[Especial: Romances Históricos] Perfil do Autor


        Especial Mês dos Históricos 

Olá galera, tudo bem? Dando continuidade ao mês dos Romances Históricos aqui no blog, resolvi dedicar uma semana especial para a maravilhosa - se me permitem o elogio, Jane Austen, autora de seis romances históricos reconhecidos mundialmente - que ao contrário de muitas obras, perduraram ao decorrer dos anos, popularizando-se cada vez mais entre os leitores de todo o mundo e das mais variadas idades.
Biografia
Jane Austen (1775 - 1817)

“Um dos maiores nomes da literatura inglesa, ao lado de Shakespeare, Jane Austen começou a manifestar talento para as letras ainda na adolescência. Assim como seus personagens, Jane Austen cresceu em uma zona rural na Inglaterra entre a classe abastada e religiosa. Nasceu na casa da paróquia se Severton, Hampshire, Inglaterra tendo o pai sido sacerdote e vivido maior parte de sua vida nesta área. Ela teve seis irmãos e uma irmã mais velha, Cassandra, com a qual era muito intima. Em 1801 a família mudou-se para Bath. Com a morte do pai em 1805, Jane, sua irmã e a mãe mudaram-se para Chawton, onde seu irmão lhes tinha cedido uma propriedade (uma cottage). Em 1795 teve um flerte com Thomas Lefroy, mas não há evidência de que tenha sido algo sério. Jane nunca se casou. Aos 17 anos, escreveu seu primeiro romance, Lady Susan, uma paródia do estilo sentimental de Samuel Richardson. Seu segundo livro, Pride and Prejudice (1797), em português Orgulho e Preconceito, tornou-se sua obra mais conhecida, embora, inicialmente, tenha sido malvisto pelos editores, o que levou por algum tempo ser descriminada no meio editorial. Depois conseguiu publicar o romance Sense and Sensibility(1811),  cujo sucesso levou à publicação, ainda que sob pseudônimo, de obras anteriormente recusadas. Vieram ainda outros grandes sucessos como Mansfield Park(1814) e Emma (1816) em um estilo menos ágil e humorístico, porém ganhando em serenidade e sabedoria, sem perda de sua típica ironia. Morreu em Winchester, um ano antes de serem publicadas as obras Persuasão  e Abadia de Northanger, uma deliciosa sátira, escrita na juventude, ao gênero truculento da novela gótica. Seu poder de observação do cotidiano forneceu-lhe material suficiente para dar vida aos personagens de suas obras, e a crítica considerou-a a primeira romancista moderna da literatura inglesa”.

Obras
As obras da autora podem ser divididas em três classes: Obras Principais, Obras Curtas e Obras da Juvenília.
As obras principais são aquelas publicas e reconhecidas mundialmente:
·         Razão e Sensibilidade (1811);
·         Orgulho e Preconceito (1813);
·         Mansfield Park (1814);
·         Emma (1815);
·         A Abadia de Northanger (1818) - póstuma e;
·         Persuasão (1818) - póstuma.

 

 

  


Já as Obras Curtas e Obras de Juvenília foram escritas pela autora em sua juventude, com a única intenção de divertir sua família. As da classe de Juvelínia, foram publicadas pela editora Juvelínia Press.
Obras Curtas
Lady Susan (1794, 1805) – Um romance epistolar {Leia AQUI}
Os Watsons – 1804 - Romance inacabado da autora (Finalizado e publicado por sua sobrinha na metade do século XIX)
Sanditon - incompleta (1817)
 


Obras de Juvenília
Love and Freindship (Amor e Amizade) - 1790
The History of England (A história da Inglaterra) – 1791
Sir Charles Grandison - sua única peça teatral, escrita provavelmente em 1791 ou 1792 e publicada somente em 1980.
Catharine, or the Bower (Catharine ou o Caramanchão) – 1792. Uma tentativa do primeiro romance de Jane Austen.
The Three Sisters  (As Três Irmãs) - Um romance epistolar
Henry e Eliza: A Novel
Edgar & Emma
As Aventuras do Sr. Harly - Três peças curtas escritas por Jane Austen para os seus irmãos
Evelyn  - A triste história da bela Rose
Lesley Castle (O Castelo Lesley) -  um romance inacabado.
Jack e Alice - Um romance em nove capítulos
Frederic e Elfrida - Uma novela em Cinco Capítulos
The Beautifull Cassandra (A bela Cassandra) -  Um romance em doze capítulos.
Curiosidades
A única imagem de Jane Austen considerada autêntica é uma reinterpretação de uma ilustração originalmente feita por sua irmã, o retrato foi realizado para ilustrar as “Memórias de Austen-Leigh”. Tal imagem atualmente se encontra na Galeria Nacional de Arte em Londres.
A "cottage" em Chawton onde Jane Austen viveu, hoje abriga uma casa-museu.
A casa-museu Jane Austen é um museu independente administrado pelo "Jane Austen Memorial Trust" e consiste em uma casa em estilo arquitectónico Georgiano, situada na pequena localidade de Chawton, nos arredores de AltonHampshire,Inglaterra (cerca de 80 quilômetros a sudoeste de Londres). Foi a ultima morada de Jane Austen, que viveu ali entre 1809 e 1817 com sua mãe e irmã Cassandra. Jane Austen trabalhou aqui na revisão dos manuscritos de "Sense and Sensibility", "Pride and Prejudice" e "Northanger Abbey" e escreveu "Mansfield Park", "Emma" e "Persuasion"
Fonte: Wikipédia
Imagens do Museu:
 







Agradeço e cedo os devidos créditos de boa parte das informações desse post ao blog Descobrindo Jane Austen. Eles arrasam na qualidade e na quantidade de informações publicadas sobre a autora.
Quer concorrer a um livro com três obras da Jane Austen? Então participe da promoção “Eu Amo históricos” que está rolando aqui no blog.
Até, 

8 comentários:

  1. Oi Pah!
    Que post maravilhoso, agora vc me deixou de boca aberta aqui!
    Confesso que não conhecia esta autora e foi através dos blogs que comecei a me interessar a conhecer mais seus livros.
    Vou ler o Orgulho e preconceito e realmente o filme é lindo!!
    Amei seu post, aprendi muito hoje!!

    Bjinhs
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi Pah! Jane Austen uma das minhas autoras favoritas *-* sou apaixonada por Emma e Orgulho e Preconceito, trato os meus exemplares com todo o carinho do mundo !
    Queria é conhecer esse museu na Inglaterra, deve ser um lugar realmente adorável, deve dar pra se sentir dentro de um dos livros da autora!
    Amei o post, beijooos

    CC
    blogcabelosaovento.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Autora super famosa, que sempre quis ler por tal motivo, mas que nunca tinha me animado tanto, até ler suas resenhas aqui.
    Acredita que eu achava que todos os livros eram tristes?! =O Por isso ficava relutante na hora de comprar ou procurar pra ler.
    Deve ser emocionante visitar esse museu. Ainda mais pra quem é fã e conhece muito bem a autora.

    Bom, agora já providenciei "Orgulho e Preconceito", só está aguardando um tempinho pra ser lido e quero muito "Persuasão" também. (Sei que pra você ter favoritado, o livro é bom mesmo. rsrs )
    Assim que ler digo o que achei. Espero curtir tanto quanto você.

    Beeijo.

    ResponderExcluir
  4. Adorei o capricho que você teve ao montar esse post, esta´lindo! Li três romances dela, o dois mais famosos e Ema, todos muito bom. Beijos

    ResponderExcluir
  5. Oi Pah!
    Também adoro os livros da Austen e nem sabia da existência dessas Obras de Juvenília, que interessante! Deve ser um prato cheio para os fãs, já que infelizmente a Jane escreveu tão poucos romances durante a sua vida.
    Quero um dia poder conhecer esse museu onde ficava a casa da autora, deve ser uma ótima experiência vê-lo hoje em dia. Pena que é tão afastado assim da cidade, mas justamente por isso preserva esse clima tão aconchegante.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Pah, acredita que nunca li Jane Austen!? Adorei o filme de "Orgulho & Preconceito" e morro de vontade de ler o livro, que deve ser 100 milhões de vezes melhor!

    Tefinha-http://aminhadimensao.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Ahh esses posts serão lindos!
    A Jane é maravilhosa e será lindo uma semana em homenagem a ela!
    Não sabia dessas obras de juvenílias, gostei de saber!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  8. Oi Pah,

    Ai, foi ótimo saber mais sobre Jane Austen. *---*

    Mesmo tendo apenas lido Orgulho e Preconceito ( mas os outros com certeza ainda vou ler) admiro muito a sua escrita. Ela é habilidosa, tem um humor cheio de classe e cria personagens femininas fortes e incrivelmente humanas com as quais os leitores invariavelmente se identificam. Descobri várias coisas sobre ela que não fazia idéia. Ótimo post, Pah *----*

    ~> Beijusss...;*

    ResponderExcluir