março 22, 2014

[Resenha] In a Heartbeat – Teodora Kostova

Stella — Eu estive dentro e fora de hospitais nos últimos dez meses. Eu tive a metade do meu fígado retirado e, embora desta vez os médicos estejam muito otimistas, já que removeram todos os tumores, eles não podem ter certeza. Daqui a três meses, eles me querem aqui novamente para um check-up. Agora eu me sinto melhor do que já me senti antes. Eu sei que essa maldita coisa se foi, pelo menos neste momento. Apesar disso, eu não posso fazer planos para o futuro, ainda não. Eu preciso ir para algum lugar onde ninguém me conheça, onde eu possa relaxar e talvez até mesmo esquecer tudo isso. Onde eu possa encontrar pessoas que não pensem em mim como a garota que perdeu o pai e o irmão em um acidente de carro, e que tem câncer. Eu quero me divertir, mesmo que seja por um par de meses. Quando Stella decide visitar sua prima estrangeira Lisa em Gênova, ela não tem ideia de que a Itália vai dar-lhe uma nova razão para viver. Max. Serão Max e Stella fortes o suficiente para lutar, não só pelo seu amor, mas por suas vidas?

New Adult || 331 Páginas || Kindle Edition || Skoob || Goodreads
|| Compre na Amazon
ou na Kobo Books
|| Classificação: 4/5 ||
Resenha
da
Day
Farias

Eu comecei a ler esse livro sem qualquer expectativa. Não
porque acreditasse que ele seria ruim, mas porque eu ainda não havia lido nenhum
comentário positivo ou negativo sobre ele, simplesmente “esbarrei” nele. Além
de que, depois de começar a ler livros que não me conquistaram e então abandoná-los,
eu não resisti a voltar ao gênero que até agora não tinha me decepcionado
ainda: New Adult! E, mesmo que ele não tenha se tornado o meu favorito – título
que eu suspeito que vai pertencer por muito tempo ainda ao livro Easy
– lê-lo foi uma boa surpresa!

“Meu maior medo até hoje é que as pessoas com quem me importo serão arrancadas da minha vida e eu não vou ser capaz de fazer nada sobre isso. Eu percebo que é o que a maioria das pessoas tem medo, mas eu sei como ele se sente em primeira mão e nunca mais quero passar por isso de novo.”

Stella é uma garota que até agora teve sua vida marcada por
tragédias; não só seu tio, como seu pai e seu irmão, morreram em um acidente de
carro; Lisa, sua melhor amiga – após ter perdido o pai no mesmo acidente – foi
morar na Itália deixando-a sem ninguém… E então, algum tempo depois, quando
realmente começou a pensar que tudo ficaria bem, Stella acaba descobrindo que é
portadora de câncer e teme por deixar sua mãe completamente sozinha no mundo.
As coisas começam a melhorar quando, depois de algumas cirurgias, os médicos
afirmam que ela está melhor (embora não totalmente curada; ainda há chance de o
câncer retornar), mas ela resolve encarar isso como uma segunda chance e não
como uma sentença de morte que foi adiada; Stella não sabe o que vai acontecer,
se daqui a 4 ou 6 meses ficará doente novamente e sua rotina no hospital voltará,
por isso ela prometeu a si mesma que aproveitará cada segundo! Ela convence sua
mãe a deixá-la ir até a Itália, onde vive sua melhor amiga, passar o verão por
lá e, pelo menos por esse tempo, tentar esquecer-se de tudo de ruim que vem
acontecendo em sua vida e, definitivamente, viver um romance de verão.

“Eu não quero não ser capaz de me apaixonar, porque estou com medo que meu coração vai ser quebrado de uma maneira ou de outra.”

Amei essa postura da Stella diante das coisas que a vida vem
jogando sobre ela. Embora seja algo muito difícil de fazer, se manter forte
dessa maneira, adorei o modo como ela passou isso verdadeiramente pra mim
enquanto lia; que ela não ia simplesmente se entregar. Confesso que quando li a
sinopse tive medo que ela seria aquele tipo de personagem que vive
lamentando-se e, embora ela tivesse boas razões para isso, isso acabaria se
tornando cansativo, mas ela me surpreendeu. Ela não vê na sua ida a Itália uma
fuga e sim um ‘prêmio’ pra si mesma, e é lá que ela conhece Max, alguém que
desperta nela coisas que jamais sentiu antes…mas existem várias coisas para
impedir esse relacionamento. Uma delas é que ele é o melhor amigo de Lisa
também e ela se mostra completamente contrária ao relacionamento dos dois. A
outra é que Stella logo terá que partir, de volta pra casa, e só o que vai
restar serão duas pessoas distantes com seus corações partidos. Mas, o motivo
mais forte para Stella resistir tanto a se entregar a esse sentimento é o fato
de que aquela porcentagem de chance do câncer retornar ainda a assombra… Quão
egoísta seria condenar Max, um cara tão incrível, a se apaixonar por alguém que
talvez não viverá até o fim dessa história de amor?
O que mais gostei nesse livro – além dos personagens que me
cativaram tanto! – foi o ritmo em que a narrativa se desenvolveu. Nada foi
apressado ou atropelado; o relacionamento deles foi construído pouco a pouco,
sem deixar que o leitor tivesse a impressão que eles estavam juntos só pelo
desejo tão intenso que havia entre eles. É claro que entre eles houve
completamente uma atração a primeira vista, mas devido a tantos motivos que os
separam, eles tentam realmente ignorar essa faísca que existe entre eles e
serem amigos, se conhecerem melhor; e foi assim que o relacionamento passou de
algo simplesmente físico para algo mais profundo… foi nisso que eles me
conquistaram como um casal! E, mesmo que às vezes eu desejasse que eles
simplesmente jogassem tudo para o alto, se beijassem logo e cedessem a toda
aquela ‘tempestade’ que estavam sentindo, acabou que era assim mesmo que
deveria ter acontecido, com calma.
Enfim, é um livro gostoso de ler, com personagens pelos
quais você se apaixona facilmente – Max! *–* – risos. O segredo é não iniciar
esse livro com grandes expectativas; surpreenda-se! 

“Você me completa, você conecta todos os pedaços de mim. Eu me sinto completo quando estou com você. Quando eu olho para o futuro, vejo você ao meu lado”

• Sobre a série •
Até agora Heartbeat é uma trilogia formada
pelos livros: In a Heartbeat; Then, Now, Forever e Colour Inside – sendo que os
dois últimos livros abordarão a história de outros casais que já nos são
apresentados e começam a se formar no primeiro livro – e pelo quais já estava
torcendo muito!
• Para ler ao som de •
Não sou de ficar associando livros a
músicas – principalmente porque eu não tenho aquela incrível habilidade que
alguns possuem, e eu sinceramente invejo, de ler e ouvir música ao mesmo tempo –
mas, ainda assim, lendo esse livro eu fiquei pensando o tempo inteiro nessa
música, ela se encaixa perfeitamente na história dos dois na minha opinião e,
como achei que vocês também iriam gostar, aqui está ela!





Participe Aqui

confira também

Posts relacionados

Comente via Facebook


Deixe seu comentário

26 Comentários

  • CarolVieirah
    26 maio, 2015

    Meninas, tenho novidades sobreTeodora Kostova, superquerida!!!!
    Ela está no Rio de Janeiro, visitou a Saraiva e o Maracanã para um jogo de futebol.
    Sobre o jogo isso, não me surpreende já que ela fala sobre o tema com loucura em todos os seus livros.
    Ela está super feliz que o livro In a heartbeat foi traduzido para português, e ela veio conferir na livraria Saraiva.
    A mesma me informou pelo twitter, que a série In a heartbeat vai ter sua continuação com o livro 3 sobre Lisa e Gino, ela está finalizando o trabalho, e com previsão de ser publicado para agosto deste ano.
    Ela disse que ama o Brasil e que está louca para conhecer São Paulo.

  • Desbravadores de Livros
    03 abril, 2014

    Achei interessante a premissa do livro, mas ainda sim não sei se leria. Melhor não criar expectativas, assim como você fez, do que me dedicar. Sei que, agora, não leria o livro. Talvez mais para frente. Minha lista de leitura está enorme. rs

    M&N | Desbrava(dores) de livros – Participe do nosso top comentarista

  • camila rosa
    03 abril, 2014

    Oi, eu amei a resenha, nunca tinha ouvido falar desse livro, já estou na torcida para que alguma editora se interesse em publica-lo aqui no Brasil, pois eu necessito desse livro, estou tentando não criar muitas expectativas dos livros, para não me decepcionar.
    Beijos!!!

  • Adryanne Leal
    01 abril, 2014

    Oi Day , ainda não tinha ouvido falar deste livro , mas me interessei , espero que alguma editora tenha interessa de lança-lo aqui no Brasil.
    beijos e ótima resenha 🙂

  • Anônimo
    31 março, 2014

    Oi Day…Realmente não conhecia este livro pois não leio livros em inglês, mas de qualquer forma adorei conhecer e conferir sua resenha…Achei uma historia super bacana e as capas da série são muito lindas ♥
    Beijos!!

  • Rayane
    29 março, 2014

    A resenha de In a Heartbeat me deixou curiosa e eu criei um interesse gigante pelo livro. Não conhecia essa autora mais em breve conhecerei pelo jeito… Adorei o livro e a estória, fiquei instigada para ler e ansiosa para saber um pouco mais. Acho, ou melhor, tenho certeza, que quero muito esse livro!!

  • Pamela Verdan
    28 março, 2014

    Esbarrei no livro esses dias, mas chamou tanto atenção. Acho que já li livros demais nesse gênero que nada mais me chama atenção. Meio que cansei.
    E adoro Easy.

  • Bruna Oliveira
    28 março, 2014

    Não conhecia esse livro também, mas já posso até imaginar o quão lindo ele deve ser! Adorei o enredo e as capas são lindas 🙂
    Beijos

  • Thalita Sousa
    27 março, 2014

    Que coincidência essa semana estava lendo a sinopse desse livro e tinha me interessado, agora que vi sua resenha vou colocar na lista de leituras só falta o tempo pra ler agora. Easy também é meu NA favorito ever <3

  • Sika Gennargh Pelegrino
    27 março, 2014

    Também nunca esbarrei nesse livro. É algo totalmente novo pra mim…
    Só de saber da postura da Stella, em querer aproveitar cada momento, dando uma volta por cima de todas as coisas péssimas que aconteceram na vida dela, já fiquei com cara de choro, o nariz todo vermelho rs.
    Omg, preciso desse livro. O casal deve realmente ser liiiindo! Preciso ver o desenvolvimento da relação deles; tipo agora, sabe? Haha.

  • Ana Carolina Alves
    27 março, 2014

    Oie!
    Adorei a capa do livro.
    E que estória trágica a da Stella, em? Mas eu gostei demais da ideia do livro e vou ler com certeza.
    Beijos e até mais,
    Ana.
    http://www.umlivroenadamais.com/

  • Renata Sales
    24 março, 2014

    Amei a capa e a história parece muito boa!
    Sobre ouvir música e ler ao mesmo tempo, eu não tinha essa capacidade tbm, mas depois que comecei a ler no metro, adquiri essa habilidade porque era o jeito mais fácil de ignorar pessoas conversando do meu lado haha

  • Rayme
    24 março, 2014

    nossa, Day, parece ser uma história linda.
    vou confessar que gosto bastante deste tipo de trama, com pessoas doentes. adoro ver a forma que cada pessoa tenta superar suas dores e traumas…
    não conhecia este também, mas vou buscar ele agora mesmo!
    obrigada pela dica hahaha *-*

  • Ana Carolina
    24 março, 2014

    Oi Day!
    Não conhecia essa série, mas adorei a sinopse e fiquei muito curiosa para ler. Agora é só torcer para ele ser lançado aqui.
    Beijos.

  • ✿Nessa✿
    24 março, 2014

    Oie!
    Acho que eu não conhecia o livro, mas gostei de sua opinião e fiquei curiosa.

    Beijos

  • Adryanne Leal
    24 março, 2014

    Ele é em inglês ? já foi lançado por aqui ?Ainda não tinha ouvido falar deste livro , e agora estou curiosa rsrs
    Beijos Day e ótima resenha rs

  • Julia Moraes
    23 março, 2014

    Não conhecia esse livro, nem a autora. Mas, eu me interessei por ele, tomara que alguma editora lance ele aqui no Brasil.
    E-mail: juliamariamoraes2013@gmail.com
    Nome de seguidor: Julia Moraes

  • Jéssica Maria
    23 março, 2014

    Ótima resenha, o livro parece ótimo pra pensar na vida, e eu apesar de não gostar degenerou, adoraria ler!!!

  • Raynara Soares
    23 março, 2014

    Num havia ouvido falar neste livro e nem desta autora! Estou louca para poder ler!

  • Mirelle Candeloro
    23 março, 2014

    Oi Day, confesso que o livro não me chamou atenção. Só para ficar claro, ele é em inglês? Ainda não foi lançado aqui né?! Beijos, Mi

    http://www.recantodami.com

  • Cintia Vargas
    22 março, 2014

    Olá Day, eu não conheço essa série, mas fiquei bastante curiosa em fazer a leitura.
    Adorei a sua resenha.
    Beijos!

    http://palacioliterario.blogspot.com.br/

  • Monica Navarro
    22 março, 2014

    Oi,Day
    ADorei a sua resenha, ainda não conhecia esse livro, mais amei. A personagem feminina parece ser muito forte. Vou ler. Um beijo

  • raquel rodrigues
    22 março, 2014

    Nunca tinha ouvido faalar desse livro , mais me apaixonei pela resenha , e claro que esta na minha lista dos desejados , eu quero mt ler , comprarei esse livro imediatamente !

  • Anônimo
    22 março, 2014

    Amei a sua resenha! Ainda nao tinha ideia da existencia desse livro, mas já esta lá na linha listona de leitura haha Pelo jeito que você escreveu eu percebo que você se surpreendeu muito, e eu espro que seja assi como 😉 A historia da moçinha é… como eu poderia falar… destruidamente comovente … e Pelo que percebo a sua superação vai ser com a ajuda dele. Como eu já Amo esse nome MAX!! Meus personagem favoritos tem esse nome haha Entao é isso … bjinhos

  • Marina Chagas Ricci
    22 março, 2014

    Não tinha ouvido falar deste livro ainda. Mas me interessei bastante e acabei de colocá-lo na minha lista de desejados:)