março 20, 2013

[Resenha] Alma? – Gail Carriger

Alexia
Tarabotti enfrenta uma série de atribulações sociais, quiproquós e saias justas
(embora compridíssimas) em plena sociedade vitoriana. Em primeiro lugar, ela
não tem alma. Em segundo, é solteirona e filha de italiano. Em terceiro, acaba
sendo atacada sem a menor educação por um vampiro, o que foge a todas as regras
de etiqueta. E agora? Pelo visto, tudo vai de mal a pior, pois a srta.
Tarabotti mata sem querer o vampiro ― ocasião em que a Rainha Vitória envia o
assustador Lorde Maccon (temperamental, bagunceiro, lindo de morrer e
lobisomem) para investigar o ocorrido. Com vampiros inesperados aparecendo e os
esperados desaparecendo, todos parecem achar que a srta. Tarabotti é a
responsável. Será que ela conseguirá descobrir o que realmente está acontecendo
na alta sociedade londrina? Será que seu dom de sem alma para anular poderes
sobrenaturais acabará se revelando útil ou apenas constrangedor? No fim das
contas, quem é o verdadeiro inimigo, e… será que vai ter torta de melado?
Steampunk¹ (Com conteúdo adulto) || 308 Páginas
||
Cortesia Editora Valentina|| Skoob || Compare
& Compre
|| Classificação: 5/5
(Favorito)
Alma?’ é o primeiro volume da série O Protetorado da Sombrinha, que nos
apresenta a protagonista
Alexia Tarabotti e suas inusitadas aventuras
em um cenário Londrino Steampunk¹. Nos Estados Unidos a saga já conta com cinco
livros publicados:
Soulless (Parasol
Protectorate, #1); Changeless (Parasol Protectorate, #2); Blameless (Parasol
Protectorate, #3); Heartless (The Parasol Protectorate, #4);
e Timeless (Parasol
Protectorate, #5)
.  
E no Brasil, a boa notícia é que a Editora Valentina já divulgou
que o próximo volume da série (Changeless),
será lançado no segundo semestre desse ano. Definiríamos tal obra como um
romance adulto, sobrenatural ou histórico? Ou ainda como uma aventura atemporal?
Que tal o considerarmos como um pouco de tudo isso? Graças à capacidade peculiar
da autora de unir vários gêneros literários em um único livro, nos deparamos
com algo exclusivo, inusitado e incapaz de ser rotulado, o que por si só, dá
sentido ao sucesso alcançado pela trama entre leitores de todo o mundo.
Imagine
vestidos longos e suas anquinhas, convenções sociais tipicamente inglesas
regradas a chás e bolos, uma protagonista inteligente e com um senso de humor
irônico contagiante, e uma sociedade em que vampiros, lobisomens e fantasmas
são totalmente conhecidos pelos humanos; pois bem, esse é o envolvente cenário
do romance ‘Alma?’.
“- Não quero me precipitar agora. Você é inexplicavelmente tentadora. Ela
anuiu, batendo com suavidade na cabeça dele. – O sentimento é mútuo, (…).
Para não dizer inesperado”.

Alexia,
como uma boa descendente italiana, possui todos os requisitos físicos considerados
‘fora de moda’ pela sociedade londrina do século XIX; tez de um tom levemente queimado,
um nariz proeminente, cabelos escuros e cheios, uma língua afiada e idade
suficiente para ser rotulada como ‘solteirona’. Não obstante, lhe falta o
principal, uma alma, algo que é facilmente compensado por seu forte senso
crítico e seu altíssimo intelecto. Ela é, em parte, a típica mocinha de romance
histórico: inteligente, determinada ao ponto de beirar a teimosia, indiferente às
imposições sociais, e principalmente, dona de ideais aceitos em um período muito
a frente de seu tempo.
Como uma
sem alma, ela caminha entre a sinuosa linha que divide os seres sobrenaturais
dos naturais, e como uma perfeita dama inglesa, raramente faz uso de sua
condição; isso até ser atacada por um vampiro que atrapalha totalmente seu
precioso momento de chá. Além de perder uma deliciosa refeição, ela acaba em
maus lençóis ao ser encontrada por
Lorde Maccon (representante
do departamento de assuntos sobrenaturais) e uma pequena plateia, ao lado
do desconhecido vampiro morto. Enquanto o departamento
sobrenatural do país investiga tal ataque, outros seres sobrenaturais
desaparecem, e mais uma vez, a presença da senhorita Tarabotti é notada. Com um
senso de oportunidade maravilhoso
como o dela, além de meter o nariz onde não é chamada, ela acaba totalmente
envolvida em uma aventura que coloca não apenas sua vida em jogo, mas também
seu coração.
Mesclando entre
aventura e romance, a autora nos conecta a um mundo antigo e misteriosamente
sobrenatural, repleto de diretórios governamentais e leis de bom convívio entre
os seres sobrenaturais e naturais.  Imaginem
um romance a lá Jane Austen, com uma mocinha determinada a não se deixar levar
pelos modismos sociais e pelos devaneios de seu coração teimoso, agora
acrescente a isso um núcleo sobrenatural muito bem descrito com clãs de
vampiros que se misturam com a nobreza da época, matilhas de lobos envolvidas
no governo, e fantasmas encarregados de assuntos da rainha. Falando, é quase
impossível de imaginar, mas de fato, é esse o grande charme do livro.
Facilmente nos pegamos suspirando com um casal teimoso e orgulhoso que não quer
dar o braço a torcer e aceitar os sentimentos que nutrem um pelo outro, ao
mesmo passo que lemos sobre trilhas e pistas misteriosas que colocam nossa
protagonista em situações impensáveis, tudo isso sem deixarmos de nos
surpreender com as descrições dos tecidos e modelos de vestido da moda, e com
as invenções tecnológicas do momento.
Fiquei –
no mínimo – apaixonada pelo livro logo em suas primeiras páginas. Como amante
de romances históricos me diverti ao extremo com as frases irônicas da Alexia, com
suas conversas inteligentes e ao mesmo tempo femininas com uma melhor amiga
confiável e prestativa, e os com seus passeios inesperados e aterrorizantes. O
clima de ação é forte o suficiente para prender o leitor, e a descrição do
cenário retratado é feita com tanto zelo, que mergulhamos totalmente nesse novo mundo. Nada na história me pareceu
previsível, apenas o romance, que sem dúvida caminha por trilhas já conhecidas
pelos leitores, o tipo de enlace amoroso que é o meu preferido, com um casal
que vive, literalmente, entre tapas e beijos. Outro ponto que garante a
particularidade dessa obra é a condição parcialmente sobrenatural da protagonista, fator que caminha do desconhecido
para o encantador, fazendo nosso cérebro ficar atento a todas as informações e
detalhes narrados. Com relação à escrita da autora, gostei muito da mistura de
gêneros literários e mais ainda dos protagonistas criados. Sem contar que a
narrativa é eletrizante o suficiente para permitir que o livro seja lido sem
interrupções.
Como vocês
podem ver, são tantos aspectos positivos que acabei encantada com a história,
acredito que no momento nada é capaz de contradizer a magnitude que nutri pelo
livro. Simples como é, me apaixonei, no momento só quero flores e bombons, estou em um estado de espírito enamorado, me
segurando para não retomar a leitura do livro para mais uma vez, suspirar com
um romance fofo, e mergulhar em uma aventura impensável em uma época rica em
vestidos rodados, passeios em carruagens e mocinhos carrancudos e apaixonantes.
PS¹ Obras ambientadas no passado no qual os paradigmas
tecnológicos modernos ocorreram mais cedo do que na  
História real, mas foram obtidos por meio da ciência já disponível naquela época, detalhes AQUI.
Capas dos outros volumes da série:
 

Quotes:

‘-Hum, Alexia?’ – Ele a encarou.
Seria medo o que transparecia naqueles olhos cor de caramelo? ‘-Vou me
aproveitar de você’ – disse ela, e sem lhe dar uma chance de responder, começou
a soltar a gravata.

Capas pelo Mundo:

 

  
 Em Manga:
  

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

51 Comentários

  • Danielle Hlasny
    18 outubro, 2013

    Nossa!!! Parece ótimo este livro, só pela capa já fiquei interessada. Estou muito interessadas nestas sobrinhas voadoras, estes mocinhos carrancudos e apaixonantes e claro, como toda boa leitora apaixonada por romances históricos não poderia esquecer das carruagens!!! Já me sinto devorando cada página…..

  • Mayara R. da Cruz
    Mayara R. da Cruz
    30 abril, 2013

    Acho a capa deste livro super linda. *-*
    E vc já sabe que surtei e surto junto com vc pra ler a serie, ainda mais quando descobrimos que um dos próximos volumes se passara no EGITO. <333
    Eh muito amor. ^^
    Ai a gente lê a resenha da Pah, que deixa a gente mais curiosa ainda pra ler #maldadeisso
    Eu acho super interessante o livro por ter uma mistura de romance histórico *amo* com steampunk e muitas criaturas sobrenaturais, tudo isso só me atrai ainda mais para ler e espero poder ler em breve, do jeito que a Paola fala tenho certeza que vou amar. <3
    Fora que eh maravilhoso ler sobre mocinhas com todo o seu charme usando vestidos de babados que nunca acabam e o mocinho carrancudo mas encantador. *–*
    auhshuahus'

    Linda resenha como sempre Pah. 😀

    Beijocas :*

  • LiL-chan
    30 abril, 2013

    De todas as resenhas que já li de Alma? devo dizer que a sua foi a mais completa. Até agora esse livro só ver recebendo elogios, eu particularmente adoro o gênero Steampunk o que me fez querer ler Alma? muito antes de saber se era mesmo bom. Os personagens parecem ótimos, e mesmo que o tema sobrenatural já tenha sido explorado demais, o enredo parece bem envolvente. Quanto a capa, não achei bonita e pelo jeito nenhuma capa da série é, mas com um bom conteúdo não faz muita diferença para mim. 🙂

  • Eu simplesmente amei a capa e estou muito curiosa com o livro. Já ouvi falar muito bem dele e espero que um dia consiga lê-lo. Obrigado por sua resenha e por expor oque achou dele.

  • Bárbara Barbosa
    26 abril, 2013

    É cada resenha maravilhosa que leio sobre o livro, que a cada vez fico mais encantada com Alma?.
    Adoro o gênero sobrenatural e o livro ainda misturou vários estilos literários que fiquei fascinada.
    O bacana também é que a sociedade da época sabia da existências dos vampiros, lobisomens e fantasma, e até que "conviviam" bem com isso ou não né.
    Só sei que estou doida pra ler Alma?, e descobrir mais sobre esse universo da Alexia.
    Adorei a resenha.
    Bjus!!!

  • beth
    26 abril, 2013

    Já havia lido a resenha sobre este livro e me interessei muto,pois faz o meu gênero.Com certeza vou ler quando puder.

  • Anônimo
    26 abril, 2013

    estou muito curiosa para ler o livro,também com tantos elogios,rs,espero ler logo

  • Joana Masen
    25 abril, 2013

    Oi Pah, só fiquei em dúvida numa coisa: a protagonista é sem alma, mas isso é uma condição única ou ela é parte de uma, digamos 'casta' que tbm não tem alma?
    Fiquei interessada em ler o livro, pq tem temas interessantes e o enredo parece ser bem construído. Outra coisa que chama a atenção é a presença de seres como vampiros e lobisomens, tão em voga atualmente. Mas saber q o livro é parte de uma série me deixa um pouco desanimada… pq td hj em dia tem continuação? Espero q ele seja realmente bom, para valer a pena a espera por mais 4 volumes para finalizar a estória.
    Bjos!

  • Manu Hitz
    22 abril, 2013

    Olha, não sou fã de livros que tratem de temas de sobrenaturais, seres irreais como vampiros e lobisomens, como este livro. Mas o estilo Steampunk instigou minha curiosidade e achei que os monstros cabem tão bem na proposta do livro… que ando mesmo atrás de 'Alma?' pra ler.Acho que será uma viagem surreal acompanhar Alexia, uma mocinha (?) nada convencional e rebelde, além de inteligente e espirituosa… adorei!

  • Nicky Collins
    20 abril, 2013

    Eu sinceramente nunca tinha ouvido falar nessa saga, achei sem querer no Google rs. Mas depois que eu li a resenha me deu muita vontade de ler!!! Eu achei a capa legal mas, poderia ser melhor. A resenha ficou muito boa, as vezes eu leio resenhas mil vezes e não entendo nada mas, a sua ficou tipo "Perfeita" deu pra entender muito bem!!

    Então Parabéns pela resenha e agora eu confirmo eu quero muitooo esse livro!!
    Bjoss <3

  • Thiciane Rodrigues
    20 abril, 2013

    Fiquei apaixonada por esse livro, a sinopse, a capa, a personagem é tudo perfeito quero ler ele em breve!! Adoro histórias sobrenaturais, é minha paixão 😀 esse livro tá na minha lista de desejados já!

  • Lara Vanelli
    19 abril, 2013

    aai que diferente, parece ser bem legal

  • Ana Luisa
    18 abril, 2013

    Completamente louca para ler esse livro. Adoro romances históricos. Mocinhas que conseguem dar um posto de vista inteligente e plausível em uma época onde mulher era usada apenas como decoração. Com certeza "Alma?" entrou pra minhas lista de desejados.

  • Anônimo
    17 abril, 2013

    Alma? já está na minha lista de livros desejados. Lendo a sua resenha vi que a história é mais interessante do que eu imaginava. Além de ter ficado mais curiosa nesse momento, tenho toda certeza que esse livro irá me agradar muito.

    Besitos!

    http://www.enamoradaporlivros.com.br

  • Ana Zuky
    16 abril, 2013

    Este livro realmente me chamou atenção.Isso deve se dar pelo simples motivo de ter os amados sobrenaturais(hahahahaha).
    Sim desde o lançamento dele estou louca para lê-lo.
    Ate hoje não tinha me interessado em ler alguma resenha dele(pelo simples motivo de não querer ler algum spoiller).E a sua resenha esta ótima,sem spoiller(agradeço muito por isso).
    Bom não sou muito fã de livros de épocas,mas este promete me dar bons motivos,como:Os sobrenaturais,comedia e ação.
    Agora é esperar ter meu livrinho em mãos para degusta-lo(hahahaha).

    Pah adorei sua resenha.

    Beijokas Ana Zuky

  • Anônimo
    16 abril, 2013

    Vampiros, fantasmas etc. vivendo entre os humanos, nunca li um livro que tivesse uma história parecida. A protagonista tem cara de ser um pouco engraçada!
    Adorei a resenha!

  • Francine Porfirio
    15 abril, 2013

    MEU DEUS, é tanta categoria junta que essa resenha só me fez ter água na boca para a leitura! Eu ouvi falar de Alma? por uma amiga virtual e já tinha ficado super curiosa com o enredo, mas confesso que as opiniões da minha amiga me deixavam pensando que Alma? era um tanto psicótico, kkkk. No sentido de ter muitos elementos juntos que só não perdem a coerência pelo esforço do leitor.
    Mas, vejo que não… Na sua resenha você deixa claro que é realmente um universo alternativo. É um contexto com regras claras que a autora desenvolveu. 🙂 E a personagem principal, irreverente, me atraiu muito a atenção!!!! ADORO mulheres fortes, mas sem ser necessariamente fortes fisicamente. Mulheres de opinião e que vão contra o conformismo de seu tempo! Ah, que delícia saber que há livros assim!
    Adorei, flor. Ótima resenha.

  • Willian
    14 abril, 2013

    Resenha bem elaborada, abordando pontos fortes do livro, despertando o interesse do leitor.

  • giovana
    13 abril, 2013

    Eu nunca tinha ouvido falar desse livro até agora,mas gostei muito da resenha e to super curiosa para ler.

  • Ariana Alves
    10 abril, 2013

    Amooo sobrenatural!
    Junto com histórico+ mocinha super dona de si mesmacom tiradas sarcásticas esse livro tem tdo para me conquistar.

    Bjus!

  • Maiclli Kwon
    09 abril, 2013

    Nossa nunca me peguei querendo ler um livro que se passa em uma época vitoriana (acho que é só por aparentar ser algo muito diferente) mas com a sua descrição fiquei muito curiosa. Os casais que não se entregam ao amor são os melhores, que me fazem roer as unhas de raiva e de suspiros… Necessito ler este livro!

  • ♪ Dαyαnє ♪
    09 abril, 2013

    Oi Pah,

    Eu não tinha ouvido falar absolutamente nada sobre esse livro, mas logo o 'iniciozinho' da sua resenha, já me fez querer saber todos os aspectos do livro. Meus parabéns pela resenha, ótima, sem dizer nada que pudesse comprometer a leitura, mas ainda assim, dando todas as informações que um leitor precisaria pra ficar curioso- Eu fiquei o/ rs'

    Fiquei curiosa sobre essa 'mistura' que a autora fez e, ao que parece, deu super certo. Tenha uma total queda por duas coisas presentes nesse livro; temática sobrenatural e um romance, como você disse, meio tapas e beijos kkk'

    Isso será o suficiente para eu querer o livro ^^

    ~> Beijusss…;*

  • leticia oliveira
    09 abril, 2013

    adoro livros de época com cenários lindos e aindo uma pitadinha de sobrenatural deve ser ótimo é o proximo da minha lista.

  • Cristiane de oliveira
    09 abril, 2013

    Gosto muito de romances sobrenaturais e estava precisando mesmo de uma coisa nova como Alma?.
    Parece ser bem legal essa mistura toda com estilo vitoriano que gosto muito, acho que nasci na época errada rsrsrsrsrs.
    Gostarei muito de saber mais sobre a vida da srta. Alexia Tarabotti e como ela mata um vampiro sendo uma sem alma, muito curiosa com novidades.
    A capa não me agradou muito.

  • Andressa Nunes
    09 abril, 2013

    Resenha interessante, destacando os pontos importantes do livro, despertando a curiosidade dos leitores

  • Carol Farias
    09 abril, 2013

    Ainda nao tinha lido nenhuma resenha sobre esse livro, me deixou mega curiosa pra ler o livro. Nossa perfeito demais. Parabéns pela resenha e pelo blog (:
    http://clubedacaah.blogspot.com.br/

  • Paty M. Castro
    08 abril, 2013

    Esse livro parece ser muito bom, gostei do fato da personagem principal ser espirituosa e independente para a época que vivia, gostei do perfil da historia e de como ela parece se desenrolar, com as conversas inteligentes e claro, o queridíssimo sobrenatural. 

  • Leticia Costa
    08 abril, 2013

    Pela capa não dava quase nada ao livro, mas adorei a resenha! Amoooo romance histórico e quero muito ler!! (: Bjs

  • Parabens pela Resenha Pah!
    Adorei e to louca para ler o livro!
    bju

  • VANESSAANGELQ
    06 abril, 2013

    Parabéns pela sinopse maravilhosa!
    Nossa,Alexia já vivia uma vida cheia de problemas e ainda ganhou mais um ao ser mordida por um vampiro e ela ainda o mata?
    Interessante a sinopse,li o primeiro capítulo e gostei,pela pequena biografia da autora que é um tanto exótica,já podemos esperar surpresas.
    Também adoro romances históricos.
    Realmente deve ser interessante acompanhar Alexia em sua jornada durante os livros da série,o romance,o cenário londrino o clima sobrenatural,as aventuras,as capas estão criativas e bonitas.
    A Editora Valentina, está de parabéns o livro steampunk "Alma?" de Gail Carriger, promete ser um sucesso.

  • cristiane
    04 abril, 2013

    As capas pelo mundo são lindas! E as dos próximos volumes, que já estou aqui doida pra ter. Adorei esse livro, a história é muito boa gente, que fofo esse livro. É daqueles que não largo mais se pegar, pelo que já conferi de resenhas.

  • Ana Paula Ramos
    04 abril, 2013

    Primeiro: Adorei todas as capas… adoro historias passadas nessas epocas de longos vestidos e chapeus…..mas confesso que não gosto muito de series longas.. acabo não terminando de ler, por isso tento nem começar.. mas estou me rendendo a este 1° livro… aiaiaia
    Adorei, unir varios generos literarios, principalmente pela fantasia… vampiros vivendo normalmente por ai… muito bom!!
    E a mocinha determinada, inteligente e se mete em tudo??? Não ter alma é um pequeno detalhe ne….
    Muito legal sua resenha, me deixou muito curiosa!
    bjoss

  • Laura Kienen
    04 abril, 2013

    Amo livros steampunk e esse me deixou muito curiosa quando li essa resenha, vampiros e lobisomens juntos, romance histórico, e tem também essa capa linda.

  • Samilla Cardozo
    03 abril, 2013

    Tem como não achar perfeito só pela capa?!Não. To apaixonada e já quero ler toda série, que tenho certeza não vai ser mais um clichê. Tô super ansiosa por que já vi que é um dos seus favoritos.
    Bjs!

  • Luna Hybla
    02 abril, 2013

    Diagramação perfeita, capa linda, aventura na medida exata, romance viciante num mundo louco e interessante. Além de não ser cansativo já que não tem ares de introdução sem capítulos explicativos.

  • Neny
    02 abril, 2013

    Quero lê-lo desde que fiquei sabendo do lançamento aqui, acho diferente.
    Um livro que mistura sobrenatural e romance, e ainda historico..se é que entendi rs, adoro. Realmente na época uma moça de 26 anos ja era bem velha para se casar, graças à Deus não é mais assim. Esta na minha lista, beijos.

  • Karina B.
    02 abril, 2013

    Oii Pah!
    Quero ler esse livro!
    Eu nunca li um livro desse gênero, fiquei curiosa!
    E a capa é muito linda =)

    Adorei a resenha!
    Beijos

  • Jess Goulart
    02 abril, 2013

    Awn, estou doida pra ler! A capa tinha chamado minha atenção, justamente pelo estilo steampunk – nunca li nada do gênero por completo, apenas alguns textos de um amigo -, que sou doida pra ler.
    Ainda mais agora, depois da resenha…gente, steam, romance histórico, uma mocinha que não fica 'oh vida, oh céus, oh puxa'. Preciso, urgentemente, ler isso HSAUSHAUH e as capas, eu adorei, gostei de manterem a original por aqui, mas as que estão em estilo mangá são bem fofinhas também né?
    Adorei a resenha, doida pra ler!

    http://thetheatredesvampires.blogspot.com.br/

  • Sálua Rodrigues
    02 abril, 2013

    O titulo ja tinha me chamado a atenção.
    Ao ler sua resenha, fiquei com uma vontade enorme de ler esse livro.
    Adorei essa mistura de vampiros, lobisomem, fantasmas, garota sem alma.
    Adorei a sua resenha.
    Bj. Boa noite!

  • Aline T.K.M.
    01 abril, 2013

    A capa chamou minha atenção desde a primeira vez que a vi. Aliás, a brasileira e a francesa (que são iguais) são as mais bonitas mesmo!
    Nunca li nada de steampunk, por isso também estou com muita vontade de ler Alma?. Também, claro, pela sinopse, a ambientação da trama me atraiu demais. Sabe que descobri há pouco que também existe mangá da série, interessante e as capas são simpáticas, apesar de eu não curtir mangá.

    Bjinhos, Livro Lab

  • Vivian Pitança
    01 abril, 2013

    Suas resenhas, lindas como sempre.
    Parece ser o tipo de história que eu gosto, ainda que com diferenciais. O fato de ser histórica e com fantasia ao mesmo tempo me encantou.
    Pelo que entendi, a protagonista deve ser divertida, e a história fascinante. Como veríamos vampiros e toda essa cultura num livro histórico? Estou apaixonada! haha

    Participando do sorteio e louca para ganhar!
    Beijos.

    vivianpitanca.blogspot.com.br/

    sucessoparaseublog.blogspot.com.br

  • Fabi Liberati
    23 março, 2013

    Oie Pah! Bom não vou negar que nunca li um romances históricos antes, na verdade nunca tive vontade de ler, mas esse ai com essa resenha maravilhosa, me deixou muito curiosa, eu amo os vestidos de épocas como esse que ela usa na capa. Assim que der um tempinho ($) kkk, eu vou lê-lo sim. Beijos flor.

  • Mirelle Candeloro
    22 março, 2013

    Oi Pah, primeiramente gostaria de agradecer sua visita no meu blog, ganhei o dia :o) Obrigada pelo carinho.

    Quanto ao livro Alma?, já tenho ouvido falar sobre ele e já tinha ficado curiosa de lê-lo, principalmente porque nunca li nada no gênero steampunk e confesso que nem sei muito bem o que esperar.. hehe

    Mas depois de ler sua resenha, fiquei doida. Não sabia que a autora misturava tantos aspectos em um mesmo livro. Que fantástico ler um romance histórico, com sobrenatural, com aventura, etc!! A autora tem que realmente ser ótima para conseguir dominar tantos assuntos sem deixar o livro enfadonho ou raso em seu conteúdo né?!

    Ótima resenha, como sempre. Valeu pela dica, já foi para a minha listinha.

    Beijão, Mi

    http://www.recantodami.com

  • Pati Peña
    21 março, 2013

    Ai, Pah! Quero muito ler este livro, a capa é linda e a estória parece ser mais que interessante, vou comprar no mês que vem junto com A Seleção e outros que depois te falo, quais são 😉
    Bjs,
    Pati

  • Ana Ferreira
    21 março, 2013

    Pah, de tanta curiosidade que tinha a respeito do steampunk, acabei fazendo uma introdução do gênero (e não gostando, diga-se de passagem), com "Leviatã". É visível, no entanto, que a história de "Alma?" pende para um lado completamente distinto e apesar de eu achar estranha toda essa coisa de chá inglês com vampiros, fica difícil não se render à sua empolgação, que ficou visível na ótima resenha.
    Beijoo!

  • Aione Simoes
    Aione Simoes
    20 março, 2013

    Oi gêmea!
    Apesar da sua resenha impecável e super apaixonada, o que me desanimou pra fazer a leitura foi esse ponto sobrenatural. Não sei, não faz muito meu estilo, mas eu gostei da ambientação em si e não duvido de que seja uma leitura incrível!
    Beijão!

  • Flávia Pachêco
    20 março, 2013

    Eu não conhecia esse livro, mas achei interessante. De primeira quando bati o olho não gostei muito da capa, achei meio sombria, o título "alma" parecia que era algo mais sombrio mesmo sabe?! Haha. Mas eu curti a resenha, parece ser muito bom, misturando outros gêneros.

    Beeijos, Flá. { http://pequenascoisaas.blogspot.com.br/ }

    Ah, e só pra avisar, lembra do livro Até Eu Te Encontrar? Acho que com certeza né?! Rs. É que eu fiz uma entrevista com a Graciela, e tem uma das perguntinhas que é sobre o final do livro que ela respondeu, sabe aquele final que todo mundo achou que poderia rolar uma continuação? Então, ela esclareceu isso pra gente. Tá em off pra quem ainda não leu não pegar spoiler, mas pra quem já leu o livro achei interessante a resposta dela. Se quiser vai lá conferir ^^

  • Rayme
    20 março, 2013

    desde que lançou ele quero ler, mas ainda não consegui
    me surpreendi, pois não sabia que a serie já contava com tantos livros assim!
    apesar de achar esta capa meio estranha, achei a mais bonita de todas 😛

  • Tânia Silva
    20 março, 2013

    Oieeee Pah
    Deve ser bem divertido um livro assim, com essa mistura de gêneros. Me apaixonei pela resenha e ficarei esperando o lançamento.

    BEIJOSS

  • Juliana Pires
    20 março, 2013

    Eu quero tanto ler esse livro, mas tenho que esperar a grana aparecer, eu me encantei por essa história desde a primeira resenha que li dela, e fiquei meses na expectativa pelo lançamento, eu acho que essas uma das poucas obras que consegue reunir todos elementos que acho que uma história tem que ser para ser boa. E essas capas? Divinas.

    beijokas

  • Raíssa Lis
    20 março, 2013

    Oiie Pah, estava super curiosa para ler esse livro pela capa maravilhosa e sua resenha com tantos elogios me conquistou completamente.
    Com certeza quero muito ler esse livro !!
    Beijos
    Raíssa Lis
    Flor de Lis – http://florderaissalis.blogspot.com.br