[Resenha] O verão que mudou minha vida - Jenny Han


Título: O verão que mudou minha vida
Autor: Jenny Han
Editora: Galera Record
Páginas: 287

Sinopse: "A vida de Belly é medida em férias de verão. Para ela, todas as coisas boas só acontecem entre os meses de junho e agosto, quando está na casa de praia junto a Susannah, única e melhor amiga de sua mãe e uma espécie de tia, e seus dois filhos, Jeremiah e Conrad. Mais do que irmãos postiços e companheiros de férias, os filhos de Susannah tornaram-se o centro das suas emoções. A véspera do aniversário de 16 anos de Belly marca também o fim daquele que parece ser o último verão onde estarão todos reunidos em Cousins Beach. A partir do ano seguinte todos estarão ocupados demais e talvez algum deles já nem esteja mais entre nós..."
_________

O livro “O verão que mudou a minha vida” é a cara do verão - Ensolarado, divertido, envolvente. A história nos fascina com sua leveza, e a realidade presente na narrativa da autora nos prende a leitura de uma forma incrível. E o melhor é que a história, mesmo sendo leve e juvenil, tem um forte lado emocional que a torna intensa e emocionante.
Belly e sua família passam todos os verões na casa de veraneio da melhor amiga de sua mãe, a Susannah. É nesse momento que as famílias, que sempre foram muito unidas, se encontram para aproveitar as férias como muita diversão. Por esse motivo, Belly, seu irmão mais velho e os dois filhos de Susannah (Conrad e Jeremy) cresceram juntos e compartilham de uma amizade especial que se fortalece a cada novo verão. Contudo, mesmo sendo amigos, Belly, a mais jovem e a única menina da “turma”, sempre foi deixada de lado pelos meninos, fato que para ela vai mudar nesse verão, afinal, ela irá completar 16 anos.
“... foi um verão que eu nunca mais esqueci. Foi o verão em que tudo começou. Foi o verão em que fiquei bonita. Porque, pela primeira vez, me senti assim, bonita. A cada verão até este, eu acreditava que as coisas seriam diferentes. A vida seria diferente. E naquele verão finalmente foi. Eu fiquei diferente”.
Esse é o grande ponto do livro, as mudanças pelas quais Belly está passando. Ela tem 15 anos e está na temida fase da adolescência em que deixamos de ser vistos como crianças, para “finalmente” sermos reconhecidos como jovens adultos. Assim, a primeira parte do livro nos apresenta a Belly, aos seus medos, suas dúvidas, suas transformações, para isso a autora mescla presente e passado, fazendo com que mergulhemos em lembranças e sonhos.
Outro aspecto da história é que, nesse verão a idade também muda a aparência de Belly, que está mais bonita, mais mulher, entretanto ela não percebe isso, e vai descobrindo aos poucos as novidades de se ter 15 para 16 anos, passando pelo primeiro encontro, o primeiro beijo “de verdade”, as festas na praia, as aulas de direção. E foi exatamente com isso que a autora me conquistou, com a forma de narrar tão bem todas as incertezas e descobertas dessa idade.
Li comentários de que a Belly, em alguns pontos da história se torna irritante. Bem, ela tem 15 anos, quem não é irritante nessa idade? Para mim, são as dúvidas e contradições da personalidade de Belly que nos envolvem na trama, afinal ela é o reflexo de nossa juventude, todos já passamos pela fase na qual ela se encontra, em que queremos ser vistos de forma diferente, ser aceitos pelo que somos. Isso faz dela extremamente jovem, ou seja, em alguns momentos, indecisa, emotiva, ciumenta, mas foi exatamente isso que me cativou, pois passei pelo mesmo que ela (Todos passamos, não é mesmo?), a transformação da idade, o momento em que nos tornamos diferentes aos olhos dos outros, mesmo não estando preparados para tantas mudanças, as dúvidas, os medos, os sonhos.
Além disso, o livro aborda os amores de verão. Sim, no plural {rs}. Quando se é jovem não sabemos mensurar a intensidade de nossos sentimentos e Belly se vê dividida entre a amizade e cumplicidade que compartilha com Jeremy e o sentimento forte que sempre nutriu por Conrad. Esse triângulo amoroso é tão natural e complexo que não sabemos o que esperar da história, em determinados momentos torcemos por um casal, em outro mudamos de opinião até que a narrativa se transforma, passando a dar ênfase, não só no amadurecimento de Belly, mas sim em um fato que pode comprometer seus próximos verões.
“... muitas coisas podiam acontecer entre agora e depois. Lembrei-me de que eu ia precisar aproveitar aquele verão ao máximo, realmente esgotar tudo que pudesse fazer, caso nunca mais tivesse um igual. Afinal, logo completaria 16 anos. Estava ficando velha. As coisas não podiam continuar as mesmas para sempre”
O aspecto emocional que a autora agrega a história é como um dia de chuva em plena semana de férias de verão. Somos levados pela correnteza de sentimentos que envolvem Belly, Jeremy e Conrad e ficamos apreensivos para saber o que o futuro reserva a eles quando então, o livro acaba. É, quando li a última página fiquei repleta de dúvidas, queria mais, precisava saber com certeza como as coisas iriam ser dali por diante, mas a autora só nos dá um gostinho do possível futuro da trama, nos preparando para os próximos livros da trilogia. Isso mesmo, esse livro faz parte de uma trilogia, o que me deixou bem contente, os livros já foram lançados nos EUA com os respectivos nomes: “It's not summer without you” e “We'll always have summer".

 
Estou louca para ler os próximos livros! A narrativa da autora é envolvente, a leitura é ágil e a história é linda. Com seu lado jovem, repleto de diversão e superação a trama nos encanta e com seu lado emocional familiar, ela nos conquista por completo. Super recomendado para quem gosta de histórias juvenis recheadas com bons personagens, paixão, conflitos familiares e muito sol.
Agradeço a editora Galera Record pela cortesia!




12 comentários:

  1. Oi gêmea!
    Esse livro deve ser lindo!
    Eu já vi também alguns comentários controversos sobre ele, mas eu acho que vou gostar!
    Gostei da maneira de como você encarou as dúvidas da protagonista, você se colocou bastante no lugar dela né? Acho que só tendo a mesma visão que ela pra compreender o que se passa!
    Eu amei os títulos e as capas dos livros, bom ver que a Galera Record manteve o padrão dos livros americanos, mesmo que eu não tenha visto a capa original!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Que resenha linda!
    Quero muito este livro, quem sabe compro este mês hehehe
    A Caminho do Verão da Sarah Dessen também é um livro lindo assim como O verão que mudou minha vida!
    Beijos,
    @PatriciaADavis

    ResponderExcluir
  3. Nossa, to louca para ler esse livro!
    Primeiramente essa capa é linda demaiis, assim como as outras da série, que eu espero que a Galera continue mantendo!
    Ah, eu não fui chata aos 15 anos não, mas posso entender algumas garotas e o que passam, essa dúvida e estar dívida né.
    Concordo com ela, quase tudo de bom acontece no verão e imagino como sejam esses meninos hein hehe!
    Adorei a resenha!

    beijos,
    Aninha
    True-Insights - http://true-insights.net/

    ResponderExcluir
  4. Quero muito ler esse livro! Eu também fiquei feliz quando descobri que é uma trilogia. Ainda não li ele, mas é que parece ser tão legal que eu fico agradecida desde já que tenha uma continuação. Eu adoro livros em séries ou trilogias, porque é sempre bom ter um pouquinho mais, né? haha.
    Pretendo comprar ainda antes da metade do ano pra poder ler logo! *-*

    Beijo!

    ResponderExcluir
  5. Oi Pah, tudo bem?
    É a minha primeira visitinha no blog!
    Lindo =)
    Parabéns pela resenha! Já me deu vontade de ler esse livro!
    Tem jeito de ser muito bom, pelos comentários, e resenhas que eu vejo dele!

    Beeijos, Pâh.
    www.nas-paginas-de-um-livro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi,Pah!
    Quero ler esse livro desde o lançamento. As resenhas são super positivas, e ainda bem que você gostou! Mais alguém que o recomenda! :D
    Achei a capa do último livro mais legal, rsrs
    Bjão, Pah! :D

    ResponderExcluir
  7. Oi Pah!
    Estou louca para ler esse livro, porém me faltou algumas oportunidades. Adorei a resenha, principalmente porque é positiva hehehe.

    Beijos, lindo o blog!

    ResponderExcluir
  8. nossa, segunda resenha seguida que vejo desse livro AHAHAH deve ser bem legal msm. não gostei do título, mas, em geral, estórias passadas na praia têm um quê a mais... sei lá, acho que dá mais espaço pra "divagações literárias" por parte do autor. :)
    beijo!

    ResponderExcluir
  9. ah, meu Deus, esse livro pareceser a coisinha mais fofa do mundo! *-*
    Ameeei a capa e adorei a história! Sua resenha me deixou cheia de vontade de ler esse livro!
    Já na minha lista! ;)

    ResponderExcluir
  10. Vejomuitas resenhas positivas e a sua é uma delas. Quero muito ler esse livro , ahsuash só espero que o sub faça uma promo bem legal dele!

    ResponderExcluir
  11. Adoreeeei, Pah! É tudo o que eu preciso nesse momento, de um livro alto astral com a cara do verão!
    Tem triângulos amorosos, temas jovens, carga emocional? Então, já está na minha lista!

    Beijocas,

    Lu
    www.equinocioaprimavera.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Trilogia?! É...rs

    Gostei bastante da resenha. Você me convenceu a dar uma chance a esse livro. rs
    Não tinha reparado nele, não sei, achei que fosse ser chatinho demais!

    As capas são fofinhas. ^^

    Beeijo

    ResponderExcluir