Sem categoria
janeiro 11, 2013

[Fuxico] Enganada por uma capa #3

Olá galera, tudo bem? O post de hoje é
especial para os leitores, que assim como eu, são apaixonados por capas de
livros.
Qual leitor não se deixar influenciar, pelo
menos inicialmente, ao deparar-se com uma bela capa? É fato que “quem vê capa, não vê conteúdo”, mas muitas
vezes é quase impossível resistir ao
encanto de determinadas imagens. Sendo assim, é obvio que a primeira opinião
que desenvolvemos de um livro está diretamente ligada a capa do mesmo, de forma
que muitas vezes o conjunto de imagens utilizado se torna parte do livro. E aí, quando nos deparamos com uma mesma arte visual sendo utilizada em diversos
livros, como ficamos? Irritados? Indignados? Confusos? Eu já fui enganada por
algumas dessas capas, imaginando que elas eram edições diversas de uma mesma
obra, por isso compartilho meus achados (e enganos) com vocês.
Como de costume, temos aqui capas
portuguesas, americanas e brasileiras com imagens semelhantes. E vale lembrar
que essa coluna não tem a intenção de julgar as editoras envolvidas. O trabalho
de produção de uma capa pode seguir três linhas: comprar os direitos autorais da capa original, produzir uma nova capa
com imagem própria ou comprar uma figura em um banco de dados virtual para
trabalhar em uma nova capa para o livro.
Sendo assim, podem sim ocorrer
coincidências entre as imagens provenientes dos bancos de dados do tipo online,
fato que não desmerece o trabalho editorial de um livro. (Ps. Eu sempre repito
isso nos posts dessa coluna para evitar julgamentos premeditados).
Aqueles que acompanham sites literários do
exterior sabem que o romance “
On Dublin Street
é um dos fenômenos editorias do momento. Procurando mais sobre o romance (que
entrou para a minha meta de leitura do ano, por sinal), percebi que ao olhar
para a capa imediatamente o considerei um romance sobrenatural, característica
que não está, de nenhuma forma, relacionada com o contexto abordado nesse
livro. Mas sabe por que eu julguei mal a capa? Porque já tinha visto essa
imagem antes em um livro de vampiros da J.R.Ward. Reparem no fundo da capa do
livro ‘Desejo’, lançado pela editora Universo dos Livros, não estamos falando
da mesma foto? E não para por aí, em Portugal a autora de romances sobrenaturais,
Sherrilyn Kenyon, ganhou uma capa com a mesma imagem. Vai, dá pra se enganar
com essas semelhanças não é mesmo?

 

Continuando na onda dos sobrenaturais
encontrei duas capas semelhantes que chamaram a minha atenção. Tais séries são
publicadas por aqui pela editora Universo dos Livros, e quem as conhece sabe da
semelhança de escrita que essas grandes autoras compartilham. Mas além da paridade
na narrativa até as capas seguem linhas parecidas! Ao que tudo indica tanto a
editora nacional, quanto a internacional adquiriram a imagem utilizada nas
obras em bancos de dados online. Talvez a busca tenha sido guiada por algo como
“vampiros com pegada”. O que vocês acham?

 

Minha primeira reação ao olhar para as capas
que seguem foi: Sim, esses são os mesmos
livros
! Isso até eu verificar o nome da obra e da autora. Não tem como
negar, é a mesma imagem em livros diferentes. Pelo menos a edição americana é
mais rica, perto dela, a capa portuguesa ficou no chinelo, não concordam?
 
Agora uma velha conhecida dos leitores dessa
coluna. No primeiro post da mesma (
AQUI),
eu já havia mostrado capas com essa mesma imagem, mas elas não param de surgir,
e agora, finalmente com a foto base utilizada para a ilustração do livro ‘A
vidente’ (e de tantos outros livros por aí). Sou suspeita para falar, afinal
gosto muito dessa imagem, entretanto, cansei de vê-la em livros de época.

 
Por fim, mais uma figurinha repetida, no
último post da coluna (AQUI)
você já viu essa imagem, e agora ela voltou para nos mostrar o quanto as
editoras nacionais estão sem opção de fotos-base para utilizar em suas capas.
Olhe bem e me responda, onde foi que você viu essa imagem da capa do livro ‘O
lugar da Felicidade’? Sim, isso mesmo na capa nacional do livro PS. Eu te amo,
que por sinal, é a mesma que o livro
From this moment on”. O que dizer? Criatividade
cadê você minha linda!

  

Acredito que deu para se confundir com
algumas dessas capas, não é mesmo? Outras não são tão parecidas, mas de fato, é
sempre perceptível a semelhança. Espero que tenham gostado!
Ps. Se vocês tiverem capas para sugerir é só
me mandar o link via pelo formulário de contato do blog 😉
Beijos, 

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

19 Comentários

  • Stephanie Antunes
    18 janeiro, 2013

    achei que a da Hannah Howell é um pouco diferente (o detalhe do cabelo), mas já vi em algum blog uma capa igual a da vidente…
    Agora a surpresa que eu nunca tinha visto ou pensado era a capa do Wrath(IAN) com a do Rio(Midnight Breed) era a mesma imagem…
    Choquei…
    Ambos são ótimos livros, mas as capas realmente fiquei de boca aberta… pelo menos a Universo dos Livros não está mantendo as capas americanas da MB… =)(Tem alguns que eu prefiro as americanas)
    E quem não gosta de um livro com capas lindas??!

    minhasegundaface.blogspot.com

  • VANESSAANGELQ
    15 janeiro, 2013

    Nossa que post maravilhoso!
    Parabéns!
    Bom acontece,principalmente por falta de criatividade em alguns casos,na realidade nada se perde,tudo se copia,é lamentável a falta de criatividade e a cara de pau em alguns casos,mas infelizmente acontece e não apenas no mundo dos livros,mas nos filmes,séries e vida real,porque não?

  • Karina B.
    14 janeiro, 2013

    Oii Pah 🙂
    Eu não sei o que pensar quando vejo isso, acho que fico um pouco chateada =/
    Principalmente quando são livros que nos gostamos tanto, ai aparece uma capa igual à dele?!
    Eu acredito que coincidências acontecem, mas…

    Adorei o post 😀
    Bjs

  • Mirelle Candeloro
    14 janeiro, 2013

    Minha nossa do céu, to chocada!!
    Ok, sei que mtas vezes compramos ou deixamos de comprar o livro pela capa. Isso é normal, o apelo visual das capas é mto forte e nos fascina, ou nos repele, e só depois, ao lermos o livro, é que a ficha cairá e nós nos decepcionaremos ou nos surpreenderemos com o conteúdo positivo do mesmo.
    Agora, capas iguais para livros diferentes, juro, isso não sabia. Com certeza tb me sentiria enganada e tb faria as mesmas associações que vc fez, achando se tratar do mesmo livro porém de uma outra edição.
    Olha o cúmulo da ingenuidade da criatura aqui. Jurava que qdo uma editora lançasse o livro, ou ela usaria a capa original do mesmo ou faria uma capa exclusiva pra ele. Ficava imaginando as cessões de fotos dos casais, a escolha dos medos que melhor condiz com os personagens, blablabla. Não podia estar me sentindo mais enganada como estou agora.
    Por isso que vejos mtas capas q em nada tem a ver com a história. Me pergunto: "Poxa, a personagem tem cabelos pretos e a menina da capa é ruiva, pq eles fizeram isso?". Agora sei: banco de imagens.
    Aff viu!!
    Adorei o post.
    Bjs,
    Mi

    http://www.recantodami.com

  • Anônimo
    14 janeiro, 2013

    Com tantas imagens e designers pelo mundo tem que utilzar imagens de outros livros, criatividade!?
    http://leituramagnifica.blogspot.com.br/

  • Lindsay
    13 janeiro, 2013

    Oi Pah,

    Nossa, muito legal esse post! Que interessante a "coincidência"
    das capas, heim?
    Mesmo assim, são imagens lindas e merecem ser compartilhadas se
    tem haver com o enredo dos livros.
    Por outro lado, também acho uma pena a falta de originalidade dos
    capistas, as editoras deveriam ficar mais atentas a esse detalhe
    tão importante!
    Beijos

  • Lili
    13 janeiro, 2013

    Gente, me dá um chacoalhão!!
    Comecei a ler o post e pensando 'estou tendo um deja vü', a Pah já escreveu sobre isso. E aí eu respirei e vi que não estava acordada o suficiente, porque eu realmente já tinha lido algumas vezes e essa era a terceira vez que postavas sobre o assunto.

    Como diriam os manezinhos 'tô tola'.

    Enfim, acho muita falta de criatividade MESMO!!!
    Quando são de países diferentes, ok. Mas custa dar uma buscada nas capas do país?

    Aliás, acho que essa capa de P.S. Eu te amo não combina em anda com o conteúdo do livro (só porque é de amor?).

    Eu acho que se não querem investir em algo bom! Façam a capa lisa com o título mesmo. Eu prefiro.

    liliescreve.blogspot.com

  • Anônimo
    12 janeiro, 2013

    Oie Pah. Eu sou dona de gostar da capa e depois ver que história é. E algo que compartilho contigo é o uso de uma mesma imagem em vários livros…por favor…criatividade urgente para esse povo. Ver uma mesma foto em vários livros me desanima em ler eles…

  • Izabella Musa
    12 janeiro, 2013

    Oi!

    Muito bom essa coluna do blog. Normalmente estamos tão rodeados de livros que certas coisas nos passam despercebidas.
    Sem julgamento também, acho que as editoras deveriam se comprometer mais para evitar isso. Lendo esse post a única coisa que me passou é que as editoras andam sem criatividade alguma.
    Talvez pela pressa em lançar algo novo. O que mais deve ser isso?

    Bom, muito bom esse post, parabéns! E nos mantenha informados sempre se puder dessas "conhecidências"! Bjão

    http://bellaletra.blogspot.com.br/

  • Illyana
    12 janeiro, 2013

    Oi, Paola!
    Bom dia ^~

    Sim, alguns dos casos mostrados por você no post de hoje nesta coluna eu já tinha visto e sinceramente, me chateado bastante ¬¬

    Longe de ser meras coincidências, isso para mim vai de irresponsabilidade a falta de profissionalismo – principalmente quando se vê que muitos dos casos originam-se na mesma Editora: os profissionais não recorrem ao banco de dados dos livros/edições já lançados pela casa não? Pois deveriam.

    Na verdade, é meramente nos tratar como se fossemos um bando de idiotas sem cérebro suficiente para reconhecer capas que são lançadas e relançadas vezes sem conta.

    Tem um caso – não sei se você já o viu também – que me deixou muito louca de raiva, afinal trata-se de uma das histórias mais bam-bam-bam do mercado editorial nos últimos anos… Já reparou que a capa de O Coração dos Heróis (David Maluf, 2011) é a mesma de Guerra dos Tronos (vol 01 da saga Crônicas de Fogo e Gelo, 2010)tirando apenas alguns detalhes?

    Novamente, o que não deve nos espantar é o fato de ambos os livros serem da mesma Editora: a Leya.

    O que deve MESMO nos impressionar é como uma capa com arte toda manchada e suja como é o caso de O Coração dos Heróis teve prova final aceita e posta à venda nestas condições, isso sim.

    Abraços, Paola o/

    Illy

    Illyana HimuraWakai
    illyana.himura@gmail.com
    @IllychanHimuraW
    http://www.facebook.com/illychan.himurawakai
    http://www.entropiacomic.com.br/
    http://www.fanfiction.net/u/554504/Illy_chan_H_Wakai

  • Planet Pink
    12 janeiro, 2013

    Oi Pah!!
    Mesmo sabendo que todos podem utilizar da mesma imagem paga dum banco de dados, é sempre chato encontrar livros com capas parecidas.
    Não gosto dessa capa de Ps.: Eu te amo, com Gerry sempre será melhor <3 esse outro livro com a mesma imagem, me lembra A Promessa.

    Beijos!

  • Clara Beatriz
    12 janeiro, 2013

    Pensei que o post se tratava de um livro que você pensou que era algo pela capa, mas era outra coisa em relação ao seu conteúdo. Bem interessante o post! Ah, dava pras editoras trabalharem mais…
    maravilhosomundodetinta.blogspot.com.br

  • Aline T.K.M.
    11 janeiro, 2013

    Acho meio chato encontrar capas iguais por aí, principalmente se for em edições de um mesmo país. Mas é o risco ao usar fotos de banco de imagens né… Gosto mais (e quem não gosta hehe?) de capas ilustradas especialmente para a obra, dá mais identidade para o livro.

    bjão
    Livro Lab

  • Thais Rory
    11 janeiro, 2013

    Oi!!!
    Adorei esse post, muitas capas repetidas mesmo!!!
    Eu reparo muito pouco, então alguém precisa me dar um toque mesmo!!!
    Só um toque: Fallen Angels da JR Ward não é sobre vampiros e sim sobre anjos e demônios!!

    Bjos

  • Rayme
    11 janeiro, 2013

    as vezes me deparo com essas capas parecidas mesmo, principalmente em sites estrangeiros… acabo pensando que é o mesmo livro que aqui no brasil, mas depois reparo que não é 🙁
    uma vez comprei um livro pela capa pensando que era um livro que eu queria, quando comecei a ler foi a maior desilusão né ;~~

  • ✿Nessa✿
    11 janeiro, 2013

    Oi Pah!
    Eu não sei dizer o certo o que eu senti, mas acho isso uma falta de criatividade, cada livro deveria ter a sua capa e com suas pecualiaridades, cv não acha?
    Muito do que vemos na capa encontramos na história, eu presto muita atenção nisso*
    Lembra que eu havia comentado sobra o P.S eu te amo com vc e o livro da Bella Andre? Estes dias eu estava na saraiva e vi este outro livro e eu fiquei indignada.

    Adorei o post!

    Bjinhs*
    http://diariodeincentivoaleitura.blogspot.com.br/2013/01/resenha-desafio-fuxicando-sobre-chick.html

  • Aione Simoes
    Aione Simoes
    11 janeiro, 2013

    Gêmea, adoro essa coluna porque adoro ver as capas por ai!
    Achei mega interessante você ter pensado em On Dublin Street como num sobrenatural por causa do livro da J.R! E ri demais com o tema de busca "Vampiros Com Pegada".
    Realmente, é muito comum que isso aconteça, mas acho que as editoras de um mesmo país devem sim tomar cuidado com as imagens escolhidas pras capas, principalmente se são de lançamentos da mesma época. Não é questão de ser ou não um problema, nem ao menos de desmerecer o trabalho das editoras, mas é mais pelo fato da associação que ocorre entre as imagens e os livros. Essa capa de O Lugar da Felicidade, pra mim, foi infeliz, porque eu associo diretamente com P.S. Eu Te Amo…Não me lembro qual dos dois foi lançado primeiro, mas acho que P.S. Eu Te Amo veio primeiro. Ai, acaba sendo pior pra editora que lançou depois (ou não né, vai que quem gostou de P.S. Eu Te Amo acaba querendo ler o outro só pro isso haha)
    Enfim, beijos, gêmea!

  • Carolina Moreira
    11 janeiro, 2013

    hahahahaha nossa, eu seria enganada muito fácil com essas capas. E a capa de O lugar da felicidade é lindíssima, mais linda ainda do que P.S. Eu te amo.
    Adorei o post, achei muito interessante. Achei engraçado as imagens iguaizinhas nas capas, nuca tinha percebido isso em nenhum livro. Achei um pouco de falta de criatividade, mas em alguns livros até que a mesma imagem ficou bonita…

    Beijos

  • Anônimo
    11 janeiro, 2013

    Isso é a coisa mais normal do mundo e não é novidade nenhuma. Há tb repetição entre capas alemãs e inglesas com americanas, argentinas, espanholas, não apenas portuguesas ou brasileiras. E nem é de hoje. Não vejo qual é o problema sinceramente.