[Dica] A Indomável Sofia - Georgette Heyer

Olá, galera! Tudo bem com vocês? Hoje vou falar um pouco mais sobre A indomável Sofia – Um romance histórico pelo qual fiquei apaixonada. Vêm conferir:

Ou veja direto no Youtube: aqui.

  

[Resenha] De volta – Kass Morgan

"Quando naves riscam o céu da Terra, os 100 sabem que mais pessoas estão deixando a colônia espacial. E esse pode ser o retorno definitivo da humanidade ao planeta. Glass sobreviveu à queda dos módulos de transporte. Ela experimenta as novas sensações de estar na Terra. Clarke, por sua vez, está comandando o resgate aos sobreviventes da colisão, mas não consegue parar de pensar em seus pais, que ainda podem estar vivos. Já Wells precisa encontrar uma forma de lidar com a nova ameaça à sua liderança. Os homens que detinham o poder na colônia estão decididos a manter a ordem na Terra segundo suas regras. Mas essa nova lei está longe de ser justa. Chegou a hora de os 100 lutarem por liberdade, em seu novo lar."

Distopia | 304 Páginas | Skoob | Compare & Compre | Cortesia Galera Record | Classificação: 3,5 estrelas | Resenha da May

Quando comecei a trilogia The 100 eu esperava uma distopia repleta de ação, aventuras e romance, afinal há muito tempo atrás a Terra fora dizimada no chamado Cataclisma e uma parcela da humanidade exilou-se em uma nave espacial, denominada Colônia. Lá eles viveram séculos, apenas observando a Terra do espaço, aguardando o momento que poderiam retornar a ela e recomeçar suas vidas, aguardando a Terra tornar-se habitável novamente, e esta hora estava chegando, até porque os recursos da Colônia estavam ficando escassos e a única alternativa era tentar voltar para a Terra, ou a humanidade poderia se extinguir de vez. É então que cem jovens delinquentes são enviado a Terra para que deste modo possa ser comprovado se ela pode ser habitada novamente ou não.

[Resenha] Nove Regras a ignorar antes de se apaixonar – Sarah MacLean

A sonhadora Calpúrnia Hartwell sempre fez tudo exatamente como se espera de uma dama. Ainda assim, dez anos depois de ser apresentada à sociedade, ela continua solteira e assistindo sentada enquanto as jovens se divertem nos bailes. Callie trocaria qualquer coisa por uma vida de prazeres. E por que não se arriscar se, aos 28 anos, ela já passou da idade de procurar o príncipe encantado, nunca foi uma beldade e sua reputação já não lhe fará a menor diferença? Sem nada a perder, a moça resolve listar as nove regras sociais que mais deseja quebrar, como beijar alguém apaixonadamente, fumar charuto, beber uísque, jogar em um clube para cavalheiros e dançar todas as músicas de um baile. E depois começa a quebrá-las de fato. Mas desafiar as convenções pode ser muito mais interessante em boa companhia, principalmente se for uma que saiba tudo sobre quebrar regras. E quem melhor que Gabriel St. John, o marquês de Ralston, para acompanhá-la? Afinal, além de charmoso e devastadoramente lindo, ele é um dos mais notórios libertinos de Londres. Contudo, passar tanto tempo na companhia dele pode ser perigoso. Há anos Callie sonha com Gabriel e, se não tiver cuidado, pode acabar quebrando a regra mais importante de todas – a que diz que aqueles que buscam o prazer não devem se apaixonar perdidamente.
Romance de Época | 288 Páginas | Cortesia Editora Arqueiro| Skoob | Compare & Compre: SaraivaAmazon| Classificação: 4,5/5
Eis um fato: é impossível não amar a Sarah MacLean e seus personagens irreverentes. A cada livro lido a autora me surpreende mais e mais com a personalidade de suas protagonistas que, ao contrário do esperado, não se deixam rotular pelas expectativas da sociedade. O ponto é que a Inglaterra do século XIX era muito injusta com as mulheres, pois exaltava como perfeito um único padrão de beleza ao mesmo tempo em que controlava com rigidez o comportamento feminino. Naquela época as mulheres sofriam consequências altas se não fossem delicadas, recatadas ou aduladoras do ego masculino, e é exatamente por isso que amo tanto as histórias da Sarah, pois ela coloca em xeque os conceitos deturpados dessa sociedade machista e com mania de superioridade, cria protagonistas cheias de personalidade e garra, e de quebra descreve romances sensuais e extremamente envolventes.

[Resenha] Rainha das Sombras - Sarah J. Maas

"Todos que Celaena Sardothien amou lhe foram tirados. Mas finalmente chegou a hora da retribuição. A vingança promete ser tão dura quanto o aço da Espada de Orynth — a espada de seu pai. Finalmente Celaena retornou ao império; por justiça, para resgatar seu reino e confrontar as sombras do passado. A assassina está morta. Ela abraçou a identidade de Aelin Galathynius, rainha de Terrasen. Mas antes de reclamar o trono, precisa lutar. E ela vai lutar. Por seu primo, a Puta de Adarlan, o general do Norte... um guerreiro preparado para morrer por sua soberana; por seu amigo Dorian, um príncipe preso em uma inimaginável prisão; por seu povo, escravizado por um rei cruel e à espera do retorno triunfante de sua líder; por seu carranam e a libertação da magia. Ao avançar em seu plano, no entanto, Aelin precisa tomar cuidado com velhos inimigos. E abrir o coração para novos e improváveis aliados. Tudo isso enquanto os valg continuam trabalhando nas sombras. E Manon Bico Negro, a Líder Alada das Treze, treina suas bestas voadoras. Mas é de Morath, a fortaleza montanhosa do Duque de Perrington, que uma ameaça como nenhuma outra promete destroçar seu grupo de rebeldes e sua corte recém-formada"
Fantasia | 644 Páginas | Cortesia Galera Record | Skoob Compare & Compre | Classificação: 5 estrelas + Favorito | Resenha da May


Resenha sem spoilers

Arrebatada...Rainha das Sombras simplesmente me arrebatou para dentro de suas quase 700 páginas e deixou um gostinho de quero mais. O quarto volume da saga de Celaena Sardothien, agora Aelin Ashryver Gathynius, vem para dar um novo e espetacular caminho a jornada de nossa protagonista e heroína, herdeira do fogo, amada de Mala, Portadora da Luz e rainha de Terrasen. Minha leitura foi frenética desde as primeiras palavras ao ponto de nem perceber as páginas passarem, pelo contrário, eu lia vorazmente e com o coração na mão ansiosa e temerosa do que aconteceria em seguida com minhas personagens favoritas, os rumos que cada um tomaria, como Aelin, que retorna mais letal e objetiva do que nunca, reivindicaria seu reino, salvaria o príncipe Dorian, resolveria sua situação com Chaol e derrotaria o temido Rei de Adarlan.

Top Comentarista de Maio


Bom dia, galera! Tudo bem com vocês? Está no ar a edição do Top Comentarista de Maio!

Falei que esse mês do Especial Romances Históricos ia ser incrível, não é mesmo? Olha só que incrível a lista de prêmios desse mês:

Um mês especial para os Romances Históricos (+ Sorteio)


Olá galera, tudo bem com vocês? Esse mês de Maio será incrível! Ao lado de vários blogs amigos: Livros & Fuxicos, Meu Vício em Livros, Minha Vida Literária, Paradise Books, e Pausa para um Livro (o grande idealizador da ideia), resolvemos celebrar um gênero literário que amamos muito e preparar o “Especial Romances Históricos”.

Segundo o RWA (Romance Writers of America): “Todos os romances têm uma história de amor central e um final emocionalmente satisfatório. Além disso, um romance pode ter qualquer tom ou estilo, ser definido em qualquer lugar ou tempo, e ter diferentes níveis de sensualidade indo desde doce a extremamente quente”.  Eles classificam os romances em diversos subgêneros, sendo um deles intitulado de Romance Histórico
Romance Histórico: Romances que são definidas antes de 1950. (Fonte)
A ideia é, ao longo desse mês, trazer vários posts sobre o gênero – desde resenhas, entrevistas com autores, Top 5 com nossos livros preferidos e, claro, muitos sorteios. Todas nós adoramos os romances históricos e queremos disseminar ainda mais esse gênero literário tão amado. Tanto é que, para começar com o pé direito, preparamos uma promoção muito especial. Quem vai participar?