maio 04, 2012

[Resenha] Em Chamas – Jogos Vorazes 2 – Suzanne Collins

Editora: Rocco
Páginas: 413
Sinopse: *SINOPSE COM SPOILERS!
NÃO LEIA SE AINDA NÃO LEU O 1º LIVRO DA TRILOGIA: JOGOS VORAZES* Mistura de
ficção científica com reality show, passando pela mitologia e pela filosofia,
Em chamas é o segundo volume da bem-sucedida trilogia iniciada com Jogos Vorazes,
mais novo fenômeno da literatura jovem dos últimos tempos. Com mais de quatro
milhões de exemplares vendidos apenas nos Estados Unidos e por 130 semanas na
lista dos mais vendidos do The New York Times, a trilogia assinada por Suzanne
Collins ganhará adaptação para o cinema, com estreia prevista para março de
2012. Depois de os Jogos Vorazes, competição entre jovens transmitida ao vivo
para todos os distritos de Panem, Katniss agora terá que enfrentar a represália
da Capital e decidir que caminho tomar quando descobre que suas atitudes nos
jogos incitaram rebeliões em alguns distritos. Dessa vez, além de lutar por sua
própria vida, terá que proteger seus amigos e familiares e, talvez, todo o povo
de Panem.
Young Adults
Skoob || Compre 
____________
Em Chamas é o segundo volume da
trilogia Jogos Vorazes
Resenha do primeiro volume
AQUI,
a magnitude do livro é tamanha que, me
dei conta que não seria capaz de escrever uma resenha que fizesse jus a
história sem revelar nenhum detalhe da mesma, por esse motivo, não vou me
estender comentando as minúcias da trama, evitando assim, os temidos spoilers, contudo, aviso que essa
resenha pode conter uma ou outra informação referente ao desfecho do primeiro volume da trilogia, por esse
motivo, aqueles que ainda não leram Jogos Vorazes devem pensar bem se querem ou
não ler esse post.

O pássaro, o broche, a canção, as
amoras, (…). Eu sou o tordo. O que sobreviveu apesar dos planos da Capital.

Em Chamas tem tudo o que uma
continuação precisa ter para cativar
completamente
um leitor, emoção,
raiva, amor, dor
, são tantas emoções presentes nas páginas desse livro que
é impossível descrever o que ele representa para quem o lê. O fato é que ele
aprofunda a história, nos levando por caminhos imprevisíveis, deixando a trama,
como um todo, ainda mais complexa e envolvente. Para ser mais direta, Jogos
Vorazes, o primeiro livro da trilogia, é incrível, bem escrito, apaixonante,
contudo, ele não nos permite conhecer a fundo os personagens centrais como
acontece no segundo livro da trilogia. É impossível terminar de ler Em Chamas
sem ter a impressão de que você conhece a fundo cada sentimento vivenciado e
narrado pelos personagens, suas dúvidas e medos estão mais claros e isso (tendo
em vista as características da personagem que narra a história) nos envolve de
uma forma inexplicável. Vocês sabem, nossa narradora, a Katniss, não é do tipo
que dá frente aos sentimentos, ela age com a razão, mas mesmo assim, mesmo
moldada pela sociedade da época, por suas perdas e sofrimentos, nem ela é capaz
de segurar a avalanche de emoções presentes na trama. 

Fujo do que não consigo
combater. Do que só pode me trazer danos. Só que dessa vez é o meu coração, e
não o meu corpo, que está se desintegrando.

O desfecho dos Jogos Vorazes deu uma
esperança a Katniss e até mesmo ao seu distrito, contudo, a força presente nas
atitudes dessa jovem a levou a um confronto de interesses mediado pela dominadora
Capital. Sendo assim, a questão central do livro é que, em uma sociedade
marcada pela dominação e soberania de alguns, para que as pessoas os respeitem
é preciso deixar claro o quão poderoso você é, e a Capital não medirá esforços
para fazer valer seu poder, independente das consequências de suas atitudes.
Vocês conseguem compreender a imensidão dessa batalha? O s jogos políticos e de
poder presentes na trama? Não tem como deixar de comentar a crítica social
presente na narrativa, que dessa vez não se limita a dispersão social criada
por um sistema capitalista, ela vai além, mostrando o outro lado da moeda,
demonstrando o quanto os “políticos” são capazes de colocar em risco em nome de
sua soberania absoluta. – Fato não muito distante da nossa realidade,
não é mesmo?

“A única coisa que consigo pensar
é nos corpos flácidos de nossas crianças em nossa mesa de cozinha, enquanto
minha mãe receita o que os pais não tem condições de dar a elas. Mais comida.
(…) E aqui na Capital eles vomitam pelo prazer de encher seus corpos ininterruptamente.
Não por causa de uma enfermidade do corpo ou da mente, nem por causa de alguma
comida estragada. É o que todo mundo faz numa festa. É o esperado. Faz parte da
diversão.”

Preciso falar também da surpresa
presente no livro. Até certo ponto, a trama caminha de uma forma direta e
imaginável, os conflitos apresentados já eram esperados, então, a autora
novamente nos surpreende, acrescentando ação
a história. Nesse momento tive uma explosão de sentimentos, raiva e frustração
para ser mais sincera, e é a partir desse ponto de a autora me convenceu
completamente de seu potencial. Junto com a ação, temos novos personagens,
muito apaixonantes por sinal, mais emoção e também, uma boa dose de romance. Para
aqueles que diziam que “Faltou romance em
Jogos Vorazes
”, afirmo que Em chamas
está abarrotado dele, mesmo esse não sendo o foco da narrativa.
Para concluir, só posso dizer que indico
demais o livro e que estou me segurando para ler A Esperança, parte final da trilogia, tenho certeza que vou me
emocionar um bocado com esse livro, afinal, o desfecho de Em Chamas é arrebatador, muita coisa está em jogo e diante de tanta
dor pela qual esses personagens passaram talvez, ainda haja uma fagulha de esperança.
 […] não estamos apenas
bonitos, estamos escuros e poderosos. Não, mais do que isso. Nós, os amantes
desafortunados do Distrito 12, que sofremos tanto e desfrutamos tão pouco as
recompensas de nossa vitóri
a, não estamos procurando os favores dos fãs, não estamos
agraciando-os com nossos sorrisos, ou recebendo seus beijos. Nós não queremos
perdão.
E eu adoro isso. Poder
finalmente ser eu mesma.

(Entrou para os favoritos)
Capas pelo mundo:
 

 

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

12 Comentários

  • caroline
    20 julho, 2013

    Essa série é muito boa!Recomendo e muito esse livro…é bem diferente do que eu estou acostumada a ler!
    Amo o Peeta!Adoro a Katniss.
    É uma pena que seja uma trilogia e não tenha continuação!

  • Rebeca Mercês
    25 novembro, 2012

    Eu concordo com voce, e eu amei o livro e adorei as capas.
    Mas bom, aqui onde eu moro nao tem ninguem que se interessa em jv, mas tem uma amiga minha que havia comprado os livros mas nao se interessou em ler, ai eu pedi emprestado, mas eu gostaria de ter o meu ner… mas so ano que vem infelizmente.
    Eu adorei e viciei facilmente (muito mesmo) na trilogia, e eu so achei que decepcionou um pouco A esperança, mas eu achei que pode ter mostrado a realidade que viveremos num futuro proximo…

  • LILIANE
    25 setembro, 2012

    Já li o primeiro, já reservei esse na biblioteca, é fascinante! Adorei.

    (Kauana Pletz)

  • Karolyne Oliveira
    21 maio, 2012

    Preciso muito desse livro, li "Jogos vorazes", vi o filme, e agora tô super ansiosa pelo vol 2. Eu fiquei deslumbrada com toda a história, tá nos meus preferidos, com toda a certeza.

  • Kazake
    15 maio, 2012

    A última capa é perfeita. Amei.
    Essa saga veio com tudo, estou sentindo.

  • Marco Antonio
    10 maio, 2012

    Boa noite Pah,

    Essa é uma série que eu quero muito ler, estou super curioso….abçs.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

  • Marcelo Lima
    06 maio, 2012

    eu amei tanto esse livro q não consegui resenhar !

  • @ Moda e Eu.
    05 maio, 2012

    Oii!
    S;o li a parte de cima por não ter lido o primeiro!
    :))
    Beijoca!

    Selene Blanchard
    Blanc – ModaeEu.blogspot.com – TEM PROMOÇÃO COM BlackBerry,e outras duas especiais.
    Espero sua visita!

  • Natália Maia
    05 maio, 2012

    Ai ai, Hunger Games! Esse livro realmente tem um final de tirar o folêgo. Lembro de terminar o livro e pensar que tinha que ler o próximo na hora, como se a história fosse real! UHSUAHS Essa série toda é maravilhosa ;D
    Natália Maia – viciadasemlivros.wordpress.com

  • Lendo e Comentando
    05 maio, 2012

    Oi, Pah!

    Em Chamas também é um dos meus livros favoritos! <3 Não li "A Esperança" até hoje por medo, hehe. Tanta gente se decepcionou. : Espero curtir quando ler. Chato quando o último livro de uma série nos decepciona, né? 🙁 Eu fiquei completamente fascinada pela arena desse livro! Achei genial!!

    Beijos,
    Amanda — Lendo & Comentando
    ^_^

  • Aione Simoes
    Aione Simoes
    04 maio, 2012

    Oi Pah!
    Eu confesso que gostei mais de JV do que de Em Chamas, acho que porque achei o livro meio parado até a metade, diferente do primeiro que me deixou sem ar por todo o enredo.
    Mas, de fato, em Em Chamas temos um aprofundamentos no interior das personagens e Suzanne mostra todo seu potencial! Até sei o momento em que você diz que "explodiu", porque na hora lembrei da cena, com a Katniss tendo seu surto de emoção, também!
    Enfim, espero poder ler logo A Esperança, porque há meses estou curiosa pelo desfecho! E, pelo que já vi por ai, prepare as lágrimas, gêmea!
    Beijão!

  • Rafaela Lopes
    04 maio, 2012

    Ei Pah, esse é o meu livro favorito da trilogia, apesar de que a Katniss caiu um pouco no meu conceito nesse livro, fiquei me perguntando: Cadê aquela Katniss inteligente que sacava tudo (ou quase tudo, porque como é que ela não sacou o amor do Peeta logo de cara né? Pelo menos eu saquei) , tipo dos planos do Haymitch, poucos ela entendeu, ou só foi entender quando a cousa já estava pra lá de precária pro lado dela. Enfim, mas pelo romance ainda é o meu favorito, sem falar que somos apresentados ao Finnick que eu amo amo e amo. *-*