janeiro 21, 2014

[Resenha] Bridget Jones: Louca pelo Garoto – Helen Fielding

Catorze anos após o último livro, a autora Helen
Fielding nos apresenta uma nova e completamente fascinante fase na vida de
Bridget, em seus 50 anos, viúva, mãe de dois filhos na Londres contemporânea,
Bridget retoma seu diário abandonado e mostra que continua a mesma, e ainda
mais viva – e ativa – do que nunca. O tempo se encarregou de trazer à sua vida
outros dramas e dilemas, mas não levou embora seu jeito estabanado e a
personalidade luminosa sem a qual ela não poderia enfrentar os momentos
comoventes que a aguardam. Além de não descuidar da balança e manter-se longe
dos cigarros, agora ela também precisa se preocupar com sites de
relacionamentos, o número de seguidores no Twitter e os perigos de trocar
mensagens de texto depois de algumas taças de vinho. Ainda às voltas com os
amores, Bridget tropeça em novas confusões e tenta em vão se esquivar das gafes
que ajudaram a consagrá-la como uma das personagens mais divertidas da
literatura feminina, enquanto figuras antigas e recentes desfilam por sua vida
– sobretudo um garoto misterioso que vem para balançar seriamente suas certezas.
Chick-Lit || 440
Páginas
|| Cortesia Cia de Letras
||
Skoob || Compare & Compre|| Classificação:
5/5
Favorito || Resenha da Kamila Mendes
Uma das leituras mais gostosas, sensíveis, verdadeiras e
emocionantes que eu poderia ter feito no início de 2014. Talvez já tenha dito
isso de alguma outra personagem, mas se pudesse me achar parecida com alguém,
com certeza seria com a Bridget Jones.

Fielding ambienta o terceiro livro 14 anos após o último, Bridget
Jones: No Limite da Razão. Agora, nossa jornalista estabanada está longe dos
telejornais, trabalhando em uma adaptação de roteiro, cuidando de duas mini
cópias de Mark Darcy (Billy e Mabel), enlouquecendo em sua luta diária contra a
balança, combatendo os termos “cinquentona” e “mulher de meia-idade” e evitando
chafurdar na tristeza da solidão que a viuvez trouxe. Isso mesmo, a história se
passa num período entre quatro e cinco anos após a trágica morte de Mark Darcy
e nós, leitoras que somos apaixonadas pelo Mr. Darcy dos livros e do cinema (interpretado
por Colin Firth), vivenciamos o luto junto com Bridget.

“As lembranças são confusas. Amigos, parentes me
envolvendo como um útero. (…) Eu ficava sem conseguir me mover, com medo de
perturbar a dor e espalhá-la, sabendo que em meia hora as crianças iam acordar
e eu ia ter que lidar com fraldas e mamadeiras, tentando fingir que estava tudo
bem ou pelo menos mantendo tudo sob controle até que alguém chegasse para
ajudar (…).” (pag. 37).

Agora Bridget se vê rodeada de amigos casados com filhos,
tendo uma rotina escolar que ela não entende e se sentindo mais velha porque
não consegue entender as redes sociais. Num ímpeto de desespero para se sentir
jovem e antenada ela cria uma conta no Twitter, por onde passa a narrar
detalhes da sua luta contra a balança e sobre a sua vida nada amorosa, e é nas
trocas de tweets que ela conhece o garotão que dá título ao livro e que
transforma seu cérebro e coração num milkshake gigante. Posso afirmar com toda
convicção: no lugar dela teria feito as mesmas burradas e seria tão insegura
quanto ela foi caso um garotão como o Roxster aparecesse na minha vida u.u

“Por fim, me sentei no jardim, onde batia um sol
delicioso, como uma deusa da luz, calma e pontual, e aí, assim que o Roxster
apareceu, uma gaivota fez cocô no meu ombro.” (pag. 373).

Eis que para deleite das leitoras (no caso, eu) surge
Roxster (um rapaz de 29 anos) na vida de nossa Bridget, que já tem cinquenta e
poucos e se deixa levar pelo garotão, ficando com suas emoções de pernas pro ar,
e resolvendo colocar em prática todas as regras do namoro que ela aprendeu nos
livros de autoajuda que colecionou a vida inteira. Bridget passa a viver um
conto de fadas tecnológico com Roxster. Jantares, noites de amor, sms’s,
risadas, peidos e vômitos (isso mesmo!). Até que tudo desmorona por causa da
pergunta que não quer calar: – E a
diferença de idade entre eles?
 O que
me fez pensar se isso realmente importa, afinal se eles de fato se amam, por
que não poderiam ser felizes juntos?
Se continuar falando do livro vou acabar estragando as
deliciosas surpresas que aparecem no meio do caminho, basta dizer que Billy e
Mabel são fofos e representam justamente o pé no chão que Bridget tanto precisa
nos momentos de loucura; quando a saudade de Mark é demais, ou quando ela não
consegue lidar consigo mesma, já que Mark Darcy está mais presente do que se
pode imaginar.
Dou cinco estrelas e um coração. Simplesmente amei.






Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

39 Comentários

  • Thayná
    03 fevereiro, 2014

    Olá Kamila, ótima resenha!
    Adoro Bridget Jones, e estou louca pra ler esse livro.
    Beijos!
    Monomaníacas por Livros

  • Karina B.
    03 fevereiro, 2014

    Oii!
    Nunca li nada dessa série!
    Confesso que não gosto do filme.
    Mas como gosto de chick-lits, tenho curiosidade de ler, para ver se vou gostar do livro.
    Só não sei quando isso vai acontecer… kk

    Beijos!

  • Pamela Simões
    02 fevereiro, 2014

    Li o primeiro livro de Bridget Jones há alguns anos, e não vejo a hora de conseguir ler continuação. Foi este livro lindo que me levou para o lindo mundo dos Chick-lits…
    É difícil imaginarmos a Bridget com 50 anos…. deve ser engraçado.
    Não vejo o momento em que poderei ler este livro!!!

  • Tamires Pina
    01 fevereiro, 2014

    HUMmm fiquei curiosaaaa rsrsrsrsrsrs
    Linda essa abordagem sobre idade.
    Incrivel.
    Beijos

  • Karina B.
    31 janeiro, 2014

    Oii!
    Eu nunca li nada dessa série.
    Confesso que não gosto de filme.
    Mas como eu adoro Chick-lit, tenho vontade de ler, para ver se vou gostar do livro.
    Só não sei quando vou criar ânimos para ler kkk

    Beijos!

  • Pamela Verdan
    31 janeiro, 2014

    Nunca vi o filme, nunca li os livros. Não me animou, sabe?
    Mas gostei da resenha

  • Ana Paula Moreira
    31 janeiro, 2014

    Li os livros de Bridget Jones na minha adolescência, eu gostava muito. Não sei se tenho pique para ler essa continuação.

  • Julia Moraes
    29 janeiro, 2014

    Ainda não li nenhum livro da Bridget Jones , mas muitas pessoas parecem gostar ,e isso me anima a começar a ler! Ótima resenha! Fiquei com curiosidade para conferir a história.
    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

  • Evelyn Rosa
    29 janeiro, 2014

    Não animei com o filme, o livro eu tenho mais preguiça ainda, não é meu estilo de livro eu acho, (tudo bem que eu não tenho um estilo só kkkk)

  • Juliana Ramirez
    28 janeiro, 2014

    Oi Ka,
    Sempre quis ler a série mas nunca tive oportunidade (leia-se tempo e recursos, rs). Quando saiu esse último livro fui ver coisas a respeito e vi muitas críticas, acabei me desanimando.
    Mas com a sua resenha fiquei morrendo de vontade de ler de novo (5 e um coração é muita coisa). A história parece ser muito legal também, ainda mais abordando esse tabu de diferença de idade.
    Tentarei me empenhar mais em conseguir esses livros!

    depoisdeumlivro.blogspot.com

  • Karolina Lopes
    27 janeiro, 2014

    Não conheço a série mas pelo que li na sua resenha acho muito interessante a respectiva de narrar a vida da personagem já na idade madura. Afinal, quem nunca se perguntou o que acontece depois do felizes para sempre? Quanto ao garoto, a idade é mero detalhe o importante é ser feliz:) Bjs…
    Letras & Versos

  • Karolina Lopes
    27 janeiro, 2014

    Não conheço a série mas pelo que li na sua resenha acho muito interessante a respectiva de narrar a vida da personagem já na idade madura. Afinal, quem nunca se perguntou o que acontece depois do felizes para sempre? Quanto ao garoto, a idade é mero detalhe o importante é ser feliz:) Bjs…
    Letras & Versos

  • Suzi
    27 janeiro, 2014

    Bridget Jones foi minha estreia no mundo dos Chick-lits isso a muitos anos atras e sou simplesmente apaixonada por ela!! *-*
    Estou bem ansiosa para ler essa continuação apesar de ficar extremamente triste pela morte de Mr.Darcy =/
    Adorei a capa do livro e estou toda nostálgica aqui com essa resenha linda!!
    Beijinhos

  • Fernanda Faria
    27 janeiro, 2014

    Amo amo Bridget! Tanto os livros quando os filmes. Confesso que quando fiquei sabendo dessa continuação sem o Mr.Darcy fiquei chocada, quase chorei de desespero e pensei como a autora poderia fazer isso comigo. Mas agora lendo a sua resenha, achei tão fofa *_* Estou sentindo amor no ar. Quero muito ler e conhecer Roxster, tenho certeza que ele foi feito para a Bridget, não importa quantos anos ele tem.

    Beijos

  • Sika Gennargh Pelegrino
    26 janeiro, 2014

    Adorei a resenha. Sério mesmo, o livro parece perfeito. Não sei nem o que comentar aqui.
    Só sei que quero ler.

  • Oliveira
    26 janeiro, 2014

    Não li nenhum livro da autora ainda, parecem engraçados.

  • Mirelle Candeloro
    24 janeiro, 2014

    Sério que você gostou tanto assim? Você é a primeira que escuto elogiar o livro.. hehe nunca li nada da Bridget e confesso não gostar do filme, mas já me propus a tentar ler a trilogia só para tirar as minhas próprias conclusões. Vi o alvoroço que essa história causou em razão da morte do marido dela.. muita gente tendo chiliques por aí.. isso na verdade acabou aguçando minha curiosidade. Beijos, Mi

    http://www.recantodami.com

  • Lindsay Leão
    23 janeiro, 2014

    Oi Kamilla,

    Jura que você gostou tanto assim? Porque eu não gostei, achei a Bridget um tanto infantilizada mesmo com os seus cinquenta e poucos anos. A história com o Roxster até tudo bem, só sinto pelo pouco amadurecimento da personagem mesmo. 🙁

  • Andréia Renata
    23 janeiro, 2014

    Ainda não li os primeiros livros da série e confesso que nem tinha muita vontade, mas ouvi tantos burburinhos sobre esse último livro da série que realmente estou afim de adquirir todos os livros e eu já assisti aos filmes e gostei, então imagino que os livro devem ser melhores ainda ^^

  • ✿Nessa✿
    23 janeiro, 2014

    Oie!
    Ain, fiquei louca para ler o livro, parece ser ótimo.

    Beijos*

  • Mallu Marinho
    23 janeiro, 2014

    Tô querendo muito esse livro mesmo sem ter lido nenhum outro livro da série. É um chick-lit, mas acho que por se tratar de uma história de uma mulher mais madura acaba ficando interessante. Já está na minha listinha de desejados!

  • Ycaro Santana
    23 janeiro, 2014

    Eu nem sabia que existia esse novo livro e apesar de saber que a escrita é magnifica e etc, não quero ler!

  • Dani Kaulitz
    23 janeiro, 2014

    Nunca li nenhum livro de Bridget Jones, mas gostei da sua resenha, ela parece ser uma personagem muito divertida e com uma personalidade única e bem diferente, deve ser mesmo uma ótima leitura 🙂
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

  • Anne Viana
    22 janeiro, 2014

    Logo que o livro foi lançado fiquei meio revoltada,como assim matar o Mr Darcy não pode!!! mas ao mesmo tempo fiquei curiosa pra saber esse desenrolar pois amo os livros e o filme,até que me rendi e comprei o livro =P uma das minhas próximas leituras 🙂

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

  • Lise Orsi
    22 janeiro, 2014

    Estou morrendo de vontade de ler!
    Eu simplesmente amo Bridget e acho ela a minha musa de vida!

    Fiquei imaginando ela com as duas mini-cópias do Darcy e extremamente triste pela ausência dele :/

    Espero amar tanto quantu tu.

    liliescreve.blogspot.com

  • Larissa Santos
    22 janeiro, 2014

    Já ouvi muitos comentários a respeito desse livro, mas nunca me interessei para lê-lo, mas ao ler essa resenha deu uma vontade de descobrir o que acontece com Bridget e o garoto. Gostei da temática e agora Louca pelo garoto está na minha lista.
    Beijocas ^^

  • Ana Alves
    22 janeiro, 2014

    Oie!
    Acabei de ler essa resenha em outro blog e eu simplesmente não consigo me encantar por ele, talvez porque não conheça os outros.
    Beijos e até mais,
    Ana.
    http://umlivroenadamais.blogspot.com.br/

  • Thays Amanda
    22 janeiro, 2014

    Nunca li nenhum outro livro com a personagem Bridget Jones porém com sua resenha me fez pensar que vale a pena pois com o que li em sua resenha é uma historia divertida, encantadora e linda.

  • Lauro Moura
    22 janeiro, 2014

    Oi Kamila ! Que resenha perfeita, ainda não conhecia o livro, mas irei pesquisar um pouco a mais sobre ele com tantos elogios da sua parte. Eu amo de paixão chick-lits e acho que são uma boa pedida pra se descontrair em qualquer momento, a personagem Bridget é bem famosa na blogosfera e sou bem curioso pra conhecer sua história *—*

    Beijoos.
    Lauro,
    http://entreversosepaginas.blogspot.com.br

  • Ana Carolina
    22 janeiro, 2014

    Olá Kamila!
    Adoro Bridget Jones tanto os livros como os filmes. Ainda não li esse pois quando vi a palavra viúva meu coração quase parou, então fiquei receosa de ler sem ter Mr. Darcy mas sua resenha me deu animo para superar esse medo 🙂
    Fiquei agora super curiosa como nossa querida Bridget ira se sair nesse mundo tecnológico sem contar que só o fato de ela se interessar por alguém já é razão para ver como será esse cara pois para superar Mr. Darcy…hehehe
    Beijos.

  • Raquel Ebooks
    22 janeiro, 2014

    Amei sua resenha , vc escreve super bem , expressa os sentimentos com relação ao livro , isso pe notável . Eu quero muito ler esse livro , mas eu só soube um tempo desse que tinha outras atrás dele . Gostei muito dessa capa , e da história . Vou ver se consigo inclui-lo a minha meta deste ano .

  • Amanda T.
    22 janeiro, 2014

    Ah, eu li os outros livros da Bridget Jones e me diverti muito com a personagem e suas histórias! Mas estou tão por fora que nem sabia que já tinham lançado outro! Correndo pra adicionar no Skoob, vou tentar ler o mais rápido possível!

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

  • Jéssyca S.
    22 janeiro, 2014

    Esse livro é tipo "estou rompendo com o preconceito e se dane-se o mundo" e gostei disso, tapa na cara da sociedade para ser feliz. A história parece ser linda e amei a resenha.
    Beijos

  • Evelise Ciriraco
    21 janeiro, 2014

    Nunca li nenhum dos livros da Bridget Jones, apesar de já ter lido algumas resenhas positivas… Fiquei mais curiosa com a sua animação pelo livro!
    Beijos!
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

  • Thalita Sousa
    21 janeiro, 2014

    Essa é uma das poucas resenhas que vejo positiva sobre esse livro, de tanto ver resenhas negativas desanimei pra ler esse livro.

  • Gabriela A.
    21 janeiro, 2014

    Sempre cheguei perto, mas nunca li Bridget Jones. Sei que o mundo já leu, mas nunca deu certo, sempre deixei para outra hora. Depois de ler sua resenha vou colocar a série em destaque na minha listinha. Fiquei encantada com o jeito que você escreveu e quero conhecer toda a vida e as neuras de Bridget. E rápido! haha

    Beijos,
    http://pitadadecultura.blogspot.com.br/

  • Karina
    21 janeiro, 2014

    Já ouvi falar bastante dos livros da Bridget Jones só que ainda não li nenhum, mas parece ser bem legais.

  • Lanifer
    21 janeiro, 2014

    Parece ser um livro bom pra quem gosta do gênero… Porém não gosto de livros assim 🙁
    Beijos

  • Rayme
    21 janeiro, 2014

    isso é uma coisa que muita gente critica mesmo, principalmente se a mulher for mais velha que o homem né. acho totalmente errado, mas enfim…
    só li o primeiro livro da Bridget e li ele 4 vezes! hahaha
    é muito divertido, e tenho muita vontade de ler os outros 2, e tá, o primeiro livro de novo… só mais uma vez hahaha
    difícil se despedir assim da personagem né, ainda mais uma personagem tãããão queria igual a Bridget *-*