Fuxico de Mulherzinha: Romances de Banca #1




Ter um blog é um processo constante de aprendizado. A cada novo post, resenha, ou comentário o blogueiro aperfeiçoa sua maneira de escrever, descobre e revela sua opinião crítica, aprendendo assim, a selecionar sobre o que escrever e principalmente, começa a apurar suas escolhas sobre o que ler.

Na literatura de Administração de Empresas, faculdade que curso, é comum utilizarmos o conceito de sistema para definir o processo de aprendizagem, resumindo-o a um ciclo composto pelas fases de: Entrada de informação, Processamento, Saída e Feedback. Bem, o blog é um grande sistema, no qual nós, blogueiros, recebemos como entrada um número infinito de informações, as processamos, e como saída preparamos um post, resumindo, sintetizando, opinando e divulgando material literário (ou outro tipo de conteúdo, dependendo do público do blog). O fato é que, a fase mais importante de nosso “trabalho” é o feedback, a resposta que recebemos sobre o que postamos, é com esse feedback que alimentamos nosso sistema, reiniciando assim, o ciclo de informações que entram, são processadas e dão vida, destino e sentido aos posts.

Posso dizer que nesses meses de blog percebi que vivencio diariamente esse ciclo de aprendizado, compartilhando e trocando opiniões e idéias literárias entre colegas blogueiros, queridos leitores e seguidores do blog, e até mesmo com autores nacionais atenciosos e participativos. E entre tudo o que aprendi, tenho orgulho em dizer que o que mais me agrada, é o gosto que tomei pelos Romances de Banca.

Os leitores que puderam ver meus últimos posts da coluna “Minha caixinha de correio”, viram que sempre que posso compro alguns romances de banca, pois eles dão leveza as minhas leituras, e pelos vários comentários que recebi sobre esse tema, resolvi criar um espaço específico para conversarmos sobre esse delicioso gênero literário, feito especificamente para nós, mulheres.

Na coluna, Fuxico de Mulherzinha, além de falar sobre esse gênero literário, vou postar resenhas e dar dicas de livros e autoras, sei que não sou uma expert no assunto, afinal, ainda tenho muito o que aprender, mas acredito que essa coluna seja exatamente para isso, para aprendermos juntos, eu e vocês.

Bem, sem mais delongas, vamos ao tópico de hoje >> O que é um romance de banca?

Conceitualmente um romance de banca é um livro de publicação simples (o que o torna quantitativamente mais acessível), vendido especificamente em bancas de jornal. No geral são livros curtos, com histórias breves, que possuem um elemento em comum: A descrição de mulheres que encontram no amor sua salvação, ou perdição. Por tratarem especificamente do amor, da paixão, e da forma como esse sentimento pode mudar os homens, esse tipo de livro já recebeu muitas críticas e nomes pejorativos: Romance cor-de-rosa, romance água com açúcar, ou romance de mulherzinha. Bem, eles realmente são romances de mulherzinha, mas, de mulheres decididas, que sem medo de amar, se entregam de corpo e alma aos sentimentos que as envolvem.

Posso dizer que para mim, os romances de banca são contos de fadas modernos, eles sempre tratam do que toda mulher no fundo sonha para si, viver um amor intenso e verdadeiro, não um relacionamento perfeito, mas um forte o suficiente para enfrentar as dificuldades da realidade da vida diária. Como qualquer gênero, ele possui livros bons e ruins. É comum também encontrarmos autoras de sucesso, como a Nora Roberts, por exemplo, que além de publicar séries e romances conhecidos mundialmente, também possui clássicos publicados no “estilo romance de banca”.

Já li comentários negativos sobre as capas e nomes sugestivos dos livros, bem, são histórias para mulheres, é claro que existem cenas picantes, mas nada extravagante ou que fuja do tema da história, e sobre as capas, fica claro que esses livros são publicados para serem baratos, não tem como se gastar muito com a edição da capa, ou com a qualidade das páginas do livro, mas posso garantir, que se vocês souberem escolher a história, irão se surpreender com a qualidade da escrita.



O gostoso do romance de banca é que ele é escrito para mulheres, e isso é perceptível no momento da leitura, por isso encontramos vários estilos diferentes: Sabrina, Bianca, Jéssica, Clássicos Históricos, Romances atuais, Romances Picantes, e claro Romances Místicos. Para escolher é simples, pense no estilo de romance que mais gosta, e com base nisso, escolha um romance de banca, tenho certeza que você não vai se arrepender (No futuro vou falar mais sobre os estilos e classes desse gênero literário ^^).

Por hoje é só, espero que tenham gostado! E se quiserem dar sugestões para o tópico dessa coluna é só deixar um comentário.


22 comentários:

  1. ain, ameeeeeeeeeei a nova coluna! Parabéns pela criatividade, Pah! ^^
    Adoro romances de banca =D
    Estarei sempre por aqui (sempre estou!) ;)

    ;*

    ResponderExcluir
  2. Oi Pah!! Adorei essa coluna e confesso que você é a grande culpada, por eu estar gostando de romance de banca!
    Eu adoro as capas,e hoje eu já havia me programado, vou no centro de Poa e vou procurar alguns!! depois te falo os que comprei!!
    Nossa, será muito bom, estou ansiosa pelas suas dicas( aquele que você havia me indicado não achei em Poa), quem sabe outros eu encontre!!
    Parabéns pela coluna!! bjs
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Pah, arrasou com a criação da coluna e com a apresentação dela!
    Adorei a maneira de como você introduziu o assunto, falando dos sistemas!
    Achei ótima a idéia de uma coluna pra tratar desse tema, com certeza vai ser muito bom pra você, pelo feedback e por tudo que pode aprender, e pra nós, pra lermos mais sobre o assunto, que não é tão falado por ai!
    Eu nunca li nenhum romance de banca, mas desde que falo com você sobre o assunto eu tenho vontade ^^
    Beijão e parabéns pela coluna!

    ResponderExcluir
  4. Nossa! Pah! VOCÊ ESCREVE MUITO BEM!
    E falou certíssimo, no nosso "trabalho" recebemos/trocamos milhares de informações. É importante explorar os diversos gêneros literários para descobrirmos o nosso favorito.
    Eu nunca li um romance de Banca, mas espero ainda ter esta oportunidade!
    Beijos, Mila ♥

    @Camilla_Leitte
    http://sonhosentrepontinhos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Ah e eu esqueci! rs
    Parabéns pela nova coluna e que ela faça muito sucesso! Assim como as outras.
    Beijos, Mila ♥

    @Camilla_Leitte
    http://sonhosentrepontinhos.wordpress.com

    ResponderExcluir
  6. Ai que demais Pah adorei o texto e nunca li umromance de banca , mas vou ler")

    ResponderExcluir
  7. Ah,qual é o problema do romance ser de banca,já vi Tólstoi sendo vendido em banca sem problemas,chega a ser um preconceito descriminar a obra por sua origem,sem contar que não se vive de literatura especializada o tempo todo,né?
    Eu,particularmente,gosto dos mangás,leio desde meus 6 anos de idade,e mesmo sendo considerado coisa "de criança",tem autores que fazem histórias fortes,tipo a Kaori Yuki.

    ResponderExcluir
  8. Confesso que sou uma das mulheres que sempre teve meio 'preconceito' cm esse tipo de leitura, mas é por falta de conhecimento mesmo. Mt bom vc esclarecer pra gente e sempre trazer um titulo pra gente conhecer =)
    O ruim é que, sendo de banca, pra ser mais acessivel, o preço ta cada vez mais salgadinho =(

    Bejinhos Pah! Adorei o texto =*

    ResponderExcluir
  9. Flor, quando tinha uns 12 anos, adora Bianca, Sabrina etc... Tinha varios com a capa embrulhada pra meu pai n ver a foto da capa. rsrsr, os romances eram otimos e tinham partes bem quente! kkk
    Adorei os poster!Flor, passei aqui pra te deseja um otimo fm de semana e te convidar a passar em meu bloguinho, tem poster novo lá! Bjs e fica com DEUS.

    http://sammya84.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Gostei da ideia! Tbm amo ler romances de banca embora, ultimamente, tenha me faltado tempo =/

    Concordo que as principais leituras desse estilo são mulheres mas não é legal generalizar, né? Não existe isso de "livros para mulheres" e "livros para homens" (embora homens e mulheres tenham uma certa tendencia a ler certas coisas).

    Enfim, conheci pela net homens que leem romances de banca.

    Mal vejo a hora de ler seus comentários sobre os romances - pela foto do post já vi uns romances que li e outros que qro ler hehe

    teh mais

    ResponderExcluir
  11. Eu sou suspeita pra falar desse assunto.. rs porque simplesmente amo romances de banca e não me envergonho, foi através desses romances (que por acaso ainda leio e tenho muitos), que tomei gosto ainda mais pela leitura *-*
    Parabéns Pah pelo post!
    Beijos
    Elidiane

    Leitura entre Amigas
    leituraentreamigas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. oi amiga!!!
    Parabéns pela novidade flor!!!!Eu amei, tem muitos livros de banca que valem a pena.
    beijos
    http://amorimortall.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Adorei a coluna!
    Romances de banca são legais, muito ridiculo esse preconceito.
    haha


    Carol-Burn Book
    http://www.burnbook.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Gostei bastante do post. É verdade ter um blog é aprendizado diário, essa convivência com as outras pessoas mesmo que seja pela tela do computador, nos faz crescer cada dia mais. Eu amo comentar, dá minha opinião é a forma que me divirto e como não é só diversão tem muito trabalho, as vezes dá vontade de desistir, e muitas vezes eu até paro de escrever por falta de tempo e animo. Mas sei que cada comentário é muito importante e nos deixa muito feliz!

    Bom agora falando sobre os romances de banca, eu não costumava ler, mas de um tempo para cá peguei alguns livros publicados pela editora essência com estilo parecido e depois os famosos romances de banca tão criticados, eu realmente gosto. Me deixa mais leve depois de uma ressaca literário. Adorei a ideia de falar um pouco mais sobre eles!

    Beijos;**
    Delírios de Salomé
    http://deliriosdesalome.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. ameiiii sua comparação como administradora... nunca tinha pensado nisso e realmente é td vdd....
    eu nunca li um romance de banca, na vdd nunca nem os vi em uma banca..rs acho q tenho q entrar em uma e reparar pq sempre chego e ja peço logo a revista que quero...
    acredito que tenham um preço baratinho né?
    qnd for ao centro vou procurar...

    bjss

    ResponderExcluir
  16. Oi Pah!!
    Adorei o post!! Acredita que eu nem sabia que esses romances existiam? Só quando comecei o blog, que comecei a ler também outros blogs, que soube mais sobre eles. Me arrependi de não ter lido antes, pois tem vários muito bons! E o preço também ajuda bastante.
    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  17. Pra mim livro é livro, sendo de banca ou ñ. O que importa é que as paginas contenham uma boa historia.

    @dnisin

    ResponderExcluir
  18. Adorei a matéria...
    Teve uma época em que era viciada em livros assim, já hoje moderei este tipo de leitura, e não consigo voltar como era antes...por enquanto! rsrsrs

    Adoro livros assim, são leves e alguns são tão romanticos, que chega a ser um sonho!

    Legal vc gostar de ler livros assim!

    Bejokas
    Livy
    No Mundo dos Livros

    ResponderExcluir
  19. Eu costumava ler livros da Judith e da Julia Quinn, ambos históricos. E muito bons, agora os yas e ficções estão tomando conta, rs. Enjoei dos livros de banca D:
    Beijos,
    Jups | Booksworld

    ResponderExcluir
  20. Pah, há alguns anos atrás tive uma época de só ler livros desse estilo. Trabalhando consegui comprar outros estilos, e acabei não lendo mais esses romances. Com o blog, percebi que estou sentindo falta de uma leitura assim, o que é muito bom! Estou pensando seriamente em passar na banquinha aqui perto e gastar um dim dim com isto.

    Beijos
    Conjunto da Obra

    ResponderExcluir
  21. Oi Pah!

    faz tempo tempo que não leio romances de banca e agora me deu uma baita saudade! rs
    Sério, adorava! Sempre lia no colégio, intervalos de aula, no bus aiai rs



    Beijos
    Thata e os Livros ~

    ResponderExcluir
  22. Até hoje eu só li um romance de banca e gostei dele. Realmente nunca paro em bancas para procurar algum, às vezes nem lembro que eles existem, mas tenho vontade de passar a ler, pelo menos de vez em quando (já que o preço ajuda bastante rs).

    Agora, eu não gosto da maioria das capas. Claro que são feitos para mulher, mas algumas capas são escrachadas demais, na minha opinião. Alguns eu nem mesmo teria coragem de exibir na rua rs.

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com

    ResponderExcluir