janeiro 17, 2014

[Resenha] A Proposta – Katie Ashley

Com a
chegada dos trinta anos, Emma Harrison está com seu relógio biológico tinindo e
ainda aguarda o seu príncipe encantado aparecer. Ela está ficando sem opções,
principalmente depois que seu melhor amigo gay desistiu de ser seu doador de
esperma. Claro, sempre há um banco de esperma, mas Emma tem medo de que haja
alguma confusão com a doação e ela possa receber a semente de um monstro
assassino ou algo do tipo. O maior mulherengo da empresa, Aidan Fitzgerald,
está acostumado a sempre conseguir o que quer, principalmente no quarto. Quando
Emma rejeita suas investidas na festa de Natal da empresa, ele fica determinado
a conquistá-la a qualquer custo. Ao saber sobre a difícil situação de Emma, ele
rapidamente faz uma proposta que beneficiará a ambos. Ele será o pai do filho
da Emma, mas ela precisará concebê-lo naturalmente, com ele. Sem ninguém com
quem namorar ou simplesmente fazer sexo casual, Emma reluta em aceitar a
oferta, mas o charme dele e o intenso desejo dela pela maternidade vencem a
questão. Logo as seções para a concepção do bebê se tornam mais do que físicas.
Aidan não parece se afastar dela, enquanto Emma começa a pensar que ele pode
ser o homem certo.

Romance Contemporâneo (+18) || 312 Páginas ||
Cortesia
Editora Pandorga||
Skoob ||
Compare & Compre || Classificação: 5/5
O contexto da trama é muito simples: Emma quer
ter um bebê! Depois de tantas perdas em sua vida, da ineficiência do príncipe
encantado para encontrá-la, e de seus anos de solidão, Emma decide iniciar sua
família por conta própria, mesmo que para isso precise obrigar seu melhor amigo gay a assumir parte da
responsabilidade na concepção de seu futuro filho. A questão é que ele adoraria
fazer isso, mas doar seus genes para Emma o ligaria a ela de uma forma que seu
namorado não está preparado para aceitar. Assim, em meio a uma discussão
acalorada sobre paternidade, bebês, ciúmes e sonhos, Aidan aparece para salvar
Emma de uma situação constrangedora, reluzindo como um digno cavalheiro de
armadura, isto é, se ele fosse um cavalheiro.
Desde que a viu Aidan decidiu que queria Emma, entretanto ela não faz o tipo
que aceita dormir com um mulherengo qualquer do trabalho para apenas figurar sua lista de conquistas,
ela é do tipo que quer um relacionamento estável e não um caso de uma noite, ou
seja, ela é o completo oposto dele. Contudo ela quer um bebê e ele sem dúvidas pode
dar isso a ela, por isso Aidan lança uma proposta: sexo casual para ambos, um
relacionamento em que ela ganharia um filho e ele um tempo com ela sem comprometimento
emocional. Nada de brigas, de cobranças e de expectativas, apenas sexo… Ora bolas, com um acordo tão simples
assim, o que poderia dar de errado?
– Você teve tanta morte e
perda que só quer um pouco de vida em você. – Ele apertou a mão dela. (…). –
Deixa eu lhe dar isso. Deixa eu lhe dar um bebê.

Sim, eu sei, está na cara que a história é
completamente clichê e previsível, entretanto não posso negar que ela é
encantadora. Todo relacionamento que começa com ar de casual, mas que de certa
forma envolve uma ligação sentimental tende a ser tudo, menos casual. E é exatamente isso que a autora
explora em A Proposta. No começo da trama fica claro que para Aidan tudo
gira em torno do sexo, de ter Emma, de fazê-la desejá-lo, de tomá-la em seus
braços quando ele bem entender, enquanto para Emma tal relação é um misto de
sentimentos, desde a alegria de poder finalmente ter um bebê para amar e
cuidar, até o medo e a confusão gerados por Aidan, já que mesmo com a fama de
mulherengo ele cuida dela e a apoia como um bom homem faria. Contudo, não
demora muito para vê-los envolvidos e para observarmos nascer uma relação
bonita e fraterna.
O relacionamento dos dois, de certa forma, segue
um caminho bem natural. Por mais que eles sejam diferentes ambos valorizam a
família com um grande fervor, por isso o ato de gerar uma vida abala a
estrutura do acordo que eles tinham como simples
e casual
. E nesse ponto tudo deixa de ser apenas sexo, aqui conhecemos mais
sobre os medos e anseios desses personagens, torcendo para que eles possam
enxergar a beleza do sentimento que estão vivendo. E nesse ponto, para as
românticas incorrigíveis em especial, é impossível não suspirar ou se deixar
levar pela emoção – é tão lindo ver o amadurecimento entre eles. Sem contar que
acho digno quando uma autora capta a essência de uma gravidez, da espera pela
criação, do desejo de amar uma nova vida que será uma metade sua… Aqui vale
dizer também que o casal principal é incrivelmente carismático, o Aidan
(tirando seus momentos babacas) é incrível, enquanto Emma é uma mocinha que ama
incondicionalmente os que estão ao seu redor, sem joguinhos, sem tramas, sem
conflitos interiores, apenas ama sem esperar nada em troca.  
No geral mesmo a trama sendo clichê, o que eu
já salientei que ela é, a história me ganhou e envolveu de uma maneira bem
gostosa. Confesso até que em alguns momentos eu me surpreendi com o rumo tomado
pela autora, mantendo um sorriso bobo no rosto enquanto lia o livro, e ficando
abismada com seu final abrupto. Poxa, sabe o bendito do ponto alto da trama?
Pois bem, é aí que a autora termina o primeiro volume da saga, nos deixando
completamente loucos pelo próximo volume. Vale dizer ainda que a obra tem alto
teor adulto, então se você não gosta de romances sensuais esse livro pode não
ser uma boa opção de leitura, mas também teimo em dizer: não é só sexo, tem
romance, tem emoção, tem valores e lições de morais, e tudo isso sem perder o
foco romântico e suspirante da história.

Como você pensa que sabe tudo,
diga-me se entende isso. Você já quis tanto alguma coisa que achou que morreria
se não a conseguisse?

Sobre a Série
A Proposta é o primeiro volume da saga The Proposition,
composta pelo conto A Festa e pelos
livros A Proposta e O Pedido. No Brasil ambos os livros já
foram publicados, enquanto o conto logo vai ser disponibilizado em e-book
gratuito pela editora.
PS. O Conto narra a festa empresarial em que o
casal de A Proposta se conhece, mas
não lê-lo não interfere na compreensão da série sendo que ele é apenas um bônus
para os leitores.




Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

38 Comentários

  • Crislane Barbosa
    23 abril, 2014

    Oi!
    Adorei esse livro!
    Achei a história bem verdadeira. O mocinho não era clichê, ele tem defeitos e acaba fazendo burrada no final.
    Louca pelo segundo livro.

    beijão!

  • Pamela Simões
    02 fevereiro, 2014

    Como já comentei, amo livros que abordam temas clichês.
    Sério tenho um tombo por mocinhos cafagestes e mulherengos… que se readmitem depois de conhecer a mocinha!!!
    Estou louca para ler este livro, sem contar que acho as capas lindas!!!

  • Pamela Verdan
    31 janeiro, 2014

    Já li os 3 e adorei. Praticamente comi os livros.
    Apareceu bem na hora que eu estava afim de ler algo do tipo.

  • Ana Paula Moreira
    31 janeiro, 2014

    Meu livro preferido. Amo história.

  • Julia Moraes
    29 janeiro, 2014

    É meio clichê , mas me deu curiosidade de conferir! Esse entrou pra minha lista , apesar de não curtir muito esse gênero.
    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

  • Juliana Ramirez
    28 janeiro, 2014

    Olá,
    Acho que mesmo com história clichê, alguns livros conseguem ser ótimos! Esse parece ser um desses casos.
    Não sabia que era uma série, esse caso de poucos dias deu o que falar então né? rs.
    Fiquei com muita vontade de conferir esse livro, adoro esses clichês fofinhos e previsíveis.
    beeijos

    depoisdeumlivro.blogspot.com

  • Karina B.
    27 janeiro, 2014

    Oii Pah!
    AH! o/ Estou com muita vontade de ler esse livro!!
    Já está na minha lista de desejados! A história para ser ótima!
    Sem dúvida quero comprar o quanto antes! 😀

    Adorei a resenha!
    Beijos!

  • Lise Orsi
    27 janeiro, 2014

    Eu não sou muito fã de romances eróticos porque eu acho que a maioria das histórias se parecem e são meio pobres.
    Só que eu fiquei curiosa com esse. Me pareceu com um aspecto diferente e eu quero tentar.

    Valeu!
    liliescreve.blogspot.com

  • Karolina Lopes
    27 janeiro, 2014

    Já li algumas resenhas desse livro e acho de um terrível mal gosto, essa proposta é horrível para ele que o faz e mais ainda para ela que aceita ser tratada como objeto e usada desse jeito. Ainda bem que isso muda no decorrer e trama, também gostei do jeito apaixonado da protagonista mas apesar disso não consigo olhar com simpatia para essa história.
    Letras & Versos

  • Fernanda Faria
    27 janeiro, 2014

    AMEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEI esse livro, comecei como quem não quer nada, achando que iria ser super clichê, mas eu adorei. Emma é um das melhores protagonistas EEEEEEEVER, adoro adoro. Eu não aguentei esperar as continuações chegar ao Brasil, li tudo em ebook mesmo. KKKKKKKKKKKK! Mas estou comprando os livrinhos também, porque pretendo ler novamente. No final desse livro eu fiquei tipo " WWWWWWWTF Aidan? "

  • Anne Viana
    22 janeiro, 2014

    Oi Pah
    confesso que tava com um pé atrás com relação a esse livro,mas depois de ler sua resenha já tô começando a mudar de ideia e já vou incluir na minha listinha ^^

    http://livroaoavesso.blogspot.com.br/

  • Mirelle Candeloro
    21 janeiro, 2014

    Oi Pah, acabei de ver seu vídeo das leituras de dezembro, então digamos que esta resenha não foi nenhuma surpresa para mim. Adorei a premissa da história, por mais clichê que aparente ser, porque gosto de livros leves e divertidos para nos distraírem de vez em quando, ainda mais quando são temáticas que me atraem. Como adoro uma boa comédia romântica e já vi várias nesse estilo, como por exemplo, Plano B, acho que vou gostar da história. Só fiquei curiosa para saber sobre o que seria a continuação. Se já mostraria ela com o bebê ainda enrolada com o pai da criança. Acho que vou ter que aguardar a sua resenha para saber.. hehe Beijos, Mi

    http://www.recantodami.com

  • Eli Alves
    20 janeiro, 2014

    A tanto tempo ouço falar desse livro, mas ainda não tive muita vontade de ler… Mas neste final de semana li um pedacinho e agora com a resenha me bateu um pouquinho de curiosidade

  • Evelyn Rosa
    20 janeiro, 2014

    Eu tenho uma coisa por esse livro, acho que é porque ele é o primeiro livro em inglês que eu li. Acho a estória muito legal, mesmo sendo clicê, kk. Suuper recomendo.

  • Lud*.*
    20 janeiro, 2014

    vim dizer q eu ameiiii.. dou 5 estrelas tb…

    Foi bem parecido com todos os livros do gênero que eu vi por ai, mas o que diferencia, e eu sempre falo… é a personalidade do casal… tudo bem construído, eles questionam as próprias decisões e pensamentos.. tornando assim pessoas realmente reais… essa história pode ser do cara q mora do seu lado…

    Eu amei mesmo…. eu sempre leio esse gênero e nunca gosto de nenhum livro, mas a esperança é a ultima que morre, e por fim eu achei um livro q eu AMEI!

    <3

    Lud – Every Little Book.

  • Suzi
    20 janeiro, 2014

    Oi Pah estou com esse livro em minha estante!!
    A cada resenho que leio fico ainda mais curiosa sobra essa série, gosto de ler livros eróticos de vez em quando, e também não tenho preconceito com historias clichês já que quando bem desenvolvidas *-*
    Pretendo ler em breve!!
    Beijos

  • Sika Gennargh Pelegrino
    20 janeiro, 2014

    Olááá, Pah!
    Já tinha visto uma resenha desse livro em outro lugar, nem sei onde, e continuei rindo na sinopse. Sério. O cara foi muito esperto rs. E ainda não consigo entender qual a graça de ser mãe solteira, oe.
    Enfim, mesmo assim a historia parece ser muito boa, apesar de como você disse, ser clichê.
    E é muito bonito saber que é uma saga, hahaha. Dinheirinho iiiindoo… rs

  • Caroline Gurgel
    20 janeiro, 2014

    Pahh, adorei a resenha, fiquei super curiosa agora, vou botar na listinha já. E eu adoro um bom clichê haha
    bjss

  • Cecilia B
    19 janeiro, 2014

    Nossa, estou com saudades de livros clichês…
    E esse realmente me pareceu muito bom…
    Essa gosto bastante de cafajestes que conseguem ser um cavalheiro de vez em quando…
    Parabéns pela Resenha realmente conseguiu me dar vontade de ler o livro o único problema é ser série, é muito ruim ficar ansiosa para o próximo…rs'

    Beijos…
    http://ceciliabraz.blogspot.com.br/

  • Andréia Renata
    19 janeiro, 2014

    A Proposta me lembrou desses filmes clichês, eu leria esse livro, parece ser um bom entretenimento, mesmo sendo óbvio o que acontecerá, mas acho que vou esperar o lançamentode todos os livros.

  • Tamires Pina
    19 janeiro, 2014

    Adorei a resenha, amei o livro..
    Mesmo que clichê, acho que deve ser um livro bacana, por falar da ansiedade, da expecitativa de gerar um vida. Com certeza vou ler o livro..

    Beijus

  • Amanda T.
    19 janeiro, 2014

    Oi flor!

    Realmente, você colocou de uma forma perfeita: é previsível e clichê, mas encantador. Eu adoreei o livro, suspirei e planejo ler mais livros da autora.

    Beijos
    http://escolhasliterarias.blogspot.com.br/

  • Ana Carolina
    19 janeiro, 2014

    Olá Pah!
    Só leio resenhas boas a cerca desta série, o que faz a mão coçar para compra-lá.
    Eu não me importo com estórias clichês se o livro tem uma boa trama e consegue prender isso é o mais importante.
    Beijos.

  • Mallu Marinho
    19 janeiro, 2014

    Gostei da premissa de cara, mesmo que seja uma questão muito presente em filmes de comédia romântica é a primeira vez que vejo em livro. A ideia inicial promete uma história cheia de romance, drama, comédia e claro, cenas sensuais… Não é bem meu gênero, mas eu acho que daria uma chance. Tô fugindo de livros com continuação, mas não custa nada ler o primeiro e ver se fico com vontade ou não de continuar.

  • Ycaro Santana
    19 janeiro, 2014

    Oi PAh, me apaixonei pela resenha, mas quando vi que era livros hots, desisti do livro. O que é uma pena, não estou preparado para lê-los ainda!
    Bjos,

  • Karina
    19 janeiro, 2014

    Já ouvi falar bastante dessa série, e a maioria das resenhas foram positivas… Adoro livros assim, em que o mocinho só quer sexo enquanto a mocinha procura por algo a mais,e no fim eles acabam ficando loucamente apaixonados um pelo outro *-*. " O Aidan (tirando seus momentos babacas) é incrível " … Esse babaca me deu muita vontade de conhecer ele. sei lá, gosto quando os mocinhos são meio babacas… vai entender rsrs.

  • Oliveira
    18 janeiro, 2014

    Sinceramente a proposta dele é curiosa, digamos assim! Deve ser muito bom, quero ler esses livros, assim que terminar alguns que comprei e ganhei vou lê-los. Sendo clichês ou não, sendo divertido e bom é o que importa.

  • Thalita Sousa
    18 janeiro, 2014

    gostei da sinopse, mais essa capa não me conquistou.

  • Raquel Ebooks
    18 janeiro, 2014

    Eu ainda não havia lido nenhum resenha deste , mas rsrs eu já li toda a série em e-book , uma amiga minha indicou e eu imediatamente fui em busca do e-book . Amoo livros assim , é a minha praia . A proposta não é o meu favorito , foi com certeza ficou marcado detre todos que li no ano de 2013 . 🙂 #ótima resenha ..

  • Nana ~*
    18 janeiro, 2014

    E não é que curti a premissa? HAHAHA
    Envolveu bebê chamou minha atenção!
    Eu achava uma coisa completamente diferente, ainda mais pela capa..

    Mas né, clichês existem por algum motivo, e sempre é bom terminar uma leitura e ficar com sorriso bobo no rosto.. não sei aqui né hahahaha

    Adorei a resenha!

    bjs e bom final de semana
    Nana – Obsession Valley

  • Solange
    17 janeiro, 2014

    Já li os 2 livros dessa série e simplesmente adorei. A história até pode ser clichê mas é uma delícia de se ler.
    O conto (The Party) apesar de contar a festa onde os 2 se conhecem, que se passa antes da história dos livros, deve ser lido depois dos livros, pois ela é contada como uma lembrança. Se ler antes da saber o final da história que vem se desenrolando nos 2 livros.

  • Larissa Santos
    17 janeiro, 2014

    Oie,
    História clichê, mas nem por isso deixa de ser instigante ^^ acho que quando o enredo é bem trabalhado e prende o leitor, a narrativa por mais trivial que seja atrai o leitor. A resenha me fez querer ler A proposta, que até então nunca tinha ouvido falar.
    Beijocas ^^

  • Lanifer
    17 janeiro, 2014

    Oi Pah!
    Eu já tentei ler A Proposta, mas acabei desistindo 🙁
    Não gostei muito do início do livro, mas pretendo terminar de lê-lo algum dia 🙂
    Beijos

  • Jéssyca S.
    17 janeiro, 2014

    As vezes um clichê é bom e esse parece ser desse e também engraçado, já fico imaginando a historia, mas não quero ler em e-book não gosto muito, esperar dá uma folga para poder comprar uns livros e quem sabe esse …
    Beijos

  • Lauro Moura
    17 janeiro, 2014

    Olá Pah !
    Eu curto essa pegada que o livro tem e também já li muito bem sobre ele na blogosfera. Eu particularmente não me importo com uma estória clichê, contanto que me agrade. O livro me lembrou alguns eróticos por ai, mas acho que a leitura vale a pena *–*

    Beijoos.
    Lauro,
    http://entreversosepaginas.blogspot.com.br

  • Evelise Ciriraco
    17 janeiro, 2014

    Não conhecia essa saga, mas a sua resenha me deixou curiosa, mesmo sendo previsível, a história parece bonita…
    Beijos!
    http://sobrelivrosesonhos.blogspot.com.br/

  • Dani Kaulitz
    17 janeiro, 2014

    Já li muitas resenhas positivas sobre este livro e parece ser muito bom! Concordo que a estória é um pouco clichê, mas deve ser legal acompanhar a mudança de Aidan, que antes não queria nada sério e agora só quer uma mulher! Fiquei curiosa para saber como termina esse romance! 🙂
    beijos ♥
    quemprecisadetvparaverbeyonce.blogspot.com.br

  • Rayme
    17 janeiro, 2014

    aaah, eu adoooro livros clichês hahaha
    adorei a resenha, não sabia que já tinham lançado o livro aqui… pensava que fosse só ebook ou sei lá ;P
    parece ser muito divertido, e a trama muito boa. nunca li nenhum livro que abordasse este tema dessa forma.
    quero ler e vou procurar agora mesmo *-*