[Resenha] Sex, Lies, and Online Dating - Rachel Gibson

Sexo, mentiras e encontros virtuais conta a história de Lucy Rothschild, uma escritora de romance policial, que se emprenha em buscar fonte de pesquisa e inspiração para suas histórias através de e-mails - trocados com desconhecidos, os chamados "encontros virtuais da internet". Através desses encontros virtuais, o policial e detetive Quinn busca freneticamente por um assassino que ataca suas vítimas usando-se desse meio. E então Quinn se encontra com Lucy... e ela passa a ser a principal suspeita! Virtualmente vale tudo: ele diz ser um encanador; ela uma enfermeira. Mas logo Lucy percebe que Quinn não é igual aos outros... 
Chick-Lit (Conteúdo Adulto) || 384 Páginas || Editora Avon || Skoob || Goodreads || Compre: Kobo Books ou Amazon|| Classificação: 5/5 (Favorito)
Sex, Lies, and Online Dating é o primeiro volume da série Writer Friends, que conta com quatro volumes já publicados, sendo que um entre eles, o terceiro (intitulado Tangled Up In You) já foi publicado no Brasil pela editora Jardim dos Livros com o título Sempre ao Seu lado. Mas antes de vocês falarem lá vem a Pah com a indicação de outra série que praticamente não foi lançada por aqui (e que nem tem previsão de o ser), saliento que cada livro dessa saga pode ser lido de forma individual, tendo em vista que eles narram separadamente à história de amor de quatro amigas escritoras; cada uma delas dona de uma personalidade particular, de um talento para a escrita que segue seu próprio gosto literário, e de casos amorosos engraçados e inusitados – o que, por si só, já as tornam merecedoras de livros singulares com início, meio e fim. Sendo assim, nesse primeiro volume conhecemos a escritora de romance policial Lucy, uma mulher talentosa, forte e determinada, que empenhada na escrita de seu novo livro mergulha em um alto número de encontros virtuais.  Só que ao contrário do que parece ela não está à procura do homem perfeito, pelo menos é o que ela diz para si mesma quando conhece seu próximo encontro, o enigmático, protetor e carinhoso encanador Quinn. Entre idas e vindas, segredos, mistérios, ação e muita paixão, a autora conduz o leitor a um romance repleto de bom humor e emoção. Se prepare, pois assim como um candidato suspeito em um site de encontros, essa história definitivamente não é o que parece.
“(...) ela queria ver se ele era tão bonito como ela se lembrava. Ele não era tão bonito. Ele era ainda melhor. “Eu prefiro um bom livro a um mau encontro”...”.

Antes de tudo aviso, não vou seguir uma linha de raciocínio lógica nessa resenha, ou seja, não vou dizer nada a respeito da história ou sobre seus grandes mistérios, afinal, eu li o livro sem ao menos ter lido sua sinopse e isso foi de grande importância em minha avaliação final da obra. Se hoje tal romance é um dos meus favoritos do ano é porque mesmo entre elementos clichês e previsíveis a autora foi inteligente o suficiente para me surpreender. Sabe aquele sentimento de que já sabemos como o livro vai acabar assim que lemos seu primeiro capítulo? Pois bem, eu senti isso ao iniciar a leitura de Sex, Lies, and Online Dating, só que assim que virei a página e segui com a leitura descobri o quão errada eu estava, e o quanto eram infundadas as minhas suposições.  E isso não aconteceu apenas no começo da leitura, eu segui até o final do livro criando teorias a respeito de como as coisas iriam acabar para apenas descobrir que eu estava errada o tempo todo, e sabe há quanto tempo um livro não me deixava assim, surpresa? Muito, muito tempo mesmo.
Primeiro, fui enganada sobre a mocinha, eu não imaginava que me envolveria com ela (tendo em vista sua personalidade forte e individualista), mas quando menos esperava me senti compadecida por ela – Poxa, Lucy é apenas uma mulher independente, que no fundo, BEM no fundo, espera ter alguém com quem possa compartilhar os sucessos e derrotas de sua vida. Outro ponto de surpresa foi Quinn, a forma como ele se aproxima de Lucy, as dúvidas que ele carrega, a maneira como o sentimento que ele nutre por ela teima em concorrer com sua obrigação... é tudo tão intenso, tão verdadeiro, que é fácil para o leitor esquecer o quão rápido as coisas acontecem. Porém, a grande surpresa da trama está reservada para o mistério que ela carrega: mortes de homens inofensivos e a identidade do responsável por tais homicídios.  A cada nova página um novo suspeito é apresentado, e quando as coisas finalmente parecem óbvias para quem lê, não adianta, logo elas se obscurecem e ficamos novamente na dúvida.
Então temos um casal de personagens forte e carismático e uma trama misteriosa e surpreendente? Sim, e não é só isso! Temos também personagens secundários para lá de engraçados, como as amigas escritoras de Lucy; também temos uma paixão avassaladora, real e quente para caramba (por isso, vale lembrar que o livro tem alto índice de conteúdo adulto) e se não bastasse, temos cenas tão, mais tão fofas que nos deixam com os olhinhos brilhando.
No geral, eu não só me surpreendi com a história, como também me emocionei e me diverti com ela. A escrita da autora é tão envolvente que eu simplesmente não podia parar de ler o livro; não importou o fato de que eu tinha outras coisas para fazer, eu só conseguia pensar que precisava descobrir o que aconteceria com Lucy, e quando é que eu descobriria o grande mistério do livro.
Sendo assim, para quem gosta do gênero esse livro é uma ótima opção de leitura, mas vale lembrar que ele se trata, pelo menos de modo geral, de um romance leve e feminino, nada profundo e rico em reflexões de valores humanos ou coisas do gênero. Então, nada de criar expectativas infundadas, viu?
Para concluir, por que devemos lê-lo mesmo? Porque o livro reserva diversão, mistério e muita paixão. Além de personagens marcantes e de uma narrativa muito envolvente. Para quem gosta de romance, eis uma boa opção de romance. E não me venha com desculpas, se você não lê livros em inglês procure por outras obras da autora, se não me engano, existem três livros dela que já foram lançados por aqui, e olha, se todos forem tão bons quanto esse eis aqui uma nova fã de carteirinha da Rachel Gibson.
Ps. Obrigada a todos os leitores fofos que me indicaram a autora pelo Ask, vocês são demais!
Trecho marcante:
 “Você me quer, e eu quero foder você até que você não possa andar por uma semana”, disse ele enquanto a tocava. “Até que você não possa se mover. Não consiga pensar. Não possa fazer nada além de gemer. Você quer isso, Lucy?”
Capas pelo Mundo (veja + aqui):

  



5 comentários:

  1. não sabia deste Sempre ao seu lado da autora (que já está lançado aqui e talz) mas tenho muita vontade de ler Loucamente Sua da Rachel! *-*
    aaah, adoro ler livros clichês assim, mas é sempre bom quando o autor nos surpreende *-*
    é, não lembro qual o ultimo livro que eu li que me surpreendeu assim! e também faz tempo que um livro me deixa assim, sem vontade de largar ele! :S
    uii, e que trecho marcante eim hahahaha

    ResponderExcluir
  2. Eu li esse livro faz um tempinho e gostei bastante. É bem divertido. Só não me conformo com o eterno descaso das editoras que lançam livros de uma série fora de ordem (Sem Clima Para o Amor tbém é dessa série).

    Mas o livro é bem legal mesmo. Uma leitura rápida, leve e super divertida.

    bjs!

    Thaís

    http://umaconversasobrelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Ok Pah, não precisa muito mais para me convencer a lê-lo.. hehe Melhor livro de romance do ano?! Nossa, essa descrição já basta porque confio muito no seu gosto literário e tenho certeza de que esse livro é mara! Já vou agoraaaa mesmo atrás dele! Culpa sua.. hehe Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  4. Oi Pah!
    Adoro os livros da Rachel Gibson! Ela consegue pegar um tema clichê e transformar em um livro incrível e surpreendente. Eu ainda não li "Sex, Lies, and Online Dating" maaas, agora com toda certeza está na minha lista de livros para ler. Fiquei curiosa para saber o que vai acontecer com a Lucy =D
    E que trecho marcante é esse? PrecisoLerUrgente kkkk

    Adorei a resenha.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. O livro me pareceu bem interessante, mas lê-lo em inglês será um problema, mas vou tentar de qualquer forma.
    Espero gostar de algo dessa autora!
    Beijos,
    Ana.
    http://umlivroenadamais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir