janeiro 28, 2014

[Resenha] De repente, o destino – Susan Fox

A vida
de Theresa Fallon sempre foi cercada de estudo e teses, afinal, ela é o gênio
da família e se orgulha disso. Mas o destino… ah, o destino! Voltando da
Austrália para o Canadá para o casamento de sua irmã mais nova, Theresa conhece
Damien Black, um homem elegante e extremamente sedutor. Apesar de sua
personalidade um tanto arrogante negar a atração, existe algo nele que faz com
que ela queira se entregar totalmente. Damien já está cansado de ser assediado
por mulheres. Escritor de sucesso e incrivelmente sexy, ele não precisa se
esforçar muito na área da conquista feminina. Quando conhece Theresa, o jogo da
conquista se torna realmente tentador e ele usará seus dotes para conquistá-la.
Será um longo voo. E nessas horas eles terão tempo suficiente para aproveitar
essa brincadeira do destino.

Romance Contemporâneo (+18) || 384 Páginas ||
Cortesia
Editora Gente|| Skoob || Compare & Compre || Classificação: 4/5
Theresa, que ficou desacreditada na
instituição do casamento após passar por um doloroso divórcio, acabou incumbida
da árdua tarefa de planejar o casamento de sua irmã mais nova. Prestes a se
casar a jovem solicitou a ajuda de todas as irmãs Fallon e, sendo Theresa a
mais responsável entre elas, ela engoliu o orgulho, fez as malas, comprou
livros e revistas para usar de molde na organização da cerimônia, e partiu rumo
o Canadá. Ela tinha tudo devidamente planejado, afinal estava suficientemente
munida de tarefas que poderiam ocupar o longo tempo de voo da Austrália até o
Canadá, contudo Theresa não contava com a surpresa de ter como companheiro de
viagem um homem charmoso, misterioso e inexplicavelmente decidido em conhecê-la
melhor. Damien é um famoso escritor de ficção cansado do assédio público feminino
(que o elegeu como um dos melhores partidos solteiros da Austrália!), assim
quando ele conhece Theresa – alguém que não sabe quem ele é – resolve usar o
tempo que tem ao lado dela para conquistá-la, colocando em prova seu charme
natural. O problema é que o destino tinha outros planos para eles e, entre
risadas, conversas casuais, e um forte desejo sexual, eles se deixam levar pelo
anseio de desfrutarem da companhia um do outro por um tempo muito maior do que o
de um voo internacional.
Não se admira que ele nunca
houvesse tido um relacionamento sério. Porque tinha saído com o tipo errado de
mulher. Não, não era isso. Theresa não era um tipo, ela era única.

Theresa é a típica mulher machucada, ela não
teve um casamento feliz e evita criar esperanças de que um dia irá experimentar
o verdadeiro amor, já Damien faz o estilo mocinho educado e interessante, mas arisco ao ponto de aproveitar o que a
fama lhe dá de melhor, vulgo as mulheres de uma noite só, sem nenhum peso na consciência.
Em situações normais talvez eles nunca acabassem
juntos
, mas unidos pelo acaso, compartilhando um voo longo, eles aprendem
que são mais parecidos do que imaginam: ambos querem que o reconhecimento
profissional vá além das aparências, eles também estão cansados da mesma rotina
e dos mesmos receios, sem contar que tanto Theresa quanto Damien estão
necessitados de uma boa aventura. Assim, como uma solução devidamente planejada
pelos céus, eles abocanham a oportunidade e embarcam, literalmente, em um caso de
uma noite só em uma poltrona de avião.
Pois é, quem disse que uma viagem de avião não é uma opção para sair da rotina?
Ao focar nesse tipo de envolvimento platônico a
autora deixa óbvio que aborda um tema clichê, entretanto logo no início também
fica claro que ela trabalha muito bem com uma ideia já batida. Ates de mais
nada um ponto positivo da obra é sua narrativa intercalada (que varia entre o ponto
de vista da mocinha e do mocinho), característica que sem dúvidas envolve o
leitor à trama. Além disso, a história ganha pontos por tratar da família
Fallon como um todo, deixando claro que a saga não é apenas sobre o romance,
mas também a respeito de união e reconstrução de laços familiares. Também posso
citar como pontos positivos o aspecto profissional dos personagens (que é
descrito de uma maneira bem real), as viagens e paisagens detalhadas, a
condução fluída e direta da autora, e a maneira como o romance transforma os
personagens sem torná-los tolos apaixonados. – Porque você se apaixonar em uma
hora e decidir que já está amando não faz de você uma pessoa completamente sã, e
não é que isso não ocorra, longe disso, só que é muito mais fácil aceitar um
romance que é construído e solidificado com o tempo. E esse é o verdadeiro
ponto alto da trama, o casal se apaixona rapidamente sim, mas não faz juras de
amor infinito e eterno, apenas luta para encontrar a felicidade.
Confesso que eu não esperava muito desse livro
e acredito que exatamente por isso fui surpreendida. A escrita é do tipo que
prende o leitor e, mesmo que a história não seja muito inovadora, a abordagem
da autora é agradável o suficiente para encantar e apaixonar.  Então se você é fã de romances leves e divertidos
essa saga é uma ótima opção de leitura, só vale lembrar que a ideia aqui é
entreter, e não refletir sobre os aspectos emocionais ou sociais descritos (mesmo
que a autora fale, e muito bem por sinal, sobre segregação racial). Fora isso,
atenção, o conteúdo é adulto, ou seja, a trama é repleta de cenas para lá de
sensuais. Sim, trata-se de um caso tórrido de romance nas alturas!

Não guarde rancor e não vá
para a cama com raiva. Isso contamina. Mesmo que esteja furiosa com a outra
pessoa, pergunte a si mesma se sua vida seria melhor sem ele. Se a resposta for
sim, melhor sair dessa cama e ir embora. Se a resposta for não, então lhe dê um
grande beijo. Converse sobre o que está errado, tente corrigir e superar e siga
em frente.

Sobre a Série
De repente, o destino é o primeiro volume da saga Wild Ride to
Love
, que no Brasil ganhou o título de Irmãs Fallon. A série é
composta por quatro livros – todos já publicados por aqui – e narra a história
de amor de cada uma das irmãs da família Fallon. Por serem histórias paralelas e
exclusivas cada livro pode ser lido de forma separada (tanto é que eles não
foram publicados na ordem original pela editora brasileira), porém para
aproveitar a leitura é legal fazê-la em ordem.






Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

40 Comentários

  • Thah Lima
    15 maio, 2017

    eu encontrei o livro "de repente o amor", assim por um acaso em uma livraria, nossa simplesmente amor a primeira vista pelo livro, o acabei de ler ele recentemente e sinceramente já estou em busca dos outros livros da edição …. ótimo livro eu li e recomendo… virei sua fa susan fox rs.

  • lelece
    19 abril, 2017

    Maior chatice, só sexo sem amor, e a mulher falando dos ex.

  • Anônimo
    26 agosto, 2016

    nao li ainda mais deve ser muito interessante

  • Anônimo
    14 julho, 2016

    qual a idade para o publico dessa leitura?

  • Karina B.
    02 fevereiro, 2014

    Oii Pah!
    Um tempo atrás vi e essa série em promoção, e pensei em compra-la, mas desisti, porque tinha outros livros do mesmo gênero na frente da meta de leitura.
    Mas ainda tenho vontade de ler. A história me chama a atenção.
    Próxima vez que estiver em promoção, vou comprar! 😀

    Adorei a resenha!
    Beijos!

  • Fernanda Faria
    02 fevereiro, 2014

    Eu li " De repente, o amor" e para falar verdade eu até que gostei, mas achei o enrendo fraco. Mas sempre vejo resenhas maravilhosas sobre "De repente, o desejo" e por isso ainda fico tão animada para ler a série #_#. Foi bom você não ter criado grandes expectativas com ele, assim pode se surpreender. Eu gostei dessa narrativa intercalada dela, também achei que deixa o leitor mais envolvido.

  • Pamela Simões
    02 fevereiro, 2014

    É bom ler um clichê de vez em quando, né??/
    Já vi esta série na biblioteca de minha cidade (Não sei se lá tem todos, mas sei que elguns deles tem). Vou procurar lá, e se tiver, com certeza lerei o mais rápido possível!!

  • victoria
    01 fevereiro, 2014

    ja li a serie, confesso que nao gostei muito do começo mas a autora foi me conquistando, alem do mais adorei o mocinho

  • victoria
    01 fevereiro, 2014

    ja li esse livro, confesso que nao gostei muito do começo mas durante o livro a autora foi me conquistando, e eu adorei o mocinho.

  • Tamires Pina
    01 fevereiro, 2014

    Apesar de ser cliche, fiquei curiosa nunca li romance nas alturasss…. ohhhhhhhhh!!!! bora correr pra comprar
    Beijus

  • Ycaro Santana
    31 janeiro, 2014

    Porque você consegue vender tão bem os livros com suas resenhas? eu não queria ler esse livro, mas eu mudei de ideia (não tanrto), rs

  • Pamela Verdan
    31 janeiro, 2014

    Como disse em outro post, eróticos assim, não estão na minha lista.
    Gostei das capas, mas uma é igual a de Dublin Street acho

  • Anne Viana
    31 janeiro, 2014

    Ainda não li essa serie..mas já vi tantos mas tantos comentários positivos com relação a eles que minha vontade de lê-los só aumenta cada dia mais ^^
    Preciso logo desses livros!!!!

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

  • Evelise Ciriraco
    30 janeiro, 2014

    Oi Pah!
    Essa série é tão comentada que até me dá vontade de ler, mesmo não sendo o meu estilo de leituras…
    Beijos!
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

  • Ana Paula Moreira
    30 janeiro, 2014

    Tenho a série mas ainda pude começar a ler. Mas sei que são ótimos livros.

  • Mirelle Candeloro
    30 janeiro, 2014

    Oi Pah, adorei a dica. Apesar de já estar um pouco saturada de livros deste gênero, me alegro em saber que ele consegue ir além do elemento clichê, desenvolvendo o assunto com qualidade, charme, e abordando histórias paralelas. Foi para a minha listinha. Beijos, Mi

    http://www.recantodami.com

  • Victor Marcos
    30 janeiro, 2014

    Oi,
    Para ser sincero, nunca ouvi falar desses livros, mesmo parecendo um livro bom, não me interessei pela leitura, mas não significa que nunca vou ler u.U
    Adorei a resenha.
    Abraços.

  • Sika Gennargh Pelegrino
    30 janeiro, 2014

    Oii, Pah!
    É, é bem clichê mesmo. Mas me interessei pela narrativa intercalada, porque é muito raro em livros desse tipo, então seria meio que ‘wow’ pra mim.
    Adorei o trecho que colocou. Me fez pensar sobre algumas coisas que eu estava fazendo 🙁
    Aaaah, mas vou ter de adquirir o quarteto de livros. Poxa… Sacanagem com o salário viu kkkkkk.
    Bom, beijão!

  • Oliveira
    30 janeiro, 2014

    Não gosto tanto de livros eróticos, esses, dessa série, acompanho por resenha. Não tenho nada definido se vou ler, mas para aqueles que amam esse estilo de livros vão amar.

  • Jéssyca S.
    30 janeiro, 2014

    Apesar de ser clichê, gosto de livros assim. Já tinha ouvido falar desse livro e espero em breve ler.
    Beijos

  • Larissa Santos
    30 janeiro, 2014

    Oie,
    Gosto de histórias clichês, mas essa não me agradou a princípio, mas quando eu li que a bordagem é legal e prende o leitor, meu sentimento em relação a série começou mudar. Por hora vou aguardar as próximas resenhas (mesmo porque minhas leituras estão super atrasadas), caso goste do restante da série vou tirar um tempinho e me dedicar a ela.
    Beijocas ^^

  • Suzi
    30 janeiro, 2014

    Adorei *-*
    Estou com o primeiro livro da série aqui na minha estante mas ainda não li =S
    Estou curiosa pois curto o gênero e não me importo que seja clichê pois quando bem desenvolvido fica uma delicia de se ler!!
    Adoro as capas são muito sensuais e bonitas!
    Bjus

  • Julia Moraes
    29 janeiro, 2014

    É clichê , e eu , infelizmente, não sou fã do gênero u.u Mas parece uma boa leitura! Se eu tivesse mais tempo até leria!
    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

  • Karolina Lopes
    29 janeiro, 2014

    Sem dúvida é clichê, essa história me lembrou um pouco o enredo de um livro erótico que li uma resenha essa semana, não me lembro qual. Também gosto bastante da alternância na narração, e da gradual construção do romance. Mas ultimamente tenho precisado de histórias mais profundas do que essa:) bjs… Ps: Desculpa aí, eu tinha postado esse comentário no post errado, problemas técnicos aqui… Hahaha

  • Raquel Ebooks
    29 janeiro, 2014

    Como sempre , gostei muito de sua resenha . Eu quando vi os livros , essa série , também não esperei muito , talvez agora eu decida ler . Gosto de livros assim ..

  • Andréia Renata
    29 janeiro, 2014

    Eu nem havia lido a sinopse e nem resenha dele quando foi lançado e já não tinha vontade de lê-lo e depois de ler a resenha dele, ele parece ser aquele tipo de clichê que te prende e a história parece ser uma graça e agora quero lê-lo, rs. Adoro narrativa que intercala o ponto de vista dos personagens e espero também gostar do livro.

  • Ana Carolina
    29 janeiro, 2014

    Oi Pah!
    Não tinha ouvido falar desta série, mas sua resenha me deixou curiosa a cerca das irmãs Fallon, acho que vale a pena dar uma conferida.
    Gosto bastante quando o livro tem tanto a narrativa da mocinha quanto a do mocinho acho que a estória fica mais rica pois aborda todos os lados.
    Beijos.

  • Ana Carolina
    29 janeiro, 2014

    Oi Pah!
    Não tinha ouvido falar desta série, mas sua resenha me deixou curiosa a cerca das irmãs Fallon, acho que vale a pena dar uma conferida.
    Gosto bastante quando o livro tem tanto a narrativa da mocinha quanto a do mocinho acho que a estória fica mais rica pois aborda todos os lados.
    Beijos.

  • Rayme
    29 janeiro, 2014

    estou bem curiosa para ler os livros da autora. gosto dessas narrativas intercaladas, principalmente quando é entre mocinha e mocinho *-*
    esses dias vi todos os livros da série em promoção. agora me arrependo de não ter comprado =/

  • Evelyn Rosa
    29 janeiro, 2014

    Desta coleção eu li só o segundo que eu não gostei muito, na época nem sabia que era uma série e depois que eu fiquei sabendo que era uma série eu tava desanimada por causa do segundo, quem sabe eu não tento ler esse um dia.

  • Amanda T.
    29 janeiro, 2014

    Essa coisa de amor platônico não me agrada nem um pouquinho haha. Sempre me irrito com o/a apaixonado (a). Mas apesar disso, tenho curiosidade com essa série, ela é super bem cotada pela blogosfera.

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

  • Dani Kaulitz
    28 janeiro, 2014

    Sempre vejo muitos blogs elogiando esta série! Gosto dela porque cada livro é uma estória diferente, assim não é preciso ler na ordem. Vou ler De repente, o amor, achei bem interessante e só estou esperando chegar dos correios 0/
    Gostei da resenha, este volume também parece ser muito bom, gostei de saber que te surpreendeu e a narrativa é cativante, fiquei interessada neste também 🙂
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

  • Juliana Ramirez
    28 janeiro, 2014

    Adoro romances, ainda mais os que alteram o ponto de vista. Acho super válido por dar ao leitor a oportunidade de conhecer mais de ambos os lados, assim se envolvendo mais como você disse.
    Parece ser muito bom, mesmo sendo clichê (tipo a proposta).
    Mas eu sempre fico desanimada quando é uma série enorme 🙁
    beeijos!

    depoisdeumlivro.blogspot.com

  • Lanifer
    28 janeiro, 2014

    Oi Pah!
    Eu achei bem legal a sua resenha, o livro também parece ser muito bom, pena que não é meu estilo de livro 🙁
    Beijos

  • Mallu Marinho
    28 janeiro, 2014

    Já tentei ler livros eróticos, mas realmente não é pra mim. Acho que a leitura acaba perdendo um pouco do foco e a essência se torna o sexo. Não é uma leitura que eu faria, mas acho que eu recomendaria sim para quem gosta. Gostei da resenha rica em detalhes. É resenhas desse tipo que chama atenção!

  • Vivian Pitança
    28 janeiro, 2014

    Oi, Pah!

    Adorei esse livro. Amo romances, e esse foi maravilhoso para poder relaxar e me deixar levar por toda a esfera romântica que o envolve. Eu achei que a autora trabalhou muito bem o lado psicológico dos personagens, para mim, ficou convincente o modo como as coisas acontecem. É de repente, rápido, mas é verossímil do modo que ela conta. E adorei o "bônus" dos aspectos profissionais e sociais abordados.. Pareceu dar mais profundidade.
    Adorei a resenha.
    Beijos!

    http://vivianpitanca.blogspot.com.br/

  • Livroterapias
    28 janeiro, 2014

    Essa é uma série que pretendo ler em breve.
    Amei a dica e os quotes!
    As capas são lindas né?
    Beijinhos
    Rizia – Livroterapias

  • Lauro Moura
    28 janeiro, 2014

    Olá Pah !
    A série é bem comentada na blogosfera e bem elogiada, eu achei estranho a única não seguir a ordem da série, pois muitas pessoas a desconheciam e não tiveram um aproveitamento completo da leitura. De todos os livros vejo varis pessoas dizendo que esse é o melhor. Como são leituras independentes eu não acharia problema em ler os livros aleatoriamente, mas vou tentar começar por esse e ver as emoções que Wild Ride To Love me reserva *–*

    Beijoos.
    Lauro,
    http://entreversosepaginas.blogspot.com.br

  • Karina
    28 janeiro, 2014

    Já tinha visto essa série em vários lugares, mas nunca tinha lido nenhuma resenha, mas parece ser bem legal, talvez eu lê; gostei muito do segundo quote que você colocou.