[Resenha] Making Faces – Amy Harmon

Ambrose Young era lindo. Alto e musculoso, com cabelos que passavam dos ombros e olhos que hipnotizavam. O tipo de beleza que estava nas capas de romances, e Fern Taylor sabia disso. Ela lia esses livros desde os 13 anos. Mas talvez por ele ser tão lindo ele fosse alguém que Fern jamais pensou em ter...até que ele deixou de ser lindo. Making Faces é a história de uma cidadezinha onde cinco jovens vão para a guerra, mas apenas um retorna. É uma história de perda. De perda coletiva, perda individual, perda da beleza, perda da vida, perda da identidade. É o conto do amor de uma garota por um garoto machucado, e o amor de um guerreiro por uma garota nada especial. Essa é uma história de amizade que supera a dor, heroísmo que desafia as definições comuns, e o conto moderno de A Bela e a Fera, onde nós descobrimos que há um pouco de beleza e feiura em todos nós.
Jovem Adulto Maduro | 271 Páginas | Skoob | Comprena Amazon | Classificação: 5/5
Making Faces me surpreendeu completamente. Eu esperava um new adult previsivelmente dramático e comovente (no mesmo estilo de muitos outros que li e que ainda me encantam e emocionam), entretanto depararei com um romance voltado para o público jovem adulto maduro e com foco na fé, no amor, nos verdadeiros padrões de beleza, e na linha sinuosa que separa a vida da morte. De início foi frustrante não ter minhas expectativas atendidas, afinal eu queria ler a respeito de um amor flamejante e avassalador, contudo o passar das páginas me conquistou, revelando uma história de amor – amor familiar, amor de doação, amor entre amigos – tão pura e real que foi impossível não mergulhar de cabeça nessa leitura. E o incrível é que mesmo descrente a autora me fez crer em suas palavras e sentir na pele, e principalmente no coração, cada sentimento descrito – sentimentos angustiantes em alguns momentos, mas ainda assim transformadores e reflexivos. Sabe aquele tipo de livro que muda, mesmo que por um instante,  nossa formar de ver o mundo? Pois bem, é disso que estou falando.
(...) E então nós suportamos. Temos fé de que há um propósito. Esperamos pelas coisas que não podemos ver. Acreditamos que há lições na perda, poder no amor, e que temos dentro de nós o potencial de uma beleza tão magnífica que o nosso corpo não pode contê-la.
A trama foca em Fern, o patinho feio da história, e sua paixão antiga por Ambrose, o jovem galã e herói da pequena cidade em que vivem. Muitas garotas se interessam por Ambrose, mas Fern não está apaixonada por sua beleza ou pelo poder que emana dele, ela ama o pacote completo: a voz, os longos cabelos, a dedicação, o meio sorriso, o silêncio e as citações literárias. Eles se conhecem desde pequenos, possuem um grande amigo em comum e estudam na mesma escola, porém Fern sabe que Ambrose nunca será dela. E sabe por quê?  Porque ela é feia. Não importa sua bondade, seu amor incondicional, seu talento para escrita ou seu bom-humor, o que importa é o corpo que a reveste, um corpo que nunca atrairá Ambrose. Até aqui a trama pode parecer clichê, com lembranças e rotinas diárias que unem Fern e Ambrose, contudo o ponto é que a história vai muito além do romance e da mocinha feia. A autora inova ao falar de deficiência física, guerra, cartas perdidas, e amor verdadeiro. Peças soltas do instigante e extremamente emocionante quebra-cabeça criado pela Amy Harmon. 

Poderia dar mais detalhes a respeito da trama, mas acho que o triunfo da autora são as surpresas por trás de sua narrativa. Confesso que já imaginava qual seria o desfecho do livro, mas o fato é que eu nunca adivinharia os caminhos que os personagens principais traçariam até chegar ao ponto final. São tantas perdas, tantas lições de vida, que cada capítulo é como uma bofetada, uma dolorosa reflexão a respeito das nossas inseguranças, dos nossos medos e da nossa fé. De longe o melhor do livro é a mensagem que ele carrega, o aprendizado que ele proporciona ao leitor – característica que eu amo nesse tipo de livro. Outros pontos positivos são as citações literárias (Shakespeare ), as menções bíblicas que fortalecem os protagonistas e que fazem o leitor refletir, o amor acima do desejo físico, e a narrativa intercalada entre presente e passado. Essa é, sem dúvida, uma história belamente construída e desenvolvida. Tal leitura foi dolorosa, emocionante e reconfortante.
A única coisa que me incomodou no livro foi à narrativa em terceira pessoa. Entendo que foi por meio dela que a autora uniu as histórias de seus personagens principais, mas tenho que ser sincera e dizer que o início da leitura foi um pouco cansativo. Tanto é que eu quase desisti da leitura. Porém valeu a pena ser persistente, valeu muito a pena. – Sorte nossa que a Verus irá publicar esse livro aqui no Brasil.
Beijos,


Participe Aqui

35 comentários:

  1. Confesso que provavelmente não teria me interessado no livro só de ler a sinopse, mas sua resenha me deixou curiosa!

    ResponderExcluir
  2. Tenho esse livro em e-Book e ainda não tive coragem de começar a leitura, depois de ler a sua resenha confesso que me animei um pouco e talvez eu comece hoje!! Espero que ele também me faça refletir.

    ResponderExcluir
  3. Adorei a resenha desse livro. Gosto muito de livros de romances, mas também gosto de livros com uma abordagem além dele, que tenham drama e nos façam refletir. Vou esperar ansiosa pela publicação aqui no Brasil.

    ResponderExcluir
  4. Ahhh que lindo! Esse livro deve ser maravilhoso, Pah. Espero que a Verus lance o quanto antes.
    Adorei a resenha.

    Beijos!


    www.lendoporai.wordpress.com

    ResponderExcluir
  5. Completamente valendo a pena, a história não me pareceu clichê, e pelo jeito que você falou o livro pareceu mudar completamente e ter te enganado no começo, parece ser um livro bem emocionante apesar de falar sobre religião.. o que não curto muito.
    Espero ansiosamente pela publicação da obra, me interessou bastante o romance, e pela sinopse também achei que seria um belo erótico e sensual livro. Me enganei também.:p
    Beijos Paola, ThaynáQ.

    ResponderExcluir
  6. AHHHHHHHHHHHHHHHHHHH Pah você leu mesmo que maravilhaaa, estou muito feliz que você tenha gostado da estória, acho que agora você me entendeu que eu queria falar sobre o livro mas não poderia porque estragaria toda a trama. Estou totalmente na loucura para ler esse livro físico, ele já é meu favorito sem duvidas em e-book desse ano.

    ResponderExcluir
  7. essa capa engana eim! porque eu também já estava aqui pensando que seria um romance tipo Belo Desastre hahaha
    adorei a trama. as vezes é legal as autoras fugirem um pouco deste padrão de romance e nos surpreender né... :D
    sério que a Verus vai lançar??? :OOOOO
    que óooootima noticia!! espero que chegue logo! *------*

    ResponderExcluir
  8. Esse é um dos poucos jovem adultos que me interessei graças a sua resenha! Justamente por ele fugir um pouco dos clichês, e a autora falar de deficiência física, guerras e tudo o mais. Muito interessante! Que bom que a Verus vai trazê-lo!
    Amei a resenha! Bjs, Pah <3

    ResponderExcluir
  9. eu dei uma procurada nos livros do ultimo post quando recebi no e-mail ontem, e esse foi um dos que entraram pra minha wishlist. N creio q já saiu resenha, e já to querendo muito ler <3

    ResponderExcluir
  10. Você me deixou com muita vontade de ler esse livro Pah. Fiquei bem curiosa pra saber o que acontece com o Ambrose e a Fern, ler as mensagens que o livro passa... Parece ser muito bom.

    ResponderExcluir
  11. Esse é um dos meus livros favoritos e fiquei muito feliz quando soube que ele será traduzido para o português. É uma história tão forte e ao mesmo tempo delicada! Adorei a resenha, acho que vc transmitiu mto bem a ideia e sentimentos dos livros! ;)
    Beijos
    Isadora

    www.novoromance.com.br

    ResponderExcluir
  12. Quando você disse que o livro é interessante pelos demais ingredientes que a autora introduz como a deficiência e a guerra, eu fiquei mais do que curioso. E você não falando como isso entra, vai me obrigar a ler o livro. rs E lá se aumenta minha lista de leitura.
    Excelente resenha.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de novembro

    ResponderExcluir
  13. Uauu Pah te confesso que não conhecia o livro, muito menos a autora, mas fiquei bem curiosa! Eu até que gosto de leituras em terceira pessoa sabe? da aquela sensação que estou sendo fiel a todos os personagens hahaha que tenho algo mais amistoso.

    Beijos Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  14. Oi Pah,
    Gosto de livros assim, que mexem conosco e que nos oferece vários ensinamentos de vida! Não tenho muitos problemas com livros narrados em terceira pessoa, quando o autor consegue transmitir bem os sentimentos dos personagens e acho que, apesar disso, você conseguiu sentir as emoções deles, né?
    Adorei saber que tem citações Shakespeare *-* e referências bíblicas o que torna o livro mais delicado no ponto de vista de abordar as diferenças sentimentais dos personagens.
    Gostei da dica!!
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Não é a primeira vez que ouço falar desse livro, a cada resenha lida um grande interesse meu em lê-lo se torna maior. A Autora me parece bem segura no que escreve. Gostaria de ler logo logo !! :*

    ResponderExcluir
  16. A capa engana muito, também pensei que seria aquele new adult clichê que particularmente eu não gosto muito, Cante para eu dormir também tem um pouco dessa temática (só da garota "feia") e eu amei muito, enfim, parece ser um livro bem interessante! Amei a resenha.

    ResponderExcluir
  17. Oi Pah...
    Adorei a resenha, acho que é uma das primeiras resenhas que vejo deste livro.
    Eu amo livros do gênero, e gostei de conhecer um pouco mais dele. E ainda o fato de ser uma coisa mais madura me agradou. As vezes lemos romances do gênero que são sempre avassaladores mesmo né.. Mas acho que assim deve ser ótima a leitura também. Já quero muito o livro.


    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Pah!
    Imagino o choque que teve ao perceber que o livro não era o esperado por você e que bom ver apesar da narrativa arrastada em 3ª pessoa e dos diversos dramas trazido pelo livro, você não desistiu e ainda trouxe aprendizado pessoal.
    Aguardemos o lançamento no Brasil.
    cheirinhos
    Rudy

    ResponderExcluir
  19. Nossa Paola, sua resenha me deixou no mínimo intrigada, o livro parece ter uma temática muito forte e reflexiva. Muito interessante que a personagem Fern seja declarada literalmente feia, pois nunca li/vi um livro assim antes ... Parece um livro com tramas bem elaboradas. Adorei, aguardo ansiosamente o lançamento aqui no Brasil!

    ResponderExcluir
  20. Oi, Paola, tudo bem?
    Eu queria mesmo mais detalhes do livro, mas entendo que é para que os leitores se surpreendam ao ler o livro que você não os colocou! A história parece contagiante e emocionante! E diferente de você, eu sempre prefiro ler em terceira pessoa, não sei porquê.
    Super beijos <3
    http://livros-cores.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Fiquei encantada com a história e a forma que a autora abordou tudo, e mostrou o amor dessa forma tão pura. Difícil ver isso em um livro. Amaria ler esse livro.

    ResponderExcluir
  22. nao gosto muito de livros adultos mais essa sua resenha me chamou a atençao para esse livro parece ser bem interessante por misturar a biblia com esse tipo de conteudo vou ver se e legal

    ResponderExcluir
  23. Linda resenha, Pah! Esse livro vai nos conquistando aos poucos, não é?, mesmo com um ritmo bem mais lento do que estamos acostumadas. Também adorei! Bjos

    ResponderExcluir
  24. Oi Paola. Nossa, adorei mesmo a história. Vou querer ler. Achei incrível o tema que a autora usou sobre beleza e fé. Livros que mudam nossa forma de ver o mundo, ainda que por um momento são ótimos, nos fazem refletir, adoro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Oi Paola. Nossa, adorei mesmo a história. Vou querer ler. Achei incrível o tema que a autora usou sobre beleza e fé. Livros que mudam nossa forma de ver o mundo, ainda que por um momento são ótimos, nos fazem refletir, adoro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  26. Pah, uma amiga me recomendou esse livro e eu to morrendo de vontade de ler, ainda mais pq tem essa pegada de fé! Querendo ou não, quando falamos de amor, a gente leva muito em conta o visual do outro, por isso que eu acho lindíssima essas histórias de superação, de um amor que excede tudo isso! Doida pra ler!

    ResponderExcluir
  27. Oi Pah, tudo bom?

    Ainda não conhecia esse livro, mas depois da sua resenha fiquei com muita vontade de conhecê-lo. Gostei de como a autora abordou o tema sobre beleza e fé. Porque geralmente só vemos a beleza exterior. Me lembrou um pouco a história da Bela e Fera, rs. Parabéns pela resenha!!!

    Beijos, Rob
    http://estantedarob.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Já vi muitos comentários positivos a respeito desse livro, quero lê-lo para tirar a minha conclusão. De acordo com algumas resenhas parece ser um livro com uma historia bonita, construtiva e bem escrita. Sua resenha me deixou bem curiosa e espero lerMaking Faces em breve.

    ResponderExcluir
  29. Eu não conhecia esse livro, pela sua resenha parece ser muito bom!! Eu já adicionei na minha lista, e acho que vou gostar bastante!!
    www.s2nopiquedamoda.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  30. Ai não tenho muita paciência pra livros em terceira pessoa, mas como não gosto de julgar antes de ler, vou dar uma oportunidade a história, assim que lançada aqui no Brasil.

    ResponderExcluir
  31. Nossa parece ser bem legal esse livro, mostra como as pessoas são realmente, que a maioria só se importa com aparência, e também mostra que quando precisamos é de quem menos esperamos que vem a ajuda, com certeza vou ler, parabéns pela bela resenha.

    http://lostwordsin.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  32. Esse livro e perfeito chorei demais com ele achei lindo a historia se tornou um dos melhores que ja li a resenha esta maravilhosa !!!!

    ResponderExcluir
  33. Não conhecia, mas o livro parece ser bem legal. Que bom que você não desistiu dele, também não gosto de livro narrados em terceira pessoa, mas fiquei muito curiosa pra conhecer essa historia, quando for lançado aqui no Brasil com certeza vou ler.

    ResponderExcluir
  34. Não conhecia o livro, mas fiquei muito curiosa para lê-lo. Só a capa já me deixou interessada, e ler a sinopse e a resenha me deixaram ainda mais. Esse é um dos meus gêneros favoritos ♥

    ResponderExcluir
  35. Oi Pah,

    Não sou muito fã desse tipo de livro, e também não tenho costume de ler em livros não físicos, então fica um pouco difícil eu ler esse livro, rs.
    Mas que bom que mesmo com a leitura maçante no começo você não desistiu e acabou gostando do livro depois. Fico muito feliz quando isso acontece comigo, fica aquela sensação de que o esforço valeu a pena haha.

    Beijos

    Ju
    depoisdeumlivro.blogspot.com

    ResponderExcluir