[Resenha] Terra Ardente – Janice Diniz


Título: Terra Ardente
Autor: Janice Diniz
Editora: Multifoco
Selo Desfecho Romances
Páginas: 284
Skoob (AQUI

Sinopse: Karen tem má fama na cidade. Envolvida com corridas de cavalo, dívidas que podem levá-la à falência e uma vida afetiva que segue a regra dos três encontros e nunca mais, ela não pode fracassar. No seu encalço, dois fazendeiros ambicionando tomarem-lhe a propriedade. Com a vida em risco e sozinha num lugar hostil, ela tenta sobreviver e cuidar da avó e do filho. Se for preciso, seduzirá o delegado de polícia de Matarana para protegê-la – um caubói da lei que se comporta como um xerife durão do velho-oeste americano. Mas Karen não é a única mulher em apuros. A jornalista Nova Monteiro investiga um latifundiário suspeito de aliciar trabalhadores. Abandonou o sudeste para ficar ao lado do homem que ama desde a infância. Um amor que tem tudo para não se concretizar. O que Nova não sabe, porém, é que, segundo boatos, a chuva de cinzas na estação do estio não é somente das queimadas, mas também dos corpos dos forasteiros que se metem com os poderosos da região. Assim, ela faz duas descobertas: que luta pela causa errada e que o amor verdadeiro é um sentimento bruto que pode nascer do medo. Matarana, a cidade das aparências, onde nem sempre o mocinho é bom e o vilão, mau. Um faroeste moderno com mulheres fortes, homens destemidos, pistoleiros, matadores de aluguel e paixões devastadoras. A humanidade posta à prova em situações-limite. 
_______________
Paixão a primeira vista. Assim que descrevo meu encanto imediato com o livro “Terra Ardente”. A capa, a sinopse e os trechos disponibilizados pela autora em seu blog me deixaram totalmente curiosa, além do fato de que, desde que passei a ler romances de banca criei um apreço especial por livros de faroeste, o que só colaborou para aumentar a minha ansiedade em ler o livro em questão. Sendo assim, criei muitas expectativas e esperei muito da leitura de “Terra Ardente”, confesso que minha estima por tal obra era tão grande, que no fundo, sabia que as chances de me decepcionar com a mesma eram grandes, não por não acreditar na capacidade da autora, mas por saber que quando se trata de um livro, as expectativas tendem a ser traiçoeiras. Contudo, para minha alegria, “Terra Ardente” foi muito além do esperado, deixando-me extasiada não só com a história, mas também, com os personagens, com o cenário e principalmente, com a escrita da autora.
“- Sabe doutor, o patrão uma vez me disse uma coisa sobre o povo desta cidade que descreve direitinho como as coisas são por aqui. Ele disse que Matarana é um vespeiro envenenado. Só que quando a gente é picado não morre por causa do ferrão; a gente se torna outra vespa e passa também a espalhar o veneno.”
Sob o sol quente de Matarana, faroeste moderno localizado no interior do Brasil, somos apresentados a duas mulheres fortes e determinadas, que em meio a intrigas e guerras de poder, trilham caminhos perigosos que podem levá-las a situações de perda e muita dor. Afinal, Karen está no meio de uma batalha territorial encabeçada pelos dois maiores fazendeiros da região, que em busca do domínio total da cidade visam (independente dos meios necessários para isso), reclamar para si sua propriedade, uma estalagem localizada em um lugar estratégico da cidade, ao mesmo passo que Nova Monteiro, jornalista que há pouco tempo chegou a Matarana, corre perigo ao insistir em investigar os meios duvidosos utilizados por um destes fazendeiros na contratação de mão de obra.
Desta forma a autora nos apresenta ao cenário incomum e intrigante de Matarana, uma cidade dominada por dois homens obstinados e poderosos, que não medem esforços para atingir seus objetivos e que por isso, ditam o ritmo da cidade.  Logo de início é fácil se entregar a narrativa da autora, que não priva detalhes com relação às características da cidade, seus costumes e hierarquias sociais criadas e mantidas pelos detentores de poder, contudo a narrativa realmente flui quando Karen e Nova se envolvem de forma ativa em meio à guerra por poder que domina Matarana.
Nova e Karen representam muito bem o reflexo da mulher moderna. Elas não se deixam amedrontar facilmente e mesmo diante de ameaças e afrontas, lutam em busca da felicidade. Nova, é uma personagem que amadurece seus objetivos no decorrer da estória, aos poucos ela percebe o que quer e então, passar a lutar contra suas dúvidas e medos. Já Karen é incrível, sua personalidade arredia a faz parecer os heróis com os quais estamos acostumados a lidar, sabe aqueles mocinhos que com medo de se machucar, fogem de relações que envolvem sentimentos? Pois bem, Karen é assim, sua verdadeira personalidade é amigável e bondosa, mas sua atitude com os homens a rotula com uma fama negativa, com a qual ela faz questão de não se importar.
Além de personagens femininas fortes, “Terra ardente” nos presenteia com caubóis muito envolventes, personalidades difíceis, dramas familiares, marcas e traumas do passado, são personagens tão ricos que nos perdemos entre a linha do certo e errado, de forma que aqueles que a princípio nos parecem príncipes encantados, correm o risco de perder facilmente o encanto. Entre os personagens masculinos, meu preferido, com certeza é o delegado Rodrigo, em meio à guerra de poder não declarada que aflige Matarana ele tenta proteger a cidade, e por isso tem um papel de mediador muito importante na estória. Contudo, Rodrigo não nos envolve somente por fazer o papel de moço da lei, mas sim, por deixar transparecer seus sentimentos, por ser forte quando deve, mas abusar da compaixão, do carinho e do amor quando menos se espera, ele é o tipo de personagem que nos faz pensar – Cara, onde estão os homens assim?
“Ali, estava o abismo, diante dele e dormindo na sua cama, chamando-o para pular. De todas as mulheres de Matarana, a única que tinha chance de atingi-lo era a menos adequada para tal missão. Esboçou um sorriso fraco, do tipo que os lascados – sabendo-se nessa condição, sorriam. – Durma bem, perigo. – murmurou resignado...”
Além do cenário e dos personagens, a autora media as batalhas que envolvem os grandes fazendeiros de Matarana com amor. Quando Karen e Nova se vêem em apuros elas descobrem com quem podem, verdadeiramente contar, e quando menos esperam são bombardeadas pela força do amor, que as enlaça em sentimentos complicados e para alguns, improváveis.
 “Por que está chorando? A pergunta a pegou de surpresa, e ela lutou para não desabar. – Porque não tenho ninguém. – falou, enquanto engolia uma lágrima. – Já estou chegando. – disse para acalmá-la. Ele, que quase a expulsara de sua vida. – Não demora. – pediu num gemido. Ela, que temera morrer em suas mãos.”
Ação, romance, bom humor, tudo na narrativa de “Terra Ardente” se complementa, envolvendo-nos a trama de uma forma gostosa, na qual o ritmo da leitura nos encanta com a mistura de sentimentos presentes em cada página da estória. Um aspecto do livro muito positivo é a flexibilidade do tempo da narrativa. Em alguns momentos os fatos ocorrem de forma acelerada, fazendo-nos devorar as páginas do livro, ansiosos pelo desfecho da trama, em outros, as cenas são narradas com uma calma e uma riqueza de detalhes que nos envolve ainda mais em cada pormenor da trama.
Saliento também que me surpreendi com a forma da autora escrever, ela utiliza o português de uma forma rica, o que nos fascina e encanta ainda mais. Outro ponto é o final, mesmo o livro fazendo parte de uma série, “Terra Ardente” tem um desfecho suficiente para nos preencher como leitores, ao mesmo passo que, sentimos que novas batalhas surgiram nos próximos livros.
Para concluir, só posso dizer que, para aqueles que apreciam romances repletos de personagens fortes e muita ação, “Terra Ardente” é uma ótima escolha de leitura. E eu, super indico a obra. Também aproveito para agradecer a autora pela oportunidade de participar desse Book Tour, com o qual tive a oportunidade de me encantar e surpreender com seu livro.
E para todos aqueles que comentarem na resenha fiquem atentos, pois vou sortear um Kit de marcadores contendo um marcador lindo do livro autografado pela autora!

Foi para os favoritos!



29 comentários:

  1. É a segunda tentativa de escrever esse comentário. Por incrível que pareça, "sinto" tanto que não "penso" direito...rs A sua resenha não me surpreendeu pela qualidade, jamais, mas surpreendeu pelo efeito que causou em mim. A sua visão da história foi simplesmente perfeita, como se você tivesse acesso também aos meus rascunhos...rsr Muito obrigada por ter participado do book tour, por toda a divulgação que sempre fez e faz de Terra Ardente e, é claro, por essa resenha maravilhosa!

    Linda Paola, um beijão! ♥

    ResponderExcluir
  2. Ah, confesso que até o momento nunca havia visto nada sobre esse livro. Diferente de você a capa não chamou a minha atenção, porém a sua resenha me deixou super interessada, adoro livros que tenham ação, romance e bom humor. Sem dúvida irei inclui-lo na minha lista de desejados. Enfim, ótima resenha.

    Beijos&beijos
    Book is life

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela resenha Pah! Estou ansiosa para ler Terra Ardente! Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Nossa que resenha uau adoro historias assim só tem 284 paginas mais parece acontecer tanta coisa deve ter muita ação.

    ResponderExcluir
  5. Uau. Mais uma resenha sensacional! Agora esse livro vai pra minha lista de desejados...
    Nunca li algo com esse cenário. Tenho curiosidade - de tanto vc fzr propaganda. rsrs
    O mais legal ainda é ser Nacional!! \o/

    Pelo visto os personagens são apaixonantes!! *-*
    Querooo. =DD

    Beeijo.

    ResponderExcluir
  6. Nossa se eu não tivesse lido o livro e concordasse plenamente com tudo que disse....eu teria morrido de vontade de lê-lo. Realmente é tudo isso....\o/...bela resenha....\o/...beijokas elis
    http://amagiareal.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Continuo impressionado em saber que a autora é de Porto Alegre, rsrsrs
    Não tenho muita vontade de ler esse livro, até porque esse estilo/cenário/tema etc, não me chama tanta atenção, mas é sempre legal quando um livro nos impressiona, não é?
    Ainda bem que você se surpreendeu com ele!
    Bjão, Pah!

    ResponderExcluir
  8. Nossa me surpreendi e quero muito ler! Pelo que li da sua resenha me senti encantada pelo cenário... imagine então na hora da leitura? ;D

    Sempre com ótimas resenhas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. pela forma como vc esceveu dseu p percevber q vc gostou m,esmo hein?!
    Eu nunca tinha ouvido falar,mas gostei da cahnce de conhecer ainda mais sendo de uma autora nacional :))
    Vlw pela dica

    bju
    letracomasa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Ahh quando ele vai chegar em casa mesmo??
    Poxa, estou maluquinha pra ler, gêmea!
    Eu entendo completamente o que você diz sobre as expectativas, mas, ainda assim, as minhas estão lá em cima e duvido muito que eu me decepcione, nossos gostos pra leitura são parecidos e tenho certeza que a Janice fez um trabalho incrível com Terra Ardente!
    Mal posso esperar pra ler!
    E, pra variar, parabéns por sua resenha linda ^^
    Beijão!

    ResponderExcluir
  11. Olá, Páh!
    Também prefiro não ir mais com muita sede ao pote com relação as minhas estimativas de leitura. Concordo que quanto mais a gente cria expectativas em relação a um livro mais a gente acaba se decepcionando em algum ponto.
    Pelo que percebi, este livro é mesmo imperdível e muito bem escrito. Espero ter a oportunidade de ler algum dia e conferir de perto uma história densa e repleta de aventura digna de um bom faroeste.
    Adorei a sua resenha!!
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  12. ual, que resenha, e que livro heim?!
    Adorei, não sabia que era de um autor brazuca.
    Amei a história. lista super grande de livros desejados e você me apresentando mais um!!
    Beijokas enormes
    Brih
    Meu Livro Rosa Pink

    ResponderExcluir
  13. Mais uma vez você caprichou na resenha hein Pah? Nossa adorei, muito bem feita a resenha e também so despertou mais a nossa vontade de ler, mais por enquanto vai ficar só na vontade por que tá dificil pra mim comprar livro agora, mais eu amo livros de faroeste e to doida pra ler! Ainda mais por ser autora brasileira! acho chique.

    ResponderExcluir
  14. Oi Pah!!
    Este é o segundo blog que vejo este livro e a capa me encanta!
    Bem, só o título já da para sentir como é o livro, e depois de ler sua resenha fiquei super curiosa!! Eu gosto de livros assim!!
    Boa Dica!!
    Obah, sorteio!!
    Bjinhs
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Oi pah, deu pra ver que você gostou do livro por aqui e pelos seus tweets haha, só por essa vontade a gente fica querendo ler também, adorei *-*
    Autores nacionais se destacando cada vez mais, muito bom isso!
    Beijo
    Júlia
    www.saladacultural.blog.br

    ResponderExcluir
  16. Oi Pah quero muito ler esse livro..também sou fã dos romances de banca..tb estou participando do book tour desse 2°semestre..vamos aguardar!

    Beijos
    Amanda
    @leiturahot

    ResponderExcluir
  17. Uau Pah que 10 sua resenha, estou agora louco pra ler o livro, quem sabe eu levo o livro, já li tantas resenhas dele... ^^

    ResponderExcluir
  18. Eu adoro esse clima de faroeste, mais nunca li e nem vi um livro que usasse esse cenário.. isso já me deu uma vontade de ler.. Agora, sabendo que você gostou do livro, minha vontade de lê-lo aumentou mais ainda!! A capa é linda, e capas em atraem muito! HAHA.. E uma das coisas que aumentou a minha vontade depois de ler sua resenha é que ele tem bom humor, ação e romance, os meus livros favoritos tem essas características, e, por isso acho que ele vai entrar na minha lista de favoritos! HAHA..
    É, acho que esse livro deve ser muito bom, quero muito ler ele.. Aguardando o resultado da Promoção! =DD ..
    Beijoos Pah, acho vc linda viu!! HAHA .. ;D

    ResponderExcluir
  19. Oi Pah!
    A proposta desse livro me atraiu bastante, afinal é romântico e com cowboys! Nunca tinha visto um livro assim nacional. Quero ler muito ^^

    Beijos,
    Sora - Meu Jardim de Livros

    ResponderExcluir
  20. Eu simplesmente amei a capa desse livro. A história me lembra muito o velho oeste e isso me deixa muito mais empolgada pra ler. Tudo parece contribuir pra leitura, o ambiente apresentado pela autora, a forma de escrita e a pitada de romance.

    ResponderExcluir
  21. Nunca li nada no estilo faroeste, mas sua resenha me deixou super curiosa...adorei a história!! E que legal ser de autor nacional!

    Parabéns pela resenha esta sensacional!

    ResponderExcluir
  22. Acho essa capa muito charmosa, e tem tudo a ver com a história! Eu fico muito feliz em ver que cada vez mais os autores nacionais vem se destacando e ganhando mais espaço!
    A obra parece ótima e vou ler assim que possível!
    Bjos

    ResponderExcluir
  23. Adorei a capa, muito criativa...Amei a resenha..mal vejo a hora de adquirir o livro..\0/

    ResponderExcluir
  24. Adorei a resenha. Não sou muito que envolvam caubóis, porém, este livro deve ser incrível. Já vi muitas resenhas bem positivas sobre ele e estuo querendo l~e-lo em breve.

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. ja vi muitas resenhas e a sua me convenceu que esse livro nao é ruim
    apesar de sempre terem comentarios positivos sobre esse livro
    ele nao é beem o meu estilo

    ResponderExcluir
  26. Desde que ouvi falar de Terra Ardente, fiquei bem interessada para saber mais, porém sempre com o pé atrás ... mas depois do seu texto não tenho dúvidas. Terra Ardente vai passar na frente de outros livros. Quero muito ler! A capa é linda e a sinopse é atraente!

    ResponderExcluir
  27. Cada resenha que leio fico mais empolgada.

    Preciso desse livro URGENTE!

    @Tatymagnago

    ResponderExcluir
  28. Nossa. Resenha maravilhosa. Dá para sentir que você gostou muito do livro. Sou como você tenho um grande apreço pelos livros de faroeste. Amo. E, com certeza vou gostar deste.

    ResponderExcluir
  29. Parabéns pela resenha, nunca tinha visto nada sobre esse livro, mas depois dessa resenha fiquei com muita vontade de ler..

    ResponderExcluir