Fuxico de Vitrine: História da Moda

Oie meus queridos e queridas! Todos vão bem?
Há um mês e pouco, eu venho fazendo um curso de Confecção e Moda no Senai-Modatec em BH e estou tendo experiências incríveis por lá (por exemplo, ter a oportunidade de ver um pedacinho de uma palestra do único estilista brasileiro que faz Alta-Costura em Paris). Mês passado eu tive aulas de História da moda, e aprendi um pouco de cada período da história e seu vestuário; e é claro que agora quando vejo filmes, tenho um outro olhar sobre eles, fico tentando perceber se as roupas são pertinentes ao período proposto. O período e o país em que a pessoa viveu influenciou muito no que vestiu.
Então, eu senti a necessidade de compartilhar um pouquinho disso com vocês! Vou fazer uma pequena síntese dos períodos que eu mais gostei e indicar um filme. 

Egito Antigo

  • Uso generelizado do linho branco. 
  • Drapeados, transparências. 
  • Mudanças mínimas em um período de mais ou menos 3.000 anos/ estaticidade. 
  • Chanti = traje caracteístico masculino. Espécie de tanga presa por um cinto; Para os faraós era pregueado e engomado, às vezes bordado. 
  • Túnicas com mangas. Provavelmente eram costuradas nas laterais.
  •  Kalasíris = túnica longa usada por homens e mulheres; era semitransparente deixando ver por baixo o Chanti masculino. Feita por um pedaço de pano retangular, às vezes tecido numa só peça, presa aos ombros por alças e quando usado por mulheres produzia um efeito ajustado sob os seios.
  • Haik real = Túnica usada por cima de efeito plissado, transparente. 
  • Peitoral = larga gola adornada de jóias. 
  • Claft = pedaço de tecido amarrado sobre a cabeça com as laterais soltas. 
  • A fibra animal era considerada impura. 
  • Uso de perucas, barba de cerâmica, cones aromáticos, diversas coroas. 
  • Ampla joalheria e muita maquiagem. 
  • Sandálias para os dois sexos/também andavam descalços.
E o filme que eu indico pra vocês assistirem é Cleópatra, com a Elizabeth Taylor (Divaaa)

žCleópatra (Cleopatra, 1963) 
 Direção: Joseph L. Mankiewicz
 Gênero: Drama/Romance
 Origem: Estados Unidos/Reino Unido/Suíça
 Duração: 192 minutos












Renascimento
  • Casamentos levavam e traziam “inspirações para o vestuário”.
  • As classes intermediárias imitavam tanto quanto era possível o traje dos mais abastados e quando não esbarravam nas suas próprias limitações econômicas, deparavam-se com leis que os proibiam de usar roupas de determinadas cores, inclusive essa foi uma das reivindicações da Revolta dos Camponeses na Alemanha, pois eles almejavam usar roupas vermelhas como seus superiores. Os burgueses, por exemplo, não podiam usar fios de ouro e prata, estes eram reservados à nobreza e caso os burgueses usassem, deveriam pagar multas à monarquia.
  • Corselet pontudo, mangas acolchoadas, vestido com pouco movimento, farthingale – anquinha em formato de sino, rufo.
  • žFarthingale – anquinha em formato de sino, vestido dando pouco movimento, principalmente na parte de cima, mangas acolchoadas, rufos.
  • žParte de cima do vestido era rígido, decote quadrado, mangas “rasgadas” para se ver o forro, Tecidos pesados. 
  • Os vestidos pesavam 18 a 22 kilos.
  • Formas mais abertas e largas. 
  •  Movimentos estendidos aos limites do corpo. 
  • Cores fortes 
  • Golpeados 
  • Enchimentos para ampliar o volume dos corpos.
O meu interesse por esse período vem quase que exclusivamente das roupas de Elizabeth I. Vejam o filme e entendam!

Título original: (The Golden Age)
Lançamento: 2007 (França, Inglaterra)
Direção: Shekar Khapur
Atores: Jordi Mollá, John Shrapnel, Geoffrey Rush, Susan Lynch.
Duração: 114 min
Gênero: Drama









 Rococó
  • žMuito volume. 
  • žA arte estava em coerência com o momento histórico. 
  • žUsavam tons pastéis. 
  • žExagero de detalhes. 
  • žTecidos ricos e formas delicadas.
  • Os cabelos ou mesmo as perucas eram amarrados atrás da cabeça em rabo de cavalo. Estas, por sua vez, podiam ser de cabelos naturais, crina de bode ou de cavalo e também de fibras vegetais. Além de serem empoados (cabelos e/ou perucas) de cinza ou branco.
  • A moda feminina sob o reinado de Luís XV manteve o uso da maquiagem e dos pós nos cabelos; enquanto os volumes de suas roupas dificultavam o caminhar. A flor foi o grande ornamento, nunca tão usada como agora em vestidos e cabelos, tanto as naturais quanto as artificiais. Enquanto as saias dos vestidos estiveram bem volumosas, os corpetes dos mesmos ajustavam consideravelmente o busto e a cintura.
  • Sapatos delicados calçavam os pés femininos; e os cabelos minuciosamente elaborados e empoados compunham o conjunto ornando a face, uma vez que as mulheres usavam perucas.
  • Cotovelos e ombros são considerados indecentes para se expor.
"É o mais recente filme de Sofia Coppola que conta a história da jovem rainha da França do século XVIII, Maria Antonieta (Kirsten Dunst). O filme foi rodado no palácio de Versailles, o que não é muito comum, porém Sofia conseguiu a autorização do governo francês não só para filmar lá, mas também no salão de bailes, que estava em restauração até 2007. A rainha que inventava moda, volta à cena em livros e filmes em que o papel principal cabe, como sempre, a suas roupas e seus penteados."





Esse filme é muito legal! Apesar de contar um pouco da história de Maria Antonieta, tem uma trilha sonora atual, e  se você prestar atenção você vai ver um All Star durante o filme não pisquem! uahsuah'

Anos XX

  • Uma década de prosperidade e liberdade, animada pelo som das jazz-bands e pelo charme das melindrosas - mulheres modernas da época, que freqüentavam os salões e traduziam em seu comportamento e modo de vestir o espírito da também chamada Era do Jazz.
  • Os cosméticos transformaram-se em uma indústria principal. 
  • žO Glamour era agora uma tendência importante da forma, devido à influência da indústria cinematográfica e das estrelas de cinema famosas.
  • A silhueta dos anos 20 era tubular, com os vestidos mais curtos, leves e elegantes, geralmente em seda, deixando braços e costas à mostra, o que facilitava os movimentos frenéticos exigidos pelo Charleston - dança vigorosa, com movimentos para os lados a partir dos joelhos.
  • A década de 20 foi da estilista Coco Chanel, com seus cortes retos, capas, blazers, cardigans, colares compridos, boinas e cabelos curtos. Durante toda a década Chanel lançou uma nova moda após a outra, sempre com muito sucesso.

Título no Brasil: Coco Antes de Chanel
Título Original: Coco avant Chanel
País de Origem: França
Gênero: Drama
Classificação etária: 14 anos
Tempo de Duração: 110 minutos
Ano de Lançamento: 2009
Estréia no Brasil: 30/10/2009
Estúdio/Distrib.: Warner Home
Direção: Anne Fontaine






A Sugestão agora é Coco Avant Chanel, porque acho que é um filme que consegue mostrar os anos 10 que ainda tinha muita coisa da Belle époque, e também divinamente os anos 20.






Título original: (Midnight in Paris)
Lançamento: 2011 (EUA, Espanha)
Direção: Woody Allen
Atores: Owen Wilson, Rachel McAdams, Kurt Fuller, Mimi Kennedy.
Duração: 100 min
Gênero: Comédia Romântica





E Midnight in Paris, por que é Woody Allen minha gente o/ , e o filme também contempla os anos 20, e um pouco da Belle Époque.

Bom é isso pessoal, deve ter ficado um pouco cansativo, mas espero que gostem! 
ps: Todos as informações técnicas foram retiradas dos Slides das aulas pra Professora Cris ;*



8 comentários:

  1. Nossa Sah, que post de responsa eim.... Gostei muito, tá tudo muito bem explicado. Gostei das dicas de filmes tbm. Parabéns! o/

    Bjoks ^_^
    Suellen
    Bem pra Mente

    ResponderExcluir
  2. Concordo com as meninas assima, que super post, adorei, as dicas de filmas e roupas afins.
    Beijokas enormes
    Brih
    Meu Livro Rosa Pink

    ResponderExcluir
  3. Nossa, que interessante
    Essa experiencia deve ser bastante interessante para você
    E amei as dicas, não sabia e fiquei curiosa

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Amei o post, Sah!
    Seu curso deve estar sendo muito legal, além de que adorei ver mais sobre outros períodos da moda!
    Definitivamente eu adoro o estilo Melindrosa!!
    Quero muito ver os filmes que você citou, só vi Elizabeth!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  5. Amei o seu post,até pq tem tudo a ver com o meu blog!!!!
    Sabe quando eu vou ter uma palestra sobre Moda estudando Engenharia Mecânica?Só em sonho,rsrsrs
    Nem preciso falar que amo a Cleópatra,e que já pintei meu cabelo de preto pra ficar como ela e as grandes cantoras góticas.
    Já to te seguindo no twitter,sou a @RocktheCatwalks e te deixei um recadinho.
    PS:Não passe vontade,se quiser ficar ruiva,passe um natucor,que sai com 2 ou 3 lavagens ou um spray colorido que é como uma maquiagem,sai com uma lavagem só.
    Bjos e bom Carnaval.

    ResponderExcluir
  6. Oiii *-*
    Que bacana! Adorei o pooost! Não sabia que a "época" se camava Rococó, que legal! KKKK, acho que é uma das que mais gosto, principalmente pelos tons pastéis que eu amo *-* . Renascimento também acho incrível, com aqueles vestidões super pesados -como voc disse- devia ser o maior sofrimento.. DHAOSDIASE :P
    Anos 20, acho legal, mas nada que me chame muita a atenção xD

    Beijos, Nanda
    www.julguepelacapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Ai que post legal! *-*
    Sempre fui gostei por moda! Na vrdd já fui bem mais viciada (quando eu inventava desenhar oO ).
    Até hoje sou louca por vestidos de noiva *surta* rsrs. Tenho algumas Revistas...até do SPFW. Enfim...rsrs

    Não vi algum desses filmes... Mas vou dar uma procurada por aqui, ver se encontro.
    Amei saber as 'informações' de cada época.
    'História da moda' deve ser uma aula incrível!! *-*

    Beeijo

    ResponderExcluir
  8. Acho moda um assunto muitoo legal, muito interessante. Adorei o post, gosto de, quando estou estudando algo, conhecer toda a história daquele assunto...adorei o teu post, espero ver mais posts sobre suas aulas por aqui. Bjinhos.

    ResponderExcluir