[Resenha] George – Alex Gino

Seja quem você é. Quando as pessoas olham para George, acham que veem um menino. Mas ela sabe que não é um menino. Sabe que é menina. George acha que terá que guardar esse segredo para sempre: ser uma menina presa em um corpo de menino. Até que sua professora anuncia que a turma irá encenar “A teia de Charlotte”, e George quer muito ser Charlotte, a aranha e protagonista da peça. Mas a professora diz que ela nem pode tentar o papel porque... é um menino. Com a ajuda de Kelly, sua melhor amiga, George elabora um plano. E depois que executá-lo todos saberão que ela pode ser Charlotte — e entenderão quem ela é de verdade também.
Infanto-juvenil |144 Páginas | Cortesia Editora Galera| Skoob | Compare & Compre: SubmarinoSaraivaAmazon| Classificação: 4/5
George conta a história de uma menina que nasceu com corpo de menino. Através de uma narrativa simples e delicada – do tipo que só crianças conseguem ter –, Alex Gino criou uma história cativante, emocionante e extremamente reflexiva. Inicialmente o foco principal da obra parece estar no fato de George ser transgênero, mas conforme aprofundamos na leitura percebemos que a ideia central do livro é pregar o amor: amor ao diferente, amor ao próximo e, principalmente, amor ao desconhecido. George terá que enfrentar inúmeros desafios em sua vida como menina, e isso com pouco mais de dez anos, mas valerá a pena já que o resultado final será poder sem quem é de verdade.

[Resenha] A Lista de Brett – Lori Nelson Spielman

Brett Bohlinger parece ter tudo na vida — um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente. Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe — seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis. Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência. E vai descobrir que, às vezes, os melhores presentes da vida se encontram nos lugares mais inesperados.
Chick-Lit |364 Páginas | Editora Verus| Skoob | Compare & Compre: SubmarinoSaraivaAmazon| Classificação: 5/5
Que história mais maravilhosa! Agradeço a cada leitor que me indicou essa obra ao longo do último ano – vocês acertaram em cheio quando disseram que eu me apaixonaria completamente por ela. Além de ter uma linguagem real e sincera, A Lista de Brett é o tipo de leitura que incita reflexão e até mesmo uma mudança interior. Tendo como pano de fundo uma sociedade materialista e superficial, a jornada vivenciada pela Brett fala diretamente com os anseios dos nossos corações, nos dando força para lutar por aqueles sonhos antigos há muito tempo esquecidos e, principalmente, para comprovar que quando o assunto é felicidade não podemos nos contentar com menos do que merecemos. A obra é um exemplo de força, amadurecimento e realização pessoal. E, exatamente por isso, foi impossível não amar Brett e todas as lições que aprendemos ao lado dela.

Favoritos do mês de Novembro (2016)


Olá galera, tudo bem com vocês? Hoje é dia de favoritos do mês! Vou mostrar tudo o que mais amei nesse mês que passou. Vêm conferir os escolhidos de Novembro:
A Lista de Brett, Eu estou Aqui, Senhorita Aurora

Novembro foi um mês incrível para leituras: li nove livros e quase todos foram cinco estrelas (fora os que estraram para a lista de favoritos ). Fazia tempo que não tinha essa sensação gostosa de ler livros marcantes e inspiradores e, exatamente por isso, foi muito difícil escolher apenas alguns como os melhores do mês. Ainda assim, eis meus preferidos: A Lista de Brett, Eu Estou aqui e Senhorita Aurora.

[Resenha] O Garoto do Cachecol Vermelho – Ana Beatriz Brandão

Uma história comovente, recheada de drama, suspense e romance. Melissa é uma garota linda, rica e mimada, que sempre consegue o que quer e tem todos na palma da mão. Ela acredita que a carreira de bailarina é a única coisa que realmente importa, porém suas certezas são abaladas quando faz uma aposta com um garoto misterioso, que parece ter como objetivo virar sua vida de cabeça para baixo. De repente, Melissa se vê dividida entre dois caminhos: realizar seu maior sonho, pelo qual batalhou a vida inteira, ou viver um grande amor. Mas, não importa aonde ela vá, todas as direções apontam para o garoto do cachecol vermelho... Com esta história intensa e apaixonante, Ana Beatriz Brandão vai emocionar e surpreender o leitor, provando que é uma jovem autora que tem muito a dizer.
Romance Contemporâneo |294 Páginas | Cortesia Editora Verus| Skoob | Compare & Compre: SubmarinoSaraivaAmazon| Classificação: 4,5/5
Quando o assunto é literatura sempre evito pré-julgamentos, ou seja, faço o máximo de esforço para não julgar um livro pela capa ou pelo que dizem sobre ele. Contudo, desde que bati o olho em O Garoto do Cachecol Vermelho tive a certeza de que já havia decifrado os mistérios da trama: romance previsível com toque de new adult, uma pitadinha de drama e muito clichê. Ledo engano! Iniciei a leitura esperando que a história girasse única e exclusivamente em torno do romance, então imaginem a minha surpresa ao mergulhar em um drama repleto de dor, perdão e reflexão. Aqui a autora quebra paradigmas e fala sobre temas complexos e dolorosos. Foi tapa atrás de tapa, choro e mais choro e, apesar da dramatização excessiva, uma sensação constante de estar sendo desafiado pela história – desafiado a ser alguém melhor.

[Fuxicando Sobre Chick-Lits] Bridget Jones: Louca Pelo Garoto - Helen Fielding


Oi gente linda!

Para cumprir a PENÚLTIMA meta do Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2016, li esse mês Bridget Jones: Louca Pelo Garoto, de Helen Fielding e, assim, risquei da lista o item #11: Ler um hen-lit (chick-lit protagonizado por uma personagem com mais de 40 anos). 


Top Comentarista de Dezembro

Boa Tarde, galera! Tudo bem com vocês? Está no ar a edição do Top Comentarista de Dezembroo último do ano, dá para acreditar que passou tão rápido?! Olha só que incrível a lista de prêmios desse mês.


Gostou? Então vem participar!

[Dica] Harry Potter e a Criança Amaldiçoada – J.K. Rowling

Olá, galera! Como vocês estão? Hoje vamos conversar sobre o – maravilhoso, incrível e surpreendente – Harry Potter e a Criança Amaldiçoada. Vêm conferir:

Ou veja direto no Youtube: aqui.