dezembro 08, 2014

[Resenha] Os Segredos de Colin Bridgerton – Julia Quinn

Há muitos anos Penelope Featherington frequenta a casa dos Bridgertons. E há muitos anos alimenta uma paixão secreta por Colin, irmão de sua melhor amiga e um dos solteiros mais encantadores e arredios de Londres. Quando ele retorna de uma de suas longas viagens ao exterior, Penelope descobre seu maior segredo por acaso e chega à conclusão de que tudo o que pensava sobre seu objeto de desejo talvez não seja verdade. Ele, por sua vez, também tem uma surpresa: Penelope se transformou, de uma jovem sem graça ignorada por toda a alta sociedade, numa mulher dona de um senso de humor afiado e de uma beleza incomum. Ao deparar com tamanha mudança, Colin, que sempre a enxergara apenas como uma divertida companhia ocasional, começa a querer passar cada vez mais tempo a seu lado. Quando os dois trocam o primeiro beijo, ele não entende como nunca pôde ver o que sempre esteve bem à sua frente. No entanto, quando fica sabendo que ela guarda um segredo ainda maior que o seu, precisa decidir se Penelope é sua maior ameaça ou a promessa de um final feliz. Em Os segredos de Colin Bridgerton, quarto livro da série Os Bridgertons, que já vendeu mais de 3,5 milhões de exemplares, Julia Quinn constrói uma linda história que prova que de uma longa amizade pode nascer o amor mais profundo.

Romance
de Época
| 336 Páginas|  Cortesia
Editora Arqueiro| Skoob |
Comparec& Compre| Classificação 4/5
É impossível negar, pelo menos para aqueles
que acompanham a saga da família Bridgerton, que o livro do Colin é um dos mais
aguardados pelos fãs da Julia Quinn. Com seu jeito charmoso e bem-humorado o personagem
arranca suspiros desde os primeiros livros da série, tornando-se o queridinho não
só da sociedade londrina e das mães casamenteiras, como também o de muitas leitoras.
Sendo assim, esperara-se que o melhor partido da temporada case com uma jovem
estonteante e de sobrenome, porém a autora surpreende ao uni-lo com uma pária (que
por sinal é uma velha conhecida dos leitores), a Penelope, jovem que sofre
incansáveis críticas da sociedade, que mesmo depois de várias temporadas em
Londres não teve nenhuma proposta de casamento, e que vive feliz em sua posição
de solteirona. Desta maneira, a graça
do livro não está na descoberta da paixão, mas sim na realização do sonho de
uma jovem que, mesmo imperfeita sob a ótica preconceituosa da sociedade,
descobre a beleza por trás do amor. Característica que, claro, eu amei.


Desde o início da série Penelope revela-se
apaixonada por Colin, porém ela sabe que ele nunca olhará para ela como a ânsia
de desposá-la, por isso, contenta-se com a amizade e com o amor que recebe dele
e da família Bridgerton (que a acolheu como uma filha). Imagine então a
surpresa que é para ela, e principalmente para Colin, quando a relação entre
eles ganha um ar de paixão platônica? Para Penelope sempre foi fácil ser
sincera na presença de Colin, assim quando ele retorna de mais uma de suas
viagens pelo mundo louco para preencher o vazio em seu coração, a amizade deles
cresce, e as brincadeiras e conversas irônicas ganham um ar de necessidade: Colin
passa a ver Penelope com outros olhos, sentindo falta dos momentos que passa ao
lado dela, observando o quanto ela amadureceu, o quanto suas formas estão
bonitas e o quanto sua boca é, definitivamente,
beijável. Por serem amigos o romance entre eles é caloroso na mesma
medida em que é profundo – fato que torna o ritmo da leitura mais ameno no
quesito paixão e mais complexo quanto o assunto é amor, afinal eles tem muito
que superar, aprender e revelar. 

O ponto central do livro é que Colin não
sabe definir o que sente por Penelope, enquanto ela sabe que o ama mas custa a
aceitar que um dia ele será capaz de sentir o mesmo por ela. Assim, a autora
trabalha com os conceitos de amor verdadeiro, autoestima, beleza e com os
preconceitos tão comuns à sociedade do século XIX. Eu gostei muito de como ela
deu vida a esse romance e de como criticou os padrões de beleza. Outro ponto
que surpreende é que nesse livro a autora finalmente revela um dos grandes
segredos da saga
Os
Bridgertons.
Informação que dá vida a novas críticas sociais e a um mistério repleto
de intrigas, mentiras e diversão. Nesse ponto a autora, mais uma vez, me
enganou completamente, ao mesmo tempo em que me emocionou ao dar vida a um personagem
tão dolorosamente real – para quem já foi um patinho feio, como eu e Penelope, é
fácil compreender os sentimentos narrados. Fora que temos uma escrita
completamente fluída e envolvente, uma família amorosa e unida, e personagens
secundários tão perfeitos quanto os principais.


Contudo, mesmo entre tantos pontos
positivos, confesso que esperava mais do livro (e eu estou me batendo
mentalmente por escrever isso). Sinceramente, o que me incomodou foi o fato da aparência
da Penelope e de sua posição social nublarem as escolhas do casal, e enquanto meu
cérebro entendia completamente a razão por trás disso, meu coração almejava por
um amor capaz de ignorar a sociedade e seus julgamentos estúpidos – no fundo eu
sentia que a Penelope precisava de uma paixão arrebatadora para tirar todos os
medos de seu coração. Porém, o amor que vem a seguir, que cresce a cada página
lida, também cumpre o papel de encorajar a personagem, por isso culpo minhas altas
expectativas pela decepção, porque o problema é que
eu queria que as coisas tivessem sido diferentes. Ainda assim, saliento
que o romance não deixa, em nenhum momento, de arrancar suspiros do leitor.
Em linhas gerais o livro é delicioso, não
assumiu a posição de favorito da série – como eu esperava que fosse –
entretanto, me fez rir, suspirar, torcer pelo amor e sonhar acordada com
vestidos rodados, beijos roubados e finais felizes.  
• Sobre a Série •
Os Segredos de Colin Bridgerton é o quarto volume da série Os Bridgertons, composta no total
por oito livros e com quatro deles já publicados no Brasil: O Duque e Eu, O
Visconde que me Amava, Um Perfeito Cavalheiro, e Os Segredos de Colin
Bridgerton.  
Tal saga narra às aventuras da grande e barulhenta família Bridgerton. Sendo
ela composta por oito irmãos – Anthony, Benedict, Colin, Daphne, Eloise,
Francesca, Gregory e Hyacinth – a série conta com uma obra para cada um deles,
apresentando-nos a família como um todo, porém priorizando as histórias
particulares de cada um dos seus membros. Desta forma, mesmo que cada livro apresente
início, meio e fim, é importante lê-los em sequência para evitar spoilers, já
que é comum os irmãos participarem (leia-se intrometerem)
nas histórias uns dos outros.
Beijos, 

Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe uma resposta para Julielton SouzaCancelar resposta

42 Comentários

  • Nakéllrya
    04 julho, 2019

    Oiii
    Amo a coleção dos Bridgerton.

  • Karen L
    13 junho, 2016

    Oiii Pah, eu sempre gostei de romance de época, mas estava resistente a série, sabe-la por que, mas quando eu li o Livro do Benedict, fiquei viciada e em seguida comprei e li, o livro do Colin, estou in love por essa coleção, sem contar que além das envolventes histórias, as capas dos livros lançados no Brasil são lindas. Quero todos agora para minha estante, e adoro seu blog :), parabéns pelo trabalho.

  • Natalia Oliveira
    26 abril, 2015

    O fato mais estranho é para mim a cronologia. Uma vez que la no primeiro livro quando Da panela tem seu filho, citam Penelope já como uma Bridgerton. No mais amei!

    • Paola Aleksandra
      Paola Aleksandra
      27 abril, 2015

      Oi, Nati! Então, essa parte é do prólogo. Então como é de um futuro bem distante, a autora deu uma colher de bônus para o leitor 🙂

  • Isabela Delezzott
    06 fevereiro, 2015

    Tive a mesma sensação que você, apesar de ter gostado bastante do livro, esperava um pouco mais. Porém nada que atrapalhe a qualidade da escrita e do romance 🙂

    Beijos
    http://manualinvertido.com/

  • katia moura
    02 janeiro, 2015

    ISSO SIM É UM ÓTIMO LIVRO PORQUE A MENINA QUE ERAM A DIGAMOS 'SEM SAL' HOJE ESTAR LINDA E SEU AMOR ESTAR AFIM DELA .

  • Gemeas Azevedo
    01 janeiro, 2015

    Não curto muito livro assim, mas acho que se eu pegar pra ler vou gostar, é sempre assim: sempre nos surpreendemos com leituras que pensávamos que não iríamos gostar, gostei da personagem de Penelope e de sua resenha.

    Beijos

  • Rafaella Lima
    30 dezembro, 2014

    Oi Paola, tudo bem? Não curto muito ler romances históricos, mas achei interessante a autora surpreender colocando o romance com personagens tão distintos. Também gosto dessas relações que vão se desenvolvendo aos poucos, e achei interessante essa mudança dos sentimentos do Colin pela Penelope.

    Adorei a resenha!!

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

  • Rayane
    28 dezembro, 2014

    Adoro os livros da Julia Quinn, sempre amo a forma como a Julia desenvolve a narrativa dos livros, como ela caracteriza os personagens perfeitamente, é sempre incrível ler os livros dela. Ainda não li Os Segredos de Colin Bridgerton, mas estou muito ansiosa para lê-lo!!

  • Julielton Souza
    28 dezembro, 2014

    Tai uma série bem menininha, mas que adoraria ler. Principalmente o Segredo de Colin Bridgerton, li muito sobre esse livro e minha curiosidade está bem aguçada, mas novamente devo ressaltar que temo encontrar algo muito caramelizado de tanto romance água com açúcar, espero não ser essa a sensação, pois, me despertou realmente um frenesi pela famiia Bridgerton.

    Julielton Souza – Dialética Proposital

  • Tamires Pedroso
    26 dezembro, 2014

    Então Pah, ótima resenha, adoro romances mas essa série não chamou muito minha atenção, gosto mais de romances contemporâneos esse sim fazem a minha cabeça…

  • Dryh Meira
    26 dezembro, 2014

    Colin ♥ meu personagem favorito desde o primeiro livro da série, mal via a hora de chegar a vez dele encontrar seu amor ♥ fiquei ainda mais apaixonada pela escrita da Julia Quinn nesse livro!

  • nc costa
    26 dezembro, 2014

    As capas são lindas, me encantei. Mas você se decepcionou um pouco com o livro e isso já tirou minha vontade de ler..
    Mas esse é mesmo aquele tipo de leitura descontraida.. bom ler só pra saber no que deu

  • Maari
    20 dezembro, 2014

    Olá Pah!
    Nossa, mais uma resenha perfeita. Estou precisando de leituras mais românticas e descontraídas, minha mente está pesada de tanto livro meio que "pesado" que ando lendo, e acho que vou começar por um da Julia Quinn.
    Patinho feio? Você? Não creio !
    Um grande abraço.

  • Gabriela Eing
    20 dezembro, 2014

    Eu já conhecia essa série, e o livro já estava na minha estante. Infelizmente eu ainda não pude ler, mas espero conseguir ler em breve!
    http://www.s2nopiquedamoda.blogspot.com.br

  • Oliveira
    18 dezembro, 2014

    Ela ter questionado os padrões de beleza foi bom, até hoje ocorre esse tipo de padronização. Não acredito que você foi um patinho feio Pah! Devo ter entendido errado na resenha só pode.
    Não sei quando vou ler, tive um tempinho ontem e hoje e fui arrumar meus livros para ler, e vi o quanto preciso ler e quantos ainda por aqui sem ler, então só vou começar novas séries quando terminar outras, mas certamente essa é uma das que lerei.

    • Paola Aleksandra
      Paola Aleksandra
      18 dezembro, 2014

      Não entendeu errado não, Cinthia! Fui um patinho feio mesmo, haha

      Beijos e espero que goste da série!

  • Natasha Coutinho
    16 dezembro, 2014

    Sou louca pra ler essa série da Julia Quinn. Ainda não li muitos romances históricos apesar de gostar bastante do gênero.
    Beijoss,
    Natasha

  • Bianca
    16 dezembro, 2014

    Bom esse era um livro da Família Bridgerton mais aguardado por mim (Acho q por muitas), e só tenho uma palavra para definir "Surpreendente". A Autora conseguiu me surpreender de todas as maneiras.
    Confesso que nunca me passou pela cabeça tão enredo, mas adorei, fiquei muito satisfeita com o desenrolar do livro, bem só resta esperar pelas publicações dos próximos livros. um bj

  • Estilo Gisele
    15 dezembro, 2014

    Livros épicos não fazendo o meu estilo. Não sei se conseguiria ler.
    Embora as suas resenhas sempre me deixem com vontade, mas este acho que seria demais para mim
    http://www.estilogisele.com.br

  • Vanessa Meiser
    13 dezembro, 2014

    Sabe, eu sempre achei estas capas originais bem mais lindas que as brasileiras, se bem que estas também são bem bonitas.
    Me diz como não amar estes Bridgertons? Sem falar nos cenários, roupas, costumes, época, tudo. Sou apaixonada por esta série toda e anseio por cada nova publicação da Arqueiro.

    Beijo, Vanessa Meiser.

  • Rafaella Abreu
    13 dezembro, 2014

    amo romances de época!!!! Sua resenha me animou, ja que faz um tempo que não leio romances como esse, quero ler já!!! hahaha

  • Estante Diagonal
    11 dezembro, 2014

    Oi Pah querida! Ahhh li O Duque e Eu! e me apaixonei, assim como Ligeiramente Casados que não é da Julia, mas o fato é que me apaixonei por romance de época e não vejo a hora de ler os outros da série!
    E Colin? sem duvida pelo que vi no primeiro livro é meu favorito!

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

  • Borges Edi
    11 dezembro, 2014

    Não conhecia essa série, mas parece ser perfeita. Amo de paixão esses romances época e esse livro já está na minha lista de "preciso ler", me parece ser uma leitura encantadora e que flui naturalmente. E adoro esses personagens que nuncam seguem as regras ditadas pela sociedade. Amei a resenha! Bjs paola!

  • Denise Crivelli
    10 dezembro, 2014

    Eu tenho vontade de ler essa série de livros, você fala muito bem dele e outras pessoas também a cada resenha fico com mais vontade de ler. Pena que esse livro te decepcionou um pouco.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

  • Karinne Coelho
    10 dezembro, 2014

    Romances de época me encantam,acho eles tão fofos e tão gostoso de ser ler.Tenho este livro mas ainda não tive oportunidade de ler.Muito bom saber que trata alguns preconceitos da época.A cada resenha que leio me encanta,tenho que ler logo.
    Beijos

  • Desbravadores de Livros
    10 dezembro, 2014

    Olá, Pah. Eu gosto bastante de livros históricos, principalmente porque me fazem lembra a Austen. Eu estava adorando a resenha, mas você me desanimou ao falar que são oito livros. Não sei se conseguiria ler tudo porque não sou um fã tão grande assim de romance. rs
    Mas como gostei dos protagonistas desse volume, talvez eu dê uma chance mais para frente.

    M&N | Desbrava(dores) de livros – Participe do nosso top comentarista de dezembro

  • Mato por Livros
    10 dezembro, 2014

    Oi Pah.

    Nossa finalmente minha vida voltou ao normal e posso visitar os blog's que adoro estava em falta rs.
    Ainda não sei porque não li nada dessa autora. Todo mundo fala tão bem, preciso resolver isso, mas com tantas leituras na fila.
    Sua resenha como sempre impecável e me fez sonhar também com vestidos rodados, rs, adoro.

    Beijosss Fer

  • Hellen Buckel
    10 dezembro, 2014

    Eu simplesmente amo a série da família Bridgerton!!!!! Tanto que não aguentei esperar pela versões da editora Arqueiro e parti para ler algum online traduzido ( o que me arrependo amargamente!!).
    Ele foi praticamente meu primeiro romance épico! E amo demais a escrita da Julia Quinn.
    Eu já li este livro ( e-book ugh), mas definitivamente irei comprar ele, pois, deve ser mil vezes melhor que a tradução da qual eu li!!!.
    Estou rezando para que a Editora Arqueiro continue publicando o restante da saga dos Bridgertons!!!!.

  • RUDYNALVA
    10 dezembro, 2014

    Pah!
    Séries históricas na minha opinião, são sempre ricas, tanto pelos cenários, roupas e por preceitos que achamos mesmo absurdos, por serem diferentes dos nossos.
    Não li ainda nenhum livro da série, entretanto, viajo nas resenhas e imagino, desejo mesmo, um dia conseguir ler todos,
    Uma semaninha cheia de luz e paz!
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

  • Silvia Possidonio
    09 dezembro, 2014

    adorei a resenha já anotei aqui o nome desta série pois será minha aquisição para ler nas minhas férias bjss Pah <3

  • Silvia Possidonio
    09 dezembro, 2014

    linda resenha Pah..já anotei o nome desta série e sera minha aquisição para minha leitura de férias….bjs Pah <3

  • Dilza Sousa
    09 dezembro, 2014

    Gostei do fato desse livro tratar das críticas e preconceitos da sociedade daquela época. E também de ter um mistério que origina muitas coisas na série.
    Ótima resenha! Bjs, Pah <3

  • Marcela Buscariolli
    09 dezembro, 2014

    Adorei a resenha me ajudou muito a entender sobre o que fala a historia dessa saga. Gostei de saber que cada livro nos conta a historia de um dos membros dessa grande e barulhenta familia. Estou pensando seriamente em ler graças ao seu post, por que sinceramente as capas não me cativaram muito e a tentativa da minha irmã, que já leu, de me dar uma resenha foi fracassada só me deu menos vontade de ler kkk
    Pelo menos agora não vou precisar comprar os livros pra poder ler já que minha irmã não se importa de compartilhá-los kkkk
    Obrigada Pah…

  • Rayme
    09 dezembro, 2014

    Oi Pah,
    ainda não comecei a ler esta série, mas estou bem curiosa. já li as sinopses deles e confesso que estava bem mais empolgada para ler este volume ai. o romance dos dois parecia que ia me agradar mais, mas agora depois desta sua resenha, acabei desanimando um pouco ;x
    são 8 livros na série? eu achava que fosse 6 :O
    acho que eu não li todas as sinopses não então kkkkkkk

  • Andréia Renata
    09 dezembro, 2014

    Oi pah, tudo bem? Estou adorando essa série! Já li Um perfeito cavalheiro e no momento estou lendo O Duque e eu e estou bem ansiosa para ler mais sobre o Colin, ele é muito espirituoso e imagino que o livro em que ele é o protagonista deve ser maravilhoso, tanto quanto os anteriores. Espero ler o demais livros em breve *-*
    Abraços,
    Andréia – StarBooks

  • Leticia
    09 dezembro, 2014

    Oi Pah..
    Eu sou doida por ler um livro de Julia Quinn de tanto que o povo fala bem.
    E gosto de romances históricos também, mas faz muito tempo que não leio um.
    As vezes queremos que algumas coisas nas histórias sejam diferentes mesmo, e pelo que vi em outras resenhas, também sentiram que o livro prometia mais mesmo.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

  • Bárbara Carollo
    08 dezembro, 2014

    Oi Pah,
    Desde o primeiro livro a família Bridgerton me conquistou tanto pela união entre eles, como pelo respeito para com o próximo (independente da classe social ou beleza).
    Este livro era o mais desejado da série por mim e posso dizer que adorei a narrativa. Também senti a necessidade de algo mais, no entanto me agradou o que li. É tão lindo acompanhar o romance entre Penelope e Colin. Suspirei diversas vezes e me identifiquei com a personagem, o que fez o livro ficar ainda mais especial!
    Não vejo a hora do próximo lançamento, pois a Julia Quinn sempre me surpreende com sua habilidade em cativar os leitores.
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

  • Raissa Lohayne
    08 dezembro, 2014

    Sempre tive curiosidade de ler essa série, apesar de n ter lido muitos romances de epoca, mas o caso é que a série é bem grande. Da trabalho comprar 8 livros kk

  • Ana Karla
    08 dezembro, 2014

    Eu ainda vou ler o primeiro da série, comprei, e tô louca pra ler, mas tem outros na frente, gostei muito da sua resenha 😀

    http://www.byanak.com.br

  • Nathalia Simião
    08 dezembro, 2014

    Como um patinho feio da vida, com certeza eu iria entender a Penelope. Não comecei a ler essa série ainda, mas tenho que todas as histórias encantam muito.

  • Camila Tebom
    08 dezembro, 2014

    Eu acabei de ler esse livro. E também me surpreendeu e muito, ainda mais por – eu camila – considerar ele sendo o mais intenso dos quatro livros que ja li. Colin realmente nos conquistou desde o primeiro livro e neste não poderia ser diferente.
    Parabéns pela resenha.
    Um beijo
    http://livrosimaginarios.blogspot.com.br/