[Resenha] Correndo para Você – Rachel Gibson

Stella Leon é uma bela mulher. Aos vinte e oito anos ela já viveu muitas aventuras em Miami, onde vive e trabalha como garçonete. Brigas, sensualidade e rock'n roll fazem parte de sua rotina. Mas o que está prestes a acontecer colocará sua vida de pernas pro ar! Um homem misterioso (e lindo) está à sua procura. Ele traz notícias de um passado que Stella não quer lembrar, e para onde não pretende voltar de jeito nenhum. Por que ela deveria deixar tudo pra trás e ir com ele para o interior do Texas? Por algum motivo, Stella confia nele. Por alguma razão ela se sente totalmente quente perto dele...
Romance Contemporâneo| 248 Páginas|  Cortesia Geração Editorial| Skoob | Compare & Compre: SaraivaSubmarinoAmazon| Classificação 4/5
Adoro os livros da Rachel Gibson. Claro que eles são clichês, previsíveis e, na maioria das vezes, bem repetitivos. Contudo, existe algo na narrativa da autora – uma fluidez e sensualidade – que sempre me encanta. Em Correndo para Você encontramos uma história familiar cheia de perdão e recomeços, um pouco de aventura, e um amor forte o suficiente para juntar duas pessoas completamente diferentes. Assim como eu, tenho certeza que os fãs de romance adorarão essa história. Até porque, mesmo que ela não traga nada de inovador, é sempre bom mergulhar em um mundo de paixão, amor e final feliz.


3 Livros para quem gosta de Romance | Livros & Fuxicos

Oi galera! Tudo bem com vocês? Recentemente li três romances MARAVILHOSOS e, como adoro compartilhar essas dicas com vocês, resolvi uni-los em um único vídeo. Ou seja, se você gosta de romances – seja jovem, contemporâneo ou de época – tenho certeza que irá amar essas dicas.

Ou veja direto no Youtube: 
aqui.

[Fuxicando Sobre Chick-Lits] A pequena livraria dos corações solitários - Annie Darling



Oi gente linda!

O Desafio Fuxicando Sobre Chick-Lits 2017 está na METADE e estou adorando a participação de vocês ♥

Para cumprir a SEXTA meta, li esse mês A pequena livraria dos corações solitários, de Annie Darling, e, assim, risquei da lista o item #4: Ler um chick-lit com várias cores na capa; 


[Resenha] O Legado do Justo – Alberdam Souza Ramos (+ Sorteio)

Tudo se inicia com a vida de um homem simples e trabalhador que pregava o Evangelho de Deus, Bíblia, nas estações de trem, trens e no centro da cidade de São Paulo aos sábados. Seu filho, um menino cego, cresceu ouvindo histórias (ensinamentos, amor, direitos e deveres) contadas pelo pai, principalmente antes de dormir. O garoto tem seu pai como um ídolo, mas presencia seu herói humilhado, desrespeitado e desacreditado em suas palavras quando prega, não entende qual é o propósito de vida dele e o que ele procura com essa atitude. Um acidente leva à morte de seu pai, mas o que era para ser o fim se torna o começo de uma grande história. Seu pai é doador de órgãos, e eles são transplantados em quatro pessoas: em um homem rico que não tem herdeiros; um advogado de sucesso; uma professora aposentada; e no seu próprio filho que muda seus pensamentos sobre o mundo ao ver ao seu redor uma realidade diferente daquele que sempre imaginou. A curiosidade de conhecer e a vontade de agradecer aos familiares da pessoa que salvou suas vidas levam os transplantados a procurarem a família do doador. Um livro que vai levar o leitor a pensar, rir, emocionar-se e ter certeza que ser honesto, lutar pelos seus ideais e ajudar o próximo é um dever, e ser doador de órgãos, uma divindade.
312 Páginas|  Editora Biblioteca 24Horas| Skoob | Compare & Compre: Editora Biblioteca 24HorasAmazon| Conheça o Autor| Classificação 4,5/5
O Legado do Justo é o tipo de livro que transborda, desde a primeira página, valiosos ensinamentos sobre amor, respeito e honestidade. Ao falar de assuntos polêmicos – como doação de órgãos, preconceito, disparidade social e serviço a Deus – o autor criou uma história emocionante e reflexiva, que toca o leitor ao mesmo em tempo em que incita nele a vontade de repensar seus valores de vida. Aqui é importante fazer a leitura com o coração, e não apenas com a razão, pois só assim conseguimos sentir o debate criado através da figura de um jovem que, apesar de cego, enxerga o mundo com mais destreza do que muitos homens perdidos no vazio da ganância e do poder.


[Resenha] Quando a Noite Cai – Carina Rissi

Briana Pinheiro sabe que não é a pessoa mais sortuda do mundo. Sempre que ela está por perto algo vai mal, especialmente no trabalho. Por isso é tão difícil manter um emprego. E a garota realmente precisa de grana, já que a pensão da família não anda nada bem. Mas esse não é o único motivo pelo qual Briana anda perdendo o sono. Quando a noite cai e o sono vem, ela é transportada para terras distantes: um mundo com espadas, castelos e um guerreiro irlandês que teima em lhe roubar os sonhos... e o coração. Depois de ser demitida — pela terceira vez no mês! —, Briana reúne coragem e esperanças e sai em busca de um novo trabalho. É quando Gael O’Connor cruza seu caminho. O irlandês de olhar misterioso e poucas palavras lhe oferece uma vaga em uma de suas empresas. Só tem um probleminha: seu novo chefe é exatamente igual ao guerreiro dos seus sonhos. Enquanto tenta manter a má sorte longe do escritório, Briana acaba por misturar realidade e fantasia e se apaixona pelo belo, irresistível e enigmático Gael. Em uma viagem à Irlanda, a paixão explode e, com ela, o mundo de Briana, pois a garota vai descobrir que seu conto de fadas está em risco — e que talvez nem mesmo o amor verdadeiro seja capaz de triunfar...
Romance| 448 Páginas|  Cortesia Editora Verus| Skoob | Compare & Compre: SaraivaSubmarinoAmazon| Classificação 5/5
É fato que a Carina Rissi sempre me surpreende com suas histórias bem-humoradas e apaixonantes. Entretanto, dessa vez senti uma conexão ainda maior com a narrativa e fiquei com a impressão de estar lendo algo mais maduro e emocionante. Assim, além de romantismo e diversão, descobri que Quando a Noite Cai também traz uma história cheia de reviravoltas e sentimentalismo (tem até uma pitadinha bem-vinda de drama). A obra gira em torno de um velho clichê: o almejado amor que supera as barreiras do tempo. E, ao unir fantasia e realidade, a autora criou uma história que impressiona, cativa e deixa no leitor a sensação gostosa de coração aquecido e sorriso bobo no rosto. Com uma trama que ganha vida a cada página lida, Carina escreveu sobre o amor e seus padrões de uma forma que é, acreditem ou não, imprevisível.


[Vem por aí] Novidades Literárias de Junho

Olá galera, tudo bem? Hoje é dia de conferir as novidades literárias do mês de Junho. Mais um mês repleto de novidades maravilhosas. Então, como sempre digo, preparem os bolsos e os corações porque vem muito coisa incrível por aí!
Novidades Nacionais
Como resistir a esses romances de época MARAVILHOSOS? Estou muito curiosa para ler Esplendor da Honra (aprendi a adorar os livros dessa autora), Volúpia de Veludo, Um Acordo de Cavalheiros, Minha Lady Jane (um romance histórico juvenil com cara de fofo), Vitória (baseado em um dos meus filmes de época preferidos) e Jane Austen Roubou meu Namorado (adoro essas histórias fofas sobre a Austen). Mas, confesso, todo meu amor está guardado para Bodas de Fogo – desejo esse livro desde quando comecei a ler romances de época, muitos anos atrás, e sempre torci para ver uma edição nova dele no Brasil (e não apenas a edição de banca lançada pela Nova Cultural em 1995). Já coloquei o livro na minha lista de prioridades de Junho e não vejo a hora de tê-lo em mãos.

[Resenha] Um Filho Para Mariana – Vanessa Cardoso

Ao descobrir que seu marido está gravemente doente. Mariana volta para a fazenda onde cresceu. Apesar de saber que a doença de Paulo é incurável, ela tem esperança de que juntos possam encontrar uma alternativa que prolongue o tempo de vida dele. Um acontecimento inesperado faz a vida de Mariana virar de pernas para o ar. Ter um filho se torna imperativo. E com a ajuda de Pedro, administrador da fazenda e primo de Paulo, ele irá enfrentar os segredos do passado e os desafios que a vida - e Paulo - a impõem. Um filho para Mariana nos leva a uma viagem no tempo, a uma época em que temas como casamento, aborto, sexo e homossexualismo não eram abertamente discutidos, nos fazendo refletir a respeito das mudanças em nossa sociedade e ver que o amor é capaz de surgir nas situações mais inesperadas.
Romance Contemporâneo| 316 Páginas|  Amazon Books (Disponível no Kindle Unlimited)| Skoob | Compare & Compre: Amazon | Classificação 4,5/5
Que delícia de livro. Comecei a leitura de Um Filho para Mariana sem pretensão nenhuma e, quando menos esperava, já estava encantada pela trama. A escrita da Vanessa Cardoso possui uma característica que, muito tempo atrás, foi o que me fez amar os romances: fluidez. Não adianta negar, ás vezes tudo o que queremos é uma história fácil e gostosa de ler – e é exatamente isso que encontramos na obra! Inicialmente o livro me lembrou meus amados e queridos romances de banca, que são rápidos e romanticamente previsíveis, contudo ao decorrer das páginas fui surpreendida por encontrar uma leitura dramática e reflexiva. Aqui, além do romance contagiante, discutimos temas importantes como homossexualidade, preconceito, suicídio, aborto e doenças sexualmente transmissíveis. Ou seja, é impossível não se encantar com todas as facetas que essa história esconde.