de 18 anos de idade, considerado um monstro pelos moradores da cidade por ele governada. Casando-se todos os dias com uma mulher diferente, o califa degola as eleitas a cada amanhecer. Depois de uma fila de garotas assassinadas no castelo, e inúmeras famílias desoladas, Sherazade perde uma de suas melhores amigas, Shiva, uma das vítimas fatais de Khalid. Em nome da forte amizade entre ambas, Sherazade planeja uma vingança para colocar fim às atrocidades do atual reinado. Noite após noite, Sherazade seduz o rei, tecendo histórias que encantam e que garantem sua sobrevivência, embora saiba que cada aurora pode ser a sua última. De maneira inesperada, no entanto, passa a enxergar outras situações e realidades nas quais vive um rei com um coração atormentado. Apaixonada, a heroína da história entra em conflito ao encarar seu próprio arrebatamento como uma traição imperdoável à amiga. Apesar de não ter perdido a coragem de fazer justiça, de tirar a vida de Khalid em honra às mulheres mortas, Sherazade empreende a missão de desvendar os segredos escondidos nos imensos corredores do palácio de mármore e pedra e em cenários mágicos em meio ao deserto.
Fantasia | 336 Páginas | Cortesia Editora GloboAlt | Skoob | Compare & Compre: SaraivaSubmarinoAmazon | Classificação: 5/5 | Resenha da May
"Algumas coisas existem em nossas vidas por apenas um breve momento. E nós precisamos deixa-las ir para iluminar outro céu."
A história da jovem Sherazade e do rei Khalid é exatamente assim: incrivelmente surpreendente e arrebatadora. Trata-se de uma fantasia repleta de reviravoltas que nos presenteia com a releitura do clássico As Mil e Uma Noites de uma forma doce, romântica e completamente encantadora. Eu, que não sabia o que esperar da obra, fui arrebatada e surpreendida de tal forma que A Fúria e a Aurora entrou para minha lista de favoritos, deixando-me completamente ansiosa para sua continuação.


[Vem por aí] Novidades Literárias de Fevereiro

Olá galera, tudo bem? Preparem-se porque esse mês trouxe – além do carnaval – lançamentos literários incríveis. Como sempre, a dica é pegar papel e caneta para anotar os livros desejados e preparar os bolsos para uma lista que vai crescer MUITO. Vêm conferir os lançamentos de Fevereiro:
Novidades Nacionais
Nesse mês (24/2) teremos o lançamento do spin-off de A Promessa da Rosa. Atendendo aos pedidos dos fãs, Babi A. Sette resolveu prolongar a história de seus protagonistas mais queridos e contar como foi o reencontro deles (aquele que acabou com nossos corações no primeiro livro). O livro será disponibilizado gratuitamente na Amazon, então fiquem de olho. Além disso, a Arqueiro ouviu nossas preces e publicou QUATRO livros da Julia Quinn de uma vez só. A série narra as peripécias amorosas de um quarteto conhecido pelos fãs de Os Bridgertons. Nem preciso dizer que já estou desejando esses livros, não é mesmo? Os volumes, para os curiosos, podem ser comprados individualmente ou em um box bem especial (aqui).

[Resenha] O Clube de Leitura de Jane Austen – Karen Joy Fowler

Cinco mulheres e um homem se reúnem para debater as obras de Jane Austen na Califórnia do início dos anos 2000 e acabam descobrindo, entre casamentos frustrados, arranjos sociais e afetivos, que suas vivências não são assim tão diferentes das experimentadas por Emma ou outras personagens da escritora britânica que tão bem descreveu a sociedade de sua época, dois séculos atrás. No livro, que figurou na lista do mais vendidos do The New York Times e deu origem ao filme homônimo estrelado por Kathy Baker e Emily Blunt, a premiada escritora norte-americana Karen Joy Fowler disseca as relações contemporâneas com acuidade, humor e ironia dignos da autora de Orgulho e preconceito e outras obras que continuam fascinando leitores de todas as idades. Uma homenagem a uma das maiores escritoras da língua inglesa e uma deliciosa comédia de costumes dos nossos tempos. Ponto forte: No ano do bicentenário de sua morte, Jane Austen (1775-1817) continua atraindo leitores de várias idades, especialmente jovens. O livro é uma excelente porta de entrada para a obra de Jane Austen e agrada em cheio também aos já fãs da autora
Chick-Lit |320 Páginas | Cortesia Editora Rocco| Skoob | Compare & Compre: SubmarinoSaraivaAmazon| Classificação: 3/5
Imagine-se em um clube de leitura para apreciação e discussão dos seus livros favoritos. Seria maravilhoso sim ou com certeza? Como uma grande fã do trabalho da Jane Austen fui rapidamente atraída pelo livro da Karen Joy Fowler – afinal, é impossível ler as obras da Austen e não se sentir impulsionado a debatê-las e, principalmente, a encontrar outros leitores tão apaixonados quanto você (eu vivo fazendo isso por aqui, não é mesmo?). Além disso, acho incrível a ideia de unir pessoas completamente diferentes em um grupo de leitura. Sempre me surpreendo com o fato de cada um de nós lermos o mesmo livro de formas distintas, até porque nossas experiências de vida mudam a forma de vermos e sentirmos uma leitura. Por isso, foi impossível resistir ao charme por trás de O Clube de Leitura de Jane Austen, um romance que apresenta a grandeza do trabalho de uma autora extremamente perspicaz em descrever o caráter humano e suas suscetibilidades.



[Dica] Cinco Dias de Sonho – Leonardo Silva

Olá, galera! Como vocês estão? Já imaginou dormir em sua cama e acordar em outro planeta (que talvez seja fruto de um sonho muito real)? O romance de ficção do autor Leonardo Silva traz exatamente isso: a jornada de um jovem perdido em cinco dias de sono. Vêm conferir: 
Ou veja direto no Youtube: aqui.

[Resenha] Retratos Falados dos meus Amores Impossíveis – Fabio Baptista

De uma singela cafeteria, ao último pôr do sol. Das lembranças mais doces da infância, às histórias inventadas nos bares da vida. Saudades, medos, angústias, cascas de cebola, amores eternos e corações partidos se entrelaçam nessa coletânea que explora, com beleza e sensibilidade raras, as diversas facetas dos sentimentos que nos fazem humanos.
Contos (Romance + Drama) | 130 Páginas|  Skoob | Amazon | Conheça o Autor
Retratos Falados dos meus Amores Impossíveis é a união de doze contos – histórias de amores improváveis, fracassados ou até mesmo perdidos ao longo do tempo. Confesso que por tratar-se de contos, que geralmente são mais fluidos e superficiais, não esperava muito da leitura. Porém, logo nas primeiras páginas fui surpreendida pelo toque irônico e dramático da escrita do autor. Cada um desses contos propõe uma reflexão ao leitor, fazendo-nos avaliar as inconstâncias da vida e, principalmente, do amor. E não apenas o amor entre um homem e uma mulher, mas também o amor familiar, o amor platônico, e até mesmo o amor por si mesmo. Fabio criou contos que descrevem nossa sociedade e mostram que nem sempre o amor é simples ou belo.
"O que é a vida? Uma simples sucessão de eventos caóticos e aleatórios que não nos conduzem a lugar algum? De que valem todos os sorrisos, todas as conversas, confissões e segredos, se no final tudo tende a acabar em lágrimas, despedidas e indiferença?"

[Resenha] Fellside – M. R. Carey

Uma história de terror moderna, perturbadora e emocionante, assinada pelo mestre dos quadrinhos M. R. Carey, pseudônimo de Mike Carey, roteirista de sucessos como X-Men e Hellblazer e autor do cultuado A menina que tinha dons, adaptado para a telona pela Warner Bros (ainda sem previsão de estreia no Brasil). Em seu segundo romance, Carey conta a história de uma mulher que vive em Fellside, uma prisão de segurança máxima localizada nos confins da Inglaterra. Acusada de ter incendiado o seu apartamento e matado por acidente uma criança, Jess Moulson vive afundada em culpa e medo, e sabe que não pode confiar em ninguém ali. Até que começa a ouvir a voz de uma criança. Uma criança morta, que tem uma mensagem para Jess. Ponto forte: autor maneja com desenvoltura diferentes narrativas – quadrinhos, cinema, literatura – e mantém o leitor em permanente estado de tensão até a última frase.

Suspense Psicológico | 464 Páginas | Cortesia Editora Rocco | Skoob | Compare & Compre : SubmarinoSaraivaAmazon| Classificação: 4,5/5 | Resenha da May

Intenso e também perturbador, é esta a sensação que Fellside deixou em mim quando terminei a leitura da obra. O consagrado autor M. R. Carey nos presenteia com uma história distinta e surpreendente, ambientada diretamente de uma prisão somente de mulheres, local para onde são mandadas criminosas do mais alto escalão de crueldade e com as maiores penas.



[Resenha] Machina Anima - Bruno Ma Louzada (+ Sorteio)

O mundo no futuro mudou e não necessariamente para o melhor. No pós Terceira Guerra Mundial, ele é um lugar cinza e frio para aqueles menos afortunados e um paraíso para aqueles que podem pagar por ele. A grande queda na população global fez com que androides substituíssem a mão de obra humana e deu poder a Corporações, que passaram a controlar tudo, desde a água que tomamos até o ar que respiramos. Frank, um ex-policial comum, trabalha para uma destas companhias como Recolhedor, que são aqueles que levam androides danificados para serem consertados, porém em uma de suas chamadas de serviço ele conhece algo, ou melhor, alguém, que irá mudar o seu mundo. Um homem comum com um trabalho comum, mas o homem certo na hora errada pode fazer toda a diferença.
Ficção Científica | 248 Páginas|  Editora Chiado| Skoob | Compare & Compre | Conheça o Autor | Classificação 4/5
Machina Anima é o tipo de ficção que conquista logo nas primeiras páginas. Com um cenário futurista singular e misterioso, Bruno Ma Louzada consegue prender a atenção do leitor com a promessa de uma história repleta de aventura e grandes revelações – e é exatamente isso que encontramos durante a leitura, uma trama que cresce em artimanhas e segredos. Além de um contexto distópico instigante, o livro também traz uma sociedade marcada pela desigualdade social, um protagonista maduro e flagelado pelos erros do passado e, o melhor de tudo, uma nova geração de androides que ameaça subjugar os humanos. – Já ouviu falar que quem brinca com fogo pode se queimar? Aqui uma grande corporação quis brincar de Deus, mas acabou criando robôs inteligentes e completamente independentes.