[Resenha] Amor ao pé da Letra – Melissa Pimentel

Amor Ao Pé da Letra - Achar o homem perfeito não é fácil e foi isso que a agente literária Melissa Pimentel, assim como sua personagem, Lauren, descobriu quando se mudou para Londres de um dia para o outro. Infelizmente, Melissa logo viu que conquistar um homem era mais difícil do que parecia, mesmo quando ela jurava não querer nada sério. Foi aí que surgiu a solução: decidiu seguir os conselhos dos mais populares livros de autoajuda para conquistar homens e criou um blog para narrar suas experiências. Nasceram daí os encontros de Lauren, que em Amor ao pé da letra, receberam toques de ficção, como uma legítima comédia romântica.
Chick-Lit | 298 Páginas | Cortesia Editora Paralela | Skoob | Compare & Compre: SaraivaSubmarinoAmazon| Resenha da Kamila Mendes | Classificação: 5/5
Amor ao pé da letra é uma obra que faz jus ao título. O livro de Melissa Pimentel conta às desventuras amorosas da americana Lauren Cunnigham em Londres. Lauren é uma personagem encantadora. Meio controversa, mas acho que essa é a graça dela. A jovem de 28 anos abandonou uma vida estável em Portland para arriscar uma nova carreira no Museu de Ciências de Londres. Lou, como é chamada pelos mais íntimos, é uma espécie de esteriótipo da mulher atual (ou o que ela deveria ser). Solteira, ela vive em busca de novos encontros e não entende porque os homens não a levam a sério quando afirma que “não quer compromisso”. A partir desse momento, a personagem deicide fazer de sua vida um experimento científico. A cada mês testa um manual de autoajuda para mulheres solteiras e coloca em prática as teorias dos autores.
“Fico tão envolvida com o drama de um novo encontro, que não paro para pensar se aquilo é algo no qual quero me envolver, e daí termino estragando tudo” (pg. 54)

Ponto positivo para as avaliações que Lauren faz dos livros, dos encontros e dos caras. Percebi o quão parecidas nós somos nas inseguranças em relação a conhecer uma nova pessoa. Mas o livro me levou a pensar se de fato existem mulheres a caça de homens apenas pelo sexo, sem importarem ao menos se aquele cara é um possível assassino (sim, a personagem cogita a possibilidade de estar se envolvendo com um psicopata, mas como o sexo é bom, ela deixa rolar). Em um dado momento, Lauren está desesperada porque não faz sexo há um mês e vai para cama com um sujeito que acabou de conhecer, e depois do ato, ele levanta e parte sem se quer se despedir. Eu me senti mal por ela, mas não vou contar a reação da personagem.
Nada contra, mas o que me incomodou foi o fato de que a vida da personagem passou a girar em torno das regras dos manuais para entender os homens e levá-los para cama. Isso me deixou pensativa: uma vida centrada no sexo, sem espaço pra mais nada, é uma ideia meio doentia. Quer dizer, quando o sexo passa a ser uma necessidade social (se você não transa, não é legal), perde toda a beleza da coisa (o prazer a dois, intimidade e etc.). Mas essa atitude desencanada com o que os outros pensam é um ponto positivo sobre a personagem. É um incentivo para que as leitoras percebam que a opinião alheia não deve intervir na sua vida.
Porém, por trás dessa postura livre e desenpedida, Lauren esconde um segredo. Uma vida abandonada em Portland, um homem que marcou seu passado e o medo de se envolver novamente.
“Londres me salvaria. Antes de me dar conta, estava entrando num avião e deixando minha vida para trás. Fora tão de repente, que foi quase uma violência. E, através de tudo isso, Dylan ficara calado, observando enquanto eu desmontava nossa vida juntos com uma precisão militar...” (pg. 259)

O livro é muito engraçado. Da mesma forma que me levou a pensar nessa necessidade absurda de ter que se envolver sexualmente com alguém para mostrar a sociedade que você não é um “zero à esquerda”, também ri muito e me emocionei. Porque cada personagem tem uma história, uma personalidade bem marcada e que pode ser um amigo seu, ou até você mesma (o). E apesar das idas e vindas dos personagens, Melissa Pimentel mostra que por mais bizarra que uma pessoa possa ser, sempre existe uma “tampa para sua panela”.
Amor ao pé da letra não é um romance qualquer. Você não vai encontrar falas românticas e declarações de amor clichês (apesar de eu gostar muito disso). Mas ele abre espaço para que você olhe para o nerd ali do lado, ou para o punk, porque às vezes a gente procura um Henry Cavill, mas acaba sendo feliz com um magrelo e desengonçado no estilo do personagem Salsicha do desenho Scooby-doo. Risos.
Dou cinco estrelinhas com muito orgulho e indico para todos que sejam maiores de dezoito e queiram uma leitura descompromissada, mas que abre os olhos para as possibilidades do amor.
Beijos,




Participe Aqui

31 comentários:

  1. Oi Kamila,
    que livro incrível! não conhecia ele ainda, mas adorei a trama diferente que ele aborda.
    claro, sou fã de romances, mas as vezes tramas assim também me deixam curiosa!
    a autora é brasileira??
    caraca, fiquei mega curiosa! *-*

    ResponderExcluir
  2. Nossa, é muito o estilo de livro que amo!!!
    Nunca tinha ouvido falar e me apaixonei, já quero esse livro!
    Amei sua resenha. Parabéns!
    Beijos.

    http://adoroumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Achei interessante, porém, não sei se realmente leria esse livro. O título me enganou a primeira vista, com certeza. Eu pensaria que o livro trataria de um romance romântico mesmo, e não algo da forma que você descreveu. Se eu tiver que escolher, vou preferir realmente histórias de amor, mas amor ao pé da letra mesmo, não como no livro... hehehe :D

    Beijos!!!
    http://www.caminhocultural.com/

    ResponderExcluir
  4. Aiiiiiiiiiiiiiiiiii DESEJO
    Em ler a resenha já me identifiquei super com a Lauren
    Apesar de achar que sim, sexo é necessário e sexo casual é super normal, eu prefiro esperar ter alguém especial para ter um sexo especial
    Gostei muito mesmo da resenha, parece que muitas mulheres se identificarão com a personagem, seus medos e inseguranças
    Na lista dos desejados <3

    ResponderExcluir
  5. Nossa que livro top ele me pareceu muito interessante porem talvez eu n o liria por causa da capa que n me chamou muito a atenção mas a história em si parece ser fascinante e a personagem parece ser meio atrapalhada e isso séria legal pois o leitor sempre imagina o que será que ela vai aprontar agora

    ResponderExcluir
  6. Oi, Kamila!
    Sabendo mais sobre o enredo perdi completamente o interesse no livro, infelizmente. Não gostei da protagonista. Tanto por levar a vida com base em um livro de auto-ajuda, como por essa obsessão dela em sexo. Sei lá, como você mesma disse, me pareceu uma ideia doentia. Sei que essa é a graça da personagem, mas justamente por não ver graça nisso é que não gostei. rs Então com certeza pra mim a leitura não funcionaria. E olha que chick-lit é um dos meus gêneros preferidos, mas infelizmente esse não me agradou.

    ResponderExcluir
  7. Oi Kamila,
    Apesar de ficar curiosa sobre o segredo da personagem, não me interessei pela leitura. Acho que eu sentiria falta do romantismo, pois não curto narrativas com foco só no físico...
    Mesmo assim, obrigada pela dica!
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Kamila!
    Não se engane... tem muito mulher ninfomaníaca que tem como lema: quantos mais experimentar, melhor! São pessoas tão desestruturadas que buscam suprir seus defeitos e carências com sexo.
    Gostaria de ler para VER MAIS SOBRE A PERSONALIDADE de Lauren.
    Cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Achei a temática do livro bem bacana. Não conhecia a autora.
    A capa também me chamou atenção. Parece que ao mesmo tempo em que a mulher "devora" o homem, há uma cobra preta saindo da mão dela.
    Curti!
    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Gostei do livro, a historia me conquistou.
    Achei interessante, pois além de nos emocionar também podemos dar boas risadas...
    Curiosa pra saber o que aconteceu com a personagem no passado, pra ela não querer se relacionar com ninguém , não querer nada serio.
    Beijos

    ResponderExcluir
  11. Ooi, tudo bem?
    Amei sua resenha e sinceramente fiquei apaixonada por este livro. Um romance mas não clichê é o que eu procurava, estou muito empolgada para ler e pode ter certeza que já vai pra minha lista de livro.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá!
    Não tinha lido nada a respeito do livro antes e me interessei um pouco. Fiquei curiosa para saber o motivo que fez ela deixar Portland. Como foi escrito na resenha a personagem principal tem inseguranças, mas pelo que entendi está tentando se encontrar.

    ResponderExcluir
  13. Não gosto muito de chick-lit. De vez em quando leio algum. Esse eu tenho certeza que não leria. Achei a personagem bastante fútil e esse lance de não conseguir ficar sem sexo por muito tempo me irritou um pouco. A capa é linda! se não soubesse da estoria compraria só por causa da capa (quem nunca?).
    Beijos <3

    ResponderExcluir
  14. Nossa, eu tava louca pela resenha desse livro rsrs Ele no mínimo deve ser bem divertido .. Cá pra nós , sou do tipo que acha que autoajuda nao ajuda ninguém nesses casos , maaas cada um com seus dilemas rsrs Bom, sou contra a ideia desenfreada por outra pessoa , vc nunca fará alguém feliz e muito menos o será se antes não for uma pessoa bem resolvida sozinha ..

    ResponderExcluir
  15. Olá, tudo bem?
    Eu já tinha visto pessoas mencionando esse livro, mas nenhuma resenha, me interessei bastante por ele, achei a história bem interessante, e mesmo essa atitude da personagem sendo meio sei lá, acho que vou gostar sim!!
    Abraços
    www.estantedepapel.com

    ResponderExcluir
  16. Oi
    O livro até parece ser legal e a capa é bonita, mais não chamou muito minha atenção até porque pelo que você falou a vida dela só gira em torno do manual.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Oi Kamila..
    Primeiramente tenho que dizer que adorei a foto ..rs Que gatinho lindo.
    A capa do livro me agradou muito.
    Já adorei saber que não tem aqueles chiches, nada contra, até gosto..mas as vezes é bom sair um pouco deles.

    livrosvamosdevoralos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    O livro parece divertido e ter uma leitura rápida, mas não sei, alguma coisa me incomodou nele, talvez isso dele ser meio um manual de conquista hehe
    Beijo

    ResponderExcluir
  19. O último parágrafo da resenha me fez desejar o livro. É exatamente o tipo de romance que eu procuro. Sem clichê e com toque de comédia. Sem casal meloso e com final feliz (eu espero). Acho ótimo a pessoa fazer o que bem quiser. Pra mim não importa se a pessoa sai com 1 por dia desde que ela se sinta bem com isso e sem se importar com a opinião alheia. Mas pelo que me parece a personagem faz isso exatamente para mostrar pra sociedade que pode fazer isso. Fiquei com vontade de ler. Já vou ler o trecho.

    Beijinhos, Kamila

    ResponderExcluir
  20. Ooi,
    Parece ser legal, mas não me interessei muito pelo livro.
    Achei a capa muito bonita, e o titulo legal.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  21. Nossa que capa linda! To desejando esse livro já tem um tempinho, to querendo ler um livro sem clichê to meio enjoada dos meus sem falar que eu adoro livros que tem comédia.

    ResponderExcluir
  22. Oi, tdb?
    Eu realmente ainda não li nada da Melissa e é a primeira vez que vejo falar sobre ela, mas acho que ela já me conquistou pq apesar de eu amarrrrrrr as histórias da galera da faculdade, amor as histórias onde os personagens já são mais maduros, com responsabilidades, acho que fica um pouco mais real sabe?! me sinto mais próxima dos personagens, ahahahaha será que estou ficando velha???? kkkkkk
    bjos

    ResponderExcluir
  23. Achei interessante a essa tematica da mulher só querer saber de sexo e tal porque na maioria dos livros o homem é que costuma pensar dessa forma.
    Eu amei a capa *_*
    Até porque amo vermelho e a capa parece fazer sentido como o livro.

    ResponderExcluir
  24. Oi, Kamila.
    Gostei da resenha e do enredo. Acho que vou procurar esse livro. Estou solteira há uns 5 anos e estou na "sofrência" também, mas nada tão grave ao ponto de minha vida girar em torno disso, rs. E olha que eu não estou procurando um Henry Cavill (mas se aparecesse um, eu não iria reclamar).
    Beijos!

    ResponderExcluir
  25. Hey Kamila :)
    O livro parece ser bem engraçado, a atitude da personagem é um tanto esquisita '-' Eu acho que, se eu conhecesse a história, não iria gostar tanto dela .-.

    "porque às vezes a gente procura um Henry Cavill, mas acaba sendo feliz com um magrelo e desengonçado no estilo do personagem Salsicha do desenho Scooby-doo. Risos." HAHAHAHA RI MUITO AQUI! Mas é a verdade *-*
    Kissus

    ResponderExcluir
  26. Oi Kamila!
    Amei esta capa ( e sua gata <3 ), mais um livro que vai pra minha listinha, espero que eu seja correspondida com todas as minhas expectativas. Eu odeio ficar com expectativa, porque na maioria das vezes me decepciono depois.

    ResponderExcluir
  27. Não aguentei e compreiiiiiiiiiiii ahahahah louca pra ler!

    ResponderExcluir
  28. Minha lista já está lotada. Já li uma resenhas sobre esse livro e alguns comentários em que dizia que esse livro é um daqueles que deixa a gente vidrada, adoro livros desse estilo... Estão só posso falar que esse também entrou na minha ‘’listinha’’(que de inha não tem nada)!!

    ResponderExcluir
  29. aww a foto do gatinho foi mto fofa. Mas nao conhecia esse livro e fiquei curiosa pra ler, primeiro porque a capa é linda né e um chick lit nunca faz mal. Eu acho que existem sim mulheres caçadoras atras de homem pra fazer sexo e nao q ela queira um assassino, mas que ela possa deixar pra la, o problema é que a mulher acaba sempre se envolvendo mais e ai da problema haha

    ResponderExcluir
  30. Que gracinha de livro, amei a capa. Mais um para a lista de próximos livros para ler.

    ResponderExcluir