[Resenha] Amor no Ninho - Maribell Azevedo

E se você fosse escolhida, para ser irmã do amor de sua vida? Num mesmo ninho, podem nascer diferentes tipos de amor. Irmãos adotivos, Marina e Daniel se tornam grandes amigos. O tempo passa e à medida que eles crescem a semente do amor, enraizado em seus corações desde a infância, começa a germinar, desafiando assim as regras impostas por seus pais. Ao tentar viver esse amor, o futuro se revelará traiçoeiro e cheio de armadilhas. Eles estarão preparados, para enfrentar todos os desafios que o destino lhes apresentar? Daniel e Marina uma surpresa, o conflito, um segredo e a oportunidade de viver um “Amor no Ninho”.
Romance || 324 Páginas || Editora Kalango || Skoob || Compre: Amazon ou Com a autora|| Classificação: 5/5 Favorito
Marina foi adotada quando ainda era uma menina assustada e marcada pela precoce morte dos seus pais. No ápice de sua infância, por volta dos sete anos, a jovem teve a sorte de se tornar parte da amorosa e barulhenta família Harrison, que a presenteou com um lar fraterno e acolhedor, composto por pais atenciosos e três irmãos mais velhos: duas meninas e um rapazinho de olhos claros – Daniel, o até então caçula da família, que na época não era muito mais velho que Marina. Desde o momento que Marina e Dan se encontram algo único e especial os une; um sentimento de compreensão, acolhimento, confiança e forte amizade.  Na infância tal laço foi interpretado como uma amizade especial, que diferenciava o relacionamento dos dois quando comparado com a forma que se sentiam perto dos outros membros da família, porém, com o passar dos anos foi ficando cada vez mais difícil compreender o quão singular e intensa era essa ligação. – Criados juntos e como irmãos, mas donos de um amor que vai além de ser fraterno, um sentimento que nesse caso deve ser reprimido, independente da dor e solidão, ou revelado, sem medo do preconceito e da retaliação?   
...não importava quantos homens passariam por minha vida no futuro, sempre amaria aqueles olhos, até meu último suspiro.

Surpreendente e emocionante, Amor no Ninho me pegou desprevenida com tamanha força e emoção. O tema abordado pela autora não é fácil, afinal Marina e Daniel são irmãos, pois independente da inexistência do laço consanguíneo eles sempre foram tratados e criados como tal. Contudo, para o leitor é fácil mergulhar nesse sentimento e compreender que desde muito jovens eles se viam de uma maneira diferente, principalmente sob o ponto de vista de Marina, que é quem narra a história (ou pelo menos boa parte dela) e conta, desde sua chegada a família, como a presença de Dan foi importante na sua vida: no medo de ser apresentada aos parentes, na hora de trocar de colégio, quando seu corpo começou a mudar e os hormônios tomaram conta de suas emoções, ou ainda no momento de descobrir o que é a paixão. A narrativa da autora é tão envolvente e natural que em vários pontos do livro eu sentia estar lendo um new adult – o medo do futuro, as incertezas de se ser jovem, é tudo tão real e palpável, e não só no aspecto do ambiente jovem descrito, mas também na construção do amor.
Entretanto seria hipocrisia da minha parte dizer que o livro é tão jovem e leve quanto um new adult é; mesmo os livros desse gênero que são carregados de drama não chegam aos pés da carga emocional de Amor no Ninho. Imagine ver um amor nascer, vê-lo criar raízes, amadurecer e dar frutos, mas não poder expô-lo a luz do sol, ter que reprimir a beleza radiante desse sentimento por medo, insegurança e preconceito, e pior, muitas vezes se questionar da verdadeira pureza desse amor... Tão ambíguo, não é mesmo? Se para quem lê é doloroso, imagine para quem vive? Tente se colocar no lugar desse casal, vá além e se veja na posição dos pais desses jovens, e então me diga: como não sofrer? Como explicar o impensável?
Assim o grande ponto do livro é sua dualidade: os sentimentos de dor, opressão e incerteza, contrabalanceados com um romance incrivelmente envolvente. Marina e Daniel fazem o papel de um casal de arrancar suspiros; amigos, confidentes, amantes, eles refletem o que o amor tem de melhor e único. E nesse ponto devo alertá-los, por mais jovens que os personagens sejam em idade o relacionamento deles (contando com os anos que tiveram para ser conhecer e trocar segredos e experiências) evoluí e amadurece muito rápido, o que dá espaço para a autora explorar a paixão que os une, ou seja, não esperem um livro que poupa conteúdo sexual, a história de Marina e Daniel é extremamente real, então é óbvio que eles se amam e se apoiam na mesma medida que se desejam.
 A escrita da autora é densa, mas também é rápida por ser tão envolvente; o tema é polêmico ao passo que o romance é belo e simples; os personagens são engraçados e repletos de manias (como todos nós somos); as cenas de paixão e romance são extasiantes (e se não fosse o suficiente um casal para lá de envolvente, ainda temos a história paralela de outro casal super fofo); e para fechar com chave de ouro, temos ainda um final que acaba com qualquer leitor. Dizer que me apaixonei por esse livro é pouco. Vivei fã da autora, fã de sua escrita e ainda mais fã de seus personagens. Aos meus olhos qualquer detalhe passível de crítica (se é que tem algum, porque eu não vi nenhum) passou despercebido perante tanto talento.
Book Trailer
Sobre a Série
Amor no Ninho é o primeiro volume da duologia composta por: Amor no Ninho e Amor Inteiro


Para acompanhar a saga, e as novidades da autora, curta a página do livro no Facebook (aqui).
Para ler ao som de...
Trecho (s) Marcante (s)
Você é minha razão de existir, o motivo por que acordo, levanto e encaro qualquer um e qualquer coisa em nosso caminho. Será que ainda não sabe que sou viciado em você?
– “Só o amor, a fé e a esperança poderão resgatá-la da escuridão...”.
– Vendo você todo dia, sem poder te ter, sentindo seu cheiro e querendo você, sem poder te tocar! Eu quero você, Marina! Quero você na minha vida, na minha cama e na minha alma! 










Top Comentarista, participe Aqui

33 comentários:

  1. Esse livro parece ser ótimo, e eu achei bem legal da autora colocar um assunto não muito "comentado" em livros ou em filmes, parece ser um romance ótimo.
    Beijos

    pomardoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. Gostei bastante da trama pouco convencional. Deve ser um amor muito bonito, mas ao mesmo tempo, não bem visto pelos outros. Fiquei curiosa para conhecer melhor a história. Tem um quê de New Adult, mas ele parece ser bem mais profundo e tortuoso como você disse.
    Já coloquei na minha lista de desejados.
    Achei as capas bem bonitas, de ambos s livros.

    ResponderExcluir
  3. Uau Pah, que resenha linda, já fiquei apaixonada pelo livro só pelo que você leu. Adoro livros densos, cheios de drama e que mexem com nossos sentimentos.. e esse tema realmente é um tanto polêmico. Consigo me colocar no papel tanto da protagonista quanto por exemplo dos pais dela. Se fosse comigo, é óbvio que ia querer lutar por esse amor. Mas se eu fosse a mãe de ambos? Acho que ficaria horrorizada com a possibilidade deles se amarem. Complicado mesmo. Foi para a listinha com certeza. Beijos, Mi

    www.recantodami.com

    ResponderExcluir
  4. Hey querida!

    Fiquei encantada pela história. Acho que foram suas palavras ao descrevê-la. A trama parece incrivel, é fácil entender como duas pessoas criadas juntas podem ter esse laço, certo? Ela passam por tudo juntas desde sempre, e sem a "repulsao" nao sei como explicar, que é a questao do sangue, é mais fácil se envolver. Foi pra minha listinha.

    Um beijo
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Eu já ouvi falar de muitos casos parecidos como esse do livro,alguns terminam bem,outros nem tanto.Mas espero que o livro tenha um final feliz

    ResponderExcluir
  6. Achei muito triste essa sinopse, coitados dos personagens...

    ResponderExcluir
  7. Posso dizer uma coisa? Desse jeito a minha lista de leituras não vai diminuir nunca! Só posso dizer... Quero ler *-*

    ResponderExcluir
  8. Nossa o tema desse livro é bem polêmico e talvez se eu não tivesse lido sua resenha não leria ele. Parabéns, gostei bastante da resenha.

    Bjus
    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Tenho muita vontade de conhecer o trabalho da Maribell..
    Amei a resenha e me interessei mais ainda em ler Amor no Ninho, com uma história polemica e emocionante acho que me acabei em lágrimas e agonia!!
    Bom demais saber que os nossos autores nacionais estão cada vez melhores o orgulho cresce em mim =)
    Adoro a capa desse livro acho cheio de paixão!!Espero poder ler em breve!!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Nossa, isso sim é que é se apaixonar pelo livro. Eu nunca li nada nesse sentido, com irmãos (mesmo sendo adotivos) vivendo um romance. Nem sei se isso pode ser considerado incesto, é certamente um assunto muito amplo. Já li outras resenhas desse livro que me desanimaram muito e, ao contrário de você, acharam vários pontos negativos no livro. Isso acabou me deixando com uma impressão ruim da história, acho que permanente também. Não sei se leria.

    memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. Livros com estórias de um romance entre irmãos (adotivos neste caso) são raros de serem escritos, pois algumas pessoas veem isto como não sendo certo, bem, no meu caso eu não tenho preconceito a esse tipo de questão (eu acho) e amo histórias de amor. Pela sua resenha pude sentir que a estória de Amor no Ninho é muito linda e que vale muito apena ler. O livro já está a algum tempo na minha lista de compras, mas por quase não ler (e não ter) resenhas do livro ainda não tive aquela vontade imensa de adquiri-lo rápido, até AGORA, eu preciso te-lo já em minhas mãos.

    ResponderExcluir
  12. Nossa que resenha!!
    Achei muitooooooo bacana a premissa do livro, adoro dramas e livros densos bem emocionantes...Bjo

    ResponderExcluir
  13. Gostei do enredo do livro, foge um pouco das historias tradicionais de romance. Mas, te confesso que acho para mim, posso está errada sobre, irá ser um romance meloso. Vejamos...Gosto de romance, claro, so que não desses romances muito meloso. Foi o que pareceu lendo a sua resenha, que o livro é meloso de mais. Não sei se leria.
    Beijos

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia essa duologia. Foi um livro que chamou atenção pela história bem polêmica, ai gostaria de conhecer melhor a vida desses casal *-*

    ResponderExcluir
  15. Resenha incrível Pa, só me deixou mais ansiosa ainda pra ler este livro, que por sinal já estava na minha listinha!!

    xoxo
    http://amigadaleitora.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Pah,

    Li o livro quando lançado pela Baraúna (esta versão atual é bem mais atraente) e pretendo em breve ler a continuação!

    Beijos!

    Thaís

    ResponderExcluir
  17. Nossa que livro lindo deve ser *---*
    Sinceramente não sou muito de autores nacionais, não sei o por que, mas não me identifico muito com eles, mas vendo essa resenha, descobri que existe autores nacionais excelentes. Essa foi a primeira resenha sua que li, e adorei o jeito que tu escreve, consegue botar todos teus sentimento e relação ao livro nessas palavras, adorei.
    Vou ver se consigo ler esse livro, se tiver na biblioteca da faculdade que estudo.

    http://resenhandolivro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  18. Esse livro parece ser ótimo. Eu vi a autora falando dele uma vez na televisão, quando estava tendo bienal aqui no rio e me interessei instantaneamente pelo livro. Realmente tem uma história não convencional, mas ao mesmo tempo muito profunda. Não é um assunto muito comentado, mas a autora parece te-lo desenvolvido muito bem. O romance deve ser ótimo, e é bem complicado mesmo, querer ficar com a pessoa, mas ao mesmo tempo se preocupar com que os outros vão pensar.
    Enfim, parece um livro ótimo, tenho muita vontade de ler! Beijos

    ResponderExcluir
  19. Gente nunca tinha dado bola pra esse livro até ler sua resenha Pah, sério nunca pensei em lê-lo, mas agora isso se tornou inevitável! Vc pretende ler os outros?

    ResponderExcluir
  20. ultimamente ando vendo bastante livro com este tipo de trama, mas nenhum me deixou tão curiosa para ler igual este!
    este tem um diferencial: parece ter uma carga emocional bem maior que os outros, e é isso que mais me deixa curiosa para ler!
    já estou querendo o primeiro e o segundo :P

    ResponderExcluir
  21. Deve ser um livro ótimo pelo que você falou e apesar da grande carga emocional e do drama que envolve a relação desses dois a autora parece balancear essas emoções com outro casal na história que estou curiosa para conhecer. Quero ver como será o romance de Daniel e Marina e como os mesmos irão compartilhar essa notícia com a família e como a mesma receberá a novidade...

    ResponderExcluir
  22. Deu para entender pela resenha o porque do título do livro.
    Eu não me interessei muito pra falar a verdade. Não é um livro que leria neste momento. É um tipo de romance que não estou acostumada a ler. Quem sabe em outro momento.

    ResponderExcluir
  23. Ah!!! Não sei não..mas acho que eu ia chorar muito lendo esse livro. E sem contar que iria me apaixonar de cara pelo casal. Gosto de um bom romance com momentos marcantes. Quero muito ler!! Apenas não gostei muito da capa do livro. Mas a sua resenha despertou muito a minha curiosidade, não conhecia esse livro.
    Bjokas

    ResponderExcluir
  24. OPi Pah!

    Li esse livro num booktour e achei bem interessante e envolvente! mas na verdade não virou um fav pq em alguns momentos achei mt carregado no drama e um pouco exagerado nos acontecimentos. Acho que o romance dele é mt pesado e não gosto mt disso.
    Concordo contigo sobre a forma de escrita e tb sobre os personagens, gostei deles!
    Só achei um absurdo aquele final! lembro que fiquei chocada e agora nem sei bem o que esperar da continuação mas imagino que vai ser beeeem intensa!
    Ah, ja disse que adoro duologias? rs O fato é que preciso ler o segundo algum dia!!

    bjss

    ResponderExcluir
  25. Oii..
    esse livro parece ser incrivel, é maravilhoso pegar um livro com uma autora talentosa, que te pretende e surpreende.

    ResponderExcluir
  26. Oii!
    Que resenha incrível Pah! Parabéns!
    Estou cada vez mais curiosa com esse livro.
    Parece ser uma história tão linda, tão profunda. Adoro livros com histórias de amores impossíveis. *.*

    Beijos!

    ResponderExcluir
  27. Eu confesso que antes não tinha nenhum interesse de ler o livro, mas agora que li essa resenha maravilhosa quero muito ler, parece ser uma historia linda e incrível tenho certeza de que vou amar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. História bem interessante e diferente. Parece ser uma boa leitura, mas tenho trauma de dramas, pensar no caso desse livro

    ResponderExcluir
  29. Ainda não conhecia o livro e adorei conhece-lo, gostei da sinopse e a capa é linda. A unica coisa que posso dizer é que amei a historia e nunca li nenhum livro que fale desse tema e para falar a verdade o livro meio que me ganhou na capa quando logo pensei que tinha que ler esse livro. Mais dois livros para a lista!!!

    ResponderExcluir
  30. Caramba que vontade de ler esse livro agora *-* Eu acho que eu vou me apaixonar com a história , eu preciso dele agoraaaa !!!!

    ResponderExcluir
  31. Assim, apesar de gostar do gênero e ter me interessado, acho que deixaria essa leitura meio que de lado, pensando na dor que eu sentiria caso o casal não consiga ficar junto. Já cheguei a ler um mangá com uma base parecida: um casalzinho jovem namorava, tudo muito confidencial, ou seja, ninguém sabia. E os pais deles se conhecem, amam e se casam. Fiquei bem triste, sabe.

    ResponderExcluir
  32. Li o livro,mas não gostei do enredo da autora,fica faltando um algo a mais que não é preenchido.

    ResponderExcluir