maio 30, 2016

Shakespeare and Company em Paris


Olá galera, tudo bem? Dessa vez nossa correspondente em Paris foi conhecer uma das livrarias mais famosas
da Europa, a
Shakespeare and Company. O
local é referência literária e vive aparecendo em filmes (como Meia-noite em
Paris, por exemplo) e livros (quem já leu
Anna
e o Beijo Francês
sabe do que estou falando!). Curiosos? Então vêm dar uma
espiadinha nessa lindeza de livraria:

A Shakespeare and Company já começa sendo linda pois carrega
no nome a história duas livrarias da zona sul de Paris. A primeira delas foi
aberta por Sylvia Beach em 1919. Por muito tempo a livraria era ponto de
encontro para vários autores (como James Joyce e Ford Madox Ford), porém –
graças à ocupação nazista em 1940 – ela fechou e nunca reabriu. A segunda
livraria incialmente era chamada de Le Mistral, e foi aberta em 1951 por George
Whitman. Porém, em homenagem a livraria de Sylvia, George renomeou seu espaço
para
Shakespeare and Company (fonte). O lugar hoje é um ponto turístico
tanto por seu espaço quanto por sua história.




Atualmente a livraria
une tradição e modernidade, mesclando a antiguidade – através dos livros e de
suas histórias – com um novo espaço de café. Achei charmoso, e vocês? 

Uma curiosidade é que a
livraria tem capacidade total para treze
pessoas. Por isso, quem entre tem a sensação de estar caminhando entre os
livros – afinal, no melhor estilo sebo, a livraria tem livro por toda a parte.

Começa a garoar, então nós corremos para uma livraria em frente à Catedral de Notre Dame. Em um letreiro verde e amarelo lê-se SHAKESPEARE AND COMPANY. Dentro, nós somos atingidos pelo caos. Uma horda de clientes enche o balcão. E para todo lugar que eu viro têm livros, livros e mais livros. Mas ela não é parte de uma cadeia, onde tudo é perfeitamente organizado em prateleiras, mesas e títulos. Aqui os livros balançam em pilhas desequilibradas, caem dos acentos das cadeiras, e derramam de prateleiras flácidas (Trecho de Anna e o Beijo Francês).

Além disso, outro
detalhe é que eles não permitem fotos no interior do ambiente. A Gabi conseguiu
tirar duas clandestinamente, só para matar nossa curiosidade, mas achei algumas
na internet (
fonte). Dá uma espiada:


Uma boa notícia é que eu ganhei um presente dessa livraria linda. O que será que a Gabi comprou, em?


E aí, o que acharam?
Não dá vontade de ir para lá agora?

Beijos,





Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

22 Comentários

  • Izabela Fernandes
    19 junho, 2016

    Eu fiquei maravilhada em conhecer essa livraria! Eu não sabia que ela existia *shame on me*
    Que delícia de viagem, não? Espero que o tempo passe rápido para você descobrir que surpresa está te esperando!
    Não sei porque não deixariam fotografar, mas vamos respeitar esse lugar antigo, não?
    Com certeza desejo conhecê-lo algum dia. Quem sabe, não?

    Beijos, Iza
    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

  • Kemmy Oliveira
    16 junho, 2016

    Pah, que lugar lindoooooo
    Uma pena que não deixem fotografar 🙁 mas essas já ajudaram a matar a curiosidade
    Bem jeitinho de sebo mesmo <3 lindo lindo!

  • suzana cariri
    02 junho, 2016

    Oi!
    Que lindo, adorei essa livraria, ainda não li nem assisti ao filme, mas achei esse ligar incrível e com certeza esse café junto da um charmoso !!

  • Isabella Santana Oliveira
    01 junho, 2016

    Oi Pah
    Minha nossa esse lugar parece um sonho <3
    A vontade de conhecer e não sair de lá é enorme, espero que eu possa visitar um dia e ver por mim mesma o quanto esse lugar é maravilhoso e todos esses livros *-*
    Adorei o post, parabéns!
    Beijos

  • Leticia Golz
    01 junho, 2016

    Oi, Pah
    Dá vontade de ir agora mesmo haha
    Gostei de eles misturarem a modernidade com a antiguidade, deixou o lugar bem aconchegante.
    Até eu estou curiosa para saber que livro ela comprou pra você.

  • Maria Fernanda Medeiros
    01 junho, 2016

    Dá vontade de ir pra lá agora SIIIIIIIM! Ai que coisa mais lindaaaaa!
    Não tinha prestado atenção nisso quando li Anna e o Beijo Francês!
    Meu Deus, até a embalagem é uma perfeição.

  • N4tyDark
    01 junho, 2016

    Quee incríveeeeel…♥ Um sonhoo um lugaar assim, simples e modestoo mas com uma riquezaa no seu interior impressionante.. ia morar lá dentro ! Gosstei da proposta de achar livroos onde tudo não estão perfeitamente organizado em prateleiras.

  • Yasmine Castro
    01 junho, 2016

    Ai que massa. Parece um lugarzinho tão mágico, daqueles que faz você ter a sensação de estar numa cena dentro de um livro. Gabi sua sortuda!

  • Karolaine Thomé
    01 junho, 2016

    Perfeita!!! Quem sabe um dia eu venha a conhecê-la <3 #sonho rsrs Ótimo post, voto para muito mais desse tipo 🙂

  • Vania Correa
    31 maio, 2016

    Que livraria mais linda, é um sonho, a sua irmã é linda, parabéns pelo presente, rsrsr.Beijos…

  • Layara Ariane
    31 maio, 2016

    Gente, deve ser mágico entrar nessa livraria! Muito fofa com esse estilo vintage, imaginem o cheiro de livros por toda parte que deve ter? Hahaha que sonho! <3

  • Rafaella Abreu
    31 maio, 2016

    Que livraria linda, linda, linda! Um sonho!

  • janaina silva
    31 maio, 2016

    Nossa ,que livraria maravilhosa!!!!!
    É charmosa,chique e aconchegante.
    E que privilégio poder conhecer um lugar tão lindo assim.
    Adorei conhecer esse cantinho. 🙂

  • Carol N
    31 maio, 2016

    Que sonho!
    Sou apaixonada por livrarias e esta é, definitivamente, a número um na lista de "livrarias que quero conhecer"! (li Anna e o Beijo Francês, mas já não me lembrava que a Shakespeare & Company era citada na estória!)
    Muito bom!

  • Crika Regina
    31 maio, 2016

    Nossa, que interessante! E que graça a livraria ser tão pequena, eu não imaginava isso. Achei fofo o ambiente de café fazendo parte da livraria e a embalagem de lá é linda linda. Guarda esse pacotinho, Pah! rsrs

  • Beatriz dos Santos
    31 maio, 2016

    Não conhecia, mas imagina a emoção que deve ser entrar nessa livraria e olhar os livros. AMEI.

  • Micheli Pegoraro
    31 maio, 2016

    Oi Pah,
    Nossa! Que matéria mais perfeita ♡. Que maravilha poder conhecer um pouquinho mais dessa livraria que eu sou apaixonada só pelas fotos e pela história que carregada. Conhecer Paris é um sonho, e se algum dia tiver essa oportunidade é claro que essa livraria fará parte do roteiro. Acho um charme essa livraria, com esse espaço para café (outra paixão) e essa união entre tradição e modernidade, é super aconchegante, a vontade é de ficar horas e horas vagando entre os livros, babando arco-íris. Estou curiosa para saber que presente você ganhou hahaha
    Beijos

  • Pamela Alves
    31 maio, 2016

    Já quero conhecer esse lugar! Achei bem interessante a livraria unir tradição e modernidade, mesclando a antiguidade com um novo espaço de café. Adorei as imagens.

  • Pollyanna Ferreira
    31 maio, 2016

    Que incrível deve ser caminhar nessa livraria! Um caos de histórias por toda a parte, um mundo de sensações…Até a embalagem de compras é incrível!

    Amei!

    Bj!

  • Bruna Lago
    31 maio, 2016

    Eu achei uma delicia de lugar, quem não gostaria? Passear por ai deve ser um sonho, que bom que você trouxe fotos e informações pra gente 😉

  • Elizabethe Souza
    31 maio, 2016

    Amei? Essa livraria é incrível! Super aconchegante, dá vontade de deitar entre os livros e passar horas e horas lá dentro. Além de abrigar toda uma história entre essas paredes! Muita vontade de conhecer esse lugar, ainda mais que é situado na maravilhosa Paris <3

    Beijão

  • Theresa Cavalcanti
    30 maio, 2016

    Que lindaaaaaaaaaaaa! Já quero conhecer, só falta o dinheiro; KKKK