Fuxico de Mulherzinha #8 – Paixão Explosiva (Sandra Brown)

Postado em 05 novembro 2011



Hoje é dia de Resenha aqui na coluna Fuxico de Mulherzinha! Esse livro é um encanto, espero que gostem!


Título: Paixão Explosiva
Autor: Sandra Brown
Editora: Harlequin (Coleção Primeiros Sucessos)
Páginas: 286

Sinopse: A descoberta do prazer e da paixão selvagem! Generosa, Jenny Fletcher punha em segundo lugar os seus próprios sonhos e necessidades, e em primeiro os de seu noivo, Hal, um homem mais comprometido com uma causa do que com ela. Na véspera de sua viagem para a América Central, ele lhe deu o que Jenny mais queria na vida... uma noite de paixão. Foi seu último presente. Cage Hendren contrastava em tudo com o irmão, Hal. Ovelha negra da família, ele só tinha ternura por Jenny. Mas ela sempre o achara selvagem e implacável demais... até que Cage lhe mostrou o lado selvagem que ela mesma não sabia que tinha dentro de si. E agora que fora desencaminhada.... já não podia mais voltar atrás!
_______________

Paixão Explosiva tem tudo o que um bom romance precisa ter para ser marcante, emoção, bom-humor, superação e muita paixão. Fazia tempo que não lia uma estória assim, tão intensa. Logo de início já me envolvi com os personagens, com seus sentimentos e no final, queria mais. Sandra Brown, sem dúvida nenhuma, merece o título de rainha do romance, sua forma de escrever é simples e cativante, não tem como não nos rendermos aos encantos de suas palavras e particularmente, com a forma real e palpável que ela descreve o amor.
Em Paixão Explosiva ela nos apresenta a Jenny, uma moça forte e humilde, que órfã e sem parentes vivos, aos 14 anos foi viver com o reverendo Bob Hendren e sua esposa Sarah, amigos próximos de seus falecidos pais.  Esse convívio aproximou Sarah do filho mais novo do casal, Hal, de forma que com o passar dos anos eles começaram a namorar. Hal é um bom homem, para seus pais, o filho exemplar, correto e digno, muito diferente de seu irmão mais velho, Cage, que não escuta os conselhos dos pais e que vive para o mundo. O fato aqui é que Hal segue as diretrizes e passos de seu pai, principalmente quando o assunto é religião, já Cage não se deixa influenciar pelas escolhas de seus pais, e de certa forma, busca ser reconhecido pelo que é, e não pelo o que ele deveria ser.
Antes de qualquer coisa, preciso salientar que essa relação familiar é o ponto chave do livro, não tem como não se comover com os problemas familiares enfrentados por Cage. Ele sempre foi visto como a ovelha negra da família, vivendo a sombra da “perfeição” de seu irmão e isso o rotulou com uma fama errônea, ao ler, vocês compreenderam que o Cage real, longe dos preconceitos sociais e até mesmo, familiares, é um homem muito diferente do qual as pessoas imaginam ser, ele é digno, apaixonante, amoroso, solidário, imperfeito e claro, muito sedutor {suspiros}.
“-Posso escolher a sobremesa? (...) Escolho você – Disse ele, indiferente à negativa dela. – Você é coisa mais doce que já provei.”
Contudo, diferentemente da maioria das pessoas, Jenny sempre foi capaz de ver além da fachada de Cage, apesar de ficar receosa perto dele (afinal ele é conhecido por ser um grande mulherengo), eles possuem um relação de amizade forte e sincera. E com base nisso, quando Hal resolve partir em uma cruzada missionária quase suicida na América Central, Cage recorre a Jenny, pedindo que ela impeça de alguma forma a partida do irmão. Jenny, assim como Cage, sabe o quanto a viagem de Hal pode ser perigosa, então implora para ele que ele não parta por ela, ou então, que prove que voltará para ela.
“Por favor, me ame Hal (...) Preciso de você esta noite, preciso que me abrace e me acaricie, que me garanta que o que temos é real, que vai voltar para mim”.
Contudo, mesmo com as suplicas de Jenny, Hal parte, assim, durante sua ausência Cage se mantém ao lado de Jenny, tentando afastar dela a preocupação sobre a situação do irmão. Poderia dizer a vocês que a ausência de Hal, aproxima Cage e Jenny de uma forma superior a amizade, mas a história é muito mais que isso, juntos eles criam um laço de superação, aprendendo com as dificuldades, amadurecendo como pessoa.
Existem muitos segredos que rondam o relacionamento de Jenny e Cage, segredos que quando revelados podem uni-los, ou afastá-los definitivamente, tudo depende do quanto eles estarão dispostos a ceder e mais ainda, o quanto eles serão sinceros sobre seus verdadeiros sentimentos. Afinal, a verdade sempre vem à tona.

Essa não foi uma resenha fácil de fazer, acredito que acabei expondo mais meus sentimentos do que fatos do livro, entretanto, isso é positivo para vocês, que ficam livres de detalhes específicos sobre a trama. Só posso dizer que o livro é incrível, nada menos que isso. Agradeço a diva da Mi *balançaoscabelos* por ter me indicado o livro, adorei a dica querida!
E vocês gostaram? Pois bem, espero que sim já que esse é o livro sorteado do mês de outubro! Sim, vocês que comentaram nos posts da coluna Fuxico de Mulherzinha e que, preencheram o formulário, estão concorrendo a uma versão de sebo desse livro, espero que o vencedor goste!
Vamos ao sorteio...


 Parabéns Denise!
Mande um e-mail com seus dados para o envio do livro (paolaaleksandra@gmail.com).
E quem não ganhou, não fique triste, Novembro tem mais sorteio, é só comentar e preencher o formulário, já esta valendo a partir desse post então aproveitem! (Ainda não decidi qual será o livro, mas sei que vai ser um Clássico Histórico \o/).



Comente com o Facebook:

6 comentários:

  1. Acabei de ler um livro de banca, e sabe de uma coisa EU AMO era um romance medieval *_* "A escolha do coração" história muito fofa hehehe

    Gostei que vc expôs seus sentimentos na resenha e quero ler esse livro S2

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Huum, o livro parece ser bom. E eu sou suspeita de dizer, já que adoro romances! Rsrsrs.

    Vou procurá-lo pra comprar! *-*

    Amei a resenha Pah!

    Beijos
    liciousblogger.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. aaah queria ler mais romances de banca! li uns poucos na minha vida e já faz um bom tempo! Vou correr atrás!
    Beijos!

    http://blogcabelosaovento.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Vou tentar passar num SEbo hoje,nunca fui em uma e agora já tenho um livro em mente para comprar.

    ResponderExcluir
  5. Pah, prefiro muito mais ler seus sentimentos e opiniões do que fatos do livro! Aliás, eu geralmente pulo a parte dos fatos porque prefiro não saber muito da história ^^
    Fiquei doida pra ler!
    Eu adoro livros intensos assim e esse, além de tudo, ainda tem essa parte dos conflitos familiares que parece ótima!
    Parabéns pra Denise e claro que vou continuar concorredo :D
    Beijão e bom sábado!

    ResponderExcluir
  6. Gostei da sua resenha, o livro parece ser ótimo, fiquei muito curiosa pra saber mais sobre os irmãos Hal e Cage.
    Ainda não li nada de Sandra Brown... já vai pra minha lista.

    Bjus
    Gisele
    Dicas da Gi

    ResponderExcluir