janeiro 16, 2013

[Resenha] Easy – Tammara Webber

Após seguir seu namorado para a faculdade que ele tinha
escolhido, a última coisa que Jacqueline esperava era o término do
relacionamento. Após duas semanas em choque, ela acorda com uma nova realidade:
ela está solteira, cursando uma faculdade ao invés de um conservatório de
música, ignorada pelo antigo grupo de amigos, sendo perseguida por um amigo do
ex-namorado e se dando mal numa matéria pela primeira vez na vida. Após quase ser
vitima de estupro, ela olha com outros olhos o colega de classe Lucas que a
salvou e sempre foi tímido e nunca falou com ela. Ao mesmo tempo ela deve
conseguir melhorar suas notas com o novo relacionamento com o tutor de sua
classe de economia que logo vira algo mais do que uma relação acadêmica. (Tradução
livre,
fonte).


New Adult || 316 Páginas
||
Editora CreateSpace || Skoob ||  Amazon
||
Classificação: 5/5 (Favorito)
Não é novidade
que o gênero ‘New Adult’ está fazendo
muito sucesso no mundo literário, alcançando um grupo de leitores que já não se
contenta (apenas) com os romances juvenis, mas que também pode não estar preparado para histórias essencialmente adultas.
Abordando o contexto universitário, suas festas e laços de amizade; colocando
em pauta temas polêmicos como consumo de drogas e sexo; e utilizando linguagem jovial,
esse tipo de livro caiu na graça do público adulto
que procura por histórias mais intensas e que se assemelhem com suas
experiências de vida. Nos Estados Unidos o gênero está em ascensão, e por aqui
já temos várias obras dessa categoria ganhando popularidade, como o livro
Belo
Desastre
, por exemplo, que angariou fãs no
Brasil todo e que, mesmo indiretamente, me levou a ansiar pela leitura do livro
Easy, e não porque existem
semelhanças entre as histórias, mas sim, porque ambas prometiam envolver
completamente seus leitores, e se a primeira conseguiu, quais seriam as chances
disso não ocorrer com a leitura de Easy?

‘Amor não é a ausência de lógica mas a lógica examinada e
recalculada
aquecida e curvada para caber dentro dos contornos do
coração’
Para o meu
deleite, logo de início mergulhei no turbilhão de emoções narradas. A autora
escreve de uma forma fluída e quando menos esperamos estamos totalmente
conectados aos personagens centrais da trama. São tantos sentimentos contraditórios,
tantas perdas, medos e traumas, que não é possível manter-se alheio a história,
é quase contraditório não nos emocionarmos com as dificuldades centrais da
obra, e mais, é impossível desvencilhar-se da angustia que paira sobre o leitor
que se dá conta de que a obra vai além da ficção, retratando sobre estupro, e
não só quando o ato parte de estranhos, psicopatas sociais que escolhem suas vítimas
ao acaso, mas sim, daqueles casos que
ocorrem com pessoas que estão próximas da vítima, conhecidos, parentes, amigos.

A história
gira em torno da Jacqueline, jovem que saiu do ensino médio seguindo seu
namorado até a faculdade que ele escolheu, optando por aulas que ‘poderiam’ não
acrescentar muito em sua carreira musical. Mas
por amor, vale tudo
, ou pelo menos é o que ela pensava até seu namorado
terminar com ela, e com o relacionamento de três anos deles. Devastada, ela
precisa se reencontrar, superar esse relacionamento e lutar por tudo que deixou
de lado por ele, e pelo bem do namoro deles. E é nesse momento, de fragilidade
e confusão, que ela sofre uma tentativa de abuso sexual e encontra o homem que
vai mudar sua vida de cabeça para baixo.
“Três anos se passaram desde que eu tinha deixado de ser Jacqueline, e eu
lutava diariamente para recuperar a parte original de mim mesma que eu deixei de
lado por ele. Não era a única coisa da qual eu tinha desistido, ou a mais
importante. Era apenas a única que eu poderia recuperar.” 


Entre os
conflitos internos vivenciados pela personagem principal surge um romance de
tirar o fôlego. Improvável e ao mesmo tempo previsível. Contraditório? Sim, da
mesma forma que o livro todo. Temos aqui um personagem masculino que emana
contrariedade. Em todos os romances desse gênero que li, são os
bad boys que arrancam suspiros das
leitoras, e não é incomum livros que abusam de personagens masculinos
‘malvados’ feitos para ganhar nossos corações. Contudo, em Easy as coisas são
diferentes, o mocinho já teve sua fase difícil, anos que deixaram marcas tanto
físicas quanto espirituais, e criaram traumas e medos que ele provavelmente
carregará por toda vida, e exatamente por isso, passou a se esforçar para ser
diferente, para ser digno de um bom futuro, de uma boa vida. Como não se
apaixonar por um homem assim? Intenso, preocupado, centrado,
vulnerável… Um dos meus mocinhos
preferidos de todos os tempos, se me permitem a tietagem.
Além de
personagens envolventes e de uma abordagem intensa sobre temas polêmicos, lemos
sobre fortes laços de amizade (do tipo verdadeiro, compreensível, parceiro) e
sobre o crescimento pessoal que o término de um relacionamento pode acarretar. Sem
mencionar os problemas familiares que são salientados e a estrutura própria das
universidades dos Estados Unidos. Mas tudo isso fica de lado perto da narrativa
da autora, que envolve, emociona, aflige, cativa. Saliento sobre a troca de
e-mails e mensagens de celular descritas ao decorrer da trama, ponto alto que
sem dúvida, envolve ainda mais o público alvo da autora. No geral, o melhor
livro que li no ano de 2013, marcante e ao mesmo tempo suave, fácil de agradar e de guardar na
memória.
E para os que não
leem livros em inglês, não fiquem preocupados, a editora Verus comprou os
direitos de publicação desse romance, e logo, logo (ainda esse ano!) veremos
ele lançado por aqui!

Quotes: (Tradução livre)
 “— Onde você me quer? […] Minhas entranhas
ficaram líquidas com o seu fantasma de um sorriso, o que foi se tornando mais e
mais familiar. — Na cama. — Ele disse, sua voz rouca. Oh, Deus!’
“(…) Mas garotas dispostas a
partilhar a sua cama não são iguais a garotas dispostas a suportarem o seu
instável humor de merda, ouvirem seus exaustivos pareceres jurídicos, ou
apoiarem os objetivos da sua vida, da maneira como alguém que ama você faria.
Não, esse tinha sido o meu papel. E eu tinha sido demitida dele.”
 “— Não é que eu não quero você. — Sua voz era
suave, e ele não olhou para mim quando ele falou. — Eu menti, antes, quando eu
disse que estava protegendo você. — Seu queixo subiu e olhamos um para o outro
lado da sala. — Eu estou me protegendo.”
Outras Capas:
 


confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

26 Comentários

  • Carina
    18 setembro, 2015

    Virou meu preferido!! Ameeeeiiiiiii… NOTA 10!

  • Natália Fraga
    23 setembro, 2013

    Não conhecia seu blog, parabéns, adorei!
    Gostei da resenha.. é um livro que tenho bastante vontade de ler, mas ainda não tive oportunidade.. hehe

  • Anônimo
    28 agosto, 2013

    Eu acabei de ler e simplesmente maravilhada, comecei a ler anoite e quando vi já eram 7 da manha, hora de trabalhar mais não conseguia parar de ler, a leitura te prende de uma forma que você fica viciada logo nas primeiras páginas assim como foi descrito na resenha, toda parte do mistério do livro, dos emails e até mesmo daquela sensação "agora vai…" e de repente você lê a frase "pede para eu parar…" ahhhh já tava me levando a loucura kkkkk, uma leitura muito simples nada cansativa, com temas muito bem elaborados, não é apenas um romance bobo, e outra coisa que eu amei nesse livro foi o fato deles não serem aquele casal pegajaso e nem por isso ficarem se cobrando ou com inseguranças bobas, cada um sabia respeitar o espaço do outro e confesso que eu me apaixonei mais pelo Landon hahaha, simplesmente maravilhoso, confesso que foi minha melhor leitura nesse ano depois de "Entre o agora e o nunca" nos livros deste genero (mais ou menos rsrsrs…)Leia com certeza não vai se arrepender o único problema é conseguir parar de ler 😀 ótima resenha com certeza… 🙂

  • Catharina M.
    27 julho, 2013

    Estou loooouca para ler esse livro. Deve ser maravilhoso. Amei a resenha.

    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

  • Ray Pereira
    04 julho, 2013

    Esse livro é muito amor! <3

    Beijos
    @_RayPereira
    http://porredelivros.blogspot.com.br/

  • Fabi
    06 junho, 2013

    Pessoal em qual site eu consigo comprar este livro??

  • Thayza Fonseca
    10 maio, 2013

    Acabei de ler esse livro e me apaixonei.. Lucas é a perfeição rs..

    Beijos
    http://osuficientee.blogspot.com

  • GaabiihPereira
    12 abril, 2013

    O Livro é INCRIVEL .. me apaixonei pelo livro, e mal vejo a hora de ler impresso ..
    Quem amou Belo desastre, provavelmente vá amar EASY também…
    foi o que aconteceu comigo *o*
    amei a resenha 🙂

  • Anônimo
    06 fevereiro, 2013

    EU LI, ESTOU DEPRIMIDA ATÉ AGORA… MEGA RECOMENDO… É LINDO"

  • Stephanie Batista
    05 fevereiro, 2013

    Oi,
    otimo saber que sera publicado em portugues
    Gostei muio da resenha e pretendo comprar quando tiver sendo vendido aqui no Brasil.
    Beijos!!!

  • Anônimo
    26 janeiro, 2013

    Esse livro superou todos os livros new adults que li, ele é MUITO bom!!!!!!

  • Jordanna
    23 janeiro, 2013

    Cara, esse livro é O livro, eu amo esse genero q vc descreveu muito bem, e esse livro é demais , intenso, cativante, eu ate ja li o belo desastre e ameeeeeei, mais com certeza easy ganha desparado…muito muito muito bom,!! se nao leu ainda meu conselho é: Q Q VC PENSA Q ESTA FAZENDO? GAROTA, CORRE LOGO E COMPRA OU BAIXA O SEU!!!!!URGENTEEE RSRSRSRS.. amei a resenha bjbj

  • jayane
    21 janeiro, 2013

    A Editora Venus sua linda,me salvando de fazer aulas em inglês para ler esse livro que com certeza eu vou ler sim,quando lança no Brasil.

  • Karina B.
    20 janeiro, 2013

    Oi Pah!
    Eu já tinha ouvido falar desse livro, e tinha ficado com muitaaaaaaaaa vontade de ler. Mas eu me segurei alegando que seria melhor esperar ser lançado no Brasil.
    Agora lendo sua resenha não sei se vou me segurar não em… Eu gostei tanto de "Belo Desastre" (Travis <3), e esse parece ser tão bom quanto 😀
    Acho que vou ler em e-book mesmo 'kkk

    Adorei a resenha!
    Beijos

  • VANESSAANGELQ
    20 janeiro, 2013

    Nossa sua resenha está maravilhosa,fiquei na expectativa de ler esse livro envolvente
    Acompanhar a jornada de Jacqueline deve ser emocionante,ela segui o namorado mas,de repente tudo mudou,ela vai enfrentar conflitos internos,problemas familiares.
    Nossa a s capas continuaram as mesmas nas versões Brasil e exterior

  • Ana Zuky Sangue com Amor
    18 janeiro, 2013

    Oi Pah,obrigada pela resenha ela esta magnifica.E como amei muito o livro Belo Desastre com esse não sera diferente.
    Obrigada pela indicação,mas sou impulsiva,não conseguirei esperar para ser lançado aqui.Já estou correndo para ler ele em inglês mesmo!

    Beijokas Ana Zuky

    sanguecomamor.blogspot.com.br

  • Lili
    17 janeiro, 2013

    Ai, Pah! Eu acho que já estou me apaixonando. Opa! Não posso, sou noiva!

    Estou pensando em adquirir um Kobo e quem sabe eu decida iniciar com esse, com certeza é um gênero que me agrada bastante.

    liliescreve.blogspot.com

  • Kamila Mendes
    17 janeiro, 2013

    oi, Pah, achei o livro bem interessante, com um q meio policial, se não me engano, fiquei animada em saber q está vindo para o Brasil!

    Pah…fui indicada a um selinho e uma TAG, achei super fofo e divertido e te indiquei também, espero q goste tah aki o link: http://pingentesdeilusao.blogspot.com.br/2013/01/selinho-e-tags.html

    bjos e ótima semana, flor! >.<

  • Aione Simoes
    Aione Simoes
    16 janeiro, 2013

    Ai, gêmea, eu quero!
    Eu adoro leituras com todas essas sensações que você descreveu e acho que eu vou gostar desse.
    Acho que conforme a gente cresce a gente quer que as histórias cresçam também né?
    Deixa eu te perguntar, você leu Química Perfeita? Porque ele é totalmente assim como você descreveu Easy e acho que você ia amar!
    Beijão!

  • Débora Lima
    16 janeiro, 2013

    Oi, Pah!
    Poxa, eu quero tanto que esse livro seja logo lançado aqui. Odeio comprar lá fora e ter que esperar uma eternidade até eles chegarem na minha casa. Adorei a história e tô morrendo de vontade de ler, deve ser muito bom mesmo.
    beijos!

  • Sammy
    16 janeiro, 2013

    Fiquei lendo a resenha e pensando " Nossa, um livro tão bom, uma ideia ótima e enredo que parece ser envolvente, será que saiu no Brasil?" . Felizmente ao final do post a surpresa, rsrs. Gostei da resenha, me empolguei com o livro, espero que seja lançado logo =D

    Bjs

    daimaginacaoaescrita.com

  • Eduarda Menezes
    16 janeiro, 2013

    Oi Pah!
    Eu já tinha comprado esse livro para ler no Kobo e agora estou mais ansiosa ainda pela leitura haha Não gostei muito de Belo Desastre, mas esse tem diversos elementos que certamente tem tudo para me encantar. O romance deles parece ser tão fofo e diferente. Gostei! E acho super legal o fato da autora também abordar assuntos mais sérios no decorrer do livro, em incitar, ao menos de forma indireta, uma leve reflexão.
    Vou ver se o pego pra ler no mês que vem, ou antes!
    Beijos!

  • Lindsay
    16 janeiro, 2013

    Oi Pah,
    Nossa, amei a sua resenha! E se "Easy" é tão bom quanto "Belo Desastre", já quero!
    Adoro livros com personagens complicados e bad boys rsrs
    E assim, minha listinha de desejados só aumenta!
    Beijos

  • Pati Peña
    16 janeiro, 2013

    Vou ler com certeza, pela resenha da para ver que o livro é muito bom, que bom que as editoras estão lançando New Adults e eróticos, gosto muito dos dois gêneros, sigo lendo Young Adults e sobrenaturais, mas muito menos do que antigamente e muitas séries eu deixei de lado e fiquei com as melhores do gênero.
    Easy vai para a minha wishlist 😉
    Bjs,
    Pati

  • Mirelle Candeloro
    16 janeiro, 2013

    OMG, ameiii sua resenha, fiquei doidaaa para ler o livro. Ganhei o Belo Desastre e acho que será o meu próximo a ser lido.. heeh
    Vou ficar ansiosa aguardando o lançamento de Easy.

    Bjs, Mi

    http://www.recantodami.com

  • Rayme
    16 janeiro, 2013

    nossa, fiquei super feliz em saber que o livro está vindo para o brasil…. me encantei demais pela história, acho que vou gostar do livro
    com certeza vou comprar logo que lançar 😀