agosto 29, 2012

[Resenha] O Circo da Noite – Erin Morgenstern

Sinopse: Sob suas
tendas listradas de preto e branco uma experiência única está prestes a ser
revelada: um banquete para os sentidos, um lugar no qual é possível se perder
em um Labirinto de Nuvens, vagar por um exuberante Jardim de Gelo, assistir
maravilhado a uma contorcionista tatuada se dobrar até caber em uma pequena
caixa de vidro ou deixar-se envolver pelos deliciosos aromas de caramelo e
canela que pairam no ar. Por trás de todos os truques e encantos, porém, uma
feroz competição está em andamento. À medida que o circo viaja pelo mundo, as
façanhas de magia ganham novos e fantásticos contornos. Mas o jogo tem que
continuar e o destino de todos os envolvidos, do extraordinário elenco circense
à plateia está, assim como os acrobatas acima deles, na corda bamba.
365 Páginas || Editora Intrínseca || Skoob || Compare
& Compre
 || Resenha da Sabrina Castro


O Circo
da Noite foi um livro que me fez ter uma relação de Amor & Ódio com ele. O
universo do circo, apesar de não ser um fascínio para muitos, é totalmente
diferente de qualquer história que se conheça acerca dos picadeiros. Não há
palhaços e malabaristas como protagonistas, mas um casal de ilusionistas que
foram preparados desde a infância para um duelo desconhecido e repleto de
magia. Celia, que nasceu com o dom de manipular a matéria de uma forma
inacreditável. E Marco, que desenvolveu suas habilidades através dos livros e
de seu tutor, Alexander.
O clima
de suspense incita a curiosidade. Porém, Erin exagerou. Achei que as coisas
demoram um pouquinho para acontecer e a ansiedade para que a história se
desenrole é tanta, que faz com você queria ler mais e mais. Chega a ser um
pouco frustrante. Além disso, o foco não se concentra apenas em Celia e Marco.
Temos outras personagens que ganham destaque tanto quanto os mocinhos, fato que
me fez pensar que o livro tem bem mais que dois protagonistas.
A
escrita de Erin é mágica, riquíssima e de uma qualidade impressionante. Os
diálogos não são maçantes, mas incomoda um pouco quando você está lendo a
conversa de crianças. É até compreensível o linguajar, uma vez que a época em
que se passa a história ocorre entre os anos de 1873 e 1902. Outro detalhe: É
de extrema importância estar concentrado durante a leitura, pois a cada
capítulo há variações de tempo e, hora você está em 1874, hora você está em
1901. Se não estiver atento, pode parecer tudo muito confuso.
O que
me fez amar o livro foi esse ar de magia que paira em toda a história, essa
coisa que muitos julgam ser “irreal”, mas que existe de fato e boa parte do
circo é movida por essa força sobrenatural; a fogueira que nunca se apaga, as
tendas especiais criadas por Célia e Marco, o aparecimento repentino do circo e
etc.
(…) Abre o guarda-chuva com alguma dificuldade, e quando posiciona o canopi
de seda negra sobre a cabeça, ela e o guarda-chuva desaparecem, deixando apenas
gotas de água caindo no pavimento vazio. Pág. 155
O que
me fez odiar o livro está relacionado com a demora que citei anteriormente e o
fato de que o romance é muito superficial, embora se leia que as personagens
estão perdidamente apaixonadas. Esse amor não me convenceu. Há cenas lindas,
sim, de fato, mas como amante dos romances e de grandes histórias de amor, não
achei grande coisa. Encantei-me mais com a escrita e a originalidade da autora
em retratar o circo de uma maneira tão peculiar e inovadora.
(…) Olhe ao redor. Ninguém aqui tem a menor noção das coisas que são
possíveis nesse mundo e o pior é que ninguém prestaria atenção se você tentasse
elucidá-las. As pessoas preferem acreditar que magia é apenas uma ilusão
inteligente, porque achar que é algo real não as deixaria dormir à noite, de
medo da própria existência. Pág. 359
A
diagramação do livro é impecável, a revisão de texto é excelente e a história diferente
de tudo que já li. É uma leitura super recomendada e que, apesar de pequenos
detalhes que não me agradaram, eu dou cinco estrelas. Sem querer ser
repetitiva, volto a dizer que o texto é belíssimo. Fico maravilhada quando leio
um livro com o vocabulário fantástico.
Espero
que vocês gostem da história, é um tema bem incomum, mas não se deixe levar
pelas falsas aparências. O fato de o livro intitular-se O Circo da Noite, não
significa que ele é o tipo de circo que estamos acostumados a ver. Não. Ele é
simplesmente fantástico.
Capas pelo mundo:

  

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

15 Comentários

  • Gustavo Roberto
    23 setembro, 2014

    Resenhei este livro do meu blog dêem uma olhadinha 😉 http://paradoxorefletido.blogspot.com.br/2014/09/resenha-3-o-circo-da-noite-de-erin.html

  • Carolina Durães
    31 agosto, 2012

    Nossa, eu ainda não li esse livro, mas está na minha listinha de desejados.
    Adorei a sua resenha.
    Beijos

  • sylviacheleiro
    30 agosto, 2012

    Nunca me decepcionei as vezes que li livros sobre circo. Já li 'Salto Mortal'- Marion Zimmer Bradley (sim, ela já escreveu livro sobre esse assunto) e eu amei quando o li, é um dos meus favoritos. E tbm li 'Agua para elefantes' que tbm é muito bom.
    esse ainda não li mas está na minha lista de desejados.
    Espero que seja tão bom qto os outros.
    bjs.

  • Sabrina
    30 agosto, 2012

    Wow a sinopse me deu vontade de ler… sua resenha me deu DESEJO de ler Now! uahsuah' já coloquei na minha lista de leitura.
    Bjs

  • Preto no Branco
    30 agosto, 2012

    Oii, nunca li esse livro e confesso que não despertou meu interessa apesar da boa resenha!
    Nossa é capa é a mais linda na minha opinião haha o/
    Beijos, tô seguindo :**

  • Camila Fernandes
    30 agosto, 2012

    Oi!
    Nunca li um livro sobre circo, ou que o circo fosse cenário. Parece ser bem interessante. Eu também gosto muito de romances, tenho interesse em ler esse livro um dia.
    Beijinhos!

    Camila.
    loucuradelivros.blogspot.com.br

  • Raquel Machado
    30 agosto, 2012

    Oi flor,
    Gostei da resenha viu mesmo porem infelizmente esse e um dos livros que não estão na minha lista de favoritos talvez por ele ter todo esse ar de fantasia e tal e o romance ser fraquinho não e um dos meus mais desejados já que sou uma romantica assumida.
    Bjsss
    Raquel Machado
    Leitura Kriaiva

  • Aione Simoes
    Aione Simoes
    29 agosto, 2012

    Oi Sa!
    Esse livro é mágico mesmo! Eu me encantei por ele, como você, e só discordo em um ponto: eu consegui me envolver no romance, então não o achei superficial. Acho que as belas cenas me convenceram 🙂
    A leitura é mesmo lenta, mas acho que não poderia ser diferente. Se for feita rapidamente, a gente pode perder muita da mágica dele, né?
    Achei importante você ressaltar as datas, elas são primordiais na leitura!!
    Beijão!

  • Sofia
    29 agosto, 2012

    Esse é um livro que parece que quase todo mundo adora! Parece conter uma história linda!
    Capa super bonita!

    Beijos
    Lendo de Tudo

  • Jessinha Cruz
    29 agosto, 2012

    Esse livro já existe aqui em Portugal mas se chama O Circo dos Sonhos e a capa é bem bonita (fiquei tristinha por ela não aparecer aí). Fiquei curiosa devido à resenha e fiquei com vontade de ler 🙂
    Love, Fofocas Literárias

  • Karina B.
    29 agosto, 2012

    Quando esse livro foi lançado eu fiquei com muita vontade de ler, mas ai, eu li umas críticas sobre ele que me desanimaram completamente da leitura. :/
    Mas, lendo a resenha, eu fiquei curiosa com todo o suspense e a magia que esse livro tem. 🙂
    Já me deu novamente vontade de ler ele, quem sabe dessa vez eu leio e decido por mim mesmo se é bom ou não. 😀

    Adorei a resenha! 🙂
    Bjus

  • Marina
    29 agosto, 2012

    Faz tanto tempo que não ouço falar nesse livro! Tem um título interessante.
    Adoro livros que deixam uma relação de amor e odio!
    Beijos

  • Sammy
    29 agosto, 2012

    Oi Pah! E não é que suas palavras me deixaram ainda mais ansiosa para conhecer O Circo da Noite! Creio que apesar desses pequenos pontos negativos, acho que vai ser uma leitura inesquecível, envolvente e cheia de surpresas, posso até imaginar essa magia ao ler sua resenha =D e não vejo a hora de ler o livro!

    Bjs

    Da Imaginação a Escrita

  • leitura hot
    29 agosto, 2012

    Que lindo Pah!
    Quando eu era mais nova sempre ia ao circo e lá, tinha sempre aquela mágia gostosa, até hoje quando vejo algum filme tenho saudades do ambiente…a leitura deve ser muito boa pelo ar de mistério e claro retratar a essência do circo, pena que o romance é superficial, geralmente eu prezo narrativas em que o foco é o romance, o restante são atributos que vem para melhorar.

    Quanto aos livros que leio, são em e-book, meu inglês é terrível até tentei ler em inglês mas perco logo a paciência, o bom é que tem muitas traduções ótimas, agora depende muito do grupo de revisão.

    Beijos
    Amanda
    leiturahot.blogspot.com

  • Lili
    29 agosto, 2012

    Acho que nossa capa é a mais bonita. Eu simplesmente AMEI esse livro. Exatamente como disseste, ele é diferente da maioria das coisas que lemos. E o circo nos envolve.
    Quanto ao romance, concordo que é um romance diferente, não sei se há pouco amor/pouco convencimento. Acho que apenas eles se apaixonam por alguém que não é real no início, eles amam a ideia de alguém (ao menos Celia) e isso torna o amor diferente.

    Agora com certeza, o melhor do livro não está no romance, mas no circo.

    liliescreve.blogspot.com