março 06, 2014

[Fuxicando Sobre Chick-Lits] Helen Fielding


“Chick-lit” é um gênero literário que abrange a vida da mulher moderna, sendo voltado, principalmente, para o sexo feminino. São romances leves, com um toque de humor, que narram o quotidiano e entram fundo nas dúvidas e emoções das personagens, transmitindo, normalmente, a sensação de estar lendo o relato de uma amiga. As história nesses livros poderiam facilmente ser uma conversa entre garotas ou mulheres, na qual há compartilhamento de sonhos, segredos, confissões.

BIOGRAFIA
Helen Fielding nasceu em Yorkshire, Inglaterra, em 1958. Estudou inglês na St. Anne’s College, em Oxford, e iniciou sua carreira como pesquisadora de notícias da Nationwide, um programa de televisão da BBC. Foi promovida à produtora de alguns programas de entretenimento e, posteriormente, escreveu e produziu alguns documentários sobre o Sudão, inclusive para o lançamento de Comic Relief, um programa filantrópico da Inglaterra.

Durante a década de 90, trabalhou como jornalista e colunista de diversos jornais nacionais, como The Sunday Times, The Independent e The Telegraph. Foi nesse período que escreveu seus dois primeiros livros – Causa Nobre (1994) e O Diário de Bridget Jones (1996). Esse último começou como uma coluna anônima no jornal The Independent em 1995, mas seu sucesso foi tão estrondoso que acabou originando o livro responsável por firmar a presença dos chick-lits. Em 1999, ganhou a continuação Bridget Jones: No Limite da Razão, e em 2001 foi adaptado para os cinemas com Renée Zellweger, Hugh Grant e Colin Firth nos papeis principais. O segundo livro foi adaptado em 2004 e, no ano passado, foi publicado o terceiro e inesperado volume da série Bridget Jones: Louca Pelo Garoto, ainda sem adaptação prevista para os cinemas. Helen Fielding também é autora do livro A Imaginação Hiperativa de Olivia Joules (2003).

OBRAS

– Série “Bridget Jones”
– Demais livros
CURIOSIDADES

  • O Diário de Bridget Jones” é considerado o consolidador dos chick-lits, tendo Bridget Jones como uma espécie de anti-heroína. Para criá-la, a autora se baseou em suas próprias experiências cotidianas, bem como nas de suas amigas;
  • O livro, ainda, é baseado em Orgulho e Preconceito, de Jane Austen, sendo possível reconhecer diversas cenas do original na obra de Fielding, sem contar as personalidades das personagens e os relacionamentos entre elas. Mr. Darcy e Mark Darcy arrancam suspiros mesmo vivendo em séculos diferentes;
  • A Imaginação Hiperativa de Olivia Joules também teve suas influências: uma mistura de James Bond com Nancy Drew (personagem de uma famosa série de mistério americana);
  • Causa Nobre, além de divertido, contém uma crítica sobre eventos de caridade promovidos por celebridades com o intuito de auto-promoverem suas imagens. A autora se baseou em suas próprias experiências como produtora e escritora do programa Comic Relief e dos documentários sobre a África para criar o livro.

POLÊMICA: A MORTE DE MARK DARCY

A notícia do retorno de Bridget Jones causou alvoro e revolta entre os leitores. Isso porque, junto dela, veio a notícia da morte de Mark Darcy. Bridget, agora com 51 anos, leva sua vida quatro anos após a morte do marido, ainda enfrentando problemas com a balança, tentando aprender a lidar com a tecnologia e iniciando um relacionamento virtual com um garoto de 29 anos.
A autora, em sua defesa, explicou que ficou comovida pela reação dos leitores na internet ao saberem sobre a morte de Darcy, mas que teve motivos para sua decisão: “(…) Escrevi sobre a diferença entre o que esperamos que seja nossa vida e as coisas que acontecem. A vida é assim. O desafio é saber lidar com o que acontece”. A autora, também, ressaltou a importância da personagem para ela e que poderia ter continuado a fazer o mesmo que nos dois primeiros livros, mas não seria justo com Bridget. 
A entrevista feita pelo O Globo completa pode ser lida aqui, bem como a reportagem d’A Gazeta sobre o assunto.

Fontes: 1, 2, 3


Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe uma resposta para raquel rodriguesCancelar resposta

31 Comentários

  • Bruna Oliveira
    27 março, 2014

    Oi Aione 🙂
    Chick-Lit é um dos meus gêneros literários favoritos, eu já conhecia esse livro e sabia que tinha até o filme, ele até já fez parte dos meus desejados, mas como ele não era minha prioridade, acabou que o tempo foi passando e eu acabei nem lendo o livro.
    Como nunca li nada dessa autora, acho que vou atrás do livro agora, e quero assistir o filme também. :3
    Beijo.

  • Anônimo
    20 março, 2014

    Eu tenho uma grande curiosidade de ler estes livros, mas como nao é o meu todo estilo de livros semprea aparecia outros! Mas eu ainda espero ler eles pois amo livros engraçados!

  • Anônimo
    20 março, 2014

    Sinceramente, eu tive uma grande curiosidade de ler, mas como nao tanto o meu tipo de livro, aparecia outro e eu sempre colocava ele de lado, espero que eu leia ainda,,, dizem que é muito engraçado e tal, eu gosto disto!

  • Adryanne Leal
    18 março, 2014

    Os dois primeiros livros da Helen da Briget Jones foram massa , quase clássicos da minha adolescência , mas esse ultimo , me desanimou muito , não gostei do livro. Não sei se foi a diferença de idades minha ao ler os dois e depois o ultimo , mas realmente não colou. Beeijos >3

  • Renata Sales
    13 março, 2014

    Não conhecia esse gênero, bacana saber, parece ser bem legal, vou procurar mais livros desse gênero.
    Acredita que ainda não li Bridget Jones? Todo mundo fala mega bem, mas ainda não tive oportunidade de ler!

  • Anônimo
    12 março, 2014

    Apesar de não ter lido nada de Bridget Jones, somente olhado os filmes, tenho todos os livros da lista de desejados e espero poder ler.Pois este gênero é um dos meus preferidos =)

  • Rayane
    12 março, 2014

    Nunca li nenhum livro dessa autora, mais adoro o gênero Chick-Lit (falando a verdade gosto de todos gêneros, leio até bula de remédio para passar o tempo, sabe os efeitos colaterais) já ouvi falar desse livro O Diário de Bridget Jones antes, e agora fiquei super curiosa para ler.

  • Rossana Batista
    11 março, 2014

    Acho que só eu por aqui que não li nenhum dos livros da Helen, nenhum doas da Bridget Jones 🙁
    Assim, eu não sou muito chegada a chick-lits, então não leio tantos, e esse não é um livro que me faz ter tanta vontade assim de ler.

  • Karina B.
    11 março, 2014

    Oi Aione!
    Adorei ter conhecido mais sobre essa autora, não conhecia muito sobre ela.
    Realmente deu muita polêmica a morte do Mark Darcy.
    Não conhecia os outros livros da autora, adorei as dicas 🙂

    Beijos!

  • Monica Navarro
    10 março, 2014

    Já li o Diário de Bridjet Jones, gostei muito. Preciso ler os outros, tenho certeza que vou gostar muito, mesmo sabendo da morte de Darcy. Estou de luto.

  • Desbravadores de Livros
    09 março, 2014

    Não gosto muito do gênero, mas não posso julgar a literatura da autora porque nunca li nada dela. Mas é bem verdade que vejo muitos comentários positivos em relação as suas obras. Na verdade, já li resenhas de livros dela, mas não sabia que ela era a autora.

    M&N | Desbrava(dores) de livros – Participe do nosso top comentarista

  • Anônimo
    09 março, 2014

    Ahh eu adoro chick lits ♥
    Nunca li nenhum livro da autora, mas tenho muita curiosidade *-*
    São muito bem recomendados o que só aumenta a minha curiosidade ♥
    beijos

  • Amanda Z. Dutra
    08 março, 2014

    Oi Aione, adorei saber um pouco mais da autora, me deu ainda mais vontade de ler a série Bridget Jones, apesar de toda a polêmica do terceiro livro :S

    Beijo

  • Julia Moraes
    08 março, 2014

    Sempre quis ler um livro dela , é uma autora que recebe muitos elogios. Vou tentar ler algum livro dela esse ano u.u
    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

  • Monica Navarro
    08 março, 2014

    Já li diário de Bridjet Jones. Amei! Estou chateada com a morte do M. Darcy.

  • Sika Gennargh Pelegrino
    08 março, 2014

    Vim no post pensando ‘quem é essa?’ e depois de ver os livros que ela escreveu, me recordei, haha. Só gravo nome de autor se for um dos meus preferidos rs.
    To louca pra ler a série da Bridget Jones! Nunca li nada dela e a partir do momento em que vocês citaram a Helen aqui no blog, é meio que um insulto não ler nada, ainda mais quando adoro chick-lits né, rs.
    Aliás, todas as capas são maravilhosas!

  • camila rosa
    08 março, 2014

    Oi, Pah eu gosto de chick- lits, mas nunca tinha ouvido falar da Helen os livros dela parece ser muito legais, e agora que eu conheci ela, adoraria ler os livros dela.
    Beijos!!!

  • Raynara Soares
    07 março, 2014

    Adorei o post haha' e estou loucamente querendo ler agora a Série "Bridget Jones"! Beijoos

  • raquel rodrigues
    07 março, 2014

    Nossa , Nunca Li nenhum Livro Dela , e tambem nunca assisti nenhuma serie acredita ? tenho que mudar isso ainda esse ano , Os liivros dela parecem ser muito Bom !!

  • raquel rodrigues
    07 março, 2014

    Nossa , Nunca Li nenhum Livro Dela , e tambem nunca assisti nenhuma serie acredita ? tenho que mudar isso ainda esse ano , Os liivros dela parecem ser muito Bom !!

  • Ana Carolina Alves
    07 março, 2014

    Oie!
    To começando a diminuir meu preconceito em relação a chick-lits, embora eu tenha diminuido.
    E to começando a conhecer esses livros agora e começar a conhecer assim, é perfeito.
    Beijos e até mais,
    Ana.
    http://www.umlivroenadamais.com/

  • Mirelle Candeloro
    07 março, 2014

    Oi Aione, gostei de conhecer um pouco mais sobre essa autora tão querida e tão polêmica. Realmente a morte de Darcy deu o que falar, levando muitas fãs a loucura, mas gostei da justificativa que ela usou para matar o personagem. Beijos, Mi

    http://www.recantodami.com

  • Pah
    07 março, 2014

    Ainda não acredito que ela matou ele, mas tb confesso que não li nenhum dos livros rs

    bjo
    Pah – dicalivros.blogspot.com

  • Pamela Verdan
    06 março, 2014

    Nunca vi o filme nem li os livros. Apesar de muitos falarem bem, nunca chamou a minha atenção para conhecer melhor

  • Aline Dias
    06 março, 2014

    Olá Mi e Pah não tinha lido sua coluna aqui ainda Mi; adorei!
    Super bacana essas curiosidades, como nunca li os livros então não sei o que acontece, porém adorei saber que a trama contém a referência de Jane Austen Diva 😉
    Beijokas 😉

    http://www.paraisoempapel.com/
    http://contodeumlivro.blogspot.com.br/

  • Ana Carolina
    06 março, 2014

    Oi Aione!
    Adorei o post! Não sabia quase nada da autora de Bridgte, fiquei muito curiosa sobre os outros livros dela, se forem tão bons quantos o da Senhorita Jones vale a pena da uma conferida.
    Beijos.

  • Jéssica Maria
    06 março, 2014

    Não conhecia o gênero, e nem a autora, mas parece legal…
    E as capas são bem divertidas

  • Erika Paiva Marinho
    06 março, 2014

    Eu amo os chick lits e dessa autora só li o primeiro livro da serie Bridget Jones e até que gostei dele.

    Bjus
    http://infinitoparticulardoslivros.blogspot.com.br/

  • Rayme
    06 março, 2014

    como sou desligada. conhecia apenas os livros da Bridget Jones da autora hahahaha
    fiquei bem espantada também quando vi os spoilers sobre a morte do Darcy, mas achei que foi uma escolha bem sabia dela.
    se ela não tivesse matado ele (se sinta assassina Sra. Fielding!) a história teria se prolongado demais….

  • Cintia Vargas
    06 março, 2014

    Oi Aione, adorei o post. Já vi algumas vezes o filme "O Diário de Bridget Jones" passando na TV, mas nunca parei para assistir, mas agora que vi que também existem livros, fiquei muito curiosa. Claro que como eu amo livros vou dar preferência em ler primeiro os livros e depois assistir os filmes. Adorei!
    Beijos!

    http://palacioliterario.blogspot.com.br/

  • Lise Orsi
    06 março, 2014

    Adorei Mi, porque eu simplesmente idolatro a existência de Bridget que conta juntamente comigo num TOC tremendo coisas imbecis do dia que na verdade ela não a real importância. Só não sou loira e gordinha, e não fumo. Mas eu super me identifico.

    Inclusive por ter me apaixonado muito por Daniels babacas, mas ter encontrado meu Darcy (não tão Darcy, mais um Mr Bingley pobre).

    liliescreve.blogspot.com