[Resenha] Book Tour O Senhor das Sombras – Leandro Reis


Título: O Senhor das Sombras – Legado Goldshine Livro II
Autor: Leandro Reis
Editora:Idea
Páginas: 345
ISBN: 978-88121-29-4
Sinopse: O Senhor das Sombras é o segundo volume da trilogia “Legado Goldshine”, iniciada por Leandro Reis em Filhos de Galagah. Neste livro, o autor dá continuidade à missão de Galatea na busca pela segunda runa. A aventura, agora, toma proporções épicas, e muitos mistérios deixados pelo primeiro volume, Filhos de Galagah, são respondidos, além das novas intrigas que são acrescentadas à trama. Nesta sequência, Leandro Reis aprofunda o drama da bruxa vermelha, Iallanara Nindra, que, exposta aos seus maiores conflitos, é obrigada a fazer uma escolha crucial: matar sua única amiga e protetora, ou traí-la? Sukemarantus, manifestação do Mal, que tem o poder de controlar toda sorte de criaturas das trevas, lança mão de seus recursos mais vis para atingir seus sombrios objetivos. Enquanto isto, a busca de Galatea segue por rumos inimagináveis, levando-a às tribos bárbaras das planícies do sul, uma sociedade ímpar e desunida, berço de poderosos guerreiros, essenciais para o sucesso desta nova cruzada. Em O Senhor das Sombras, inúmeros desafios testarão nossos heróis fantásticos. Muitos sacrifícios serão necessários, enquanto o maior dos perigos se esconde dentro do próprio grupo. Nessa aventura, o fracasso espreita, ávido por um simples deslize, escondido nos cantos mais improváveis da história.


 ____________________

O Senhor das Sombras é o segundo volume da trilogia Legado Goldshine, do autor nacional Leandro Reis. Para quem não leu o primeiro livro (resenha AQUI) fique tranquilo, me esforcei para elaborar uma resenha isenta de informações que possam comprometer a leitura de vocês, no entanto, se acaso deixei passar algo, me desculpem, a história é repleta de detalhes, então é difícil falar de forma superficial dela.
Quem leu a resenha que fiz do primeiro volume da trilogia Goldshine, sabe o quanto me surpreendi com a narrativa do autor. Ele sabe nos envolver com os mistérios de sua trama, com a personalidade e os segredos de seus personagens e principalmente, com o cenário mágico e inusitado ao qual nos apresenta. Confesso que, ao terminar de ler o primeiro livro, imaginei se haveria ainda, espaço para mais surpresas na continuação da trilogia, se os próximos livros seriam tão inesperados como o primeiro. Então, lendo O Senhor das Sombras, me deparo com bárbaros, leões alados, dragões lendários, medusas, espectros, demônios, entre outros seres mágicos. - SIM, definitivamente não existem mais dúvidas, o autor sabe como surpreender um leitor, de forma que o segundo volume é ainda mais envolvente do que o primeiro, fato que me deixou muito curiosa sobre a conclusão da trilogia.
Nesse livro Gatalea, escolhida do deus da vida, continua sua missão para proteger as crianças portadoras das runas mágicas, evitando que esse poder sagrado caia nas mãos dos servos de Enelock. Em sua jornada, novos personagens são inseridos na trama, alguns, para revelar parte dos mistérios que envolvem a narrativa, outros para acrescentar novos enigmas à história. O fato é que, como uma boa continuação, esse livro nos permite conhecer melhor os personagens principais da história. Galatea e seus companheiros de jornada enfrentam situações em que precisam fazer escolhas, optar por que lado lutar, por quem lutar e principalmente, em quem confiar, de forma que suas escolhas definem quem são, mostrando-nos lados e segredos há muito tempo ocultos.

 

 

Desta forma, Sephiros, o elfo mágico do grupo, se torna calado e introspectivo. O leve humor que o acompanhava no primeiro livro desaparece, e o peso da responsabilidade de sua missão o torna um personagem concentrado e preocupado com as escolhas de Galatea, que por seu nobre coração, pode acabar confiando nas pessoas erradas. Gawyn, o espadachim, continua sendo muito divertido e bem humorado, por mais incrível que pareça, a leveza de suas palavras mantém o grupo unido e esperançoso. Já Iallanara, novamente rouba a cena. Sem dúvidas ela é um dos personagens mais ricos do livro. Seu passado, repleto de segredos, se faz constantemente presente no segundo volume da trilogia, de forma que seus maiores medos se concretizam quando seu criador volta para incitá-la a escolher as trevas, cobrando um preço alto por sua vida e de seus novos amigos. Assim, Iallanara tem sua fidelidade testada, precisando escolher de que lado ficará.
“Eu confio em você. – Galatea disse por fim. (...) Você não devia... – Iallanara não conseguiu terminar a frase. (...) Mas eu quero... Eu conheci seu lado bom, Iallanara. Não vou desistir dele”.
Enquanto Iallanara passa por uma crise interna, precisando aprender a confiar em si mesma e se tornar dona de seu destino. Galatea cresce como mulher. Como heroína da trilogia, ela é uma personagem forte e determinada, sua força como guerreira é incrível, fato que, contradiz com sua beleza, encanto e extrema feminilidade. Entretanto, nesse livro, as contradições da personalidade de Galatea a tornam mais humana, o que enriquece a trama e particularmente, me fez gostar mais dela.
Além dos mistérios que envolvem os personagens, outro ponto forte desse livro é o romance. O autor acrescentou a história, pitadas de amor e paixão, descrevendo esses sentimentos de forma pura, inocente e incrivelmente bela, o que me deixou admirada pela maneira como esses sentimentos ganham espaço na narrativa. (Mas, sou suspeita, afinal sou fã assumida de um bom romance).
Outro ponto positivo são os vilões.  Assim que iniciei a leitura percebi o quanto eles seriam importantes na trama. Movidos por sua ganância de poder, eles se tornam aliados, unindo forças para tomar o poder dos deuses mantido nas crianças protegidas por Galatea, a fim de criar uma nova era, tomada unicamente pelas trevas.
“Não me importam os meios. – respondeu o bruxo (...). Não importa quantas voltas você tenha que dar, ou os sacrifícios que tenha que fazer, no final, quando atingir seu objetivo, nada do que passou importará. Pois você terá o poder... Você será temido, e o passado, esquecido”.
Para mim, o único ponto negativo do livro é a transformação pela qual Thomas, irmão de Galatea, passou. Logo na primeira página do livro o autor faz uma revelação que nos deixa um tanto quanto surpresos, na realidade queria utilizar a palavra nervosa, rs. Fiquei triste, e brava, mas torço para que no próximo livro eu seja capaz de entender os verdadeiros segredos por trás das mudanças que ocorrem com Thomas.
Assim tirando esse detalhe, o livro é realmente surpreendente, a forma com que o autor liga o passado dos personagens, com suas ações do presente é incrível, deixando-nos curiosos a respeito das revelações finais. Se vocês gostam de uma aventura regada a ação, mistério e bom humor, leiam a trilogia Legado Goldshine sem medo, não tenho dúvidas de que, assim como eu, vocês iram se surpreender com essa história.

Aproveito para agradecer ao autor pela oportunidade de participar do Book Tour de seu série, e para aqueles que quiserem saber mais sobre suas obras, acessem:
Blog || Twitter || Skoob


10 comentários:

  1. Oi Pah,

    O Leandro é realmente imprevisível, li a trilogia e tenho certeza que vai amar Enelock, muitas revelações, surpresas, momentos alegres e infelizmente tristes (mesmo que "justificável") nos aguardam.

    Bjs.
    Marcia

    Apaixonada por Livros.

    ResponderExcluir
  2. Ai, preciso ler logo esse livro (e o primeiro também)! Adoro este assunto, e não tenho duvidas que gostaria do livro.
    Achei bem interessante o book trailer, mas acho que prefiro a capa do primeiro...
    Enfim, bjão, Pah!

    ResponderExcluir
  3. Oi!

    Gostei da resenha, o livro parecer ser legal e a capa é linda! Fiquei com vontade ler, só espero oportunidade.

    Beijos!
    Caah - Open Mind (http://openmindbook.blogspot.com)

    ResponderExcluir
  4. oii...
    fui no lançamento do 3 livro da serie, o leandro é muito bacana... fiquei boba com os book trailers dele...

    bjs

    ResponderExcluir
  5. Boa Noite ;)

    Devido ao Enem fiquei ausente do blog não respondi comentários e nem consegui passar nos blogs amigos para comentar. Peço desculpa pela ausência, mas já estou voltando a visitar e comentar!

    Tenha uma ótima Semana.
    @AngelKiller_
    Blog/ http://anime-daiki.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá Aione

    Adorei encontrar vc aqui na blogolândia. Sou Kinha do blog AMIGA DA MODA e vim conhecer seu espaço. Gostei e já estou te seguindo. Vou aguardar a sua visita e ficarei feliz se me seguir também.

    Bjooooooooooooo......................
    www.amigadamoda1.com

    ResponderExcluir
  7. Adorei a resenha amiga, já tinha visto alguma coisa sobre este livro, mais nunca uma resenha, a saga parece ser ótima.!!
    Ain to precisando de alguém que me adote e me dê livros!! uauahuahau
    Beijkas enormes flor, ótima semana pra você!!!
    Brih
    Meu Livro Rosa Pink

    ResponderExcluir
  8. ADOREEEII a resenha, amo história que sigam essa linha! Há dias que estou procurando um livro pra ler, mesmo com filho pequeno, o que toma bastante meu tempo, pretendo voltar a lê-los logo! :))

    Beeeijos

    ResponderExcluir
  9. Oi Pah!

    Gostei da sua resenha, mas não me interessei pelo livro =/ o tema não me atraiu.

    Beijos
    Thata e os Livros ~

    ResponderExcluir
  10. Adorei a resenha e gostei muito da capa do livro, não o conhecia e me surpreendi com a estória, a criatividade de um ser humano é incrível não é?! :)
    E é sempre muito gostoso, quando nos surpreendemos com um livro, ainda mais em seu 2°volume!
    Beijos, Mila ♥

    @Camilla_Leitte
    http://sonhosentrepontinhos.wordpress.com

    ResponderExcluir